FOLHAEXTRA

E

A1

OS

EN

HO

OM

EU

PA
S

TO

RE

NA

DA
M

E FA

LTA
R

Á!

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED.1495

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO
DE 2016 - ANO 13 - Nº 1495 - R$ 1,00

Versão na internet folhaextra.com

O JORNAL DO NORTE PIONEIRO E CAMPOS GERAIS
DIRETOR ALCEU OLIVEIRA DE ALMEIDA

OUSADIA

Homem invade delegacia para entregar
drogas e celulares para presidiários
A ousadia dos marginais está cada dia maior. Tanto que enquanto muitos lutam para ficar longe de delegacias, nesta
semana um rapaz tentou invadir a carceragem da Polícia
Civil de Tomazina. O objetivo era entregar drogas e celu-

lares para os presos. A situação aconteceu durante a última quarta-feira, quando Alex Júnior de Souza, conhecido
como Ratinho, pulou o muro da Delegacia de Polícia Civil
de Tomazina para fazer um “serviço delivery” para os presiD I V UL G AÇ Ã O

diários locais. Segundo os policiais, Alex pretendia subir no
telhado da carceragem e, com uma linha, descer as drogas e
os celulares pelo solário até uma pequena janela de entrada de ar, onde os presos pegariam a encomenda. Página A5

Novo secretário de Pinhalão
quer usar esporte como
meio de resgate social
O poder do esporte como objeto de
resgate social é de conhecimento geral.
Infelizmente o potencial deste meio é
muitas vezes esquecido pelos gestores
públicos. E assim como dinheiro investido no saneamento é economizado na

Romanelli recebe delegado
e investigador da Polícia
Civil de Wenceslau Braz
Os delegados do Norte Pioneiro pedem pelo aumento no número de investigadores e agentes carcerários, para que os investigadores não precisem mais “cuidar” dos presos. Página A3

Agência do Trabalhador
de W. Braz tem 10
ofertas de emprego
A Agência do Trabalhador de Wenceslau Braz conta atualmente com
10 ofertas de empregos disponíveis.. Página A4

saúde, aquilo que se destina ao esporte irá se economizar na segurança, por
exemplo. Este é o foco do recém empossado secretário de Esporte e Cultura de
Pinhalão, Carlos Alberto Leal, o sargento
Betinho. Página A6

Richa inaugura Centro
Estadual de Educação
rofissional de andeirantes
O município de Bandeirantes passa a abrigar um novo Centro
Estadual de Educação Profissional. É a décima escola de educação
profissional entregue pelo governador, desde 2011. É a terceira
do Norte Pioneiro. Página A3

FIM DO MISTÉRIO

FIGUEIRA

RENDIMENTO

Vendedor brazense que
desapareceu é encontrado
em Ponta Grossa

Sonho da casa
própria via
realidade para
14 famílias

Paranaenses pagaram R$ 1,66
bilhão em Imposto de Renda
Pessoa Física em 2015

D I V UL G AÇ Ã O

O Residencial Vale Verde I,
empreendimento habitacional construído em Figueira,
na região do Norte Pioneiro,
é o novo lar de 14 famílias do
município. Página A6

D I V UL G AÇ Ã O

Prefeitura de
Cambará abre
concurso para
106 vagas
O mistério acabou. E com final feliz. O vendedor Valdinei dos Santos
Domingues, morador de Wenceslau Braz, foi encontrado na noite de
quarta-feira (24) em Ponta Grossa. Uma idosa o encontrou, vagando
sem memória pela cidade, e acionou a Polícia Militar. Página A5

Foram abertas pela prefeitura de
Cambará nesta quinta-feira (18)
as inscrições para dois editais:
concurso público de edital nº
01/2016 e processo seletivo de
edital nº 006/2016. Página A4

Os paranaenses pagaram R$ 1,66 bilhão referentes ao Imposto de Renda Pessoa Física
(IRPF) em 2015. O volume foi 8,3% maior do
que no ano anterior. Foi a maior alta entre os

Estados do Sul, de acordo com levantamento
do Instituto Paranaense de Desenvolvimento
Econômico Social (Ipardes) com base nos dados da Receita Federal. Página A6

A2 EDITAIS
Artigo

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED.1495

Por SONIA PEDREIRA DE CERQUEIRA
Fãs da Psicanálise

A psicanálise, empresa e liderança
minha visão de mundo pessoal e profissional melhorou e
melhora a cada dia. Exponho
aqui minhas visões e experiências sobre os mais variados
assuntos empresariais. Esta semana escolhi o tema LIDERANÇA. Isso porque acredito que
uma empresa só começa ou
existe com a figura de um líder.
Liderança, sustentabilidade e
inovação são as palavras mais
usadas e procuradas hoje pelos
líderes e funcionários de todos os tipos de empresas. Vejo
empresas muito desenvolvidas
tecnologicamente todos os
dias, que criam e vendem todo
o tipo de tecnologia e serviço
de ponta que possamos imaginar. Entretanto, basta freqüentar algumas reuniões nestas
empresas, seja para definição,

alinhamento ou qualquer outro assunto onde se tenha pontos de vistas diferentes, para
perceber que realmente tecnologia não é problema para essas empresas.

RES. Se os líderes são treinados
adequadamente para lidar
com estes problemas tudo bem,
mas a realidade é que estes
treinamentos se resumem no
seguinte: 60 horas de um cur-

O problema mais difícil e presente
nestas empresas é aquele relacionado
ao comportamento humano. E para
lidar com o comportamento humano
as empresas convocam os LÍDERES.
O problema mais difícil e presente nestas empresas é aquele
relacionado ao comportamento humano. E para lidar com
o comportamento humano as
empresas convocam os LÍDE-

so contratado pelo pessoal do
“rh”, dentro de um orçamento
limitado pelo pessoal de compras, e finalmente aprovado
pelo orçamento. Estes líderes
serão demasiadamente cobra-

“Eram R$ 200 milhões para a
construção de colégios profissionalizantes
que estavam engavetados. Ao perceber
o quanto era importante para o
desenvolvimento de nossa juventude,
fomos atrás e não perdemos esses
recursos”

Olha o
que foi
dito!

dos por conhecimentos adquiridos durante esse breve treinamento. Todavia, conhecimento
sem habilidade, no campo do
comportamento humano, é conhecimento nulo.
Neste sentido, penso que a
melhoria pelos relacionamentos dentro das organizações
não passa pelo senso comum
do treinamento, da aquisição
do conhecimento, do “happy
hour”, do “café com o líder”,
mas sim pelo trabalho árduo,
mas prazeroso de entender os
“por quês” das atitudes das
pessoas frente a outras pessoas
e frente às situações.
Líderes que não passam por
um sistema de treinamento
onde aprendem a se conhecer
e conhecer o outro não sabem
como aproveitar e valorizar as

pessoas de sua equipe. O resultado, todos conhecemos: líder
estressado, deprimido, equipe
com baixa auto-estima, absenteísmo, perda de talentos e
muitos outros que eu não vou
enumerar aqui.
Desta forma, inserir nos treinamentos comportamentais para
a liderança pelo menos os conhecimentos básicos de psicanálise, aliado a uma acompanhamento individual do líder,
é de fundamental importância
para o sucesso de um sistema
de liderança.

COMENTE O ASSUNTO.
ACESSE FOLHAEXTRA.COM

“Precisamos preservar os jovens
daquilo que acontece nas ruas, e assim
ajudar na formação de bons cidadãos. E isto
nós conseguimos em grande parte através do
esporte, que tira jovens não só das ruas, mas
também do ócio, e canaliza toda energia que
eles têm”

Um convite para escrever sobre psicanálise nas empresas
é estimulante para quem, ao
longo dos anos, transita entre
os mais variados segmentos e
os mais diversos tamanhos de
empresas. Vou começar por me
apresentar, sou consultora de
empresas e atuo na área de gerenciamento de projetos e treinamento. Há seis anos me matriculei no curso de psicanálise
clínica com a enorme necessidade de aprender sobre o comportamento humano para conseguir trabalhar melhor com
meus pares, líderes, clientes e
outros. Como fui inocente!
Concluí o curso que seria o
maior divisor de águas da minha vida. Depois de sofrer com
todos os conceitos, analises e
auto-analises, posso dizer que

Carlos Alberto Leal –
secretário de Esporte de Pinhalão

Beto Richa –
governador do Paraná

Artigo

Artigo

A sorte e inveja no trabalho

A castração da sociedade

Por SONIA PEDREIRA DE CERQUEIRA

Por WANDER B.

Sempre gosto de trazer para meus
textos as experiências de minha
semana de trabalho, já que passo
por tantos ambientes diferentes,
sempre tenho contato com pessoas admiráveis.
Esta semana estava conversando
com uma jovem empresária que
acabou de abrir seu próprio negócio. Esta profissional tem muito sucesso em sua carreira, tem
uma atrativa carteira de clientes
e trabalha sem parar, faz cursos
e passa os fins de semana planejando seu trabalho.
Com toda essa trabalheira, ela
sempre escuta de seus colegas/
concorrentes a seguinte frase:
“nossa, como você tem sorte”.
Comentário infeliz de quem no
fundo, mas bem lá no fundo, está
morrendo de inveja e é incapaz
de fazer um elogio sincero, como

Charge

Fãs da Psicanálise

por exemplo: “parabéns, você merece por todo seu esforço, dedicação e disciplina”.
E a inveja inunda os ambientes
de trabalho.
A palavra inveja vem do Latim
INDIVIA que significa “olhar torto”. Significa o desejo de obter
algo que outra pessoa possui e
que você não tem. Como se você
sentisse tristeza pelo bem alheio.
O invejoso cobiça tudo o que
é alheio, o cargo, o trabalho,
aquele projeto que o chefe passou
para o colega e a atenção que o
chefe dá para as outras pessoas
da equipe. O mais interessante é
como ela é manifestada: o invejoso agride, difama, prejudica e
sabota o trabalho alheio. E o pior
disso tudo é que seu lago egocêntrico faz com que ele se sinta o
máximo, senhor da razão (só

mais um injustiçado).
Mas a pior inveja é aquela que
está na “normalidade”, podendo ser manifestada quando não
ouvimos ou não damos importância ao sucesso de um colega,
quando não conseguimos fazer
um elogio. Quando sentimos
uma tristeza enorme depois de
uma ótima reunião onde um colega se destacou .
O processo que desencadeia toda
essa inveja já é bem conhecido
nosso: a comparação. Quando
nos comparamos com os outros
podemos nos sentir injustiçados,
o que nos desperta este sentimento de frustração, uma insatisfação pessoal que nos corrói,
nos entristece, que qualificamos
como inveja.
E como saímos deste processo? A
única maneira que vejo para me-

lhoramos este sentimento é fazermos uma comparação conosco
mesmo. Você está melhor ou pior
do que ontem? Você já alguma
vez na vida pensou de onde você
veio, no que você se transformou
agora ( aonde você chegou) e o
que falta você fazer para sociedade aonde vai se perpetuar? Ao
pensar nessas três questões, olhamos para nossa própria vida e
começamos a admirá-la.
Não temos como nos comparar
com os outros, as pessoas são
diferentes, as necessidades diferentes, os comportamentos diferentes. Só temos condição de nos
comparar com o nosso próprio
referencial como pessoa. Dessa
maneira, damos início ao auto-tratamento da nossa inveja.
COMENTE O ASSUNTO.
ACESSE FOLHAEXTRA.COM

Escritor

O sistema alimenta a insatisfação
sexual da sociedade porque sobrevive da impotência da maioria
de seus membros. Um sujeito com
a sua sexualidade minimamente
saudável deixa de aceitar as insatisfações em outros campos, passa
a não vê-las com naturalidade.
Realizando de forma mais plena
os seus desejos sexuais, esse homem tenderá a uma busca por um
cotidiano onde haja a necessidade
de uma entrega maior por parte
de todas as pessoas envolvidas em
qualquer situação e, consequentemente, o prazer mútuo pelas concretizações dos esforços feitos – o
que muda de imediato a sua relação com seu trabalho, com suas
opções de educação e lazer, com
suas convicções políticas e religiosas; enfim, mexe na base das relações humanas em geral.
Desejará ter voz ativa: a incapacidade que temos de nos colocarmos
firmes diante de qualquer assunto
diz muito sobre as nossas limitações fisiológicas, sobretudo as que
dizem respeito ao potencial orgástico.
Os mitos em torno do tamanho
do pênis, dos seios, das nádegas,

assim como todos os padrões estéticos que nos são vendidos diariamente estão na base da edificação
de um discurso que visa nos diminuir diante do mundo. A moral
fundamentada na culpa, defendida pela maior parte das doutrinas
filosóficas e religiosas, formam outro pilar de sustento na construção
do homem frágil.
A raiz da ambivalência constituída por abstinência e compulsão,
tão presente em todos os campos
da vida na pós-modernidade e
muito bem representada pela
dualidade entre miséria e consumismo, evidencia e denuncia essa
relação doentia que se estende do
comportamento sexual ao coletivo. Trabalhar por uma vida sexual
saudável é então bem mais do que
isso. É um desejo que não se limita
a quatro paredes; ultrapassa essa
fronteira e lança no mundo novas
possibilidades para uma reformulação, tão necessária, de nossa
sociedade.

