You are on page 1of 1
58 Em fung&o dessas constatagées, é que néo me admiro da quantidade de gente que foi presa, torturada, investigada. Nenhuma organizacao montada pelos nossos jovens idealistas e lutadores seria capaz de derrotar, efetivamente, toda uma operago minuciosamente elaborada. Nao me admiro, mas deploro miseravelmente que tenhamos perdido tantos meninos e meninas, para esse monstro chamado repressao. E ainda a partir dessas constatagbes, que admiro mais os grupos que se mobilizaram, corajosamente, para lutar contra a ordem estabelecida pelos militares. N&o eram “louquinhos desvairados’, eram pessoas arraigadas aos mais belos ideais de justiga, pondo em risco a sua juventude e a sua vida, em prol da causa democratica Eram jovens que largavam o conforto de suas casas, para viver Perigosamente. Eram jovens que estudavam com afinco, que se embasavam solidamente, para enfrentar o grande desafio do idealismo versus capitalismo. Eram politicos, militares, profissionais liberais, religiosos, operarios, colocando em risco seus empregos e suas familias, por uma causa, Grandes lutadores. Grandes “Davis” lutando contra Golias. E a minha titima constatagdo ¢ a que me entristece mais: a de que os militares devoiveram 0 govemo aos civis, néo apenas gragas a resisténcia. Eles nos devolveram 0 poder, quando seu modelo econémico falhou e no havia mais justificativa plausivel para a ditadura, Na verdade, entregaram aos civis um pais com gravissimos problemas econémicos, com o qual nem mesmo eles sabiam o que fazer. Entregaram-nos 0 nosso pais maltratado, simplesmente, porque quiseram devolver.