P. 1
Auto da compadecida

Auto da compadecida

|Views: 11,843|Likes:
Published by Etiene
atividade de interpretação de texto
atividade de interpretação de texto

More info:

Published by: Etiene on Mar 29, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/21/2013

pdf

text

original

Nome: ______________________________________Ano: _________ Nº_____ Data:____________

Cena do filme O Auto da Compadecida, de Guel Arraes, com Matheus Nachtergaele, 1998.
CARLOS IVAN/AGÊNCIA GLOBO

O AUTO DA COMPADECIDA
Leia este fragmento do texto da peça Auto da compadecida, de Ariano Suassuna. A cena transcrita acontece depois que morre o cachorro de estimação da mulher do padeiro, patrão de João Grilo. Ela e o marido querem que o animalzinho tenha um enterro em latim, rezado pelo padre, que se recusa a tal disparate. João Grilo (chamando o patrão à parte) — Se me dessem carta branca, eu enterrava o cachorro. Padeiro — Tem a carta. João Grilo — Posso gastar o que quiser? Padeiro — Pode. Mulher — Que é que vocês estão combinando aí? João Grilo — Estou dizendo que, se é desse jeito, vai ser difícil cumprir o testamento do cachorro, na parte do dinheiro que ele deixou para o padre e para o sacristão. Sacristão — Que é isso? Que é isso? Cachorro com testamento? João Grilo — Esse era um cachorro inteligente. Antes de morrer, olhava para a torre da igreja toda vez que o sino batia. Nesses últimos tempos, já doente para morrer, botava uns olhos bem compridos para os lados daqui, latindo na maior tristeza. Até que meu patrão entendeu, com a minha patroa, é claro, que ele queria ser abençoado pelo padre e morrer como cristão. Mas nem assim ele sossegou. Foi preciso que o patrão prometesse que vinha encomendar a bênção e que, no caso de ele morrer, teria um enterro em latim. Que em troca do enterro acrescentaria no testamento dele dez contos de réis para o padre e três para o sacristão. Sacristão (enxugando uma lágrima) — Que animal inteligente! Que sentimento nobre! (calculista) E o testamento? Onde está? João Grilo — Foi passado em cartório, é coisa garantida. Isto é, era coisa garantida, porque agora o padre vai deixar os urubus comerem o cachorrinho e, se o testamento for cumprido nessas condições, nem meu patrão nem minha patroa estão livres de serem perseguidos pela alma. Chicó (escandalizado) — Pela alma? João Grilo — Alma não digo, porque acho que não existe alma de cachorro, mas assombração de cachorro existe e é uma das mais perigosas. E ninguém quer se arriscar assim a desrespeitar a vontade do morto. Mulher (duas vezes) — Ai, ai, ai, ai, ai! Sacristão (cortante) — Que é isso, que é isso? Não há motivo para essas lamentações. Deixem tudo comigo.
ARIANO SUASSUNA. Auto da compadecida. Rio de Janeiro: Agir, 1976.

1 João Grilo é matreiro, isto é, que vence pela esperteza. Em que momento se destaca essa característica da personagem?

2 Releia a passagem em que João Grilo fala sobre o cachorro. • A quem ele se dirige nessa fala?

• Qual é a intenção dele com essa fala?

Português - Etiene

3 Cada conjunto de características refere-se a uma destas personagens: João Grilo e o sacristão. Identifique. • Calculista, interesseiro, falso. ____________________________________ • Esperto, engenhoso, mentiroso. ____________________________________ 4 Esse texto foi escrito para ser encenado, por isso o diálogo apresenta marcações que informam quem vai falar e como vai falar. Reescreva as sete primeiras falas do texto em forma de diálogo inserido numa narrativa não-teatral, isto é, sem as marcações próprias de teatro. Você pode começar com: Chamando o patrão à parte, João Grilo... .

Português - Etiene

1 Justifique o uso do artigo definido nesta frase do texto: “Se me dessem carta branca, eu enterrava o cachorro.” __________________________________________________________________________________________ __________________________________________________________________________________________ 2 O uso de artigo antes de pronome possessivo é optativo. Qual das frases pode ter o artigo excluído sem que haja alteração de sentido?

Ο Ο Ο Ο

“Se me dessem carta branca, eu enterrava o cachorro.” “ ... vai ser difícil cumprir o testamento do cachorro...” “Até que meu patrão entendeu, com a minha patroa, é claro, que ele queria ser abençoado...” “... em troca do enterro acrescentaria no testamento dele dez contos de réis para o padre e três para o sacristão.”

3 Transcreva do texto a frase que traz dois exemplos de numeral. Classifique esses numerais quanto à idéia que representam. Indique se eles ocupam o lugar de um substantivo ou se determinam um substantivo. Justifique. 4 Complete as frases com o adjetivo interesseiro na flexão adequada.

• O sacristão mostrou-se _________________________________. • O padeiro e a mulher mostraram-se __________________________________. • A mulher e o padeiro mostraram-se ____________________________________. • A mulher e a vizinha mostraram-se ___________________________________. •________________________, a mulher e a vizinha combinaram um plano. 5 Complete as frases com um adjetivo à sua escolha, seguindo as regras de concordância. • • • • Você gosta de comédias e piadas _____________________. Eu prefiro filmes e peças _______________. Subiram ao palco,______________ , os atores e atrizes da peça. Nunca vi figurinos e montagem tão_____________________ !

6 Complete as frases com o artigo necessário, fazendo a concordância. • Meu pai estudou a língua inglesa, ____ francesa e______ italiana. • A seleção brasileira, _____argentina e ______alemã participarão do torneio. • A cultura grega e _______ latina originaram lendas e mitos. 7 Complete as frases com um dos adjetivos entre parênteses. • Comprei uma bolsa e um sapato___________________ . (lindas – lindos) • Encontraram a sala e o quarto___________________________ . (vazias – vazios) • Os sofás e as cortinas são__________________________ . (brancas – brancos) • As calças e os vestidos de Juliana estão__________________ . (apertados – apertadas) • O arroz e a polenta estavam muito________________________ . (salgadas – salgados) 8 Faça as concordâncias possíveis. • O confeiteiro fez um pudim e uma rosca ____________________. (delicioso) • O confeiteiro fez uma rosca e um pudim____________________ . (delicioso) 9 Substitua a expressão destacada pelo adjetivo equivalente, fazendo a concordância.
Português - Etiene

• As sandálias e os vestidos de cor prata. _________________________________________________________ • Homem e mulher de coragem. ________________________________________________________________ • Braços e pernas sem força. __________________________________________________________________ • Livro e revista de poesia. ____________________________________________________________________ Produção de texto Escreva um diálogo, imaginando como o sacristão conseguiu convencer o padre a fazer o enterro do cachorro. Lembre-se: • Você pode indicar as falas como quiser, desde que fique claro quem está falando o quê. • Varie os verbos que caracterizam as falas. Não se limite ao disse e falou. • Deixe claro quais as objeções do padre em fazer o enterro e os argumentos usados pelo sacristão para convencê-lo.

Português - Etiene

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->