COMENTE O ASSUNTO.
ACESSE FOLHAEXTRA.COM

POLÍTICA A3

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED.1495

SEGURANÇA EM PAUTA

Romanelli recebe delegado e investigador
da Polícia Civil de Wenceslau Braz
Deputado e policiais conversaram sobre segurança e
debateram melhorias para o setor em Wenceslau Braz a região
D I V UL G AÇ Ã O

Crime
leve, não
De uma maneira geral, o advogado, cumprindo
seu papel, sempre procura dizer que seu cliente é
inocente ou é acusado de ter cometido crime menor, de importância secundária.
Para Fabio Tofic, advogado de João Santana e sua
mulher, eles estão presos por conta não declarada no exterior. “É um crime pelo qual não existe
uma pessoa presa no país. Não vou dizer que é um
crime leve, mas não enseja a prisão de qualquer
cidadão”. Faz lembrar Lula, na explosão do mensalão, dizendo que caixa dois era pratica corriqueira
em qualquer partido.
Na época, o ex-tesoureiro Delubio Soares, ironicamente, rebatizou a alternativa criminosa de
“recursos não contabilizados”. No julgamento do
mensalão, a ministra Carmen Lucia foi direta: “Caixa dois é crime, é agressão à sociedade brasileira”.

Romanelli em reunião com o investigador Élcio Júnior e o delegado Miguel Bakr
D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PMDB) recebeu
a visita do delegado da Polícia
Civil de Wenceslau Braz, Miguel
Bakr Filho, e do investigador
Élcio Júnior, também lotado
na delegacia brazense. A visita
aconteceu na última quarta-

-feira (24) no gabinete do parlamentar, em Curitiba.
Na oportunidade foram discutidas melhorias para a segurança
pública de Wenceslau Braz a
região. Os delegados do Norte
Pioneiro pedem pelo aumento
no número de investigadores
e agentes carcerários, para que
os investigadores não precisem
mais “cuidar” dos presos.

“Estamos debatendo melhorias
para a segurança do Norte Pioneiro, que recebeu investimentos significativos nos últimos
anos, inclusive mais policiais
militares nesta semana. Vamos
levar as demandas ao nosso
governador Beto Richa e tenho
certeza que dentro das possibilidades do governo mais uma vez
seremos atendidos”, pontua o

deputado.
Em dezembro do ano passado
a delegacia de Wenceslau Braz
passou por um motim, causado
por presos que haviam chegado
há pouco tempo no município.
Apesar de contar com um número de presos superior capacidade, a carceragem brazense
não teve outros incidentes nos
últimos anos.

Deputado diz que obras da nova ponte sobre o rio
das Cinzas começaram e balsa chega no sábado
D A A S S E S S O R IA
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

A execução das obras da nova
ponte sobre o Rio das Cinzas,
que liga os municípios de Bandeirantes e Itambaracá ( m 102
da Rodovia Dino Veiga), começaram nesta semana com trabalhos de fundição e ferragens. A
primeira previsão para o inicio
das obras - início de fevereiro foi adiada devido a necessidade

da adequação do pro eto de engenharia, que receberá cerca de
13 milh es de investimentos do
governo do Estado.
Nesta quarta-feira (24), em
contato com o superintendente Regional do Departamento
de Estradas e Rodagem (DER)
de Londrina, José Ferreira
Heidgger, o deputado estadual
Rasca Rodrigues (PV ) obteve
mais informaç es a respeito do
transporte por balsas, que será
utilizado como alternativa de

locomoção enquanto as obras
durarem.
A empresa responsável (F. Andreis) está transportando as
balsas do Litoral até a região em
dois momentos. Ela foi cortada
em duas partes, sendo que a
primeira á chega no próximo
sábado (dia 2 ) na região, e
assim que chegar a outra metade, a balsa será montada para
o imediato funcionamento ,
explicou o deputado, que vem
acompanhando os desdobra-

mentos da obra.
O CASO

A ponte sobre o Rio das Cinzas
no último dia 12 de aneiro não
suportou a correnteza do rio e
desmoronou. Desde então, este
que é um dos principais acessos
entre os municípios e também
do Norte Pioneiro com o sul do
estado de São Paulo, continua
interditado em nove quilômetros.

Richa inaugura Centro Estadual
de Educação Profissional de Bandeirantes
A E N
re p o rta g e m @

Valdir Garcia (direita) durante solenidade com presidente da Sanepar
f o l h a e xt r a .co

m

O município de Bandeirantes
passa a abrigar um novo Centro
Estadual de Educação Profissional. O governador Beto Richa
(PSDB) esteve no município
nesta quinta-feira (25) para inaugurar a nova escola, que recebeu
o nome de Professor Osório
Gonçalves Nogueira, um pioneiro e líder na região. É a décima
escola de educação profissional
entregue pelo governador, desde 2011. É a terceira do Norte
Pioneiro.
O governador afirmou ser um
privilégio inaugurar um Colégio
Estadual de Educação Profissional. “Este belíssimo espaço tem
capacidade para atender 1.200
alunos, que estarão aqui cui-

dando de seu futuro, terão um
desenvolvimento intelectual melhor e a possibilidade de realizar
atividades físicas, esportivas e
culturais , afirmou o governador
na solenidade, ao lado do prefeito Celso Silva (PDT), lideranças e
a comunidade. Foram investidos
R$ 8,5 milh es na construção da
escola. Uma estrutura funcional, confortável, tudo que é necessário para garantir a formação
aos alunos que aqui passarem.”
Richa disse que, quando assumiu
o governo, em 2011, os recursos
para a construção de Centros de
Educação Profissional estavam
parados. Eram R$ 200 milh es
para a construção de colégios
profissionalizantes que estavam
engavetados, por falta da contrapartida do Estado no governo
anterior. Ao perceber o quanto
era importante para o desenvol-

vimento de nossa uventude, fomos atrás e não perdemos esses
recursos, que teriam que ser devolvidos a Brasília”, contou ele.
Richa afirmou que, ho e, a cada
R$ 3 arrecadados no Paraná, R$
1 é investido em educação.
12 SALAS

Com 6.500 metros quadrados, o
novo CEEP recebeu investimento de R$ 8,5 milh es, feito com
recursos do governo Estadual e
Governo federal, através do programa Brasil Profissional. Conta
com 12 salas de aula e com espaços pro etados para o desenvolvimento dos cursos técnicos (laboratórios básicos e específicos e
acervos bibliográficos). O Centro
á foi contemplado com mobiliários e equipamentos para o funcionamento dos espaços como

cozinha, refeitório, salas de aula,
sala de professores, biblioteca,
auditório, ginásio de esportes
e dependências administrativas
(sala de direção, supervisão, secretarias).
Para o início das atividades estão
previstos os cursos Técnicos em
Enfermagem, Alimentos e Cozinha, nas formas integrado ao Ensino Médio e subsequente, autorizados para o primeiro semestre
de 2016. Outros quatro cursos
estão sendo estudados para serem colocados à disposição dos
jovens de Bandeirantes e desta
região. Foi fruto de um estudo e
pesquisas acompanhando a demanda do mercado e da vocação
desta região, para que o jovem,
ao sair daqui com a sua formação
e habilitação, tenha mais possibilidade de ingressar no mercado
de trabalho”, disse Richa.

Bertoldi preso em SC
O ex-deputado Osmar Bertoldi (DEM) foi preso na
noite de quarta-feira (24) por volta das 22 horas,
em Camboriu, em Santa Catarina. Ele foi preso em
operação conjunta da Polícia Militar e da Polícia
Federal por estar com mandado de prisão preventiva em aberto.

Bateu em mulher
O Tribunal de Justiça do Paraná decretou prisão
contra o ex-deputado em 8 de janeiro como medida protetiva de urgência. Ele agrediu a namorada, que fez queixa na Polícia. No último dia 5 de
fevereiro, um pedido de revogação da prisão por
parte da defesa foi negado pela Justiça.

Caixa dois
O depoimento de Monica Moura, garantindo que
recebeu dinheiro da Odebrecht no exterior, via
caixa dois, para pagar despesas de campanhas
que o marido, João Santana, fez na África e América Latina pode ser muito conveniente para livrar
o PT e Dilma Rousseff de encrencas, mas cria um
problemaço para a maior empreiteira do país.

Christiane Yared no PR
O deputado federal Luiz Nishimori, que é o presidente do Partido da República do Paraná, formalizou o convite oficial a deputada Christiane Yared
para ingressar no PR. O convite partiu do presidente Estadual, com a aprovação do Presidente
do PR Nacional, o deputado federal Alfredo Nascimento e do Ministro dos Transportes, Antonio
Carlos Rodrigues.

Richa cobra agilidade
O governador Beto Richa mandou sua equipe colocar o pé no acelerador nas ações e projetos de
governo. Richa afirmou que a tarefa é colocar em
prática todas as ações que ainda não foram executadas ou estão em ritmo lento. “As ações que têm
que acontecer que aconteçam o mais rápido possível”, cobrou Richa durante reunião com secretários no Palácio Iguaçu.

Sem desculpas
Richa ressaltou que o resultado do ajuste fiscal
permite a todas as áreas do Estado condições de
executar os projetos com maior agilidade. “É preciso empenho e dedicação de todos os gestores.
Vamos trabalhar ainda mais e ser mais eficientes
na execução das nossas ações”, afirmou.

Sem verve
O deputado Requião Filho perdeu a verve, comum no parlamento paranaense, nos comerciais
exibidos pelo PMDB na TV. “Não dá para culpar o
mundo pelos erros acontecidos dentro de casa.
Primeiro é preciso ter clareza na situação, mostrar
que temos plena consciência dos nosso erros.

A4 CIDADES

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED.1495

BEM NA FOTO

Em Resumo

Jaboti ganha mais um carro
para a secretaria de Saúde
Pálio, avaliado em R$ 35 mil, chega por intermédio da secretaria de Estado
de Saúde no amplo processo de renovação da frota municipal de Jaboti
D I V UL G AÇ Ã O

D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

Os pacientes de Jaboti que precisam do apoio da secretaria
municipal de Saúde para serem
transportados contam a partir
de agora com um novo veículo.
Nesta semana a prefeitura apresentou um Fiat Pálio 0 km, que
chega por intermédio da secretaria de Estado de Saúde.
O carro, com quatro portas e
equipado com acessórios como
ar condicionado, direção hidráulica e vidros elétricos, é avaliado
em R$ 35 mil e já está à disposição da população.
“É mais um carro que vai nos
ajudar bastante no transporte
de pacientes, dando ao pessoal
muito mais conforto e segurança”, comemora o prefeito de
Jaboti, Vanderlei de Siqueira e
Silva, o Lei da Lica (PSDB).
De acordo com o prefeito, este
veículo é mais um que chega no
amplo processo de renovação da

Pálio será usado para o transporte de pacientes

frota municipal implantado pela
atual gestão.
“Estamos fazendo uma renovação muito grande na nossa
frota, que tinha muitos veículos
antigos, e pouco a pouco estamos substituindo os velhos por
novos, dando mais qualidade de
vida à nossa população”.

LEILÃO

Os veículos antigos, por sua vez, serão leiloados pela prefeitura para
arrecadar novas verbas para que o processo de renovação da frota
seja ampliado. “A partir da semana que vem faremos um leilão para
vender todos os veículos que estamos substituindo. E quem ganha é
a população, uma vez que o dinheiro também será usado para novos
veículos, dando a oportunidade da prefeitura prestar serviços cada vez
melhores , finaliza Lei da Lica.

