You are on page 1of 22

Planilha1

1° PERÍODO

cálculo I
cálculo I
cálculo I
cálculo I
cálculo I
cálculo I
cálculo I
cálculo I

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

PORTUGUÊS INSTRUMENTAL

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

QUÍMICA GERAL I

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

GEOMETRIA ANALÍTICA E ALGEBRA LINEAR

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

PROGRAMAÇÃO PARA A ENGENHARIA QUÍMICA

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO
1° PERÍODO
1° PERÍODO
1° PERÍODO
1° PERÍODO
1° PERÍODO
1° PERÍODO

Página 1

b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c

Planilha1
1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

1° PERÍODO

DESENHO TÉCNICO

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

CÁLCULO II

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

MECÂNICA

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL II

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

QUÍMICA GERAL EXPERIMENTAL

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

METODOLOGIA CIENTÍFICA

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

2° PERÍODO

SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE

3° PERÍODO

CÁLCULO III

3° PERÍODO

CÁLCULO III

Página 2

c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b
b
c
c
c
c
c
b
b

Planilha1 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO CÁLCULO III 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO SÉRIES E EQUAÇÕES DIFERENCIAIS 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO LABORATÓRIO DE MECÂNICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO FISICO-QUÍMICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA INORGÂNICA 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 3° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA I 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA Página 3 b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c .

Planilha1 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO MÉTODOS COMPUTACIONAIS PARA A ENGENHARIA QUÍMICA 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO ELETROMAGNETISMO 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO TERMODINÂMICA APLICADA I 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO FISICO-QUÍMICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO PRINCIPIOS DE BALANÇOS DE MASSA E ENERGIA 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA EXPERIMENTAL 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 4° PERÍODO QUÍMICA ORGÂNICA II 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS Página 4 c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b .

Planilha1 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO CORROSÃO E SELEÇÃO DE MATERIAIS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO DESENVOLVIMENTO DE PROCESSOS QUÍMICOS 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO FENÔMENOS DE TRANSPORTE I 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO LABORATÓRIO DE ELETROMAGNETISMO 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO MECÂNICA E RESITÊNCIA DOS MATERIAIS 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 5° PERÍODO QUÍMICA ANALÍTICA 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I Página 5 c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c .

Planilha1 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 6º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES I ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA ECONOMIA PARA EMPRESAS DE ENGENHARIA FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II FENÔMENOS DE TRANSPORTE II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II TERMODINÂMICA APLICADA II MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL MICROBIOLOGIA INDUSTRIAL ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA ELETROTÉCNICA CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II CINÉTICA E CÁLCULO DE REATORES II INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS Página 6 c c b b b c c c c c b b b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b .

Planilha1 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 7º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS INSTRUMENTAÇÃO PARA CONTROLE DE PROCESSOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ESTATÍSTICA E PLANEJAMENTO DE EXPERIMENTOS ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA ENGENHARIA BIOQUÍMICA FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III FENÔMENOS DE TRANSPORTE III OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I OPERAÇÕES UNITÁRIAS I GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE GESTÃO DA PRODUÇÃO E DA QUALIDADE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE Página 7 b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c .

SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE .Planilha1 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 8º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE LABORATÓRIO DE FENÔMENOS DE TRANSPORTE OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II OPERAÇÕES UNITÁRIAS II CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS CONTROLE DE PROCESSOS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS PROJETO DE PROCESSOS E INSTALAÇÕES QUÍMICAS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS ESTUDOS AMBIENTAIS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO I ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS ANÁLISE . SIMULAÇÃO E OTIMIZAÇÃO DE PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS Página 8 c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c b b b .

Planilha1 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 9º período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS LABORATÓRIO DE OPERAÇÕES E PROCESSOS OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III OPERAÇÕES UNITÁRIAS III SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES SOCIEDADE E ORGANIZAÇÕES ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE c c c c c c c c c c b b b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE c c b b b c c c c c b b b c c c c c ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE ENGENHARIA DO MEIO AMBIENTE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURS POLÍMEROS POLÍMEROS POLÍMEROS POLÍMEROS POLÍMEROS POLÍMEROS POLÍMEROS POLÍMEROS Página 9 .

TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA.Planilha1 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período b b b c c c c c PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO PROCESSAMENTO DE PETRÓLEO 10 período TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO b 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO b b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c c b b b c c c c c b b b c c c c c TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM COMPUTAÇÃO TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM OPERAÇÕES UNITÁRIAS TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. TÓPICOS EM FENÔMENOS DE TRANSPORTE. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. Página 10 . TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. TÓPICOS EM TERMODINÂMICA APLICADA À ENGENHARIA QUÍMICA. MÉTODOS FÍSICOS DE IDENTIFICAÇÃO DE COMPOSTOS ORGÂNICOS.

LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .LIBRAS Página 11 b b b c c c c c b b b c c c c .LIBRAS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .Planilha1 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período 10 período TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS TÉCNICAS DE CARACTERIZAÇÃO DE MATERIAIS LÍNGUA BRASILEIRA DE SINAIS .

DELEBECQUE. 1993. 2009. L. DELEBECQUE.. MASTERTON. São Paulo: Érica. São Paulo: Atlas. J. Vol I. 2010. São Paulo: Érica. São Paulo: LTC. 2 ed. GOURSAT. LAGES. L. 3 ed. M. 2 ed. São Paulo: Cengage Learning . 2007. N.. São Paulo: LTC. FELDER.. 2 ed. 2006. BRADY. Leake. P. 3 ed. Química Geral e Reações Químicas. 1 ed. 2 ed. W. 3 ed.. L. BROWN. R. M. 1994.. Manual de Desenho Técnico para Engenharia. GUIMARÃES. A. .. STEER. 2006 THOMAS. I. São Paulo: LTC. JAMES. PEREIRA. Porto Alegre: Bookman. J. L. FIORIN. Vol1. 1987.1. Rio de Janeiro: LTC. 9 ed. ANDRADE. P. R. A. Rio de janeiro: Interciência. 29 ed. ANTON e HORRES. 2010. 2005. S. P. um curso universitário. N. WINTERLI. 17 ed. ABNT. 2 ed. JONES. São Paulo: Cengage Learning. São Paulo: HARBRA. 2009. Gramática do Português Instrumental. 8 ed. T. Cálculo com Geometria Analítica... Português Instrumental. M.. 1986. E.F. Química Geral aplicada à engenharia. A. Desenho Técnico e tecnologia Gráfica. Química. BAZZO. HOELSCHER. 1994. J. 2006. B. CHANCELIER. Florianópolis: UFSC.. B. 2006. T. M. Química: Principios e reações. KOCH. S. Um Curso de Cálculo. SANTOS. J. L. 3 ed. 3 ed. JONES. Bibliografia Complementar WONGTSCHOWSKI. M. HURLEY. São Paulo: UNESP. 1. 3 ed. 1 2 ed. 7 ed. 2004. S.. J. C. 2 ed. H.. GOMEZ.. Rio de Janeiro: LTC. 2010 BUNKS. L. Rio de Janeiro: LTC.. B. S. et al. 2 ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. L. P. L. 2009. T. MEYERS. L. Porto Alegre: Globo. C. 2000. R. Geometria Analítica. 3 ed. S. C. A nova reforma ortográfica da língua Portuguesa. C++ Black Book. W.NBR 5094/80. São Paulo: Blucher.. al. Gramática Objetiva da Língua Portuguesa. NIKOUKHAH. SOUSA. 1999. V. Indústria Química: Riscos e Oportunidades.Planilha1 LEITHOLD. Métodos Numéricos em problemas de engenharia química. Química: A Ciência Central. H. 2010.. R. 2010. Coleção Schaum. Princípios elementares dos processos químicos. São Paulo: Cengage Learning. 3 ed. M. BOLDRINI et. Introdução à engenharia química. M.. Cálculo. Matrizes vetores e geometria analítica. MANZANO. C. CHANCELIER. Rio de Janeiro: LTC. São Paulo: Martins Fontes. P. 2010.. Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. New York: Springer Verlag. FARRER. I.. ZILBERKNOP. OLIVEIRA. A. HIMMELBLAU. São Paulo: Lemos. São paulo: LTC. L. Americana.. C. AQUINO. CAMARGO. Química Geral. H. Algoritmos Estruturados.. An Introduction To Scilab. 