You are on page 1of 4

Discipulado

1º Edição

Amar - Discipular - Servir
Recreio Sertãozinho
Desde 29/11/2014

“Somos igreja para chegarmos ao céu pela adoração, estamos juntos
para comunhão e alcançarmos o mundo pela evangelização e discipulado”.

1º RETRATO — O ESTADO ORIGINAL
(figurado no Éden)
1.1- Definição: estado de comunhão com Deus, bem-estar pessoal, comunhão com o
próximo e com a natureza; figurado no Éden.
1.2- Lei de Deus: o caráter de Deus expresso na imagem de Deus e na lei natural.
1.3- Natureza do homem:
a. O ser humano é uno constituído de matéria e espírito - “formou o Senhor Deus
ao homem do pó da terra [físico e material], e lhe soprou nas narinas o fôlego da
vida [imaterial e espiritual], e o homem a passou a ser alma vivente” (Gn 2.7;3.19;
Jó 33.4; 34.15; Tg 2.26; ver também Ec 12.7).
b. O ser humano é relacional: Deus, eu mesmo, o próximo e a criação.
1.4- Comunhão com Deus: o homem foi criado à imagem de Deus (Gn 1.26,27); Deus
é triúno: Pai, Filho e Espírito Santo - “façamos o homem”.
1.5- Comunhão consigo: o homem sabe quem é e de onde (ou de quem) ele vem.
1.6- Comunhão com o próximo: como ser relacional, o homem não é plenamente
humano na solidão; o pleno ser humano somente se desenvolve na relação.
1.7- Comunhão com a natureza: o Senhor plantou um jardim e colocou o homem
para cuidar da terra (Gn 2.8).
Igreja

Brasil
OCRISTO

para

Sertãozinho

Amar - Discipular - Servir

Rua Lazaro Marçal de Camargo, 256 - Recreio Sertãozinho - Suzano

“Ele vos deu vida estando vós mortos em vossos delitos e pecados” (Ef 2.Discipular .independência da criatura rompe a unidade e introduz no mundo o caos. .Pecado é contrário à lei moral do universo e causa separação de Deus (Is 59. Igreja Brasil OCRISTO para Sertãozinho Amar .9) não pertencimento — o homem não sabe quem é.23) . tensão interior. capacidade de sentir uma coisa e falar outra. 256 . tensão entre os valores internos e a realidade.2). não há quem entenda” (Rm 3.Suzano .Sem Cristo. de onde vem.Discipulado Pág. . autonomia . a teoria da evolução aprofunda a alienação do homem.Natural: o homem rejeita o seu estado natural.1. a.Definição: “pecado é qualquer falta de conformidade com a lei de Deus. MORTE ESPIRITUAL: separação de Deus — figurado pela expulsão do Éden. separados da comunidade. . 2. o homem decaído busca esperança e significado em si mesmo. mas não é capaz de dar sentido nem de satisfazer a si mesmo. estranhos às alianças da promessa. ou qualquer transgressão desta lei” (Catecismo de Westminster).Culpa: consciência de dívida. MORTE PSICOLÓGICA: separação de si — figurado por “tive medo e me escondi” .Conseqüências: o pecado causou efeitos imediatos e mediatos nas 2 dimensões (física e espiritual) e em 4 esferas (Deus.Pois todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Rm 3.O PECADO ORIGINAL (figurado na expulsão do Éden) 2. o próximo e a natureza).3. pela razão. certamente morrerás” (Gn 2.1).Alienação: “onde estás?” (Gn 3. apenas a submissão a Deus pode conciliar o coração com o mundo de Deus.Soberania de Deus: o homem rejeita seu relacionamento com o Criador . nem sequer um.10) . ver 1João 3. . : fonte de conflitos psicológicos.4 2. de falar uma coisa e fazer outra.Desobediência: “no dia em que dela comerdes.17). 02 2º RETRATO . sem Deus no mundo (Ef 2. b. sem esperança.“Não há justo.Servir Rua Lazaro Marçal de Camargo.11-13).Lei do pecado: pecado como princípio de rebelião. não é possível alcançar sentido satisfatório. . eu.Recreio Sertãozinho .2. .

