You are on page 1of 1

MEMÓRIA DE CÁLCULO

1.0 Objetivos: Dimensionar a utilização do andaime tubular fachadeiro.
2.0 Objetos de Análise: Andaime tubular de 1,5m.
3.0 Materiais: Tubo de aço (1200 kg/cm³) de 42 mm de diâmetro externo e 2 mm de espessura.
4.0 Propriedades:
De = 42 mm
Di= 38 mm
(e) = 2 mm
∂= 1.200 kgf/cm²
α = 0,0001
l= 100 cm
5.0 Cálculos do Momento de inércia da secção transversal do tubo
I = π * D4 /64 = (π * ((4,24 – 3,84) /64)) = 5,04 cm4
A = π * D2/4 = π * ((4,2² - 3,8²) /4)) = 2,51 cm²
6.0 Cálculos da Carga Axial Máxima Permitida
P=(A*∂)/ (1 +((αAl ²) /I) = ( 2,51cm² * 1.200 kgf/cm²)/ (1+ (0,0001*2,51 cm² *100² cm²) /5,04cm4 => P = 3012 kgf / (1
+ 0,498) = 2010,68 kgf
7.0 Considerações
7.1 Plataforma de trabalho com dimensões de 1,50m x 1,50m; temos uma área = 2,25 m²;
7.2 Carga padrão = 150 kg/m²;
7.3 Carga máxima para plataforma 2,25 x 150 = 337,5 kg;
7.4 Peso máximo do andaime = 10,20 kg;
7.5 Considerando o coeficiente de segurança igual a 02 (dois) podemos admitir que a carga máxima suportada por
andaime seja 2010,68/2 = 1005,34 kg;
7.6 Retirando a carga da plataforma de trabalho temos 1005,34 - 337,5 = 667,84 kg;
7.7 Dividindo pelo peso de um par de andaimes teremos 667,84/20,4 = 32,73 m.
8.0 Conclusões
Assim o presente equipamento suporta uma carga máxima de 667 kg desde que a altura da montagem da torre
seja inferior a 32,73 m e que a montagem, seguida das inspeções periódicas, seja feita por um profissional habilitado.

Av. Professor Joaquim Cavalcanti, n° 1112
Iputinga, Recife –PE, CEP : 50800010
(81) 3031 9547, (81) 30319514

Pedro Henrique A. M. Andrade
Engenheiro Mecânico CREA PE 057336