2010. Princípios de Química: Questionando a vida moderna e o meio ambiente. 1986. Química. 5 ed. CUOCOLO. B. R. Vol. N. STEWART. 1995. Borgerson. DIAS. B. MASTERTON. A. Tradução da 4 ed. N. Leitura e Redação.. São Paulo: Atlas. v. GOMES. Algoritmos e lógica de Programação em C: Uma abordagem didática.. 1 ed.. HOLME. HUMISTON.1. J. RUSSEL. J. 6 ed. Química Geral aplicada à engenharia. RIGGS. BRADY.. Rio de Janeiro: Interciência.H. BRASIL. Rio de Janeiro: LTC. ROUSSEAU. Para Entender o Texto. 2006... S.J. 2 ed. Tradução da 4 ed. 2010. SCHOCAIR. MARTINS. M. 2007. L. MAHAN. 1994. M. 1992. Rio de Janeiro: E-papers. R. ATKINS. 2004. Química Geral. 6 ed.C.P. 23. P. F. DOBROVOLNY. J. Página 12 . D. L. BROWN. Engineering and Scientific Computing with Scilab HOLZNER. São Paulo: Makron Books. Princípios de Química: Questionando a vida moderna e o meio ambiente.. Português Instrumental. C. 2002. São Paulo: Pearson Prentice Hall. Química Geral. Técnicas de Redação: O que é preciso saber para escrever.H. BROWN. LEITHOLD. G. Belo Horizonte: UFMG.J. Porto Alegre: Bookman. S. 9 ed. 6 ed.. S. Química: Principios e reações. São Paulo: HARBRA. CRQ-IV Região. J. J. São Paulo: Edgard Blucher. SAVIOLI. 9 ed. De acordo com as atuais Normas da ABNT. São Paulo: Cengage Learning. Vol. CREMASCO. Álgebra Linear. Vale a Pena Estudar Engenharia Química. Argumentação e linguagem. São Paulo: Cortes. L. F. S. Tecnologia e Industrialização no Brasil.F. 800 p.. 2005. 1986. 1978. Vol..L. A. HOLME. KOTZ. BOULOIS. 6 ed. L. A. PEREIRA. 2009. Geometria Analítica: um tratamento vetorial. 1 ed. O que o profissional de química deve saber. CORRÊA. G. 2008. A. C. São Paulo: Ática. MOTOYAMA. Vol. NB-08 Norma Geral de Desenho Técnico. P. SILVA. Engenharia Química: Princípios e Cálculos.. 2007. 2001. v. um curso universitário. P. Algoritmos e estruturas de dados. GUIDORIZZI. A. LIPSCHUTZ. Porto Alegre: Bookman. GOURSAT. R. PINTO. São Paulo: Makron Books.. C. R. ATKINS. 3 ed. J. R.M. 1 ed. 1. STEINBRUCH. 1. G. 2010. 2001. TREICHEL J. Álgebra Linear. Cálculo e Geometria Analítica. J. MEDEIROS. 2006. W. SPRINGER. A. São Paulo: Blucher. Introdução à Engenharia. M. 4 ed. LARANJEIRA. 2004. L. São paulo: LTC.J. Desenho Técnico Moderno. 6 ed. C. L. 2000. 2004. Álgebra linear com aplicações. São Paulo: IMPETUS.. HURLEY. Expressão Gráfica. J. VIERCK. P. Rio de Janeiro: Campus. São Paulo: Pearson. J. São Paulo: Makron Books.. Rio de Janeiro: LTC. 2009. Americana.. S. MEYERS. 2005... São Paulo: Edgard Blucher. NIKOUKHAH. N. TORRANO. Seymour. C. São Paulo: Harbra. Q. GARCEZ. São Paulo: Makron Books. HUMISTON. ed. 1995. RIBEIRO.. F. 2 ed . STEER. 1994. I. L. P. Álgebra Linear e Geometria Analítica. W. MAHAN. T. G. D. 1970.