2. o homem é um ser único.Degeneração: o processo de fragmentação e alienação do ser humano está em expansão e aprofundamento. o próximo é importante se servir só para satisfazer os seus interesses. mas nós mesmos. o nível inferior não dá sentido e o superior é inalcançável à compreensão.ou seja.. os relacionamentos são regidos pelo medo e pela necessidade de preservação.Suzano . MORTE SOCIAL: separação do próximo .figurado pelo assassinato de Abel.” (Rm 8.Dividido: “ânimo dobre” (Tg 4." (Gn 2. . abandonando a tentativa de juntá-las” (Albert Schweitzer). Visão cristã: diferentemente da teoria da evolução.Desespero: a perda de Deus encerrou o homem na sua condição finita.19-23). . Igreja Brasil OCRISTO para Sertãozinho Amar . c. . uma experiência única.Solidão: "Não é bom que o homem esteja só.8) “O progresso sempre consiste em pegar uma de duas alternativas. não há explicação para o dilema humano e não há esperança. d. sua origem.Servir Rua Lazaro Marçal de Camargo.4.figurado pela maldição da terra. porque afinal sempre o homem sempre foi assim. c. . destino e dilemas estão envoltas em mistério.Egoísmo: a força propulsora do homem natural é fazer tudo girar em torno de si mesmo. .Recreio Sertãozinho .. 256 . a natureza do homem. Tudo que o homem é e faz é 'manchado' pela separação de Deus. E não só ela. 03 .Reflexões sobre a queda: a.. . Dilema: o homem tem um sentimento de banimento do paraíso e uma ânsia por significado.18) — o homem é semelhante ao náufrago em um bote salva-vida: “água por toda parte e nenhuma gota para beber”.Discipulado Pág. MORTE ECOLÓGICA: separação do ambiente . o homem decaiu de um estado de harmonia.fonte de conflitos sociológicos: o homem não é capaz de estabelecer relacionamento real com seu semelhante. b.Criação geme: “Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.Discipular . a Bíblia fala de involução .. se a QUEDA não for considerada. Mistério: seja qual for o ponto de partida.

.Compare . de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento” (Lc 10. ver Sl 25. Mc 12. mantemos comunhão uns com os outros” (1Jo 1.1.1). segurança. nem de todo não te queria.17) com “novos céus e nova terra” (Ap 21.20). era eu quem queria fazê-lo. pertencimento. de toda a tua alma. 3. a nossa comunhão é com o Pai e com seu Filho. paz.2.31).21. e eu quem não queria fazê-lo.13-22). e porque não te queria de todo.Recreio Sertãozinho . Se.14). como ele está na luz. primeiro mandamento: “Amarás o Senhor Deus de todo o teu coração. Jesus Cristo. lutava comigo mesmo e me rasgava em pedaços.7) c. At 3.Glorificação: a consumação da obra de salvação. concidadãos dos santos. reconciliação com Deus. novidade. Cl 1.1) Para refletir: Agostinho: “Quando pensava em me consagrar por inteiro ao Teu serviço.Comunhão com o próximo: livres para amar e ter conexão com outros.“maldita é a terra por tua causa” (Gn 3.Discipulado Pág.. 04 3º RETRATO — RESTAURAÇÃO TOTAL (figurado na cruz de Cristo) 3.3.30. unidade.3.27b. b. 4º RETRATO — GLORIFICAÇÃO FINAL (figurado na Nova Jerusalém) 4.17) .” LEITURA BÍBLICA: Romanos 1.. "Os pacificadores serão chamados filhos de Deus" (Mt 5. 3.1. tanto as que estão na terra.Reconciliação: aproximados.Comunhão com Deus: paz com Deus (Rm 5. como as que estão nos céus” (Cl 1.28. Mt 12.9). Mt 22. andarmos na luz.4. a.Discipular ..10).Suzano .Servir Rua Lazaro Marçal de Camargo.38. Deus meu. a restauração de todas as coisas (Mt 19.27. “Amarás o teu próximo como a ti mesmo” (Lc 10. habitação de Deus (Ef 2. 256 .Comunhão consigo: amor. era eu mesmo.“destituídos da glória de Deus” (Rm 3.20) 4.2. sentido (1 Jo 4. 3.37. 2 Igreja Brasil OCRISTO para Sertãozinho Amar . “por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas. família de Deus. Mc 12.23) com “glorificados com ele” (Rm 8.