COLÉGIO SALESIANO DOM BOSCO QUÍMICA – APOSTILA -1 FRENTE-3 PROFESSOR JOÃO BOSCO APOSTILA 1, FRENTE 3 - AULA 9 CÁLCULO DO ∆H A PARTIR

DA LEI DE HESS 1. LEI DE HESS: A entalpia de uma reação química que ocorre em várias etapas é a soma das entalpias de todas as etapas da reação. Resumindo: A soma dos ∆Hs de todas as etapas da reação química, é o ∆H da reação química total. Esquematicamente: ∆H 1 A A B ∆H 2 C C

∆H 3 ∆H 1 + ∆H 2 = ∆H 3

2. EXEMPLOS DE CÁLCULOS ENVOLVENDO A LEI DE HESS. 2.1 (CESGRANRIO) Observe o gráfico:

O valor da entalpia de combustão de 1mol de SO2(g), em kcal, a 25°C e 1atm, é: Resolução: 1. A combustão de 1 mol de SO2(g) é: SO2(g) + ½ O2(g)

SO3(g)

2. Considerar os valores do gráfico como sendo positivos e determinar o valor do espaço (x) que tem SO2(g)+ ½ O2(g) como reagente e SO3(g) como produto: x = 94 – 71 = 23.

3. Como a entalpia dos reagentes é maior que a dos produtos ( estamos “descendo” no gráfico) o valor do ∆H é negativo, pois a reação é exotérmica. Então: ∆H = -23 kcal. 2.2 (UNESP) A entalpia da reação (I) não pode ser medida diretamente em um calorímetro porque a reação de carbono com excesso de oxigênio produz uma mistura de monóxido de carbono e dióxido de carbono gasosos. As entalpias das reações (II) e (III), a 20°C e 1 atmosfera, estão indicadas nas equações termoquímicas a seguir: (I) 2C(s) + O2(g) (II) C(s) + O2(g) 2CO (g) CO2 (g) ∆H= -394 kJ.mol-1

(III) 2CO(g) + O2(g)

2CO2 (g) ∆H= -283 kJ.mol-1

Calcular a entalpia da reação ( I ) nas mesmas condições. Resolução: 1. Manter o foco na equação problema: (I) 2C(s) + O2(g) 2CO (g)

2. Necessitamos de 2 mols de C(s) como reagente, na equação II, temos apenas um mol, então multiplicamos a equação e o seu ∆H por 2: 2C(s) +2 O2(g) 2 CO2 (g) ∆H= 2 . -394 kJ = - 788 kJ

3. Necessitamos, de acordo com a equação problema (I) de 2 mols de CO(g) à direita, ou seja, como produto. Mas o CO aparece como reagente da equação (III), então devemos inverter esta equação e inverter também o sinal de seu ∆H, pois se em um sentido a reação é exotérmica, no sentido inverso é endotérmica. 2CO2 (g) 2CO(g) + O2(g) ∆H= +283 kJ ( trocamos o sinal do ∆H)

4. A seguir somamos as equações e o ∆H da equação problema é a soma dos ∆Hs das etapas intermediárias ( Lei de Hess ). 2C(s) +2 O2(g) 2CO2 (g) 2 CO2 (g) 2CO(g) + O2(g) ∆H= 2 . -394 kJ = - 788 kJ ∆H= + 283 kJ

2C(s) + O2(g)

2CO (g)

∆H = (-788 + 283) kJ = - 505 kJ

Bom estudo! Um abraço do Professor Bosco!

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful