You are on page 1of 6

Lngua de Nhem

Havia uma velhinha


que andava aborrecida
pois dava a sua vida
para falar com algum.

Depois veio o cachorro


da casa da vizinha,
pato, cabra e galinha
de c, de l, de alm

E estava sempre em casa


a boa velhinha
resmungando sozinha:
nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem...

e todos aprenderam
a falar noite e dia
naquela melodia
nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem...

O gato que dormia


no canto da cozinha
escutando a velhinha,
principiou tambm

De modo que a velhinha


que muito padecia
por no ter companhia
nem falar com ningum,

a miar nessa lngua


e se ela resmungava,
o gatinho a acompanhava:
nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem...

ficou toda contente,


pois mal a boca abria
tudo lhe respondia:
nhem-nhem-nhem-nhem-nhem-nhem...
Ceclia Meireles, Ou isto ou aquilo, Nova Fronteira

O TEXTO POTICO

VERSO: cada uma das linhas do


poema.
ESTROFE: conjunto de versos.
Estrofe com
Estrofe com
Estrofe com
Estrofe com
Estrofe com
Quintilha
Estrofe com
Estrofe com
Estrofe com
Estrofe com

um verso: Monstico
dois versos: Dstico
trs versos: Terceto
quatro versos: Quadra
cinco versos: Quinteto ou
seis versos: Sextilha
sete versos: Stima
oito versos: Oitava
nove versos: Nona

RITMO: a musicalidade do poema.


RIMA: combinao de sons semelhantes no
final dos versos.
Tipos de rimas:

Esquem
a
Rimtic
o

Classifica

A
A
B
B

Emparelh
ada

A
B
A
B

Cruzada

A
B
B
A

A
B
C
A

Interpolad
a ou
Intercalad

A
B
C
D

Versos
soltos ou
brancos

SLABAS
MTRICAS
1 Contam-se as slabas at slaba tnica
da ltima palavra do verso.
Tu | na |sa | la |to | so |zi |nha = 8 slabas
gramaticais
1

Tu | na |sa | la |to | so |zi |nha = 7 slabas


mtricas
1
2
3
4
5
7

As slabas das palavras do verso

contam-se conforme so pronunciadas.


L em voz alta o seguinte verso:

Quando eu te olhava sorriam


1

Quan | deu* | to** | lha | va | so |


rri | am
*do eu

**te o