Medida da Pressão Arterial

(Aula prática)

Monitores: Laís Pessoa & Ewerton

Recife, 2015.

O que é Pressão Arterial (PA)?
Força de contração do coração
Quantidade de sangue ejetada
Resistência das paredes dos vasos

Qual a importância de medir a PA?

Uma
ameaça
silenciosa

Valores de Referência

• Valor ótimo de pressão arterial: <120 x 80 mmHg (12 por 8)

• Valor normal de pressão arterial: < 130x 85 mmHg.

(Ministério da Saúde, 2006)

Métodos de medida da PA

Método
Direto

Método
Indireto

Palpatório

Auscultatório

Cuidados pré-analíticos
Calibragem/
adequação dos
equipamentos

Não
beber

Estar de
bexiga vazia

Não
fumar

Não cruzar
as pernas

Esclarecer o
procedimento
Não praticar
atividades
físicas

* Mulheres Mastectomizadas

Método Indireto: Palpatório

1. Envolva o manguito em torno do braço;
2. Palpe a artéria radial, e infle gradualmente o manguito até que perceba o
desaparecimento do pulso, inflando +/- 20mmHg acima deste nível;
3. Desinsufle o manguito LENTAMENTE e anote o valor da pressão no qual
começou a sentir o reaparecimento do pulso radial.
4. Essa será a PAS (Pressão Arterial Sistólica).

Método Indireto: Auscultatório
1. Envolva o manguito em torno do braço;
2. Palpe a artéria braquial e posicione o
estetoscópio onde encontrou o pulso (as olivas
devem estar posicionadas corretamente);
3. Insufle o manguito até o valor da PAS estimada
pelo método palpatório, e continue insuflando
até +/- 20mmHg acima desta pressão;
4. Desinsufle lentamente, e preste atenção ao
início dos ruídos e observe quando eles
desaparecem;
5. O momento em que aparecem os ruídos
corresponde à PAS (Pressão Arterial Sistólica),
e o momento em que desaparecem à PAD
(Pressão Arterial Diastólica).

Método Indireto: Auscultatório
Os sons encontrados

1. Envolva o manguito em torno do braço;
sons auscultados
durante
a aferiçãoe sãoposicione
denominados
2.Os Palpe
a artéria
braquial
o
de estetoscópio
Ruídos de Korotkoff
são de 5 tipos:
ondee encontrou
o pulso (as olivas
devem estar posicionadas corretamente);
• I ou K1 - Som súbito, forte, bem definido, que aumenta
3. Insufle
o manguito até o valor da PAS estimada
em intensidade.
pelo método palpatório, e continue insuflando
• até
II ou
K220mmHg
- Sucessão acima
de sonsdesta
soprosos,
mais suaves e
+/pressão;
prolongados (qualidade de sopro intermitente)
4. Desinsufle
lentamente, e preste atenção ao
dos
ruídos e observe
quandoe eles
• início
III ou K3
- Desaparecimento
dos sons soprosos
desaparecem;
surgimento de sons mais nítidos e intensos
(semelhantes
ao da
faseque
I), queaparecem
aumentam em
5. O
momento
em
os ruídos
intensidade.
corresponde à PAS (Pressão Arterial Sistólica),
e o momento em que desaparecem à PAD
• IV ou K4 - Os sons tornam-se abruptamente mais
(Pressão
Arterialsão
Diastólica).
suaves e abafados,
menos claros

V ou K5 - Desaparecimento completo dos sons

Por que usar os dois métodos: palpatório e auscultatório?

Evitar o Hiato
Auscultatório!

Identificar
Pressão Arterial
Sistólica,
inicialmente!

Não insuflar
desnecessaria
mente o
manguito!

Método Direto
Prós:
Precisão

Contras:
Alto custo
Necessidade de assepsia
Método invasivo

Método Indireto
Prós:
Baixo custo
Facilidade técnica
Método não-invasivo

Contras:
Precisão

Objetivos da aula prática

Procedimento

PAS
(mmHg)

PAD
(mmHg)

PP
(mmHg)

PAM
(mmHg)

X

X

X

Método palpatório
Método
auscultatório

PAS = Pressão Arterial Sistólica
PAD = Pressão Arterial Diastólica
PP = Pressão de Pulso
PAM = Pressão Arterial Média
FC = Frequência Cardíaca

PP = PAS - PAD
PAM = PP + PAD
3

FC
(bpm)

Observações

Contatos:

E-mail: monitoriafisio1@outlook.com
Blog: monitoriafisiologiaufpe.blogspot.com