Agência do Trabalhador de
W. Braz tem 10 ofertas de emprego
D I V UL G AÇ Ã O

Interessados podem comparecer a Agência do Trabalhador, no centro da cidade
D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

A Agência do Trabalhador de
Wenceslau Braz conta atualmente com 10 ofertas de empregos
disponíveis.

As vagas em diferentes setores e
a maioria não exige maior nível
de escolaridade.
As vagas disponíveis são: uma
para balconista do sexo feminino para trabalhar em panificadora em Curitiba, duas vagas para
motorista, duas vagas para agente funerário, com exigência de
Carteira de Habilitação B, uma

vaga para serralheiro com experiência, uma vaga para vendedor
ou vendedora de cosméticos,
uma vaga de auxiliar administrativo para sexo feminino com
exigência de conhecimento de
informática e Ensino Médio completo, uma vaga para instrutor de
informática e por fim uma vaga
para borracheiro.

Os interessados devem comparecer na Agência do Trabalhador
de Wenceslau Braz, na esquina
das ruas Engenheiro Brandão
com a Barão do Rio Branco, munidos de carteira de trabalho e
demais documentos pessoais.
Maiores informações também
podem ser obtidas pelo telefone
(43) 3528 1222.

Prefeitura de Cambará abre
concurso para 106 vagas
D A S A G Ê N C IA S
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

Foram abertas pela prefeitura de
Cambará nesta quinta-feira (18)
as inscrições para dois editais:
concurso público de edital nº
01/2016 e processo seletivo de
edital nº 006/2016. O primeiro

visa contratar 106 profissionais
de diversas áreas e oferece salário de até R$ 10,8 mil. O segundo edital tem 20 vagas, com salário de até R$ 2,2 mil.
Em ambas as seleções, os interessados podem se inscrever até o
dia 3 de março de 2016, pelo do
site www.fadct.org.br. A taxa de
participação varia de R$ 80 a R$
120 de acordo com o cargo esco-

lhido, e o prazo para o pagamento se encerra no dia 12 de março.
As jornadas dos dois editais variam de 6 a 40 horas semanais.
Há oportunidades para candidatos de nível fundamental, médio
e superior.
Os candidatos serão avaliados
por meio de provas objetivas,
práticas, de aptidão física e de
títulos, dependendo da função

escolhida. A aplicação da primeira prova está prevista para o
dia 3 de março e a divulgação da
homologação final, para o dia 1
de maio.
Este certame tem validade de
dois anos, no entanto, é possível
que este período seja prorrogado, uma única vez, por igual
período, a critério da administração.

Estado americano
de Utah contrata
professores
paranaenses
O Estado de Utah, nos Estados Unidos,
está com as inscrições abertas até 11 de
março para o programa que prevê o intercâmbio de professores do Paraná para
atuarem no ensino de Português. Este é
o segundo ano em que a Secretaria estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior apoia a divulgação do programa
que tem como canal de inscrições as Assessorias de Relações Internacionais das
universidades estaduais, UFPR e PUCPR.
Em 2015, cinco professores paranaenses
foram selecionados para darem aulas de
imersão de Português para crianças de
5 a 12 anos de idade (1º ao 6º ano), em
Utah. Um deles foi Priscila Isabel Rebicki
Prestes, que atuava como pedagoga da
rede estadual de ensino e professora no
município de Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.
Em agosto, ela o marido e os dois filhos
mudaram-se para os EUA. “Foi a melhor
coisa que aconteceu na minha vida profissional e pessoal, além de estar sendo
ótimo para a minha família. Meus dois filhos, que são especiais, tiveram um avanço extraordinário no desenvolvimento
deles nestes seis meses que estamos
morando aqui. Temos uma qualidade de
vida que não sei em quanto tempo eu
conquistaria se não estivesse aqui”, disse.
Priscila destacou ainda toda a bagagem
profissional que está adquirindo. “É uma
experiência única, que vai fazer toda a
diferença na minha carreira. Tenho todas
as condições e estrutura necessárias para
desenvolver minhas atividades além de
ser uma grande oportunidade de aperfeiçoamento profissional participando
do sistema educacional americano.”
Os candidatos a este novo processo de
seleção devem ter licenciatura em Pedagogia, Letras ou áreas afins, e estar aptos
para o ensino das seguintes disciplinas:
Português, Matemática, Estudos Sociais,
Ciências e Educação Física e Artes (quando necessário). Os professores aprovados permanecerão nos EUA pelo período
de até três anos. A proposta salarial varia
de 29 mil dólares para o candidato com
bacharelado, podendo chegar a 44 mil
dólares para quem tem doutorado.

Abate de frango no
Paraná aumenta 9,6%
em janeiro de 2016
O ano começou com resultados positivos de produtividade e exportação na
avicultura paranaense e apresentaram
crescimento se comparados ao mesmo
período de 2015. De acordo com dados
do Sindicato das Indústrias de Produtos
Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), só em janeiro, 142,17 milhões de cabeças de frango foram abatidas. O valor
é 9,6% maior que os abates no primeiro
mês do ano passado quando o número
foi 129,71 milhões de aves.
Já as exportações apresentaram um aumento ainda maior, segundo números da
Secretaria de Comércio Exterior (Secex),
vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior
(MDIC). Ao todo, o Paraná foi responsável
pelo embarque de 112,46 mil toneladas
da proteína em janeiro, ante 99,42 mil toneladas referentes ao mesmo mês do ano
anterior. Resultando em um crescimento
de 13,1% nas vendas externas. Com isso,
o estado respondeu por 35,36% do total
de embarques do País.

RADAR A5

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED.1495

Homem invade delegacia para entregar
drogas e celulares para presidiários

Esportes

Situação aconteceu em Tomazina, quando Alex Júnior de Souza pulou muro da
delegacia plantonista agrou ação e rustrou a entrega da encomenda para os presos
D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

A ousadia dos marginais está
cada dia maior. Tanto que enquanto muitos lutam para ficar
longe de delegacias, nesta semana um rapaz tentou invadir
a carceragem da Polícia Civil de
Tomazina. O objetivo era entregar drogas e celulares para os
presos.
A situação aconteceu durante
a última quarta-feira, quando
Alex Júnior de Souza, conhecido
como Ratinho, pulou o muro

da Delegacia de Polícia Civil de
Tomazina para fazer um “serviço
delivery” para os presidiários locais.
Segundo os policiais, Alex pretendia subir no telhado da carceragem e, com uma linha, descer
as drogas e os celulares pelo
solário até uma pequena janela
de entrada de ar, onde os presos
pegariam a encomenda.
A ação, porém, foi impedida pelo
plantonista, que agrou o crime
e prendeu Alex em agrante por
tráfico de drogas e entrada de
aparelho telefônico de comunicação móvel em estabelecimento
prisional.

Vendedor brazense
que desapareceu
é encontrado em
Ponta Grossa
D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

O mistério acabou. E com final
feliz. O vendedor Valdinei dos
Santos Domingues, morador de
Wenceslau Braz, foi encontrado
na noite de quarta-feira (24) em
Ponta Grossa. Uma idosa o encontrou, vagando sem memória
pela cidade, e acionou a Polícia
Militar.
Valdinei tinha desaparecido no

D I V UL G AÇ Ã O

Além da ousadia, Alex ainda sorri para os policiais

D I V UL G AÇ Ã O

dia anterior, quando voltava de
Ibaiti. Por volta das 18h30 ele ligou para sua esposa e avisou que
estava chegando em Wenceslau,
porém não foi mais visto ou deu
novas notícias.
Preocupados, familiares fizeram
um boletim de ocorrência por
desaparecimento. O vendedor
trabalha para o Armazém Reis e
Café Capricho, fazendo vendas
em toda a região.
As circunstâncias que levaram
Valdinei a ficar sem memória ainda não foram esclarecidas.

Acidente com ambulância de Guapirama
deixa paciente com ferimentos graves
D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

Uma pessoa ficou gravemente depois que a ambulância da
prefeitura de Guapirama colidiu
contra um caminhão na manhã
desta quarta-feira (24) na BR376, em Ponta Grossa. Outras
quatro pessoas ficaram feridas
levemente.
O acidente foi no sentido de
Ponta Grossa para Curitiba, no
quilômetro 502 da rodovia, por
volta de 06h30.
Segundo informações da CCR

Rodonorte, cinco pessoas que
estavam na ambul ncia ficaram
feridas. Uma das vítimas teve
ferimentos graves e foi encaminhada para o Hospital Regional
de Ponta Grossa. Quatro pessoas
tiveram ferimentos moderados e
leves e foram levados ao Pronto
Socorro Municipal.
O caminhoneiro não teve ferimentos. O uxo da BR-3 6 ficou
interditado em meia pista e, por
volta de 08h50, o trânsito voltou
ao normal. Socorristas da CCR
Rodonorte estiveram no local
prestando atendimento médico
às vítimas.

D I V UL G AÇ Ã O

Ambulância de Guapirama sofreu acidente em Ponta Grossa

Jogadores exaltam
raça apresentada
pelo Londrina na
vitória sobre o Paraná
Os jogadores do Londrina destacaram a
raça e o espírito de luta apresentado pela
equipe na vitória sobre o Paraná Clube,
por 1 a 0, no estádio VGD, pela sexta rodada do Paranaense. Para os atletas, o
resultado veio principalmente porque
o time mostrou esteve ligado durante
toda a partida, lutando por cada bola.
“A gente sabia que ia ser um jogo difícil,
enfrentar o líder em um bom momento. Nossa equipe sabia que tinha totais
condições de ganhar em casa. Vale muito esse espírito de luta que a equipe demonstrou, e tem que ser assim até o fim
do campeonato”, disse o meia Zé Rafael.
O atacante Bruno Batata comemorou
a vitória na volta da equipe ao estádio
VGD, após quase sete anos. Para o camisa 9, o resultado mostra que vai ser difícil
o Londrina perder dentro da velha casa.
Além disso, o jogador exaltou o resultado conquistado sobre o líder da competição.
“O time entendeu que aqui no VGD a
gente tem que lutar por cada bola, por
cada espaço. O torcedor nos ajudou. É
manter esse espírito de guerreiro que a
gente vai conseguir chegar. Estivemos
muito bem, em alguns momentos com a
bola no pé, no segundo tempo marcando mais. Jogamos contra o líder do campeonato, não era fácil, o mais importante
é que a equipe entendeu bem e conseguiu uma bela vitória”, disse o atacante
Bruno Batata.
Para o capitão Germano, a vitória veio em
um momento importante, principalmente depois da última semana vivida pelo
clube. Primeiro, o Londrina perdeu seis
pontos pela escalação irregular do próprio Germano, na estreia, contra o PSTC.
Depois, o time sofreu a primeira derrota
na competição, contra o Rio Branco-PR.
“Por tudo que envolveu esses últimos
dias, era preciso retomar o caminho da
vitória, somar pontos, o time estava em
uma zona intermediária, de risco, podendo entrar na zona de rebaixamento. Por
ser dentro de casa, tínhamos que vencer,
tínhamos que fazer um jogo diferente do
que fizemos até então. Precisamos melhorar bastante, mas o mais importante
é que conseguimos os três pontos”, disse
Germano.
Com a vitória sobre o Paraná, o Londrina
subiu para a quinta colocação do Paranaense, com sete pontos ganhos. O Tubarão enfrenta o Foz do Iguaçu no sábado,
às 16h (de Brasília), no Estádio do ABC,
em partida válida pela sétima rodada do
Paranaense.
D I V UL G AÇ Ã O

A6 DESTAQUES

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED.1495

Novo secretário de Pinhalão quer usar
esporte como meio de resgate social
Carlos Alberto Leal, o sargento Betinho, assumiu a pasta nesta
semana e já tem planos e metas traçados para a secretaria
D A R E D A Ç Ã O
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co
m

