You are on page 1of 3

18 – DIACONIA

Tom: D - original

D A D Bm
1. Aprendamos de Maria a ouvir com devoção
F# Bm
Ter de Marta a energia, pressa e dedicação.
D/F# G A D Bm
Acontece diaconia na ação com oração
F# Bm A D
Ser uma Marta Maria: que bonita vocação!

D7 G A D F#m Bm
VAMOS JUNTOS TRABALHAR NA SEARA DO SENHOR,
Em A D D7
POIS O POVO ESTÁ A VAGAR QUAL OVELHAS SEM PASTOR
G A D F#m Bm
LIBERTADOS PELA GRAÇA NOS DISPOMOS A SERVIR
Em A7 D G D
SIRVAMOS COM ALEGRIA EXALTANDO O DEUS DO AMOR.

A D Bm
2. Do pequeno ser amigo, ao faminto dar o pão,
F# Bm
Com o nu buscar abrigo, com o doente comunhão.
G A D Bm
Acolher o forasteiro, ao sedento saciar.
F# Bm A D
Libertar o prisioneiro e os mortos sepultar.

A D Bm
3. Todos nós somos chamados para este mutirão
F# Bm
Venham, pois, muito animados, integrar a comunhão!
G A D Bm
Vivenciar diaconia com os mais pobres deste chão;
F# Bm A D
Resgatar a cidadania, superar a escravidão!
18 – DIACONIA
Tom: C

C G C Am
1. Aprendamos de Maria a ouvir com devoção
E Am
Ter de Marta a energia, pressa e dedicação.
F G C Am
Acontece diaconia na ação com oração
E Am G C
Ser uma Marta Maria: que bonita vocação!

C7 F G C Em Am
VAMOS JUNTOS TRABALHAR NA SEARA DO SENHOR,
Dm G C C7
POIS O POVO ESTÁ A VAGAR QUAL OVELHAS SEM PASTOR
F G C Em Am
LIBERTADOS PELA GRAÇA, NOS DISPOMOS A SERVIR
Dm G7 C G C
SIRVAMOS COM ALEGRIA EXALTANDO O DEUS DO AMOR.

G C Am
2. Do pequeno ser amigo, ao faminto dar o pão,
E Am
Com o nu buscar abrigo, com o doente comunhão.
F G C Am
Acolher o forasteiro, ao sedento saciar.
E Am G C
Libertar o prisioneiro e os mortos sepultar.

G C Am
3. Todos nós somos chamados para este mutirão
E Am
Venham, pois, muito animados, integrar a comunhão!
F G C Am
Vivenciar diaconia com os mais pobres deste chão;
E Am G C
Resgatar a cidadania, superar a escravidão!