2009. Rio de Janeiro: LTC. Gestão Ambiental: Responsabilidade Social e Sustentabilidade. LAKATOS. PEIXOTO. 2ª Ed. J. 2000. Página 13 . A. DIAS R. 4 ed. RUSSEL. 1986. HUMISTON. E. GONÇALVES. São Paulo: Pearson. JONES. THOMAS. V.1. et al. Rio d BACKER. Resenhas. Cálculo. BRADY. Princípios de Química: Questionando a Vida Moderna e o Meio Ambiente. 1998. SHAPIRO. TREICHEL J. São Paulo: Atlas. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico. D. São Paulo: Pearson. São Paulo: Atual. São Paulo: Ed. 12 ed.A. L. E. W. KELLER. Porto Alegre: globo. H. São Paulo: Pearson. A. C.G. L. Luiz. vol. vol. W. L. B.B. Química: Principios e reações. PACHECO. 7 ed. 2 ed. G. Química: Principios e reações. São Paulo: Cengage Learning. 5 ed. BROWN. vol. 1994. 2003. vol. São Paulo: Cortez. 1 ed. São Paulo: Makron Books. 11 ed. oscilações e ondas. A. resumos. Política ambiental: uma análise econômica. THIOLLENT. P. Rio de Janeiro: LTC. Química Geral Experimental. 2008. São Paulo: Harbra. Química: A Ciência Central. Calculo das Funções de uma Variável. TANAKA. 8 ed. G... 2 ed. vol. RIO DE JANEIRO: LTC. et al.H. RESNICK.. Sistemas de Gestão Ambiental (Iso14001) e Saúde e Segurança Ocupacional (Ohsas 18001): Vantagens da Implantação Integrada. Como fazer uma monografia. H. Atlas. I. GETTYS. São Paulo: Blucher. R. Manual de soluções.. 1. 2005. 2. P. B. P. M. A.. Curso de Física Básica.. BROWN. 2010. Química Geral. R. D. D.. MASTERTON. 5 ed. Como elaborar Projetos de pesquisa. 1994. New York: Mac Milan Cia. A. 2003. 1992.S. CARVALHO. São Paulo: Cengage Learning. RESNICK.2. E. G. São Paulo: Makron Books.1. 1987... MAY. MEYERS. A. Gestão ambiental: a administração verde. R. Vol. YOUNG. 1952. B. T. São Paulo: Unesp.2. GUIDORIZZI. 2001. J. R. J. São Paulo: Cengage Learning . C. 2 ed. 1 ed. S. 8 ed.T. ATKINS. Howard. ALONSO. 2ª ed. Poluição e Reciclagem. BIASOTTO. V. RUSSELL.2. Desenho Técnico. A. N. G. 2. J. BROWN. 5 ed. São Paulo: Edgard Blucher. São Paulo: Editora artmed. Americana. HALLIDAY. Vol. MARTINS. São Paulo: Blucher. MITCHELL. 9 ed. M. 2002. C. FINN. B. MEYERS.. Química Geral aplicada à engenharia. FREEDMAN. São Paulo: Atlas. São Paulo: Cengage Learning. São Paulo: Makron Books. 8 ed. vol. 2 2 ed. Fundamentos de Metodologia Científica. termodinâmica. T. 2 1 ed. Rio de Janeiro: Qualitymark.J. B. M. Viçosa: UFV. KOTZ. T. Cálculo com Geometria Analítica. E. M. P. 2 ed.. 2. Cálculo B. DEMO. B. 2 ed. Física. J. vol.. E. 2005. Mosca. E. L. São Paulo: Atlas. 2010. SPENCER. O. 1.. Howard. São Paulo: Atlas. LEITHOLD... FLEMMING. Technical Drawing. Rio de Janeiro: Campus. B. 2. G. HOLME. 2007. TIPLER. ANTON. Desenho Geométrico. 2008. 2. B. P. 2009. 2008. São Paulo: Artmed.H. B. vol. 6 ed. Física para cientistas e engenheiros: Mecânica. Rio de Janeiro: LTC. A. 1981. São Paulo: Pearson/Prentice Hall. MAHAN. São Paulo: Pearson Prentice Hall. FAVERO. L. GIESECKE. T. D. GIL. ASSUMPÇÃO. 3 ed. STEWART. 4ª tiragem.. 6 ed. A. São Paulo: Edgar Blucher. R.M. HOLME. 3 ed. L. Economia do Meio Ambiente: Teoria e Prática. 1970. M. Química Geral e Reações Químicas. Química Geral. Um Curso de Cálculo. Química Geral 1. 2009. B.. 1. SILVA. Bookman.O Desafio do Desenvolvimento Sustentável. São Paulo. vol.. STEWART. São Paulo: Cengage Learning. A. 1986. 1999. Cálculo. MASTERTON. H. vol. 2010. Física. R.. 2007. Química Geral.... M. vol. Redação Científica: A Prática de Fichamentos. 2010. Cálculo com Geometria Analítica. 1991. E. Fundamentos da Física: Mecânica. Vol. LINTZ. 2009. A dissertação: teoria e prática. A. Cálculo. Rio de Janeiro: LTC.1. R. vol. MACONI. 7 ed.L. Walker. 2003. VIANNA FILHO. 2011. B. 2008. Física I: Mecânica. F. M. V. 6 ed. 6 ed. um curso universitário. G. S. 2007. 2006. N. São Paulo: Edgard Blucher. ANDRADE. São Paulo: Edgar Blücher. São Paulo: Makron. vol. HURLEY. L. et al. 1. Cálculo. L.Planilha1 BACHMANN. BRADY. Física um Curso Universitário: Mecânica. SIMONS. Introdução à Engenharia Ambiental . HUMISTON. São Paulo: LF Editorial. FORBERG. 2. São Paulo: Atlas. São Paulo: Martins Fontes.. 1988.M. Tradução da 4 ed. 2 ed.O. S. MEDEIROS. Americana. Tradução da 4 ed. D. 1995. Reagentes e Solvestes. 2004. 2007 ALMEIDA. Introdução `a Mecânica Clássica.. ANTON. H. São Paulo: Editora Makron Books. 2005. SEIFFERT.B. HURLEY... LENZI. G. MORITA. Química Geral aplicada à engenharia.ed. 2006. Química. J.. Louis... Volume 1. Rio de Janeiro: LTC. 2009. 2010. 2004. MAHAN. Rio de Janeiro: Freitas Bastos editora. B. S. J.2009. NUSSENSVEIG.. C. et al. Vol. P. Química Geral: Práticas Fundamentais. Cálculo... Gestão ambiental. 2004. P. Meio Ambiente. J. Guia para elaboração de monografias e trabalho de conclusão de curso. 2 ed. Rio de Janeiro: LTC. São Paulo: Editora LTC. um curso universitário. Química.J. 2007. 2009. Metodologia da pesquisa ação. 6 ed. C. 1972.. SALOMON. J. Introdução à metodologia da ciência. HALLIDAY. 1995. Rio de Janeiro: LTC.1. BRAGA. ALMEIDA. ÁVILA. 1987.

PAULA. Rio de Janeiro: LTC. MOORE. Química Orgânica.2. K. 11 ed. I. 1. 3 ed. 2003. 2010. L. CASTELLAN. Fundamentos de Físico-Química. Cálculo. BURIAN. Física um Curso Universitário: Mecânica. ORTEGA. 9 ed. vol. Curso de Física Básica. Página 14 .. Rio de Janeiro: LTC. 3. PEIXOTO.. 3 ed. 2006. RIO DE JANEIRO: LTC. São Paulo: McGraw Hill. 2003. W. H. Rio de Janeiro: LTC. A. G. 2009. SHAPIRO.. São Paulo: Pearson. J. 2. SCHIFINO. P. 8 ed. P. W. 4 ed. WILKIUSM e GAUS P. 2008. J. Um Curso de Cálculo. BOYCE. J.. D. LARANJEIRA. 2005. 13 ed.J. 2008. H.D.Planilha1 THOMAS. Inorganic Chemistry.R. New York: John Wiley & Sons. E. Química Orgânica. São Paulo: Harbra. COTTON. moléculas. D. SIMONS. 3 ed. SOLOMONS. vol 2. A. J. Walker. W. vol. Química Orgânica. e G. Equações Diferenciais Elementares e Problemas de Valores de Contorno. Vol. HOFFMANN. Cálculo C. Fundamentos de Físico-Química.. ALONSO. STARK. Luiz.. RANGEL. et al. Porto Alegre: UFRGS. termodinâmica. PILLA. São Paulo: Harper e Row Publishers.C. Rio de Janeiro: Blucher. Rio de Janeiro: E-papers. 2004. RESNICK. São Paulo: Makron Books. McMURRY. 2003. M.7 ed. São Paulo: Pearson. L. R. BARBOSA. A. Física para cientistas e engenheiros: Mecânica.E. J. Belo Horizonte: UFMG. R. L. Belo Horizonte: UFMG. Coleção Schaum. A. L. 2000. P. F. B. 2002. MALISKA. Variáveis Complexas e Aplicações. E.. vol.. ATKINS. 4 ed. Métodos Numéricos em problemas de engenharia química. Introdução aos Métodos Numéricos. B. 2 ed. 2007. 2 ed. Física I: Mecânica. Praticas de Físico – Química. 1999. 1984. 2003. M. Cálculo das Funções de uma Variável. E. G. Coleção Schaum. D.1 e 2. M. RUGGIERO. P. Equações Diferenciais Aplicadas. FIGUEIREDO. 3 ed. W. GETTYS. SPEZIALI. B..química. oscilações e ondas. S. São Paulo: Blucher. LEE. 1.. Rio de Janeiro: LTC. SHRIVER. 5 ed. G. vol. ATKINS. 2011. vol 2. 2000 NETZ. 9 ed. 2007. vol. Química Inorgânica não tão concisa. HUHEEY. Química Orgânica: Estrutura e Função. 4 ed. Porto Alegre:UFRGS. SPIEGEL. Fisico-química. 2002. 2 ed. Físico-Química. R. DIPRIMA. G. ALVES. LEITHOLD.. F. DIPRIMA.E. Basic Inorganic Chemistry. DAVID E. PINTO. vol. São Paulo: Addisson Wesley. vol. Y. São Paulo: Alínea e Átomo. 3 ed. São Paulo: Pearson.. 2009. GONÇALVES. 2006. 1995.. Física. vol. 2003. ATKINS. São Paulo: Pearson. E. BOYD. São Paulo: Edgar Blucher. Laurence D. R. São Paulo: Editora LTC. Fundamentos de Informática – Cálculo Numérico. vol. C. 1. FINN. Rio de Janeiro: Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA). FREEDMAN.2 e 3. D. 1996.A. 2. 1993. Rio de Janeiro: LTC... KEITER. vol. M. TIPLER.L. Rio de Janeiro: LTC. S. 2008. LIMA. BOYCE.1976. BALL... São Paulo. CAMPOS.1 e 2. A. 2 ed.. São Paulo: Makron Books. G. Porto Alegre: Bookman... CULLEN. São Paulo: Makron Books. R. Introdução à química Orgânica. G. FRYHLE.L. Química inorgânica: átomos. P. MORRISON.3. D. Fundamentos da Física: Mecânica. Rio de Janeiro: LF Editorial.1. N. Louis. Thomson Learning. 2002. 2008 ÁVILA. LOPES. 4 ed. O Cálculo com Geometria Analítica.. R. F. Análise de Fourier.H. 1981. 1972. D. P. L. P. 1992.G. R. FARIAS. BENVENUTTI. São Paulo: Artmed. 2008. E. Rio de Janeiro: LTC. N.W. São paulo: Pearson. 1987. SPIEGEL. W. São Paulo: Blucher. Química Inorgânica uma introdução. CONSTANTINO. Química Inorgânica. São Paulo: Blucher. P. C. A.. 2 ed.M. E. et al. L. EDWARDS. 2 ed. 1. 2006. R. R. 2001. 2 ed. Transformadas de Laplace: resumo da teoria. Química orgânica. Química Orgânica: Curso básico universitário. São Paulo: McGraw Hill. M. C. H. vol. FLEMMING. Física Experimental Básica na universidade. 4 ed. G. Cálculo Numérico: Aspectos Teóricos e Computacionais.L. 3 ed. M. C. YOUNG. R. ALLINGER. Rio de Janeiro: LTC. 1994. Rio de Janeiro: Prentice – Hall do Brasil. 1994. H. 2004. Química Orgânica. HALLIDAY. 3 ed. Rio de Janeiro: LTC. V. 8 ed. R..1 e 2. Equações Diferenciais Elementares. 3 ed. Equações Diferenciais Elementares e Problemas de Valores de Contorno. vol. 1986. BRADLEY.C. vol. Rio de Janeiro: LTC. BARROS. M. 2010. 1. 4 ed. 3 ed. J. 1.. D.A. G.M. 6 ed. e KEITER. 1995. J. C. AVILA... Rio de Janeiro: LTC. A. PEENEY. Transferência de calor e mecânica dos fluidos computacional. Fundamentos de Físico-Química. 2007. E. Cálculo com Geometria Analítica. JONES. Cálculo: um curso moderno e suas aplicações. 1996. LEITHOLD. GUIDORIZZI. G. SHORE. 2 ed. 9 ed. 12 ed. 2006. vol. 2008. C. São Paulo: Cengage Learning. Porto Alegre: Bookman.W. N. Equações Diferenciais. 2005. R.A. 2006.S. F. Cálculo com Geometria Analítica.1 e 2. V. C. N. 1976. W. BRUICE.. Mosca. Rio de Janeiro: FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN. Práticas de Química Inorgânica. vol. líquidos e sólidos... 2003. ZILL. G. 5 ed. NUSSENSVEIG. 2011. 2. Rio de Janeiro: LTC. KELLER. A. B. VOLHARDT. Rio de Janeiro: LTC. P. 3 ed. T. Introdução `a Mecânica Clássica.A Química dos Elementos dos Blocos d e f. C. Rio de Janeiro: Interciência. São Paulo: Harbra. Fisico-química I : Termodinâmica química e equilíbrio químico. Rio de Janeiro: LTC. L.. Porto Alegre: Artmed. 2010. Físico. C.

