You are on page 1of 39

São compostos constituídos apenas por átomos de

CARBONO e HIDROGÊNIO
Wendel
Wendel
01) Indique qual dentre estas é a fórmula molecular de um
hidrocarboneto saturado de cadeia aberta:

a) C4H8
hidrocarboneto saturado de cadeia aberta é um
b) C3H4
ALCANO
c) C6H6
d) C5H12 possui fórmula geral CnH2n + 2
e) C2H6O

Wendel
02) O hidrocarboneto que apresenta a menor cadeia
carbônica aberta, saturada e ramificada tem fórmula molecular:
a) CH4.
b) C4H8. O hidrocarboneto é um alcano ( CnH2n + 2 )
c) C5H8.
A menor cadeia ramificada tem
d) C4H10.
4 átomos de carbono
e) C2H4.
C4H10

Wendel
PREFIXO + INTERMEDIÁRIO + O

Wendel
Nº DE CARBONOS PREFIXO Nº DE CARBONOS PREFIXO
1 Met 14 Tetradec
2 Et ... ....
3 Prop 20 Icos
4 But 21 Henicos
5 Pent 22 Docos
6 Hex 23 Tricos
7 Hept 24 Tetricos
8 Oct ... ...
9 Non 30 Triacont
10 Dec 40 Tetracont
11 Undec 50 Pentacont
12 Dodec 60 Hexacont
13 Tridec 70 Heptacont
Wendel
Indica o tipo de ligação entre os átomos de
carbono na cadeia

TIPO DE LIGAÇÃO INTERMEDIÁRIO
apenas ligações simples AN

uma ligação dupla EN

uma ligação tripla IN

duas ligações duplas DIEN

Wendel
EXEMPLO: CH3-CH3 =>
Wendel
Nº DE ÁTOMOS PREFIXO
HC CH CH3
1 MET
2 ET PROP IN O
3 PROP
4 BUT
5 PENT H2C CH2
6 HEX
7 HEPT ET ENO
8 OCT
9 NON
10 DEC
H3C CH2 CH2 CH3
simples AN
dupla EN
BUT ANO
tripla IN
duas duplas DIEN

Wendel
Nº DE ÁTOMOS PREFIXO 1 2 3 4

1 MET H2C CH CH2 CH3
2 ET
3 PROP
1 – BUTENO
4 BUT 1 2 3 4

5 PENT H3C CH CH CH3
6 HEX

7 HEPT 2 – BUTENO
8 OCT

9 NON
Quando existir mais uma possibilidade
10 DEC A numeração dos carbonos da cadeia
de localização da
deve ser iniciada
simples AN insaturação, deveremos indicar
dupla EN
da extremidade mais próxima da
o número do carbono
tripla IN insaturação
duas duplas DIEN
em que a mesma se localiza

Wendel
A União Internacional de Química Pura e Aplicada
(IUPAC)
recomenda que os números devem vir
antes do que eles indicam

1 2 3 4

H2C CH CH2 CH3

BUT – 1 – EN O

Wendel
01) Escreva o nome do composto de fórmula:

H3C – (CH2)4 – CH = CH – CH3

8 7 6 5 4 3 2 1
H3C – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH = CH – CH3

Segundo a IUPAC
OCT - 2 - ENO

Wendel
02) O composto abaixo chama-se:
6 4 2

7 5 3 1

a) heptano.
b) 2-hepteno. 2, 4 - HEPT A DIEN O
c) 2,4-heptadieno.
d) 3,5-heptadieno.
e) 2,4-pentadieno.

Wendel
03) O hidrocarboneto de fórmula geral CnH2n + 2 , cuja
massa molecular é 44, chama-se:
Dados: H = 1 u.; C = 12 u.
a) metano.
b) etano. 12 1
C n H 2n + 2
c) propano.
d) butano. 12 n + 1 . (2n + 2) = 44
e) propeno.
12 n + 2n + 2 = 44

n=3 propano

Wendel
Colocamos antes do nome do composto o termo
CICLO
e, prosseguimos como se o composto fosse de cadeia normal

CH2
CICLOPROP ANO
H2C CH2

HC CH
CICLOBUT EN O

H2C CH2

Wendel
Os HIDROCARBONETOS AROMÁTICOS
possuem nomenclatura particular, não
seguindo nenhum tipo de regra

BENZENO NAFTALENO ANTRACENO

FENANTRENO
Wendel
Radicais livres
Imagine uma ligação covalente
entre carbono e hidrogênio. Se houver
uma ruptura homolítica dessa ligação,
teremos a formação de um radical livre:

