You are on page 1of 41

Agenda
• PMAN e AIB – quem somos?
• Porque trazer a AIB para o Brasil?
• Quais são os tipos de curso e como são
compostos?
• Como a Abip e todas as Entidades Associadas
podem participar

Agenda
• PMAN e AIB – quem somos?
• Porque trazer a AIB para o Brasil?
• Quais são os tipos de curso e como são
compostos?
• Como a Abip e todas as Entidades Associadas
podem participar?

Em 2006 iniciamos uma trajetória de buscar novos mercados e internacionalizar a empresa. .A PMAN é uma empresa de ingredientes para panificação que foi fundada há 15 anos. Hoje possuímos filial nos EUA. além de exportarmos para mais 7 países. em Lima. em Miami e estamos abrindo uma segunda filial no Peru.

.

a segunda maior. Existe pelo menos 1 pessoa de cada um dos países do planeta treinados pela AIB. A escola funciona desde 1919 e atualmente está nos EUA. é nesta escola onde são treinados todos os gerentes de todas as plantas da BIMBO. no Estado de Kansas . que é a maior empresa de panificação do mundo e também a YAMAZAKI. .este estado é um pólo de pesquisa na área de cereais e alimentos.A AIB é a melhor escola de panificação do mundo.

A PMAN firmou com AIB SCHOOL OF BAKING parceria denominada AIB-PMAN para ministrar no território brasileiro em caráter de exclusividade os cursos de CERTIFICAÇÃO INTERNACIONAL EM PANIFICAÇÃO PELA AIB. .

Agenda • PMAN e AIB – quem somos? • Porque trazer a AIB para o Brasil? • Quais são os tipos de curso e como são compostos? • Como a Abip e todas as Entidades Associadas podem participar? .

Porque trazer AIB para o Brasil? Revista Exame – 18/04/2012 .

Porque trazer AIB para o Brasil? Frases da matéria: -A indústria da transformação tem piora no desempenho e perde participação na economia. -Não temos a produtividade e a capacidade da indústria alemã e nem os baixos custos e Conclusão relacionada ao setor de panificação: -A estratégia adotada pelas empresas da ABIEPAN para o setor exportador é nivelar os preços entre os produtos alemães e chineses. “RELIABLE AND AFORTABLE “ -Alguns setores já sofrem a CONFIÁVEL e PREÇO SUPORTÁVEL desindustrialização. com produtos de qualidade altamente confiável: a escala da chinesa. -Há uma guerra comercial no mundo. -Negócios sofisticados geram inovação e exigem trabalhadores mais qualificados Somente Educação pode suportar esta estratégia no longo prazo! E para ABIP? . -Competição global por indústrias de alto teor tecnológico.

Porque trazer AIB para o Brasil? Revista Exame – 18/04/2012 .

Porque trazer AIB para o Brasil? .

O setor vem crescendo a um nível de 2 dígitos caído há alguns anos.Porque trazer AIB para o Brasil? Conclusão relacionada ao setor de panificação: Frases da matéria: -ENIGMA DO BAIXO DESEMPREGO : Apesar das oscilações do PIB que crescem e decrescem a taxa de desemprego tem •Alta rotatividade no setor: •Hoje há uma demanda muito grande de profissionais para o setor de panificação. diminuir -2) em vez de demitir quando a economia Somente Educação pode desacelera empresas preferem manter o suportar esta estratégia no profissional ocioso pois sabem que será longo prazo! difícil e custoso recontratá-los . porém a velocidade de -1) Com a redução da taxa de crescimento crescimento do número de profissionais demográfico e da população treinados e capacitados não acompanha economicamente ativa ajuda o desemprego este ritmo.

Porque trazer AIB para o Brasil? A principal motivação para trazermos esta escola para o Brasil é ajudarmos a difundir a ciência da panificação e proteger nossas empresas. ajudando-as a se perpetuarem no tempo! .

Porque trazer AIB para o Brasil? Da mesma forma que a nossa presidenta Dilma foi aos EUA fechar uma parceria para transferência de tecnologia com Harvard e MIT. Trouxemos a “HARVARD” da panificação para o Brasil! . fizemos o mesmo com a panificação.