O poder do esporte como objeto de resgate social é de conhecimento geral. Infelizmente o
potencial deste meio é muitas
vezes esquecido pelos gestores
públicos. E assim como dinheiro investido no saneamento é
economizado na saúde, aquilo
que se destina ao esporte irá se
economizar na segurança, por
exemplo.
Este é o foco do recém empossado secretário de Esporte e Cultura de Pinhalão, Carlos Alberto
Leal, o sargento Betinho.
“Precisamos preservar os jovens
daquilo que acontece nas ruas,
e assim ajudar na formação de
bons cidadãos. E isto nós conseguimos em grande parte através
do esporte, que tira jovens não
só das ruas, mas também do
ócio, e canaliza toda energia que
eles têm”, revela o novo secretário.
De acordo com o novo secretário
municipal, faltam políticas públicas voltadas para crianças e jovens, o que acaba resultando em
posteriores problemas sociais.
“Os jovens hoje não têm uma
referência em diversão, como

havia antigamente. Ao mesmo
tempo que existem muitas opções de entretenimento, faltam
opções sólidas que de fato agradem e ocupem o tempo dessas
pessoas. Por isso nosso foco
será trabalhar olhando sempre o
lado social do município. E tirar
nossas crianças e adolescente da
ociosidade é o primeiro passo”,
continua.
“A conseqüência é a criação de
uma mentalidade de cidadania,
o que infelizmente nós vemos
que está em falta. Isto não aqui
em Pinhalão, mas em todo o
Brasil. Nosso objetivo é ajudar a
mudar este panorama”, projeta
Betinho.
Para o prefeito de Pinhalão,
Claudinei Benetti (PROS), o
novo secretário fará um trabalho
reconhecido frente à pasta.
“É pouco tempo, mas sem dúvida nosso secretário vai conseguir
desenvolver planos tenham a
abrangência necessária para contribuir para o nosso quadro social. E nós daremos o total apoio
para que ele faça um trabalho de
excelência”, avalia.
CAMPEONATOS

Entretanto, a questão social não
será a única pauta do novo secre-

D I V UL G AÇ Ã O

Carlos é apresentado pelo prefeito Benetti

tário, que, como um dos grandes
nomes do futebol amador na
região, deverá promover campeonatos de futebol municipal e
regional.
“Vamos promover campeonatos
de diferentes categorias. Já estamos em conversa com o pessoal
de outras cidades para termos
um torneio regional e também
vamos fazer campeonatos muni-

cipais”, adianta.
Outra modalidade que terá carinho especial por parte de Betinho é a categoria de veteranos.
“Infelizmente hoje quase não se
vê mais campeonatos de jogadores veteranos, e nós vamos lutar
para resgatar isso e quem sabe
promover uma grande competição envolvendo atletas com mais
de 50 anos , finaliza.

Paranaenses pagaram R$ 1,66 bilhão em
Imposto de Renda Pessoa Física em 2015
D I V UL G AÇ Ã O

f o l h a e xt r a .co

m

Os paranaenses pagaram R$ 1,66
bilhão referentes ao Imposto de
Renda Pessoa Física (IRPF) em
2015. O volume foi 8,3% maior
do que no ano anterior. Foi a
maior alta entre os Estados do
Sul, de acordo com levantamento do Instituto Paranaense de
Desenvolvimento Econômico
Social (Ipardes) com base nos
dados da Receita Federal.
No Rio Grande do Sul o pagamento do IRPF somou R$ 2
bilhões, 4,45% mais na mesma
base de comparação, e Santa Catarina R$ 891,5 milhões, queda
de 7,16% sobre o ano anterior.
Os dados referem-se ao volume
pago diretamente pelo contribuinte, sem considerar o montante retido na fonte.
Na avaliação do diretor presidente do Ipardes, Júlio Suzuki
Júnior, a alta pode ser explicada
pelo rendimento mais elevado
no Paraná, combinado com um
desemprego menor do que a
média.
Na avaliação do diretor presi-

Residencial Vale Verde I contou com
investimentos de R$ 582 mil do FGTS.
Para viabilizar o projeto, o Governo do
Paraná contribuiu com as parcerias da
Cohapar, Copel e Sanepar.
D A A S S E S S O R IA
r e p o r t a g e m @ f o l h a e xt r a .co

RENDIMENTO

A E N
re p o rta g e m @

Sonho da casa própria
via realidade para 14
famílias de Figueira

m

O Residencial Vale Verde I,
empreendimento habitacional
construído em Figueira, na
região do Norte Pioneiro, é o
novo lar de 14 famílias do município. Elas receberam nesta
quinta-feira (25) as chaves de
suas moradias de representantes do Governo do Paraná,
governo federal e prefeitura,
parceiros no projeto, que recebeu investimentos de R$ 582
mil do Fundo de Garantia do
Tempo de Serviço (FGTS).
“São casas bonitas e de qualidade, que resgatam a dignidade e a cidadania das famílias
contempladas”, comenta o
presidente da Companhia de
Habitação do Paraná (Cohapar), Abelardo Lupion. “Por
esse motivo, o governador
Beto Richa (PSDB) e a Cohapar estão comprometidos com
a continuidade e a ampliação
dos projetos de habitação de
interesse social em todo o estado”, conclui Lupion.
Uma das famílias contempladas é a da professora Ana Izabel Missioneiro, de 56 anos,
que viverá pela primeira vez
em uma casa própria. “Conseguir uma coisa que é da gente,
depois de tanto tempo de espera, não tem como não ficar
feliz”, comemora Ana, que até
o momento vivia em uma casa
cedida por parentes. Com as
chaves do novo lar, ela já planeja o futuro. “Primeiro eu vou
por cerâmica e construir um
muro, depois vou fazer mais
um quarto”, conta a professora, que morará com dois sobrinhos criados por ela.
Outro beneficiado foi o pintor
Edson Alves, de 40 anos. Ele e
a esposa pagam R$ 280 de aluguel por uma pequena casa de
madeira onde moram com os
dois filhos há cerca de 10 anos.
A gente fica contente, porque nós vamos pagar menos
do que hoje por aquilo que

é nosso”, diz Edson. “Mesmo
que algo aconteça com a gente, pelo menos sabemos que
esse é um patrimônio que vai
ficar pra eles. É uma garantia
de um futuro melhor , finaliza
o pintor.
Os imóveis possuem 36 e 48
m² e variam de acordo com a
renda de cada família. Elas pagarão prestações que vão de
R$ 188 a R$ 392 por mês de
financiamento. Para viabilizar
o projeto e reduzir os valores
pagos pelos moradores, o Governo do Estado contribuiu
com a assessoria técnica da Cohapar e os serviços da Copel e
Sanepar para a instalação dos
sistemas de luz, água e esgoto
do residencial.
INTEGRAÇÃO

O deputado estadual Pedro
Lupion (DEM) acompanhou
a entrega das chaves em Figueira. Ele ressaltou a postura
da gestão estadual, que tem
procurado alternativas para
manter os investimentos em
habitação popular mesmo com
o corte do repasse de recursos
do governo federal. “Figueira,
como toda cidade pequena,
precisa da mão forte do Governo do Estado, que a cada dia
cria novas formas de continuar
beneficiando a população mais
carente com novos projetos
habitacionais”, argumenta o
deputado.
De acordo com o prefeito Valdir Garcia (PSDB), graças ao
apoio do Governo do Estado,
essas moradias vão realizar o
sonho das famílias beneficiadas. “Fico feliz por estar contribuindo com a concretização
do sonho dessas famílias. Temos uma boa parceria com a
Cohapar, pois já entregamos
outras casas no município e
temos mais 32 casas em andamento e isso não acontecia
no município há muito tempo.
Só tenho que agradecer a Cohapar e ao Governo do Estado
por mais essa conquista , finalizou o prefeito.
D I V UL G AÇ Ã O

Júlio Suziki, diretor presidente do Ipardes

dente do Ipardes, Júlio Suzuki
Júnior, a alta pode ser explicada
pelo rendimento mais elevado
no Paraná, combinado com um
desemprego menor do que a
média. “Grande parte dos contribuintes que pagaram imposto de
renda tem emprego formalizado,
o que ajuda explicar esse volume
maior no imposto de renda de
pessoa física”, diz.

RENDIMENTO MÉDIO

O rendimento médio habitual no Paraná estava em R$ 2.093 entre
julho e setembro, segundo dados mais recentes da Pesquisa Nacional
por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua trimestral, do Instituto
Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor é 10% superior
à média brasileira no mesmo período, que é de R$ 1.899. A taxa de
desocupação estava em 6,1%, contra 8,9% da média nacional, também
no mesmo intervalo.
O volume pago de IRPF no Paraná também cresceu acima da média
brasileira, que aumentou 2,32%, para R$ 28,45 bilhões em 2015.

Beneficiários comemoram a nova moradia

EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED. 1495

ARAPOTI
D ECR ETO Nº 4 0 8 7 / 2 0 1 6
Em e n t a : Exo n e r a es r vi d o r a d o q u a d r o d e P e so
P ú b l i ca d o Mu n i cí p i o .

a l n a Ad m i n i st r a çã

C E N T R O A D M IN IS T R A T IV O M U N IC IP A L E L V IR A P O S S A T T O N O V O C H A D L O
R U A O N D IN A B U E N O S IQ U E IR A N º 1 8 0 - C E N T R O C ÍV IC O - F O N E /F A X (4 3 ) 3 5 1 2 -3 0 0 0
A R A P O T I / P A R A N Á - C N P J n º 7 5 .6 5 8 .3 7 7 /0 0 0 1 -3 1

o

PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO – PSS

O P R EF
a n d o d e
Co n si d e
Mu n i cí p
Co n si d e
d e 2 0 0 3
Co n si d e

EI TO MUNI CI P
su a s a t r i b u i çõ e
r a n d o a n e ce si
io e ;
r a n d o o q u e e st
e ;
r a n d o o p e d id o

AL D E AR AP OTI , ESTAD O D O P AR ANÁ , u s s le g a is e ;
d a d e d e se r e o r g a n i za r o s es r vi oç s p ú b l i co s d o
a b e l e ce
d a se

a L e i Mu n i ci p a l n º 7 0 3 d e 0 4 d e Ju

EDITAL Nº 02/2016– HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES

HOMOLOGAÇÃO DAS INSCRIÇÕES
RECEBIDAS
DO
PROCESSO
SELETIVO
SIMPLIFICADO
PARA
TÉCNICO DE ENSINO

lh o

r vi d o r a .

D E C R E T A:

O Prefeito do Município de Arapoti, no
uso de suas atribuições legais, e Considerando o edital n° 01/2016
– para Processo Seletivo Simplificado de Técnico de Ensino, de 03
de fevereiro de 2016,

Ar t i g o 1 º - F i ca e xo n e r a d a a p a r t i r d e st a d a t a a es r vi d o r a R a q u e l
P i e t r o w kis Ma r t i n a zo , p o r t a d o r a d o R g n º 7 .0 2 6 .6 5 2 - 0 e CP F n º
0 1 7 .2 3 1 .6 6 9 - 3 6 d o ac r g o d e P r o f e so r a d o En is n o F u n d a m e n t a l .

TORNA PÚBLICO:

Ar t i g o 2 º - D e ve a Asse so r i a d e G a b i n e t e , t o m a r a s m e d i d a s n e cessárias para a oficialização deste ato.
Ar t i g o 3 º - Est e D e cr e t o e n t r a e m iv g o r n e st a d a t a , r e vo
d i sp o is çõ e s e m oc n t r á r i o , p u b l i q u e - se .

g a n d o - se

A homologação das inscrições recebidas para o Processo Seletivo
Simplificado de Técnico de Ensino, para a Prefeitura Municipal de Arapoti,
conforme edital n° 01/2016 – PSS - Técnico de Ensino.

a s

P a oç Mu n i ci p a l V e r e a d o r Cl a u d i r D i a s No vo hc a d l o .
G a b i n e t e d o P r e f e i t o , e m 2 2 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 6 .

1. DISPOSIÇÕES GERAIS:
Art. 1° Ficam homologadas as inscrições para Processo Seletivo
Simplificado de Técnico de Ensino da Prefeitura Municipal de Arapoti edital n° 01/2016 – PSS - Técnico de Ensino. Conforme anexo único deste
edital.

- B R AZ R I Z Z I P r e fe ito
- W ASH I NG TON L UI S P I ETR OCH I NSK I Ch e f e d e G a b i n e t e

Art. 2° Este Edital entrará em vigor na data de sua publicação.
Publique-se e cumpra-se.
Paço Municipal Vereador Claudir Dias Novochadlo.
Gabinete do Prefeito, em 24 de fevereiro de 2016.

D ECR ETO Nº 4 0 8 8 / 2 0 1 6
Em e n t a - R e a b r e a o Or ça m e n t o d o Mu n i cí p i o , Cr é d i t o Ad i ci o n a l Es p e ci a l n o va l o r d e R $ 3 0 0 .0 0 0 , 0 0 e m f a vo r d a Se cr e t a r i a Mu n i ci p a l d e
Me i o Am b i e n t e .

