You are on page 1of 2

RESERVADO

Exército
Brasileiro

ABORDAGEM A
VEÍCULO

POP

Nº 018.1
(CIOpGLO)
NOME DO PROCEDIMENTO: ABORDAGEM A
REVISADO EM: 22/04/2006
VEÍCULO SUSPEITO.
Nº DA REVISÃO: 001
RESPONSÁVEL: Militar resposável pela abordagem
ATIVIDADES CRÍTICAS
1. Impacto da chegada para a abordagem.
2. Desocupação do veículo pela(s) pessoa(s) a ser(em) submetida(s) à busca pessoal.
SEQÜÊNCIA DE AÇÕES
1. A guarnição visualiza a(s) pessoa(s) no interior do veículo, solicita apoio se houver

superioridade numérica evidente.
2. A guarnição determina que seu condutor pare através de um toque de sirene e um sinal de
farol.
3. A viatura é parada a 5,0(cinco) metros, imediatamente atrás e do lado esquerdo ou direito
(dependendo a situação) do veículo a ser abordado, conforme fig.1.
4. Com o armamento no coldre, a guarnição desembarca de maneira rápida e segura,
conforme fig. 2, e no primeiro momento da abordagem, o Chefe de Vtr verbaliza:
– “EXÉRCITO! Motorista, desligue o veículo e coloque as chaves do veículo em cima do
teto...”, caso seja noite mandar que acenda a luz interna do veículo
– “... Abram todos os vidros do veículo...”
– “...Todos os passageiros, coloquem as mãos para fora do veículo...”
– “... Retirem o cinto de segurança, com uma das mãos e, devagar, coloque(m) a mão
novamente para fora do veículo...”.
5. A partir deste momento o Chefe de Vtr, só se comunicará com o motorista do veículo,
dizendo: “Motorista - abra a porta pelo lado de fora. Saia do veículo, feche a porta e
coloque as mãos sobre o teto do veículo...”
6. Usando o mesmo procedimento descrito a cima o Chefe de Vtr deverá retirar um a um
todos os ocupantes do veículo.
7. Com as pessoas devidamente posicionadas, conforme fig. 3, para que o motorista se
desloca até o veículo abordado e, quando atingir aproximadamente 1,0m(um metro), perto
do farol traseiro esquerdo e utilizando-se da coluna para proteção, executa a inspeção visual
interna no veículo, certificando-se que não existe mais pessoas no seu interior.
8. Após a constatação da ausência de outros ocupantes no veículo, o motorista retorna, logo
em seguida, para a posição anterior, a fim de que sejam iniciadas as buscas pessoais.
9. Após a realização da busca pessoal deve-se afastar os ocupantes do veículo para um local
seguro e posicionar o proprietário do veículo ou condutor em um local onde ele possa
acompanhar visualmente a busca no interior do veículo.
10. Após terminada a busca interna, deve-se realizar a vistoria do porta-malas.

RESULTADOS ESPERADOS
1. Que as pessoas em atitudes suspeitas sejam identificadas pela guarnição.
2. Que o local utilizado para a abordagem seja seguro tanto para a guarnição, como para os
transeuntes e os abordados.
3. Que em uma possível reação, a guarnição esteja preparada.
4. Que cada militar se exponha o mínimo possível.
5. Que as pessoas em atitude suspeita não tenham possibilidades de reação durante a
abordagem.
6. Que a guarnição esteja a todo momento em segurança nas suas laterais e à retaguarda.
7. Que mantenha um ou mais militares realizando a segurança dos ocupantes do veículo
durante a vistoria.
8. Que os militares sejam respeitosos durante todo o procedimento.

RESERVADO

72

Não manter o armamento no coldre (pistolas). 2. Caso o veículo tenha película (insul-film). o motorista deverá utilizar as técnicas de “vistoria por fatiamento” e a “tomada de ângulo”. 6. 3. POSSIBILIDADES DE ERRO 1. Veículo Suspeito 5 Metros Vtr Veículo Suspeito Figura 1 Vtr Figura 2 Veículo Suspeito Vtr Figura 3 RESERVADO 72 . 5. agindo de forma desordenada. para que reinicie a verbalização. Os militares confundirem suas atribuições durante a abordagem. de forma segura. Posicionar incorretamente a(s) pessoa(s) a ser(em) abordada(s). Não sinalizar corretamente para a parada do veículo a ser abordado. Caso o motorista seja surpreendido pela presença de outra(s) pessoa(s) no interior do veículo. 4. Deixar de utilizar a verbalização padronizada.RESERVADO AÇÕES CORRETIVAS 1. quando for constatar a existência ou não de pessoas no interior do veículo abordado. Agir isoladamente sem a ação complementar de cobertura por parte de outro militar. 2. 7. para a constatação da existência ou não de outra(s) pessoa(s). quando da inspeção visual interna. Deixar de inspecionar visualmente o veículo. Posicionar incorretamente a viatura atrás do veículo a ser abordado. deverá retornar à posição inicial da abordagem e avisar o Ch Vtr. 8.