CH3—H → CH3● + ●H

Wendel
H3C MET IL ou METILA

H3C CH2 ET IL ou ETILA

Wendel
OUTROS RADICAIS (SUBSTITUINTES) IMPORTANTES

H H H

H C C C H

H H H

H3C – CH – CH3 H3C – CH2 – CH2 –

isopropil n – propil
Sec - propil

Wendel
H H H
H H H H
H C C C H
H C C C C H
H H C H H
H H H H
H

H3C – CH – CH2 – CH3 H3C – CH2 – CH2 – CH2 –
sec butil n – butil

H3C – CH – CH2 –
H3C – C – CH3
CH3 iso butil
terc butil
CH3
Wendel
ISO

H3C – CH –

iso propil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 –

iso butil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 – CH2 –

iso pentil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 –CH2 – CH2 –

iso - hexil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 –

iso - heptil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 –CH2 – CH2 – CH2 – CH2 –

isooctil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 –CH2 – CH2 – CH2 – CH2 – CH2 –

iso nonil
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – CH2 –CH2 – CH2 – CH2 – CH2 –CH2 – ... –CH2 –

iso Pananan PARIL
CH3

Wendel
ISO

H3C – CH – (CH2)n –

iso
CH3

Wendel
H2C CH ET EN IL ou VINIL

H2C CH CH2 PROP EN IL ou ALIL

H2C C ISOPROP EN IL ou ISOALIL

CH3

CH3
NEO PENTIL ou NEOAMIL
H3C – C – CH2 –

CH3
Wendel
CH2 CH3 CH3

fenil benzil o - toluil m - toluil

CH3

p - toluil α - naftil β - naftil
Wendel
CH2

benzil

Wendel
fenil

Wendel
A cadeia principal é a seqüência de átomos de carbono
que possua o maior número de insaturações, de ramificações e
maior quantidade de átomos de carbono

A cadeia principal deve ser numerada a partir da extremidade
mais próxima da (insaturação > ramificação)

CH3
2 4

H3C CH2 C CH CH2
3

1 CH2 5 CH CH3

CH2 CH2 CH3
6 7 8
Wendel
NOMENCLATURA DO HIDROCARBONETO RAMIFICADO

7 6 5 4 3 2 1
H3C CH2 CH2 CH CH CH2 CH3

HEPTANO CH2 CH3 3 – metil

CH3 4 – etil

O nome completo do composto deve
seguir a seguinte seqüência:

Nomes dos radicais, em ordem alfabética, precedido do número
do carbono da cadeia principal onde se encontra ligado.

Nome do hidrocarboneto correspondente à cadeia principal

4 – etil – 3 – metil heptano
Wendel
3 – metil

2 – etil
CH3
2 | 4

H3C – CH2 – C – CH – CH2
3 | 5 – metil
||
1 CH2 5 CH – CH3
| 7 8

oct – 1 – eno 6 CH – CH2 – CH3

2 – etil – 3, 5 – dimetil oct – 1 – eno

Quando um mesmo radical aparece repetido, usamos os
prefixos di, tri, tetra, penta, hexa, etc. para indicar a
quantidade de radicais
Wendel
Cadeias cílicas com uma dupla ligação (ciclenos)

Compostos cíclicos com ligação dupla entre dois carbonos, a
numeração do ciclo deve obrigatoriamente iniciar nos
carbonos da dupla ligação, sendo carbonos 1 e 2
respectivamente, porém o sentido depende do grupo
orgânico que estiver ligado ao ciclo, se existir.

4 1 Correto : 3-metil-ciclobuteno

3 2

CH3

Wendel
Em compostos aromáticos, existe uma nomenclatura
diferenciada que pode ser usada, portanto é importante
conhecer.
Quando houver 2 grupos orgânicos ligados ao anel aromático e estes
estiverem nas posições 1 e 2, 1 e 3 ou 1 e 4, podemos trocar as
posições 1,2 – 1,3 – ou 1,4 pela palavras orto, meta, para, portanto :

CH3 CH3 CH3
1 1 1
2 CH3 2 2

3 3
CH3 4

1,2-dimetil-benzeno CH3
1,3-dimetil-benzeno
ou 1,4-dimetil-benzeno
ou
Orto-dimetil-benzeno ou
Meta-dimetil-benzeno
Wendel
Para-dimetil-benzeno
Wendel