R U A

O P R EF EI TO MUNI CI P AL D E AR AP OTI , ESTAD O D O P AR ANÁ , n o
u so d e su a s a t r i b u i çõ e s l e g a i s, e co n si d e r a n d o a L e i 1 .6 0 7 / 2 0 1 5 , o Ar t .
1 6 7 , § 2 º , X I d a Co n st i t u i çã o F e d e r a l e e m co n co r d â n ic a co m o i n st i t u í d o
n o a r t . 4 5 d a L e i 4 .3 2 0 / 6 4 ;
D ECR ETA

C E N T R O
O N D IN A

A D M I N I S T R A T I V O M U N I C I -BRAZ
P A L E L V RIZZIIR A P O S S A T T O N O V O C H A D L O
B U E N O S I Q U E I R A N º 1 8 0 - C PREFEITO
E N T R O C ÍV IC O - F O N E /F A X (4 3 ) 3 5 1 2 -3 0 0 0
A R A P O T I / P A R A N Á - C N P J n º 7 5 .6 5 8 .3 7 7 /0 0 0 1 -3 1

ANEXO ÚNICO

Nº INSC.

NOME DO
CANDIDATO

20160001

ESTEFANY
PASSOS
OLIVEIRA

20160002

HEITOR
FERNANDO
ANDRADE

20160003

KÊNIA
PEREIRA
SANTOS

1 3 - Se cr e t a r i a Mu n i ci p a l D e Me i o - Am b i e n t e

20160004

1 3 0 0 1 - D i vi ãs o D e P l a n e j a m e n t o Am b i e n t a l ,
L i m p e za E P r o d u ãç o V e g e t a l E Ar b o r i za ãç o

Art. 1° - Fica reaberto, no corrente exercício financeiro, Crédito Adicion a l Esp e ci a l n o va l o r d e R $ 3 0 0 .0 0 0 , 0 0 ( t r e ze n t o s m i l r e a i s) , co n si d e rando o limite dos saldos em 31/12/2015, a seguir especificado.

U n id a d e O r ç a m e n t

ária

V a lo r e m

R $

1 8 .4 5 1 .0 0 1 9 .1 0 6 3 - P r o g r a m a Mu n i ci p a l d e
Me l h o r i a d o At e r r o Sa n i t á r i o
4 6 5 - 4 4 9 0 5 1 0 0 0 0
I n st a l a õç e s

-

4 6 6 - 4 4 9 0 5 1 0 0 0 0
I n st a l a õç e s

0 0 0 0 0
-

0 0 5 1 1

-

Ob r a s

E

Ob r a s

E

T o ta l d a S u p le m e n ta ç ã o

139009568

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
FINANCEIRA

DE

101037533

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

CRISLEY
DOS

102297113

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

JESSICA IZIDORIO
CARNEIRO

104902910

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160005

SIMONE ANGELITA
ROSA DOS SANTOS

86709899

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160006

ROGÉRIO
DOS
SANTOS SOARES

90050036

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
FINANCEIRA

20160007

JOAO
PAULO
PEREIRA DA LUZ

97890315

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

20160008

EVERTON
FRANCISCO
RAMOS

90050079

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160009

DENISE
REGINA
TAVARES ALEIXO

104190863

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
FINANCEIRA

20160010

JOÃO
XAVIER

105985665

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

20160011

PALOMA MARTINS
JOSÉ OLIVEIRA

9205348

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160012

LISIANE
CAROLINE
PIETROSKI
MOREIRA

88463630

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

PATRÍCIA
VENÂNCIO
BRIZOLLA

125733751

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

3 0 0 .0 0 0 ,0 0

Ar t . 2 ° - P a r a a co b e r t u r a d o cr é d i t o a b e r t o n o a r t i g o p r i m e i r o , s e r á
utilizado como recurso, o definido nos termos do inciso I, §1°, Art. 43, da
Lei 4.320/64, proveniente do superávit financeiro apurado nas seguintes
f o n t e s d e r e cu r so s.

F o n te d e R e c u r s o s /D e s c r iç ã o

V a lo r e m

F o n t e 0 0 0 / R e cu

1 0 0 .0 0 0 , 0 0

20160013

2 0 0 .0 0 0 , 0 0

20160014

F o n te
Se r vi oç

r so

5 1 1 / Ta xa

s L i vr e s
s

d e

P r e st a çã

o

d e

s

T o ta l d a S u p le m e n ta ç ã o
Ar t . 3
n i ci p a
t á r i a s,
d e d e
Ar t . 4
g a d a

º l n
e
ze
° a s

F i ca a l t e r a d o o P P A – P
º . 1 .4 5 0 , d e 2 5 / 1 1 / 2 0 1 3
xe r cí ci o 2 0 1 6 , a p r o va d a
m b ro d e 2 0 1 5 .
Est e D e cr e t o e n t r a r á e m
d i sp o si çõ e s e m co n t r á r

VAGA

COSTA
DE

1 0 0 .0 0 0 , 0 0
2 0 0 .0 0 0 , 0 0

RG

R $

R U A

MANOEL

C E N T R JOSIANE
O A D M I N I S CORREIA
T R A T IV O M U N IC IP A L E L V
123622502
O N D I N DA
A B SILVA
U E N O S IQ U E IR A N º 1 8 0 - C E N T R
A R A P O T I / P A R A N Á - C N P J n º

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
IR A P O S S A T T O N O V O C H A D L O
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
O FINANCEIRA
C ÍV IC O - F O N E /F A X (4 3 ) 3 5 1 2 -3 0 0 0
7 5 .6 5 8 .3 7 7 /0 0 0 1 -3 1

3 0 0 .0 0 0 ,0 0
l a n o P l u r i a n u a l , a p r o av d o p e l a l e i Mu e a L D O - L e i d e D i r e t r i ze s Or ça m e n p e l a L e i Mu n i ci p a l n º . 1 .6 1 2 / 2 0 1 5 d e 2 1
vi g o r n a d a t a d e su
io .

a p u b l i ca

ç ã o , r e vo

-

20160015

ERICSON XAVIER
DOS SANTOS

107249320

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
FINANCEIRA

20160016

MARCIA DA SILVA

99099259

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160017

FERNANDA
APARECIDA
SALDANHA

79028797

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160018

ELISANDRA
DA
SILVA FERREIRA

96107668

P a oç Mu n i ci p a l V e r e a d o r Cl a u d i r D i a s No vo hc a d l o .
G a b i n e t e d o P r e f e i t o , e m 2 3 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 6 .

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160019

GABRIELA ANGELO
MIRANDA

136640739

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
FINANCEIRA

- B R AZ R I Z Z I P r e fe ito

20160020

MARIA CAROLINA
FURQUIM GUERKE

101403696

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

- W ASH I NG TON L UI S P I ETR OCH I NSK I Ch e f e d e G a b i n e t e

20160021

LEANDRO CORREA
DA SILVA

91524775

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO

- P OL I ANA MONTI E SI L V ASe cr e t á r i a Mu n i ci p a l d e Me i o Am b i e n t e

20160022

ELISANGELA
VASSELECHEN DOS
SANTOS

99824387

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160023

CRISTINA
APARECIDA
MADUREIRA

92070212

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE
DADOS
|
GESTÃO
CONTÁBIL
E
FINANCEIRA

35012206

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

- MAR CEL O B R AND Ã O D A SI L V ACo n t a d o r

20160024

VERA LUCIA ROSA
OTT

D ECR ETO Nº 4 0 8 9 / 2 0 1 6
Em e n t a – No m e i a Me m b r o s d a Co m i sã o d e Aco m p a n h a m e n t o d o
Co n uc r s o P ú b l i co 0 1 / 2 0 1 6 e d á o u t r a s p r o vi d ê n ic a .s
OP
u so
Co n
P ú b

R EF EI TO MUNI CI P AL D E AR AP OTI , ESTAD O D O P AR ANÁ , n o
d e s u a s a t r i b u i çõ e s l e g a i s e ;
si d e r a n d o a n e ce si d a d e d e a co m p a n h a r a r e a l i za çã o d o Co n cu r so
l i co 0 1 / 2 0 1 6 .

20160025

BARBARA
ISIDORO CAMPOS

107953310

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

20160026

ANDRESSA
CRISTINA
CARNEIRO

125823785

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

20160027

MARTA
APARECIDA
POZZOBOM

56805516

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO

20160028

TALITA LEMES DE
MORAES

6109941

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

D ECR ETA
Ar t . 1 ° - F i ca n o m e a d a a Co m i sã o d e Aco
f a se s d o Co n cu r so P ú b l i co 0 1 / 2 0 1 6 .
P re
Me
Me
Me
Me
Me
Me

si d
m b
m b
m b
m b
m b
m b

e n
ro
ro
ro
ro
ro
ro

te –
– Ca
– R u
– V a
– Jo
– Ap
– Ca

D io n
r o lin
b e n
lé r ia
si m a
a r e ci
se m

e B a t i st a d o s Sa n t o s – R
e Ap a r e ci d a P e r e i r a – R G
s F e r n a n d e s V i ce n t e R o ch
V i e i r a d e So u za – R G n °
r a Ma r i a D i n i z – R G n ° . 2
d a d e F á t i m a Ar a ú j o , R G
i r o Ni e vi a n d o n ski
- R G n

m p a n h a m e n to d e to d a s a s

G

n ° .1 0
n ° . 9 .5
a – R G
. 4 2 .8 8 3
5 .1 9 1 .8
n ° 6 .5 9
° 1 .2 7 4

.0 8 8 .2
7 7 .7 6 9
n ° 9 .9
.3 5 5 - X
5 0 -6
4 .9 6 5 .7 4 1

3 4 -5
-4
7 7 -5 5

a p u b l i ca

P a oç Mu n i ci p a l V e r e a d o r Cl a u d i r D i a s No vo hc a d l o .
G a b i n e t e d o P r e f e i t o , e m 2 5 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 6 .
- B R AZ R I Z Z I P r e fe ito
- W ASH I NG TON L UI S P I ETR OCH I NSK I Ch e f e d e G a b i n e t e

|

çã

b í ve

PLANEJAMENTO

E

ORGANIZAÇÃO

DO

TRABALHO.

20160030

EDILSON
ANTONIO CHAVES

50051633

GRUPO 2 - SAÚDE E SEGURANÇA DO
TRABALHO
|
RELAÇÕES
SOCIOPROFISSIONAIS, CIDADANIA E ÉTICA
| PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO DO
TRABALHO.

20160031

ARIETE
APARECIDA
PIETROSKI

64454269

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160032

MARIA
ELOISA
FERNANDES
DA 110312644
SILVA

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160033

GLAUCIA CORREA

35505865

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160034

GISLAINE
TEIXEIRA

101617041

GRUPO 3 - RACIOCÍNIO LÓGICO E ANÁLISE
DE DADOS | GESTÃO CONTÁBIL E
FINANCEIRA

20160035

ROSINEYA
ARAÚJO MAZUTTI 146124640
FERREIRA

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

20160036

MICHELE
APARECIDA
XAVIER ALVES

GRUPO 1 - LEITURA E COMUNICAÇÃO |
OPERAÇÕES LOGÍSTICAS

2

Ar t . 2 ° - D e ve a Asse so r i a d e G a b i n e t e , t o m a r a s m e d i d a s ca
para oficialização deste ato.
Ar t . 3 ° - Est e D e cr e t o e n t r a e m iv g o r n a d a t a d e su
r e vo g a n d o - se a s d i sp o is çõ e s e m oc n t r á r i o .

C E N T R O A D M I N I S T R A T I V O M U N I C I P A L E L V GRUPO
I R A P O 2S S -A T SAÚDE
T O N O V EO C SEGURANÇA
H A D L O
DO
R U A O N D I N ERNESTINA
A B U E N O S I Q U E I DE
R A N 57388609
º 1 8 0 - C E N T R O TRABALHO
C Í V I C O - F O N E / F A | X ( 4 3 ) 3 5 1 RELAÇÕES
2 -3 0 0 0
SOCIOPROFISSIONAIS,
CIDADANIA
E ÉTICA
JESUS A FERNANDES
R A P O T I / P A R A N Á - C N P J n º 7 5 .6 5 8 .3 7 7 /0 0 0 1 -3 1

20160029

is

o ,

INES

85836196

B1

B2 EDITAIS

O presente Termo Aditivo ainda tem por objeto o reajuste de valor
estabelecido na Cláusula Vigésima Segunda do Contrato nº
277/2014, celebrado entre as partes em 15/09/2014.

