You are on page 1of 2

Visita à Escola Francisco Arruda (Agrupamento)

No passado dia 16 de Abril de 2010, um grupo, constituído por


representantes da equipa “calvariod´alcantara” e de eleitos Bloco de
Esquerda na Assembleia de Freguesia e na Assembleia Municipal,
visitou a Escola Francisco Arruda.
No quadro das suas opções em favor de uma reflexão e debate
alargados sobre os problemas da educação na freguesia de Alcântara,
o nosso grupo pretendia tomar conhecimento da realidade escolar e
educativa deste Agrupamento de escolas.

O diálogo com a Sra Directora da Escola e as duas assessoras para o


Pré Escolar e 1º Ciclo, respectivamente, foi longo e produtivo.
Assuntos abordados:
1 - Obras na escola: apesar dos grandes constrangimentos, a escola
tem sido capaz de se adaptar e conviver com esta grande
perturbação, em tempo escolar.
A escola Raul Lino vai, também, ser objecto de obras de
melhoramento, nas suas instalações. Na escola de Stº Amaro, a
intervenção será, apenas no refeitório.
2 - Projecto educativo: através de um processo democrático de
articulação entre as escolas, e, ainda, que defrontando algumas
resistências, conseguiram o estatuto de TEIP, que lhes trouxe
melhores condições e recursos.
Todavia, ser TEIP, criou algumas desconfianças entre famílias e
professores e o perigo de abandono de alunos teve que ser
ultrapassado com um grande esforço de boa aplicação dos novos
recursos disponíveis.
O lado mais negativo acabou sendo o da colocação de professores. O
concurso de TEIP (s) foi de tal modo desorganizado que impediu a
escola de preencher os lugares de docentes necessários.
Não existe abandono escolar significativo, no conjunto das escolas do
Agrupamento, contudo, o absentismo é um problema, no pré-escolar
e 1º ciclo, sobretudo no Casalinho da Ajuda.
AEC(s) melhoraram , em termos de contratação de professores e
técnicos. O contrato é feito através da empresa “Know-how”(uma
ipss), que opera em Alcântara. Em geral, esses contratos são muito
precários o que não contribui para o sucesso. Parece que CML
pretende alterar esta situação.
Informaram ainda que o GAAF( Gabinete de Apoio ao Aluno e à
Família), tem mantido um papel importante no cumprimento dos
objectivos com que nasceu em 1998.
3 – Relação com a comunidade: confirmam que os técnicos externos
são indispensáveis para ajudar a estreitar essa relação.
O Regulamento Interno que estará pronto este ano, será divulgado
entre a comunidade educativa, que tem assento no Conselho Geral
de Escola. Este será eleito em breve.
A relação com as Juntas de Freguesia de Alcântara e Ajuda, com
novos Executivos que resultaram dos resultados eleitorais nas
eleições do passado mês de Outubro,, está em fase de conhecimento
e adaptação.
Algumas representantes do Agrupamento manifestam já, alguma
sensibilidade, relativamente, aos contactos futuros, prevendo um
maior equilíbrio, sobretudo com o Executivo de Alcântara, se
comparado com a Junta anterior.
Quanto à proposta que o nosso grupo apresentou, no sentido de
lançar um debate alargado na Freguesia, sobre a edução, com vista à
criação de um Fórum Educação Alcântara, as nossas interlocutoras
foram muito receptivas.