You are on page 1of 2

Em virtude da edio da Editora Record estar fora de catlogo, decidiu-se por uma

seleo nominal dos poemas que constam na edio citada e que podero ser
consultados em outras edies. Cumpre esclarecer que na referida edio de Poemas
negros (2007), alm dos poemas do livro homnimo, encontram-se mais trs livros:
Novos poemas, Poemas escolhidos e Livro de sonetos.
Para o vestibular de 2017 so leitura obrigatria os seguintes poemas:
I - Novos poemas
Essa negra Ful
Comidas
Santa Rita Duro
Minha sombra
Flos Sanctorun
Meus olhos
Cantigas
II Poemas escolhidos
Nordeste
Enchente
O filho prdigo
Poema relativo
Mulher proletria
Poema do nadador
Poema bem-amada
III Poemas Negros
Bicho encantado
Bangu
Histria
Democracia
Retreta do vinte
Quichimbi sereia negra
Zefa lavadeira
Benedito Calunga
Ladeira da Gamboa
Passarinho cantando
Exu comeu tarub
Ancila negra
O banho das negras
Cachimbo do serto
Obamb batizado
Poema de encantao
Rei Oxal, rainha Iemanj
Foi mudando, mudando

Janana
Quando ele vem
Xang
Pra donde que voc me leva
Maria Diamba
Ol! Negro
IV Livro de sonetos1
Os seus enfeites
Apenas eu te aceito, no te quero
Sinto-me salivado pelo Verbo
Vereis que o poema cresce independente
Este poema de amor no lamento
Nas noites enluaradas cabeleiras
Nas noites enluaradas as olheiras

Os sonetos foram dispostos considerando os seus primeiros versos.