You are on page 1of 42

COROAS TOTAIS METAL FREE RELATO DE CASO CLÍNICO

RAFAEL COZER

Fabiana Scarparo Naufel
Vera Lúcia Schmitt
Roseliane Bortolotto
Guilherme Schmitt de Andrade

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO

INTRODUÇÃO

Busca pela estética

Importância da saúde bucal

Pigmentação da região anterior

Próteses metal free se diferenciam das
convencionais por não possuírem reforço de
estrutura metálica

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO

VANTAGENS:

Não sofrem corrosão e oxidação

Excelente estética

Ausência de margem metálica

Não possuem zonas de sombreamento na região cervical

Biocompatibilidade

Boa interação com os tecidos gengivais

Menor acúmulo de placa

Baixa condutibilidade térmica

Resistência a corrosão

Não produzem óxidos capazes de tatuar a gengiva
Rosa e Gressler, 2001

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO

INDICAÇÕES:

Malformações e deformações dentárias

Fraturas

Após tratamento endodôntico

Reabilitação de dentes com grande destruição coronária

Pacientes com alto grau de exigência estética onde as
possibilidades de tratamento conservadores estejam
esgotadas

Bottino, 2001

como também a função. pois muitas vezes os dentes danificados comprometem a mastigação.COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO FINALIDADE DO PROCEDIMENTO:  O procedimento encobre com a peça de porcelana os dentes deformados. . O resultado estético devolve a autoestima do paciente. de forma que o novo dente se assemelhe perfeitamente aos demais.

essas coroas se tornam atrativas clinicamente  O conjunto de tais qualidades permitem serem feitas até três elementos em cerâmica pura. 2011 . mecânicas e biocompatibilidade. desde que haja critério no planejamento do trabalho e no material selecionado  O sucesso clínico depende. Sanches-Ayala . com reduções e dimensões corretas  A uniformidade da redução dentária assegura uma camada uniforme de porcelana. melhora a resistência à fratura e aumenta a longevidade Sotto-Maior BS. propriedades físicas.COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO CONSIDERAÇÕES:  Em função da estética. da qualidade do preparo. sobretudo.

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO CASO CLÍNICO:  Paciente: M.M  Idade: 42 anos  Gênero: Feminino  Queixa principal: Melhorar estética .

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO CASO CLÍNICO:  Foi realizado um protocolo de fotos extra e intra bucais para melhor planejamento do caso  Constatou-se que os dentes eram vitais mas com extensas restaurações .

.

.

.

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO CASO CLÍNICO:  Atualmente utiliza-se como protocolo nos tratamentos com envolvimento estético anterior. o projeto do sorriso no paciente. juntamente com as fotos iniciais. como exemplo: comprimento dos dentes. alinhamento. corrigindo o que nas fotos e conversa com o paciente foram estabelecidos como objetivos de correção de estética. moldagem e enceramento do caso. comprimento e alinhamento dos dentes no arco  O enceramento serve para realizar no modelo de gesso o desenho. corrigindo proporções de largura. . correção de forma.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO SILICONA DE ADIÇÃO  Não manipular o material com luvas de látex.  Fios retratores empregados devemos lavar bem antes de moldar Silva e Souza Jr et al. 2004 . pois essas contêm compostos sulfurosos que inibem a reação de polimerização.

2004 .COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO TÉCNICA DE MOLDAGEM UTILIZADA  Dupla mistura em 1 passo ou simultânea Silva e Souza Jr et al.

.

2. Observar opacidade da face interna 4. Aplicação do silano . Condicionamento ácido na superfície interna da peça (cuidadosamente para não extravasar para superfície externa) com ácido fluorídrico a 8% durante 20 segundos.COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO PREPARO DAS PEÇAS PARA CIMENTAÇÃO 1. Lavagem abundante 3.

Catalisador (na peça e no dente) .COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO PREPARO DO DENTE 1. Lavagem abundante 3. Sistema adesivo dual (Scotchbond Multipurpose Plus 3M ESPE) Ativador – Primer . Condicionamento ácido (fosfórico 37%) durante 30 s esmalte e 15 em dentina 2.

COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO CIMENTAÇÃO DAS PEÇAS 1. Fotopolimerizado por 1 minuto. Aplicação do cimento na face interna da peça 4. Removido os excessos com sonda exploradora na cervical e fio dental nas proximais 6. tanto em vestibular quanto por palatina . A coroa é levada em posição. Aplicação do catalisador na peça 2. uma de cada vez 5. Manipulação do cimento Relyx ARC 3M ESPE 3.

.

.

.

2006. 1º ed.5(1):31-54.Clín Int J Braz Dent. Ver Dental Press Estét.. Estética em reabilitação oral metal free.  Bahlis A. GOLDSTEIN.Invisível: restaurações estéticas cerâmicas. Loro RCD.et al.  Kina S.2008 jan-mar.1996. Baldi FR.2001 maio-ago.COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Araujo EM Júnior. Bruguera A. RUFENACHT. 1998.Max: uma nova alternativa para dentes com alteração de cor. IPS Empress/IPS Empress 2: alternativas estéticas em sistemas totalmente cerâmicos.Cerâmica dental: em busca da excelência estética-protocolo clínico e laboratorial.2(4):322-67.Rev Odonto Ciênc. Andrade MF. 2003  Clavijo VGR. 496p. RUFENACHT. São Paulo: Artes médicas.Maringá: Dental Press. Monsano R. 2001. Rodrigues ML.1990.2007 .16(33):120-6  Bottino MA .  CARNEIRO et al. Souza NC. Coroas cerâmicas em dentes anteriores:sistema IPS e. Kim C.

Facetas laminadas de cerâmicas. Cavalganti.  SEVERO L.Marson FC. 1(3):256-62  Rosa e Gressler 2001. Machado A. Curitiba. Baratieri LN. 55(4): 291-5 . Lopes FAM. 2002 jul. Facetas estéticas indiretas em porcelana. Figueiredo e Bottino. Borges. Set/out. 2001. 39 (5) : 363-4.  Souza EM de. Senna PM. 2011 out-dez. Ver Assoc Paul Cir Dent. Mendrot. Cimentação adesiva das restaurações cerâmicas. Gressler AEN.2005 jul-set:1(3).COROAS TOTAIS METAL FREE – RELATO DE CASO CLÍNICO REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Sotto-Maior BS./set. Osternack FHR. RGO 1991. Porto Alegre. Influência dos preparos na longevidade clínica de laminados cerâmicos. Clínica-Int J Braz Dent. JBD. Sanches-Ayala A. Silva e Souza JR MH.236-46. Monteiro S.8(4):50-6)  Sensi LG. Souza SM. Silva Neto JP. 2001  Rosa JMC. Hilgert. Ver Dental Press Estét. Del Bel Cury AA. Prótese fixa livre de metal.

OBRIGADO! .