You are on page 1of 9

UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

FACULDADE DE ENGENHARIA AGRÍCOLA

Adequação Trator-Implemento – Usina Iracema (Grupo


São Martinho S.A.)

Esse Anteprojeto é uma das atividades


obrigatórias da disciplina FA-978 – Projeto
Integrado 1, sob responsabilidade do Prof.
Dr. Nilson Antônio Modesto Arraes, Prof.
Dr. Roberto Funes Abrahao e Prof. Dr. Luis
Henrique Antunes Rodrigues.

Gustavo Nery Dutra de Castro 043927

CAMPINAS
ABRIL DE 2010
SUMÁRIO

1. TEMA DO PROJETO 1
2. IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO RESPONSÁVEL 1
3. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE 1
4. IDENTIFICAÇÃO DO SUPERVISOR TÉCNICO 1
5. ÁREA DO PROJETO 1
6. TIPO DE PROJETO 1
7. MODALIDADES DE OPERACIONALIZAÇÃO 2
8. NECESSIDADE DO CLIENTE 2
8.1. Contextualização 2
8.2. Motivação 2
8.3. Restrições 3
8.4. Problematização 3
8.5. Stakeholders 4
9. OBJETIVO DO PROJETO 4
9.1. Solução Proposta 4
9.2. Soluções Potenciais 5
9.3. Escolha da Solução 5
10. INDICAÇÃO DO PRODUTO 6
11. ESTUDOS PRELIMINARES 6
11.1. Providos do Cliente 6
11.2. Providos do Aluno 7
1. TEMA DO PROJETO

Adequação dos tratores de uma frente de colheita mecanizada de cana-de-


açúcar da Usina Iracema.

2. IDENTIFICAÇÃO DO ALUNO RESPONSÁVEL

Gustavo Nery Dutra de Castro


E-mail: gustavo.ndcastro@gmail.com
Telefone: (19)9219-4898

3. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Grupo São Martinho S.A. – Usina Iracema


Responsável: Marcelo Bento

4. IDENTIFICAÇÃO DO SUPERVISOR TÉCNICO

Antônio José da Silva Maciel


E-mail: amaciel@feagri.unicamp.br

5. ÁREA DO PROJETO

Máquinas e Implementos Agrícolas

6. TIPO DE PROJETO

Engenharia
7. MODALIDADES DE OPERACIONALIZAÇÃO

Estágio em Empresas

8. NECESSIDADE DO CLIENTE

8.1. Contextualização

A Usina Iracema do Grupo São Martinho utiliza diferentes modelos de


tratores nas frentes de colheita de cana-de-açúcar. Esses tratores com diferentes
potências e tamanhos, não são adequados de forma correta para tal operação.
Isso causa um grande desgaste dos equipamentos, bem como muitas quebras,
além de consumir mais combustível e dificultar a manutenção das máquinas no
período entressafra.
Como estagiário na empresa desde fevereiro, e conversando com meu
superior a respeito, sentimos uma grande necessidade de uma adequação correta
dos tratores.

8.2. Motivação

Devido a uma mudança na gerência da manutenção agrícola da empresa,


existe uma grande motivação de meu superior e de todos os funcionários
envolvidos em desenvolver projetos de melhoria, que gerem uma diminuição nos
custos de manutenção dos tratores para o próximo período entressafra.
Esse projeto visa a utilização dos tratores de forma adequada, sem que
haja esforço excessivo do equipamento, diminuindo o tempo de parada da
máquina por quebra e o consumo de combustível.
8.3. Restrições

Da parte do cliente não houve restrições em relação a recursos físicos e


financeiros. A única restrição é em relação ao prazo, para que o projeto comece a
ser executado durante a safra, para que já apresente melhoria para o próximo
período entressafra.

