You are on page 1of 2

Revoluo Liberal Portuguesa

Tendo em considerao os dados fornecidos pelos documentos 1 e 2 e os seus


conhecimentos, justifique a ecloso da Revoluo Liberal Portuguesa de
1820.
Indique os objectivos da Revoluo de 1820.
Identifique o contexto da retirada da corte para o Brasil em 1807.
Relacione as invases francesas com a Revoluo Liberal.
Relacione a guerra civil de 1832-34 com as dificuldades de implantao do
Liberalismo.
Explique as razes porque falhou a revoluo vintista.
Destaque trs medidas tomadas pelas Cortes Constituintes que no podiam
ser do agrado do Reino do Brasil. Justifique. / Explique a actuao das Cortes
Constituintes de 1821 quanto ao estatuto do Brasil.
Identifique os objectivos da Junta Provisional do Supremo Governo do Reino.
Exponha os motivos que conduziram independncia do Brasil.
Explique como a permanncia da corte no Brasil contribuiu para a sua
independncia.
Explique os motivos que levaram a uma guerra civil em Portugal.
Reconhea na Constituio de 1822 e na Carta Constitucional de 1826 duas
diferentes propostas para a Nao. Deve distinguir os dois documentos
quanto aos seguintes aspectos:
Tipo de diploma;
Conceito de Nao;
Poder rgio;
Tipo de sufrgio;
Composio das Cortes Legislativas.
Explique de que modo a Constituio de 1822 abolia a sociedade de ordens e
o absolutismo.
Explique de que modo a Carta Constitucional de 1826 procurava conciliar o
Absolutismo e o Liberalismo.
Explicite a importncia da legislao de Mouzinho da Silveira na instaurao
da ordem liberal em Portugal. / Demonstre o carcter liberal das reformas de
Mouzinho da Silveira.
Enumere os objectivos do governo Setembrista.
Justifique o fracasso da poltica Setembrista.
Indique as medidas implementadas por Costa Cabral.

Justifique o surgimento de revoltas populares como a da Maria da Fonte e a


Patuleia.