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016

Cláusula Segunda – Do Prazo: Fica prorrogado por 211 (duzentos e
onze) dias o prazo de execução do Contrato nº 277/2014, iniciando-se
o mesmo em 19/11/2015 e findando em 16/06/2016, com base no §
1°,
- Eart.
D .571da
4 9Lei
5 nº 8.666/93.
Fica prorrogado por 228 (duzentos e vinte e oito) dias o prazo de
vigência do Contrato nº 277/2014, iniciando-se o mesmo em
07/01/2016 e findando em 21/08/2016, com base no § 1°, art. 57 da
Lei nº 8.666/93.

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR
RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO
CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000
CNPJ Nº 75.658.377/0001-31
EXTRATO
SEGUNDO TERMO ADITIVO
Contrato n°: 227/2014-PMA.
Tomada de Preços n°: 003/2014-PMA.
Contratante: Prefeitura Municipal de Arapoti.
Contratada: JG Engenharia e Consultoria Ltda.
Cláusula Primeira – Do Objeto: O presente Termo Aditivo tem por
objeto a prorrogação do prazo de execução e vigência estabelecido
no Parágrafo Segundo da Cláusula Quarta do Contrato nº 277/2014,
celebrado entre as partes em 15/09/2014.
O presente Termo Aditivo ainda tem por objeto o reajuste de valor
estabelecido na Cláusula Vigésima Segunda do Contrato nº
277/2014, celebrado entre as partes em 15/09/2014.
Cláusula Segunda – Do Prazo: Fica prorrogado por 211 (duzentos e
onze) dias o prazo de execução do Contrato nº 277/2014, iniciando-se
o mesmo em 19/11/2015 e findando em 16/06/2016, com base no §
1°, art. 57 da Lei nº 8.666/93.
Fica prorrogado por 228 (duzentos e vinte e oito) dias o prazo de
vigência do Contrato nº 277/2014, iniciando-se o mesmo em
07/01/2016 e findando em 21/08/2016, com base no § 1°, art. 57 da
Lei nº 8.666/93.
Cláusula Terceira – Do Valor: Fica acrescida o valor de R$
36.034,77 (trinta e seis mil, trinta e quatro reais e setenta e sete
centavos), passando o Contrato Original a ter o Valor Total de R$
703.032,29 (trezentos e três mil, trinta e dois reais e vinte e nove
centavos), nos termos do § 2°, art. 65 da Lei nº 8.666/93.
Cláusula Quarta – Da Ratificação: Todas as demais Cláusulas não
especificamente modificadas pelas alterações decorrentes deste
Termo Aditivo permanecem em vigor e obrigando as Partes conforme
originalmente pactuadas.

Cláusula Terceira – Do Valor: Fica acrescida o valor de R$
36.034,77 (trinta e seis mil, trinta e quatro reais e setenta e sete
centavos), passando o Contrato Original a ter o Valor Total de R$
703.032,29 (trezentos e três mil, trinta e dois reais e vinte e nove
centavos), nos termos do § 2°, art. 65 da Lei nº 8.666/93.
Cláusula Quarta – Da Ratificação: Todas as demais Cláusulas não
especificamente modificadas pelas alterações decorrentes deste
Termo Aditivo permanecem em vigor e obrigando as Partes conforme
originalmente pactuadas.
PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE ARAPOTI - PR
RUA PLACÍDIO LEITE Nº 148 CENTRO CÍVICO
CEP 84.990-000 / FONE (43) 3512-3000
CNPJ Nº 75.658.377/0001-31
COMUNICADO DE ABERTURA DO ENVELOPE Nº 02
O Pregoeiro e a Equipe de Apoio, designados pelo Decreto nº 4.029,
de 15 de janeiro de 2016, torna público a quem interessar que estará
reunida no dia 29 de fevereiro de 2016, às 14h00min, na sala de
licitação no Centro Administrativo Municipal, sito a Rua Ondina Bueno
Siqueira, nº 180, Centro Cívico, Arapoti, Paraná, para abertura do
Envelope nº 02 – Habilitação, da licitante: GAMA FERNANDES
CALÇADOS LTDA - ME, inscrita no CNPJ 17.932.652/0001-67,
vencedora do lote 03 no certame licitatório na modalidade Pregão nº
111/2015, cujo objeto é o Registro de Preços para aquisição de kits de
Uniformes Escolares, destinados a alunos matriculados na Rede
Pública de Ensino do Município de Arapoti.
Arapoti, 25 de fevereiro de 2016.
Luciano Aguiar Rocha
Pregoeiro

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED. 1495

JABOTI
P R EF EI TUR A MUNI CI P AL D E JA B OTI
CONV I TE
AUD I Ê NCI A P Ú B L I CA
1 ) D EMONSTR ATI V O E AV AL I AÇ Ã O D O CUMP R I MENTO
D AS METAS F I SCAI S D O 3 º Q UAD R I MESTR E D O ANO
D E 2 0 1 5 – ( § 4 º , AR T. 9 º d a L e i c o m p l e m e n t a r F e d e r a l n º
1 0 1 /2 0 0 0 ).
O P o d e r Exe cu t i vo e L e g i sl a t i vo , n a f o r m a d o a r t i g o 4 8 ,
p a r á g r a f o ú n i co d a L e i d e R e sp o n sa b i l i d a d e F i sca
l n º 1 0 1 /0 0 ,
CONV I D A a p o p u l a çã o e m g e r a l e a s e n t i d a d e s r e p r e se n t a t i va s d o Mu n i cí p i o p a r a p a r t i ci p a çã o n a AUD I Ê NCI A P Ú B L I CA
onde demonstra e avaliará o cumprimento das metas fiscais do
3 º Q u a d r i m e st r e d o a n o d e 2 0 1 5 , a se r r e a l i za d a n o d i a 2 6 d e
f e ve r e i r o d e 2 0 1 6 ( Se xt a - F e i r a ) à s 1 9 : 0 0 h s ( d e ze n o ve h o r a s) ,
n o r e ci n t o P r o vo p a r – R u a Se t e d e Se t e m b r o , 2 0 4 , ce n t r o
d e st a Ci d a d e .
Ja

b o t i , 1 9 d e F e ve

r e ir o d e 2 0 1 6 .

V AND ER L EY D E SI Q UEI R A E SI L V A
P r e f e i t o Mu n i ci p a l

JUNDIAÍ DO SUL
PREFEITURA MUNICIPAL DE JUNDIAÍ DO SUL
Estado do Paraná
RE-RATIFICAÇÃO
O Presidente da C.P.L, nomeado através da Portaria nº. 027
de 16/02/2016, após averiguação na publicação feita do extrato do 1º
termo aditivo ao contrato de prestação de serviços de transporte de
munícipes para Empresa Frangos Pioneiro nº. 011/2015, no Jornal Oficial do Município Folha Extra na Edição nº 1494 do dia 25/02/2016,
constatou que houve erro no nome da Empresa e no numero do contrato.
Resolve Re-ratificar a Publicação:
Aonde se Lê:
PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa SUELI APARECIDA MARTINS – TRANSPORTE E TURISMO
ESPÉCIE: Primeiro Termo Aditivo ao Contrato de Prestação de Serviços nº. 010/2015.
OBJETO: Fica prorrogado o prazo de vigência do Contrato de Prestação de Serviços nº. 010/2015, por período de até 03 (três) meses, o
presente TERMO ADITIVO será automaticamente rescindido assim
que seja feita uma nova contratação de acordo com a Lei 8.666/93 e
alterações posteriores.
Leia – se:
PARTES: Município de Jundiaí do Sul e a empresa P.P. DE ARAÚJO
– TRANSPORTE E TURISMO ME
ESPÉCIE: Primeiro Termo Aditivo ao Contrato de Prestação de Serviços nº. 011/2015.
OBJETO: Fica prorrogado o prazo de vigência do Contrato de Prestação de Serviços nº. 011/2015, por período de até 03 (três) meses, o
presente TERMO ADITIVO será automaticamente rescindido assim
que seja feita uma nova contratação de acordo com a Lei 8.666/93 e
alterações posteriores.
As demais informações prestadas no presente TERMO ADITIVO, continuam inalteradas.
Jundiaí do Sul – PR, 25 de fevereiro de 2016
Sebastião Egidio Leite
Prefeito Municipal

PINHALÃO
EXTRATO DE CONTRATO
DISPENSA DE LICITAÇÃO N.º 01/2016
CONTRATANTE: CÂMARA MUNICIPAL DE PINHALÃO
– PR
CONTRATADO: PORTO SEGURO COMPANHIA DE SEGUROS GERAIS
CNPJ: 611981164/0001-60
OBJETO: APÓLICE DE SEGURO PARA 01 (UM) AUTOMÓVEL
VALOR: R$ 1.244,37 (UM MIL, DUZENTOS E QUARENTA
E QUATRO REAIS E TRINTA E SETE CENTAVOS)
DOTAÇÃO: 01.01.001.031.0001.1.001.3.3.90.39.1001
Publique-se.
Pinhalão, 21 de janeiro de 2016
_________________________
PABLO VANZELLI MOREIRA
PRESIDENTE
CÂMARA MUNICIPAL DE PINHALÃO
ESTADO DO PARANÁ
PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
EXTRATO DE ADITIVO CONTRATUAL
Aditivo Nº.....: ADITIVO Nº 02 ao CONTRATO Nº. 113/2015 – Processo nº 68/2015
Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
Contratada...: Medicseg Segurança e Medicina Ocupacional do Trabalho – ME
CLÁUSULA PRIMEIRA: fica reajustado o valor do contrato em
10,9071356116%, ou seja um aumento de R$ 17.779,40 (Dezessete
mil setecentos e setenta e nove reais e quarenta centavos), passando o
valor total do contrato de R$ 163.007,05 (Cento e sessenta e três mil e
sete reais e cinco centavos), para R$ 180.786,45 (Cento e oitenta mil
setecentos e oitenta e seis reais e quarenta e cinco centavos).
CLÁUSULA SEGUNDA: Fica inserida a seguinte dotação ao contrato
acima mencionado: Dotação 95 fonte 1102 - 449051010200001
CLÁUSULA TERCEIRA: Ficam inalteradas as demais cláusulas
contratuais.
Pinhalão, 25 de fevereiro de 2016.

PINHALÃO
ESTADO DO PARANÁ
PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
EXTRATO CONTRATUAL
Contrato Nº..: 13/2016
Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
Contratada...: L SERRANO & CIA LTDA - ME
Valor............: 10.747,50 (dez mil setecentos e quarenta e sete
reais e cinquenta centavos)
Vigência.......: Início: 24/02/2016 Término: 31/12/2016
Licitação......: PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 5/2016
Recursos.....: Dotação: 2.002.3.3.90.30.00.00.00.00 (16),
2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (30), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (31),
2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (32), 2.006.3.3.90.30.00.00.00.00 (46),
2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (53), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (54),
2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (55), 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (58),
2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (62), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (63),
2.015.3.3.90.30.00.00.00.00 (71), 2.014.3.3.90.30.00.00.00.00 (85),
2.017.3.3.90.30.00.00.00.00 (90), 2.018.3.3.90.30.00.00.00.00 (106),
2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (132), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (133),
2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (134), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (135),
2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (153), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (154),
2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (155), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (156),
2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (157), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (158),
2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (183), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (184),
2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (185), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (201),
2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (202), 2.029.3.3.90.30.00.00.00.00 (213),
2.063.3.3.90.30.00.00.00.00 (224), 2.030.3.3.90.30.00.00.00.00 (235),
2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (271), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (272),
2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (279), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (280),
2.037.3.3.90.30.00.00.00.00 (302), 2.040.3.3.90.30.00.00.00.00 (312),
2.041.3.3.90.30.00.00.00.00 (319), 2.061.3.3.90.30.00.00.00.00 (322),
2.066.3.3.90.30.00.00.00.00 (325), 2.047.3.3.90.30.00.00.00.00 (327),
2.051.3.3.90.30.00.00.00.00 (333), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (347),
2.052.3.3.90.30.00.00.00.00 (363), 2.054.3.3.90.30.00.00.00.00 (369),
6.001.3.3.90.30.00.00.00.00 (374), 2.043.3.3.90.30.00.00.00.00 (382),
2.056.3.3.90.30.00.00.00.00 (397), 2.046.3.3.90.30.00.00.00.00 (405),
2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (411), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (412)