Rio de janeiro: Interciência. GAST.2 e 3. R. R. 1 e 2. GAST. SOLOMONS. MOORE. P. BRUICE. 1 e 2.. Práticas de Química Orgânica. DEMUNER.W. Y. ATKINS. 2008. ATKINS. D. N. L. 12 ed. 2004. M. São Paulo: Pearson. Rio de Janeiro: LTC. G. Introdução à engenharia química.W. 2008. Physical Chemistry of Surfaces. Advanced Organic Chemistry.. SEABRA. 4 ed. 2003. G. Química Orgânica Experimental. VOLHARDT. Fundamentos de Físico-Química. D. 1986. Perrys Chemical Engineers Handbook. 2000 Bibliografia Complementar: ATKINS. 8 ed. Vol 3. São Paulo: Cengage Learning. São Paulo: EDGARD BLÜCHER. MANO. 1996.. E... et al.V. 4 ed. Vol. J. Rio de Janeiro: LTC. Volume 1. São Paulo: Blucher. K. LUYBEN. B. Química Orgânica.Planilha1 VASCONCELOS. P. J.. W. 5th ed. BRASIL. I. J. New York: McGraw Hill.química. 2006. 2008. TKINS. São Carlos: UFSCAR. J. 2003. DAREZZO. 3 ed. 2008. vol. Rio de Janeiro: LF Editorial. 2004. 2000. 1988. I. 2007 JAMBO. 6 th. vol. São Paulo: Pearson.. P. Rio de Janeiro: LTC. São Paulo: Edgard Blucher. L. Tecnologia e Industrialização no Brasil. V. GREEN. 8 ed. Físico-Química. 2009. 2003. Porto Alegre: Artmed. Química Orgânica: Curso básico universitário. D.. GETTYS. M. MARCH. J. A. GENTIL. MARCH. L. FINN. T. New York: 1995. 2006. 1 e 2. PERRY... W. Longman Scientific & Technical. Fundamentos de Físico-Química.W. A. G. New York: McGraw-Hill. 1977. 2003. M. DIMIAN. Corrosão.. WENZEL. Página 15 . São Paulo: UNESP. 8 ed. C. P. São Paulo: Blucher. monitoração e controle. G. 1 e 2. ALLINGER. ADAMSON. Introdução à química Orgânica. Rio de Janeiro: LTC. Físico. New York: John Wiley & Sons. ROUSSEAU. Rio de Janeiro: Ed. CASTELLAN. PEIXOTO.. São Paulo: Cengage Learning. 1986. New York: Wiley-VCH. SHAPIRO. vol. 3 ed. G. et al.. S. 1 e 2. C. W. New York: McGraw-Hill. Química Orgânica. 2 ed. P. P. RANGEL. 2008. FELDER. 2009. M.. Advanced Organic Chemistry. Rio de Janeiro: LTC. 2 ed. HIMMELBLAU. 2006. 2004. São Paulo: Pearson. Físico-Química. H.. Práticas de Físico – Química. F. 2. vol. Bildea. Química Orgânica – Estrutura e Função. Rio de Janeiro: LTC. FONTANA. W. 3 ed. E. BALL. Corrosão: Fundamentos. Cálculo Numérico. H. 2003. 3. vol. PAULA. Rio de Janeiro: LTC. New York: John Wiley & Sons. P. et al. São Paulo: Edgar Blucher. Rio de Janeiro: LTC.químic. BARBOSA. Rio de Janeiro: LTC. 2005. YOUNG. 13 ed. São Paulo : Makron Books. W.W.. J. 2008. J. 6 ed.. W. Aprendizagem com apoio de software. 2005. W.1976. E. Eletromagnetismos para a engenharia: Estática e quase-estática. SHAW. 1993. 2006. 9 ed. 3. C. S. McMURRY. 2 ed.G. 2005. 4 ed. SILVA. Physical Chemistry of Surfaces. 6 th. A. A. MENDES. C. N. RESNICK. 2006. et al. W. 1986. J. J. A. Física III: Eletromagnetismo.A. vol. L. PAIVA. P. Porto Alegre: Bookman. P. R. 2005. 3 ed. B. MOORE. 4 ed. MORRISON. D. Corrosion Engineering. FRYHLE. Fundamentos da Física: Eletromagnetismo. 1972. Rio de Janeiro: FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN. Rio de Janeiro: LTC. A.. Rio de Janeiro: Edgard Blücher.. SHAW.. 5 ed. 3rd ed... M. Textbook of Practical Organic Chemistry.. J. 3 ed. 2 ed. S. HALLIDAY.. Fisico-química. 4 ed. 2006. 2006. T. MOTOYAMA.. Química orgânica. L. 2007. 1 e 2. J. 2011. Vol. A. D. H. São Paulo: Ciência Moderna. Rio de Janeiro: Edgard Blücher. Introdução à Mecânica Clássica. G. M. Química Orgânica. E. Física. R. 2008. PERRY. BALL. J. L. KELLER. exercícios resolvidos e experimentos práticos. A. 3 ed. S. 1. E. LTC. D. WALKER. PAULA. JAMES. BASTOS. Fundamentos de Físico-Química. R. 2 ed. E. São Paulo: Pearson. H. Engenharia Química: Princípios e Cálculos. Chemical Process Analysis . New Jersey: Prentice-Hall. L. Rio de Janeiro: LTC. Caderno Didático: Experimentos de Química Orgânica. 2011. W.M. M. Fisico-química. 1999. B. FREEDMAN. Rio de Janeiro: LTC. C. N. ALLINGER. Química Orgânica. RANGEL.. SPERANDIO. 1975. 1. New York: John Wiley & Sons. Introdução à Química dos Colóides e de Superfícies. 6 ed. Física um Curso Universitário: Mecânica. V II. 2 ed. H. Cálculo numérico. Princípios elementares dos processos químicos. J. vol. CASTELLAN. D. 1976. N. Introduction to Chemical Engineering. Química Orgânica. 2 ed.L.. BOYD. CONSTANTINO. 9 ed. N. COSTA. 7 ed. 2003. A... SOLOMONS. P. vol. São Paulo: Cengage learning. M. A. R... J. T. B. 2009. RIGGS. Físico. C. Vogel. NUSSENSVEIG. Práticas de Físico – Química. B. D. 8 ed.. M. Rio de Janeiro: LTC. FRYHLE. ALONSO. São Paulo: Blucher. São Paulo: Thomson Learning. Química Orgânica. ADAMSON. Viçosa: UFV. R. vol. W. N. SHORE. 2004 Bibliografia Complementar: THOMPSON . D. 2009. C. R. Chemical Process Design: Computer-Aided Case Studies. 2006. 1975. Fundamentos de Físico-Química. Rio de Janeiro: LTC. 1 e 2. D. CERCLER. W. Rio de Janeiro: Blucher. Eletromagnetismo: Teoria. New York: John Wiley & Sons. Curso de Física Básica. A. FÓFANO.Mass and Energy Balances. Rio de Janeiro: Ciência moderna. R. Introdução à Química dos Colóides e de Superfícies.