8.4. Problematização

Aumento no Tempo
Alto Custo de
de Parada por
Manutenção
Quebra

Inadequação dos
Tratores aos
Implementos

Calibragem Rotação do
Lastragem
Inadequada dos Motor / Marcha
Inadequada
Pneus Inadequados

Falta de uma Falta de


Falta de Inspeção
Tabela de Recomendação
e Calibragem
Especificação de de Marcha e
Lastragem Correta Rotação Ideal
para a Operação para executar a
Falta de uma Operação
Tabela de
Especificação de
Calibragem

Figura 1: Árvore de Causa e Efeito


8.5. Stakeholders

Por se tratar de um projeto executivo, os stakeholders são todas as


pessoas que estão diretamente e indiretamente envolvidas no projeto.
- Gustavo Nery Dutra de Castro, Engenheiro Responsável.
- Marcelo Bento, Coordenador de Manutenção e Colheita da Usina Iracema.
- Antônio José da Silva Maciel, Supervisor Técnico.
- Funcionários do Departamento de Manutenção Agrícola da empresa.
- Grupo São Martinho S.A.

9. OBJETIVO DO PROJETO

9.1. Solução Proposta

Foi proposto para o cliente um projeto de adequação dos tratores de uma


frente de colheita da usina, de acordo com as solicitações de cada um deles.
Primeiramente será feito um levantamento dos tratores que estão
envolvidos (marca, modelo, peso, tipo de rodado, etc.) e quais os implementos
que estão a eles acoplados. Será analisado a necessidade de solicitação de cada
implemento e quais são as adequações necessárias para cada um dos tratores,
assim como as recomendações de operação. Todos os parâmetros serão
analisados individualmente para cada equipamento.
Com as novas recomendações disponíveis, isso será passado para todos
os operados, e para os caminhões comboio, que são responsáveis por calibragem
e lubrificação das máquinas no campo.
9.2. Soluções Potenciais

Adequação dos
Tratores de uma
Frente de Colheita

Diminuição do
Diminuição de Custos Tempo de Parada de
com Manutenção cada máquina por
Quebra

Melhora no
Aumento da Vida Útil Economia de Verba que Rendimento da
das Máquinas pode ser revertida para Frente de Colheita
novos investimentos

Melhor
Modernização Abastecimento da
Usina com Cana-de-
Açúcar

Aumento da
produção de Açúcar
e Alcool

Figura 2: Árvore de Meios-Fins

9.3. Escolha da Solução

Como solução para o projeto, temos a criação de uma tabela de


especificação (calibragem, lastragem e rotação do mortor / marcha adequada)
para cada trator.
Esta foi a solução escolhida, pois ambas as partes acreditam que a falta de
uma adequação correta dos tratores da usina, geram gastos excessivos na
manutenção dos mesmos, principalmente com rodados. Não haverá nenhum
custo para o cliente a implantação desse projeto, necessitando apenas que a
empresa ofereça um treinamento para seus operadores, de como seguir e manter
seus equipamentos dentro das especificações geradas pelo projeto.

10. INDICAÇÃO DO PRODUTO

Os produtos a serem entregues para o cliente são especificações divididas


em Máquina (Inventário), Calibragem Adequada, Lastragem e Recomendações
Operacionais. A Figura 3 mostra a estrutura analítica (WBS) do projeto.

Tabela de
Especificações

Inventário da Calibragem Latragem Recomendações


Tipo de Solo
Máquina Adequada Adequada Operacionais

Modelo Potência Modelo / Marca Lastro Lastro Marcha Arenoso Semi- Argiloso
dos Pneus Frontal Traseiro arenoso

Rotação
Água nos Água nos
Especificação do
Pneus Pneus
Pneu
Dianteiros Traseiros

Figura 3: Estrutura Analítica de Projeto (WBS)

11. ESTUDOS PRELIMINARES

Para iniciar a execução do projeto, serão necessários alguns estudos


preliminares de análise.

11.1. Providos do Cliente

Para a execução do projeto o cliente deve disponibilizar as máquinas e


implementos agrícolas para serem estudados, e as atuais especificações
utilizadas pela empresa (Calibração, Rodado, Lastragem)
11.2. Providos do Aluno

Os estudos preliminares do aluno devem ser referentes à bibliografia


relacionada a adequações de tratores a implementos agrícolas, aos tipos de solos
encontrados nas propriedades da usina e o inventário das máquinas a serem
utilizadas no projeto.