Objeto: Aquisição de materiais e óleos lubrificantes automotivos destinados aos veículos e máquinas da municipalidade,
conforme itens do processo nº 13/2016.
Pinhalão, 24 de Fevereiro de 2016

ESTADO DO PARANÁ
PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
EXTRATO CONTRATUAL
Contrato Nº..: 14/2016
Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
Contratada...: AGRICOPEL COMERCIO DE DERIVADOS
DE PETROLEO LTDA
Valor............: 16.896,50 (dezesseis mil oitocentos e noventa e
seis reais e cinquenta centavos)
Vigência.......: Início: 24/02/2016 Término: 31/12/2016
Licitação......: PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 5/2016
Recursos.....: Dotação: 2.002.3.3.90.30.00.00.00.00 (16),
2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (30), 2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (31),
2.003.3.3.90.30.00.00.00.00 (32), 2.006.3.3.90.30.00.00.00.00 (46),
2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (53), 2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (54),
2.011.3.3.90.30.00.00.00.00 (55), 2.012.3.3.90.30.00.00.00.00 (58),
2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (62), 2.013.3.3.90.30.00.00.00.00 (63),
2.015.3.3.90.30.00.00.00.00 (71), 2.014.3.3.90.30.00.00.00.00 (85),
2.017.3.3.90.30.00.00.00.00 (90), 2.018.3.3.90.30.00.00.00.00 (106),
2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (132), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (133),
2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (134), 2.021.3.3.90.30.00.00.00.00 (135),
2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (153), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (154),
2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (155), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (156),
2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (157), 2.023.3.3.90.30.00.00.00.00 (158),
2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (183), 2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (184),
2.024.3.3.90.30.00.00.00.00 (185), 2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (201),
2.028.3.3.90.30.00.00.00.00 (202), 2.029.3.3.90.30.00.00.00.00 (213),
2.063.3.3.90.30.00.00.00.00 (224), 2.030.3.3.90.30.00.00.00.00 (235),
2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (271), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (272),
2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (279), 2.032.3.3.90.30.00.00.00.00 (280),
2.037.3.3.90.30.00.00.00.00 (302), 2.040.3.3.90.30.00.00.00.00 (312),
2.041.3.3.90.30.00.00.00.00 (319), 2.061.3.3.90.30.00.00.00.00 (322),
2.066.3.3.90.30.00.00.00.00 (325), 2.047.3.3.90.30.00.00.00.00 (327),
2.051.3.3.90.30.00.00.00.00 (333), 2.048.3.3.90.30.00.00.00.00 (347),
2.052.3.3.90.30.00.00.00.00 (363), 2.054.3.3.90.30.00.00.00.00 (369),
6.001.3.3.90.30.00.00.00.00 (374), 2.043.3.3.90.30.00.00.00.00 (382),
2.056.3.3.90.30.00.00.00.00 (397), 2.046.3.3.90.30.00.00.00.00 (405),
2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (411), 2.057.3.3.90.30.00.00.00.00 (412)

Objeto: Aquisição de materiais e óleos lubrificantes automotivos destinados aos veículos e máquinas da municipalidade,
conforme itens do processo nº 13/2016.
Pinhalão, 24 de Fevereiro de 2016

ESTADO DO PARANÁ
PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
EXTRATO CONTRATUAL
Contrato Nº..: 15/2016
Contratante..: PREFEITURA MUNICIPAL DE PINHALAO
Contratada...: ONOFRE GENEROSO SIQUEIRA NETO
Valor............: 136.250,00 (cento e trinta e seis mil duzentos e
cinqüenta reais)
Vigência.......: Início: 24/02/2016 Término: 31/12/2016
Licitação......: PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 6/2016
Recursos.....: Dotação: 2.011.3.3.90.39.00.00.00.00 (57),
2.012.3.3.90.39.00.00.00.00 (60), 2.013.3.3.90.39.00.00.00.00
(65)
Objeto: Contratação de empresa para fornecimento de grama
tipo esmeralda, incluindo seu plantio, destinada a Secretaria
Municipal de Viação e Obras Públicas.
Pinhalão, 24 de Fevereiro de 2016

B3

EDITAIS

SALTO DO ITARARÉ
CONCUR SO P Ú B L I CO Nº 0 0 1 / 2 0 1 6
EX TR ATO D O ED I TAL
Ed i t a l Nº 0 1 / 2 0 1 6
Em cu m p r i m e n t o à s d e t e r m i n a çõ e s d o Se n h o r I SR AEL D OMI NG OS, P r e f e i t o d o Mu n i cí p i o d e Sa l t o d o I t a r a r é – Est a d o
d o P a r a n á , n o u so d e su a s a t r i b u i çõ e s l e g a i s e t e n d o e m vi st
o d i sp o st o n o a r t i g o 3 7 , i n ci so I I d a Co n st i t u i çã o F e d e r a l , a
Co m i sã
o Esp e ci a l d e Co n cu r so n o m e a d a p e l a P o r t a r i a n º
8 6 / 2 0 1 6 d e 2 3 d e f e ve r e i r o d e 2 0 1 6 , R ESOL V E:
TOR NAR P Ú B L I CO a a b e r t u r a d a s i n scr i çõ e s a o Co n cu r so
P ú b l i co d e P r o va s Escr i t a s, p a r a p r o vi m e n t o d e va g a s e xi s t e n t e s, q u e vi e r e m a va g a r o u a se r e m cr i a d a s d u r a n t e o p r a
d e va l i d a d e d o co n cu r so , n o q u a d r o d e se r vi d o r e s d o Mu n i cí
d e Sa l t o d o I t a r a r é , n o s t e r m o s d a l e g i sl a çã o p e r t i n e n t e e d a
n o r m a s e st a b e l e ci d a s n e st e Ed i t a l .
1 –
J
O
1 .1
m e

D OS CAR G OS, NÚ MER OS D E V AG
R NAD A D E TR AB AL H O E H AB I L I TAÇ

En co n t r a m - se a b e r t a s, p a r a p r e
d i a n t e Co n cu r so P ú b l i co , o s ca r g o s a

Ca r g o
MÉ D I CO
MÉ D I CO
P SF

V a g a s

R e m u n e r a ãç o

Ca r g a
H o r á r ia
se m a n a l

0 2

6 .7 0 8 , 3 9

4 0

0 1

6 .7 0 8 , 3 9

4 0

D AS I NSCR I Ç
Se r á a d m i t i d a
e l e t r ô n i co w w
d e 2 6 d e f e ve
d e 2 0 1 6 .

a

zo
p io
s

AS, V ENCI MENTOS,
à O.
e n ch i m e n t o d a s va g a s
b a i xo r e l a ci o n a d o s:

R e q u i si t o s Mí n i m o s
En is n o
m e d i ci
n
En si n o
m e d i ci
n

su p e r i o
n a e re g
o CR M.
su p e r i o
n a e re g
o CR M.

r e m
i st r o
r e m
i st r o

Õ ES
a i n scr i çã o SOMENTE vi a i n t e r n e t , n o e n d e r e ço
w .sa b e r .sr v .b r , so l i ci t a d a n o p e r í o d o d e 0 8 h o r a s
r e i r o d e 2 0 1 6 a t é a s 2 3 h 5 9 m i n d o d i a 1 4 d e m a r ço

D AS D I SP OSI Ç
A p r o va e scr i t a
2 0 1 6 , e m l o ca l
m o l o g a çã o d a s

Õ ES G ER AI S SOB R E A P R OV A OB E
J TI V A
o b j e t i av se r á r e a l i za d a n o d i a 0 3 d e a b r i l d e
e h o r á r i o s a es r d i vu l g a d o n o Ed i t a l d e H o i n scr i çõ e s.

D AS D I SP OSI Ç Õ ES F I NAI S
Est e Ed i t a l co m p l e t o , b e m co m o se u s r e sp e ct i vo s a n e xo s,
encontra-se no endereço eletr nico
.saber.srv.br e afixado
e m m u r a l n a P r e f e i t u r a Mu n i ci p a l d e Sa l t o d o I t a r a r é – P R .
Est e Ed
P r e fe itu
e m 2 5 d
I SR AEL
P r e fe ito
P r e si d

i t a l e n t r a e m vi g o r
r a d o Mu n i cí p i o d e
e f e ve r e i r o d e 2 0 1
D OMI NG OS
Mu n i ci p a l
e n t e d a Co m i sã
o

n a d a t a d e su a p u b l i ca ãç o .
Sa l t o d o I t a r a r é , Est a d o d o P a r a n á ,
6 .

Or g a n i za

d o r a d e Co n cu

r so

P ú b l i co

EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS - 0 3 2 / 2 0 1 5
P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 3 1 / 2 0 1 5
CONTRATANTE: MUNICÍPIO DE SALTO DO ITARARÉ/PR
CONTRATADA: ALEXANDRE CRISTIANO VELASCO & CIA
LTDA
OBJETO: AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEL DIESEL S10,
CONFORME ESPECIFICADO NO PROCESSO DE LICITAÇÃO
PREGÃO Nº 031/2015.
VALOR: INALTERADO
VIGÊNCIA: ATÉ 20/01/2016.
DATA DE ASSINATURA: 29/12/2015
EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS - 0 0 1 / 2 0 1 5
P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 0 1 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: AL EX AND R E CR I STI ANO V EL ASCO & CI A
L TD A
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E COMB USTÍ V EI S, CONF OR ME
ESP ECI F I CAD O NO P R OCESSO D E L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº
0 0 1 /2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 2 6 / 0 1 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5
EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS 1 1 / 2 0 1 5
P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 1 0 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: F Á B I O F ER NAND O D E SOUZ A G R Á F I CA ME
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E MATER I AL G R Á F I CO P AR A OS
SETOR ES D A MUNI CI P AL I D AD E, CONF OR ME ESP ECI F I CAD O NO P R OCESSO D E L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº 0 1 0 / 2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 1 3 / 0 3 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5
EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS 0 3 / 2 0 1 5
P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 3 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: EL EUTÉ R I O AP AR ECI D O D E SOUZ A - ME
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E G Ê NER OS AL I MENTÍ CI OS, MATER I AL D E L I MP EZ A E UTENSÍ L I OS D OMÉ STI COS P AR A OS
SETOR ES D A MUNI CI P AL I D AD E, CONF OR ME ESP ECI F I CAD O NO P R OCESSO D E L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº 0 0 3 / 2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 2 6 / 0 1 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5

B4 EDITAIS

SEXTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 2016 - ED. 1495

SALTO DO ITARARÉ

WENCESLAU BRAZ

EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS 2 3 / 2 0 1 5
P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 2 5 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: CI R Ú R G I CA P AR ANÁ D I STR I B UI D OR A D E
EQ UI P AMENTOS L TD A
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E MED I CAMENTOS, MATER I AL H OSP I TAL AR e OD ONTOL Ó G I CO, CONF OR ME ESP ECI F I CAD O
NO P R OCESSO D E L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº 0 2 5 / 2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 2 4 / 0 7 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5
EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS 2 7 / 2 0 1 5
P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 2 5 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: CL ASSMED P R OD UTOS H OSP I TAL AR ES
L TD A
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E MED I CAMENTOS, MATER I AL H OSP I TAL AR e OD ONTOL Ó G I CO, CONF OR ME ESP ECI F I CAD O
NO P R OCESSO D E L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº 0 2 5 / 2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 2 4 / 0 7 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5

EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS 3 1 / 2 0 1 5 – P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 3 0 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: EF ETI V E P R OD UTOS MÉ D I COS H OSP I TAL AR ES L TD A
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E P R OD UTOS MÉ D I COS D E USO
Ú NI CO, CONF OR ME ESP ECI F I CAD O NO P R OCESSO D E
L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº 0 3 0 / 2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 0 3 / 1 1 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5
EX TR ATO D E TER MO AD I TI V O À ATA D E R EG I STR O D E
P R EÇ OS 3 0 / 2 0 1 5 P R EG Ã O P R ESENCI AL 0 3 0 / 2 0 1 5
CONTR ATANTE: MUNI CÍ P I O D E SAL TO D O I TAR AR É / P R
CONTR ATAD A: ASSUNÇ Ã O & MOR ETTO L TD A – EP P
OB JE TO: AQ UI SI Ç Ã O D E P R OD UTOS MÉ D I COS D E USO
Ú NI CO, CONF OR ME ESP ECI F I CAD O NO P R OCESSO D E
L I CI TAÇ Ã O P R EG Ã O Nº 0 3 0 / 2 0 1 5 .
V AL OR : I NAL TER AD O
V I G Ê NCI A: ATÉ 0 3 / 1 1 / 2 0 1 6 .
D ATA D E ASSI NATUR A: 2 9 / 1 2 / 2 0 1 5

WENCESLAU BRAZ

ERRATA - AVISO DE LICITAÇÃO - PREGÃO PRESENCIAL N° 08/2016
O Município de W enceslau B raz - PR torna público para todos os fins e efeitos
legais, que a publicação do Aviso de Licitação do Pregão Presencial n.° : 08/2016
levada a efeito em data de 24 de fevereiro de 2016, no Diário Oficial do Paraná,
edição de 9642, e no Jornal Folha Extra, Edição 1493, de 24 de fevereiro de 2016,
foi realiz ada com parcial equívoco no que se refere ao seguinte dado: DATA DA
AB ERTURA DOS ENVELOPES DA LICITAÇÃO EM 08 DE MARÇO DE 2015,
À S 13H . Assim, por esta forma, fica devidamente retificado o equívoco e para
todos os efeitos legais, onde consignou-se: ano de 2015 (dois mil e quinz e) fica
consignado a data correta de: AB ERTURA DA LICITAÇÃO NO DIA “08 DE
MARÇO DE 2016 (DOIS MIL E DEZESSEIS), ÀS 13H”, com os efeitos da
presente ERRATA, para todos os efeitos e fins legais. W enceslau B raz - PR, 25 de
fevereiro de 2016. Monica de Oliveira – Pregoeira Municipal.

