You are on page 1of 1

As provas experimentais da ação divina no mundo são tão abundantes, que qualquer um que

se meta a discutir a existência de Deus sem tê-las estudado deve ser considerado um
charlatão incurável. Que é um santo da Igreja Católica? É um cidadão que através de uma vida
e orações, jejuns, concentração moral e sacrifícios removeu os obstáculos que impediam que D
eus se manifestasse nele. Então ele começa a atravessar o fogo sem se queimar, curar
as doenças mais temíveis por meio da oração, ou, como S. Vicente Ferrer, pregar o Evang
elho durante quarenta dias e quarenta noites sem dormir, comer ou ir ao banheiro
. Quando ele morre, seu corpo se conserva intacto por mais de um milênio, e sua in
tercessão, desde o outro mundo, continua a operar milagres. Tudo isso testado e do
cumentado com os critérios científicos mais exigentes por uma instituição que se empenha
mais em afastar os falsos milagres do que em apregoar os verdadeiros. Você conhec
e algum Karl Marx, Bertrand Russell ou Richard Dawkins que tenha estudado essa d
ocumentação antes de começar a dar palpites? Que nada! Eles fogem disso como baratas f
ogem da luz. São de uma covardia intelectual a toda prova, micos-leões fazendo-se de
leões.