Porque trazer AIB para o Brasil? Por trás de um pão há muita ciência e a maioria dos profissionais atua de forma empírica. com conhecimentos adquiridos na prática. mas não possuem uma base científica nem tampouco metodológica que os ajude na tomada de decisões. .

gorduras desde que se conheça tecnicamente como se inter-relacionam cada uma destas variáveis dará as empresas do setor ferramentas para que se perpetuem os seus negócios. enzimas. portanto formaremos gerentes e técnicos de alto nível! . a gestão também será considerada neste curso.Porque trazer AIB para o Brasil? O domínio de matérias como manipulação de farinhas. fermentos.

pães e massas congeladas. gorduras e chocolates chegam ao Brasil. ex:CASTAÑO – CHILE. principalmente por conta da crise na Europa e Estados Unidos.Porque trazer AIB para o Brasil? A concorrência externa está chegando ao Brasil de uma forma impressionante. gerando concorrência entre as similares do setor. . OXXO . pois produzem em escala com um custo muito baixos e qualidade alta. As indústrias hoje concorrem com as padarias.México Os supermercados concorrem com as padarias e também já utilizam técnicas de centrais de fabricação para obter ganhos de escala. Indústrias de pães industrializados.

Panaderia Castaño .Chile .

Oxxo .México .

presidente do Conselho de Administração e diretor-geral executivo da Femsa. dado o tamanho do país e sua importância. Acreditamos que possamos competir nesse mercado. As primeiras unidades da Oxxo devem ser abertas na cidade de São Paulo . em Monterrey. mas tem medo da concorrência das padarias. no México. número inicial de lojas nem o investimento previsto. onde fica a sede mundial da empresa.Oxxo . As lojas de conveniência Oxxo (pronuncia-se óquisso) devem chegar ao país em "menos de cinco anos". planeja abrir uma rede de lojas de conveniência no Brasil. diz José Antonio Fernández Carbajal. Obviamente. o Brasil. "Queremos abrir a Oxxo em outros países. nos interessa. maior engarrafadora de Coca-Cola do mundo em volume de vendas." Ele não estimou um prazo exato.México A gigante mexicana Femsa.

se conseguirmos mostrar que a Oxxo se adapta às necessidades e gostos do consumidor. "O Brasil é um mercado muito diferente do México. salgadinhos. O sucesso delas se baseia no hábito do mexicano de usar as pequenas "vendas" locais para fazer refeições ligeiras e até mesmo algumas compras para consumir em casa. água e celular e até passagens aéreas.México Mas antes disso os executivos da Femsa trabalham para entender o mercado brasileiro e adaptar os produtos e serviços oferecidos na rede. Também oferecem serviços. são uma febre no México. então podemos ir ao país". Vendem refrigerante. cerveja.Oxxo . água. . como pagamento de contas de luz. declara Carbajal. mas.5 milhões de clientes por dia. doces e sanduíches prontos frios. que geralmente funcionam anexas a postos de gasolina.000 unidades e 7. com mais de 9. onde lideram o mercado. As compactas lojas Oxxo.

locais onde as unidades vão se instalar. gerente de Relações com Investidores da Femsa. Pode tomar cerveja em qualquer lugar. muito perto dos postos de gasolina. que já andaram pesquisando o mercado.“ . Zimmermann diz que as padarias brasileiras estão em todos os lugares.México Pão quente e cerveja à vontade no Brasil preocupam a Oxxo Um dos problemas para a Oxxo entrar no Brasil com sucesso são as padarias. Gosta de comer salgadinhos. como pão-de-queijo. A Oxxo no Brasil terá de começar do zero. "Talvez tenhamos de ter uma pequena padaria dentro das nossas lojas. "O brasileiro compra pão quentinho feito na hora. segundo avaliam os próprios executivos da empresa. e as lojas Oxxo não têm licença para servir álcool. diz Maximiliam Zimmermann. é proibido tomar cerveja na rua.Oxxo . No México. só para vender e o cliente levar para outro lugar. Não vai querer sanduíche pronto". Estamos estudando.