ARAPOTI
P R EF EI TUR A D O MUNI CÍ P I O D E AR AP OTI
ESTAD O D O P AR ANÁ
F UND O MUNI CI P AL D E SAÚ D E
D I V I SÃ O D E L I CI TAÇ Ã O – l i ci t a ca o @ a r a p o t i .p r .g o v .b r
R UA P L ACÍ D I O L EI TE Nº 1 4 8 CENTR O CÍ V I CO
CEP 8 4 9 9 0 - 0 0 0 F ONE ( 0 4 3 ) 3 5 1 2 - 3 0 0 0 / 3 0 0 1
CNP J Nº 7 5 .6 5 8 .3 7 7 / 0 0 0 1 - 3 1 – 0 9 .2 7 7 .7 1 2 / 0 0 0 1 - 2 7
EX TR ATO D E P R OR R OG AÇ Ã O D E CONTR ATOS
D A I NEX I G I B I L I D AD E 0 0 1 / 2 0 1 3
Co n t r a t o : 1 2 / 2 0 1 3
Co n t r a t a d a : F r a n co , Sa r g i e V i e i r a Assi ts ê n ci a Mé d i ca
P r o r r o g a r L o t e s: 1 1 , 1 4 , 1 5 , 2 6 , 2 7 , 2 8 , 3 5 e 3 6

ltd a .

Co n t r a t o : 0 2 1 / 2 0 1 3
Co n t r a t a d a : I n P e l l e D e r m a t o l o g i a S/ S L t d a .
P ro rro g a r L o te : 3 4
Co n t r a t o : 0 2 2 / 2 0 1 3
Co n t r a t a d a : Ca r d i o cl i n Cl i n i ca
ltd a .
P ro rro g a r L o te : 3 2

Mé d i ca

d e Se r vi ço

s Ca r d i o l ó g i co

Co n t r a t o : 0 7 8 / 2 0 1 3
Co n t r a t a d a : oJ ã o L i n e u An t u n e s Ju
P ro rro g a r L o te : 0 9

n i o r & Ci a l t d a .

Co n t r a t o : 1 7 1 / 2 0 1 4
Co n t r a t a d a : A.M.Se tx a r o – Se r vi ço
P r o r r o g a r L o t e s: 1 2 , 1 3 , 3 5 , 3 6

s Mé d i co

s S/ S

s

P R AZ O D E EX ECUÇ Ã O: 2 6 / 1 0 / 2 0 1 5 a t é 2 2 / 0 4 / 2 0 1 6
D a t a d a Assi n a t u r a : 2 6 / 1 0 / 2 0 1 5

P R EF EI TUR A D O MUNI CÍ P I O D E AR AP OTI
ESTAD O D O P AR ANÁ
F UND O MUNI CI P AL D E SAÚ D E
D I V I SÃ O D E L I CI TAÇ Ã O – l i ci t a ca o @ a r a p o t i .p r .g o v .b r
R UA P L ACÍ D I O L EI TE Nº 1 4 8 CENTR O CÍ V I CO
CEP 8 4 9 9 0 - 0 0 0 F ONE ( 0 4 3 ) 3 5 1 2 - 3 0 0 0 / 3 0 0 1
CNP J Nº 7 5 .6 5 8 .3 7 7 / 0 0 0 1 - 3 1 – 0 9 .2 7 7 .7 1 2 / 0 0 0 1 - 2 7
EX TR ATO D E P R OR R OG AÇ Ã O D E CONTR ATOS
D A I NEX I G I B I L I D AD E 0 0 3 / 2 0 1 2
Co n t r a t o : 0 7 8 / 2 0 1 3
Co n t r a t a d a : oJ ã o L i n e u An t u n e s Ju
P ro rro g a r L o te : 0 3

n i o r & Ci a l t d a .

Co n t r a t o : 1 7 1 / 2 0 1 4
Co n t r a t a d a : A.M.Se tx a r o – Se r iv ço
P r o r r o g a r L o t e s: 0 1 , 0 2 , 0 4 e 0 5 .

s Mé d i co

s

P R AZ O D E EX ECUÇ Ã O: 2 6 / 1 0 / 2 0 1 5 a t é 2 2 / 0 4 / 2 0 1 6
D a t a d a Assi n a t u r a : 2 6 / 1 0 / 2 0 1 5

D ECR ETO n º 0 1 4 / 1 6
SÚ MUL A: Ab r e Cr é d i t o
Or ç a m e n t o p r o g r a m a d
O P R EF EI TO MUNI CI P AL D E W ENCESL AU B R AZ n o u s o d e s u a s a t r i b u i ç
d e W ENCESL AU B R AZ e a u t o r i z a ç ã o c o n t i d a n a L e i Mu n i c i p a l n ° 2 7 2 8 / 1 5 d e
D ECR ETA:
Ar t i g o 1 º - F i c a a b e r t o n o c o r r e n t e e x e r c í c i o Cr é d i t o n o v a l o r d e R $ 2 1 7 .5 2 8 , 1 1

Ad
e 2 0
õ e s
0 8

ic io
1 6
q u
d e

n a l Su p l e m e n t a r – Ex c e s s o d e d o t a ç ã o n o
.
e l h e c o n f e r e a L e i Or g â n i c a d o Mu n i c í p i o
d e z e m b ro d e 2 0 1 5 .

p a r a a s s e g u in te s d o ta ç õ e s o r ç a m e n tá r ia s :

0 3 - SECR ETAR I A D E SER V . UR B ANOS E I NF R . E R OD OV I Á R I OS
0 3 .0 1 - D EP AR TAMENTO D E I NF R A. UR B ANA E R OD OV I Á R I O
0 3 .0 1 .2 6 .7 8 2 .0 0 0 3 .2 .0 0 9 - 4 .4 .9 0 .5 1 .0 0 .0 0 .0 0 .0 0 – 1 7 7 0 - OB R AS E I NSTAL AÇ Õ ES

2 1 7 .5 2 8 , 1 1

Ar t i g o 2 º - Co m o r e c u r s o p a r a a a b e r t u r a d o Cr é d i t o p r e v i s t o n o a r t i g o a n t e r i o r , f i c a o Ex e c u t i v o a u t o r i z a d o a u t i l i z a r - s e
p r e v is t o n o in c is o I I – e x c e s s o d e a r r e c a d a ç ã o – d o § 1 º , d o a r t ig o 4 3 d a L e i F e d e r a l n º 4 3 2 0 , d e 1 7 d e m a r ç o d e 1 9 6 4 .
Su b t r a i r d o Ex c e s s o d o Ex e r c í c i o

Ar t i g o 3 º - Es t e d e c r e t o e n t r a r á e m

d o

2 1 7 .5 2 8 , 1 1

v ig o r n a d a t a d e s u a p u b lic a ç ã o , r e v o g a d a a s d is p o s iç õ e s e m c o n t r á r io .
Ed i f í c i o d a P r e f e i t u r a Mu n i c i p a l d e W e n c e s l a u B r a z , e m 2 5 d e f e v e r e i r o d e 2 0 1 6 .
ATAH Y D E F ER R EI R A D OS SANTOS J Ú NI OR
P r e f e i t o Mu n i c i p a l

PORTARIA nº. 111/2016
O Sr. ATAH Y DE FERREIRA DOS SANTOS JÚ NIOR, Prefeito Municipal de W enceslau
B raz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Artigo 1º - Ficam CONVOCADAS as Candidatas relacionadas no Anexo “ I” desta portaria
para a apresentação junto ao Departamento de Recursos H umanos da Prefeitura Municipal de W enceslau
B raz (PR), sito à Rua dos Expedicionários, Nº. 200, Centro, munido de toda documentação solicitada,
consoante os termos da " Seção 12" , Itens " 12.1" a " 12.6" do Edital de Concurso Público nº. 001/2013 a
ser realiz ado no dia 01 de Março de 2016, à s 13h.
Artigo 2º - Q uando da Convocação para a apresentação junto ao Departamento de Recursos
H umanos, o Candidato que não apresentar os documentos especificados no Edital, bem como, a não
comprovação do requisito profissional para nomeação no Cargo Concursado e Aprovado, implicará
automaticamente na eliminação do Candidato, " Seção 16" , Item " 16.3" , alínea “ a” do Edital de Concurso
Público nº. 001/2013.
Artigo 3º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições
em contrário.
W enceslau B raz , 25 de Fevereiro de 2016.
ATAH Y DE FERREIRA DOS SANTOS JÚ NIOR
PREFEITO MUNICIPAL
ANEXO I:
CONVOCAÇÃO PARA APRESENTAÇÃO DA DOCUMENTAÇÃO PESSOAL
Nº INSC

NOME

CPF

CARG O

897

VIVANE DE FATIMA XAVIER Q UEIROZ

052.797.599-02

ENFERMEIRO

1782

VALMERI DOS SANTOS MARTINS

032.204.309-37

TÉ C. ENFERMAG EM

1459

CARLA B ANDEIRA LUEK E

065.933.739-82

TÉ C. ENFERMAG EM

PORTARIA nº. 112/2016
O Sr. ATAH Y DE FERREIRA DOS SANTOS JÚ NIOR, Prefeito Municipal de W enceslau
B raz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Artigo 1º - CONCEDER FÉ RIAS, regulamentares ao Servidor VALDEMAR G ALDINO,
ocupante do cargo efetivo de Auxiliar de Radiologia, a goz ar férias de direito de 01 de Março de 2016 ao
dia 20 de Março de 2016, referente ao período aquisitivo 2015/2016, conforme o art. 83 da Lei Municipal
nº. 770/93.
Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições
em contrário.
W enceslau B raz , 25 de Fevereiro de 2016.
ATAH Y DE FERREIRA DOS SANTOS JÚ NIOR
PREFEITO MUNICIPAL
PORTARIA nº. 113/2016
O Sr. ATAH Y DE FERREIRA DOS SANTOS JÚ NIOR, Prefeito Municipal de W enceslau
B raz - Estado do Paraná, no uso de suas atribuições que lhe são conferidas por lei,
RESOLVE:
Artigo 1º - EXONERAR a pedido, a servidora municipal MARIA EDUARDA SOARES DE
G OUVEIA, portadora do RG nº. 10.724.792-0 e CPF nº. 068.822.919-00, ocupante do cargo efetivo de
AG ENTE ADMINISTRATIVO, classe 1, nível A, a partir do dia 26 de Fevereiro de 2016.
Artigo 2º - Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições
em contrário.
W enceslau B raz , 25 de Fevereiro de 2016.
ATAH Y DE FERREIRA DOS SANTOS JÚ NIOR
PREFEITO MUNICIPAL