Fendas Labio Palatinas

Fendas Labiais e Palatinas

15000 crianças nascendo por hora no mundo.

1,2 a 1,6%

15% de todas as malformações

FLP – 45%

FP – 30%

FL – 25%

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N

Desenvolvimento do palato
O palato se desenvolve a partir de dois primórdios:
 

O palato primário O palato secundário

Desenvolvimento do palato: início da 5ª semana – 12ª semana.

Palato primário
Proliferação do mesênquima

Saliência maxilar

Saliências nasais mediais

Saliência maxilar

Segmento intermaxilar

Filtro do lábio superior

Palato primário

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N

Palato primário

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N

Palato secundário

Processo palatino lateral

Língua

Processo palatino lateral

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N

Palato secundário

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N

Palato desenvolvido

Fossa incisiva: marco de referência para a classificação dos tipos de fendas labiais e palatinas

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N.

Fendas labiais e palatinas

Fenda labial unilateral Fendas anteriores (à fossa incisiva) Fenda labial bilateral Fenda do palato anterior

Fendas posteriores (à fossa incisiva)

Fenda do palato posterior

Fendas das partes anterior e posterior do palato Fendas raras

Fendas anteriores
Fenda labial unilateral Fenda labial bilateral Fenda do palato anterior

Lembrando...

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N.(desenhos) e DUARTE, L.M. S. (fotografias)

Fendas anteriores
Fenda anterior completa: fenda completa do lábio e palato anterior Fenda unilateral completa

Fenda bilateral completa

Imagens: DUARTE, L.M. S.,

Fendas posteriores
Úvula fendida

Fenda posterior completa Fenda unilateral do palato posterior

Fenda posterior incompleta

Fenda bilateral do palato posterior

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N.(esquerda) e DUARTE, L.M. S. (direita)

Fendas anteriores e posteriores
Fenda unilateral completa do lábio e do palato

Fenda bilateral completa do lábio e fenda palatina

Imagens: MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N

Causas das fendas
• Maioria das fendas labiais e palatinas: herança multifatorial

• Parte de síndromes determinadas por genes mutantes isolados. • Síndromes cromossômicas, especialmente da trissomia do 13. • Drogas anticonvulsivantes, como a fenitoína e a difenil-hidantoína administradas a uma mulher epilética durante a gestação (há evidências).

Na maioria dos casos, não se consegue determinar o fator ambiental envolvido.

Tratamento
Importância: impacto na fala, audição, aparência, cognição e integração social.

Equipe Multidisciplinar: ginecologista-obstetra, geneticista, cirurgião plástico, pediatra, nutricionista, fonoaudiólogo, psicólogo, odontólogo.

Tratamento
Orientações fonoaudiológicas Trabalho de sensibilidade proprioceptiva oral (no primeiro ano de vida) - desenvolvimento muscular adequado para deglutição, sucção e fala. Orientações nutricionais Ato de sucção - promove o desenvolvimento da musculatura da face e vínculo mãe-filho. Dieta enriquecida - alguns pacientes apresentam dificuldade para se alimentar. Dieta balanceada e sulfato ferroso – anemia freqüente em casos de FLP. Alimentos semi-sólidos (7 meses a 1 ano de vida) – auxilia na erupção dentária e função mastigatória.

Tratamento
Odontólogo Cronologia de erupção atrasada, ausência congênita de dentes ou dentes supranumerários. Orientação geral Início do tratamento o mais breve possível. Cronograma das cirurgias difere entre países. Custo do tratamento EUA: R$ 241.010,00 por paciente ao ano. Reino Unido: R$ 147.035,00 por paciente ao ano. Brasil: não há estudos específicos. Fonte: OMS 2002

Tratamento Cirúrgico
Cirurgias que fazem a correção funcional da lesão: No terceiro mês de vida: Estafilorrafia: fechamento do palato mole. Queiloplastia: cirurgia para remodelar os lábios. Entre 12 e 18 meses: Palatoplastia: fechamento do palato duro.  A fala, a voz e a audição melhoram com o fechamento precoce do palato. Inclusive, quando a cirurgia é realizada nos dois primeiros anos de vida, a criança se vê sem malformações.  O fechamento tardio do palato, após 4 anos de idade, favorece o crescimento inadequado do esqueleto da face.

Tratamento Cirúrgico

Pré-Operatório Cuidados da equipe multidisciplinar, como problemas de pele (região bucal), cáries dentárias e anemia. Pós-Operatório Higiene bucal reforçada e alimentos liquefeitos nas primeiras 48 horas. Introdução gradual de alimentos mais consistentes. Cuidados com os pontos cirúrgicos. Outras intervenções Entre 12 e 18 anos: cirurgia secundária (nariz). Entre 18 e 20 anos: avaliação final do tratamento e aconselhamento genético.

Tratamento Cirúrgico
A cirurgia para correção de FLP é indicada para: •correção de deformidade física •problemas na amamentação, na alimentação ou na fala resultantes de FLP. • A pele é costurada com pontos bem pequenos e finos para fazer com que a cicatriz fique a menor possível. • É colhido tecido da parte posterior da boca (faringe) a fim de colocar mais tecido no palato duro (isso é chamado de retalho faríngeo). • O resultado estético muitas vezes depende da gravidade da deformidade, mas em geral é muito bom.
Imagens: 2000 adam.com, Inc. Enciclopédia Ilustrada de Saúde.

PSICOLOGIA DAS DEFORMIDADES

QUADRO SOCIAL E PSICOLÓGIC O

Relação Idade de Cirurgia/Quadro Psicológico

Murray et al

Relação Severidade/Quadro Psicológico
• Severidade aumenta problemas de sensibilidade materna •Consequentemente, menor BSMD •Problemas dentários normalmente vistos como mais grotescos
Duke University

•Menor contato visual entre mãe e filho •Mais grau de aflição da criança

Adolescentes e Adaptação Social

uke University

Análise do Quadro Psicológico do Adolescente Persson et al.

Bibliografia
MOORE, KEITH L., PERSAUD, T.V.N. Embriologia Clínica. Tradução da 7ª edição. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. Dissertação de mestrado, USP DUARTE, L.M. S., Desempenho escolar de crianças com fissura labiopalatina na visão dos pais. Bauru, 2005. Erlane Marques Ribeiro, Anna Sylvia Carvalho Goulart e Moreira, Artigo de revisão. UNIFOR. Izaíra Maria Bruno Figueiredo, Amanda de Lavor Bezerra, Ana Carolina, Lima, Marques, Ísis Maria Rocha, Natália Rocha Monteiro, Artigo de revisão. Ivan Haidámus Sodré Marques, Artigo Lábio Leporino e Goela de Lobo. 01/10/2003 (www.jornaldosite.com.br/arquivo/anteriores/ivan/artivan74.htm) Natália Raposo da Silva e Vanessa Cristina da Silva Bernardes, Artigo Fendas Lábio Palatinas. 17/05/2007 (www.cispre.com.br/acervo_detalhes.asp ?Id=87) Enciclopédia Ilustrada de Saúde (adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ index.htm)

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful