You are on page 1of 1

Ferreira Gullar

(Brasil, 1930)

Lio de um gato siams


S agora sei
que existe a eternidade:
a durao
finita
da minha precariedade
O tempo fora
de mim
relativo
mas no o tempo vivo:
esse eterno
porque efetivo
- dura eternamente
enquanto vivo
E como no vivo
alm do eu vivo
no
tempo relativo:
dura em si mesmo
eterno (e transitivo)