You are on page 1of 9

DESIGN E EMOÇÃO

EXPERIÊNCIA: ELEVADORES DA REITORIA
AMANDA KANASHIRO | CARLOS EDUARDO BANDEIRA
EVIAN FOGAÇA | RAFAELLA RABONI

posteriormente. sob a perspectiva dos sentidos e nossas emoções. completando. decidimos vivenciar essa experiência mais uma vez.COMO FOI FEITO Todos os dias pegamos um dos elevadores da reitoria e por esse motivo. . o gráfico dos sentidos. Cada um dos integrantes da equipe fez sua própria análise. porém.

GRÁFICO DOS SENTIDOS Visão Tato Olfato Audição Paladar 4 3 2 1 0 -1 -2 -3 -4 Amanda Carlos Evian Rafaella .

. todos chegaram em uma mesma conclusão: a experiência de pegar o elevador da Reitoria pode ser melhorada As avaliações não refletiram só as condições do elevador no momento mas também o humor de cada pessoa.GRÁFICO DOS SENTIDOS Mesmo com percepções diferentes.

ESTADO ATUAL DOS ELEVADORES O que há de positivo nessa experiência? Como melhorá-la? Necessidade de oferecer sugestões realistas. .

adicionar câmeras de segurança .VISÃO Avaliação: -1 -2 -3 +2 = -4 Pontos positivos: Ser de madeira Espelho Feedback visual dos andares Pontos negativos: É escuro | Uso de fitas de LED para melhorar a iluminação Para melhorar a segurança.

VISÃO .

A solução seria melhorar a ventilação sem que isso trouxesse mais ruído para o elevador.TATO Avaliação: +2 +2 0 0 = 4 Pontos positivos: Feedback tátil dos botões Corrimão OLFATO Avaliação: +1 -2 -2 -3 = -6 O cheiro de comida no elevador foi incomodo. .

Além disso. (Não lambemos o elevador :P) . os barulhos que os próprios elevadores fazem deixam os usuário inseguros. PALADAR Não se aplica.AUDIÇÃO +3 -2 -3 -3 = -5 Pontos positivos: Feedback auditivo Os barulhos dentro do elevador como conversas e ruído dos fones de ouvido são irritantes.