No México. A Oxxo ainda terá de combater a realidade de que as lojas de conveniência no Brasil vendem produtos mais caros que os encontrados em lanchonetes e pequenos mercados. como já ocorre no Brasil em lotéricas e supermercados. mas existem apenas 20 unidades. O mercado já havia especulado anteriormente.Oxxo . em 2008. sobre a vinda da Oxxo ao Brasil. Isso mostra dificuldades de adaptação ao mercado local. "Vamos crescendo pianinho [devagar]". Está lá já há dois anos.México Um trunfo da empresa é a oferta de serviços bancários. para pagamentos de contas variadas. Os executivos dizem que ainda estão avaliando a melhor forma de atender ao gosto dos colombianos. A Femsa está cautelosa. seus preços são baixos. diz Carbajal. afirma Zimmermann. iguais aos das pequenas vendas. . O único país fora do México onde ela tem lojas Oxxo é a Colômbia. mas isso acabou não acontecendo. para serem competitivos.

Agenda • PMAN e AIB – quem somos? • Porque trazer a AIB para o Brasil? • Quais são os tipos de curso e como são compostos? • Como a Abip e todas as Entidades Associadas podem participar? .

Quais são os tipos de curso e como são compostos? • Curso a Distância • Curso Presencial – Seminários Internacionais • Curso Residentes .EUA .

Apresenta também uma visão perfeita para o administrador ou proprietário de uma panificadora que necessita de informações precisas sobre toda a variedade de produtos que vende.Curso a Distância: Seus 18 módulos oferecem uma base de conhecimento sólida e de valor. .

Os módulos: .Tortilhas.Muffins e pães de minuto .Pães artesanais .Pães especiais . bagels . massa folhada e croissant .Forneamento de bolos I .Sistemas de misturas e fermentação . pizzas e pães similares .Produção de massa congelada .Pão de forma .Biscoitos doces .Matemática aplicada à panificação .A Indústria da panificação .Donuts .Bisnagas e pães de casca crocante.Massa dinamarquesa.Massa doce .Forneamento de bolos II .Processamento da massa .Higiene/saneamento e segurança de alimentos .

a serem realizados nas seguintes datas e locais abaixo.O projeto é composto de “SEMINÁRIOS SOBRE PANIFICAÇÃO” dividido em 04 módulos presenciais. todos necessários à certificação de todo o programa: . e 01 módulo Ensino a Distância.

.

06 e 07 de Novembro de 2012 Local: Ital .Instituto de tecnologia de alimentos Módulo 4: Gestão Aplicada à Panificação primeiro grupo: 20. 24 e 25 de Julho de 2012 Local: Ital – Instituto de tecnologia de alimentos Módulo 2: Pães Especiais e Artesanais primeiro grupo: 05. 19 e 20 de Fevereiro de 2013 Local: Ital .Instituto de tecnologia de alimentos . 21 e 22 de Maio de 2013 Local: Ital .Instituto de tecnologia de alimentos Módulo 3: Controle de Processos e Solução de Problemas primeiro grupo: 18.Módulo 1: Pães Básicos e Função de Ingredientes primeiro grupo: 23.

em período integral. ministrado nos EUA. língua inglesa.Curso de Residentes: É um curso de 16 semanas. .

.

.

.

.

Agenda • PMAN e AIB – quem somos? • Porque trazer a AIB para o Brasil? • Quais são os tipos de curso e como são compostos? • Como a Abip e todas as Entidades Associadas podem participar? .

Envolvendo entidades .Como a Abip e todas as Entidades Associadas podem participar: 1. Divulgando e criando cursos em cada um dos seus Estados. Enviando multiplicadores para serem treinados nos cursos a distância. SENAI para auxiliar na multiplicação deste conhecimento . como SEBRAE. 2. 3. presenciais e também no curso de residentes nos EUA.

br 11 3934 4393 11 7720 0087 .Obrigado paulo@pman.com.