B. EWING. NUNES. D. A. Mecânica Técnica e Resistência dos Materiais. V. Página 16 . W. Métodos Instrumentais de Análises Químicas. A.. São Paulo: Pearson. Biocorrosão. 555p. E. 1 . 2000.. 2001. Viçosa: UFV.I. ROBERTS. BISCHOFF. RAMANATHAN. Rio de Janeiro: LTC. 3 ed. M. Análise de Tensões em Tubulações Industriais. 2008. W. WEST. 8 ed. P. E. CROUCH. G.N. Chemical Process Design: Computer-Aided Case Studies. 1984.. 2007 Bibliografia Comple BACCAN. Rio de Janeiro: LTC. Biofouling e biodeterioração de materiais. H. Elementos de engenharia das reações químicas. Introdução à Mecânica dos Fluidos. C. 2 ed. WILDE. C. STURGES. Eletromagnetismo : Teoria. R. Cinética e reatores: Aplicação na engenharia química. M.. et al. Rio de Janeiro: LTC. WOLYNEC. Principles and Prevention of Corrosion. 4 ed. A. NUSSENSVEIG. Resistência dos Materiais. HARRIS. J. C. Ciência e engenharia de materiais : Uma introdução.. 2010. C.r LTDA. 1972. BASTOS. P. M. vol. I. D. 2010. 2009. A. C. São Paulo: Edgar Blucher. 2008. TIMOSHENKO. 2010. D.. New York: Wiley. TAVOLARO.: Bildea. Rio de Janeiro: LTC. Rio de Janeiro: LTC. WILSON. G. Rio de Janeiro: LTC. 5 ed. ALVES. “Fundamentals of Momentum. International Student Edition. 2 ed. 1981. New York: McGraw. 3 ed. R. COUPER. ANDRADE. E... Addison-Wesley. GREEN. 4 ed. Física Experimental Básica na universidade. C. 2000. C. BEER. 2003. 2005. SKOOG. SHREVE. S. São Paulo: Blucher. 8 ed. WHITE. 3 ed. Porto Alegre: Bookman McGraw-Hill. Scanning Electron Microscopy and X-ray microanalysis. 2 ed. São Paulo: Ciência moderna HIBBELER. 2006. LEVENSPIEL. “Mecânica dos Fluidos”. New York: McGraw-Hill. Química Analítica Elementar. P. J.. W. Chemical Reactor Analysis and Design. FILHO. J. D. Corrosão de materiais Metálicos e sua caracterização. J. 6 ed. A. E. M.. D. F. Fundamentos de fenômenos de transporte. 2002. CAMPOS. ed. Químicas e Reatores Químicos. and Mass Transfer”. RESNICK. Fundamentos de Química Analítica. R. et al. J. D. R. DIMIAN. 1994.. New York: C PERRY.. J. S. 7 ed. 12 ed. MUKHOPADHYAY. The Chemical Process Industries Infrastructure: Function and Economics (Chemical Industries). M. Física III : Eletromagnetismo. S. 2007. Butterworth-Heinemann. J. Rio de Janeiro: Synergia. A. M. 2010. 1 e 2. et. São Paulo: EDUSP. M. Et al. Fenômenos de Transporte. R.. MELCONIAN. J. FOX. L. 4 ed. R. SCHIEL. PENNEY.. 1. A. Rio Janeiro: LTC. Corrosão e seu controle.. J. S. 8 ed. 2006 UGURAL. FINN. R. G. A. Fundamentos da Física: Eletromagnetismo. 2 ed. O. P. A. J. Curso de Física Básica. 4 ed. Princípios elementares dos processos químicos. YOUNG. São Paulo: Edgard Blüche. A. WALKER.. Química Inorgânica. Fundamentos de resistência à corrosão. São Paulo: Hemus. Química Analítica Quantitativa. L. 3rd ed. T. D. L. São Paulo: Thomson Learning. M. L. LIGHTFOOT. M. Heat. BAILONA. S. F. A. vol. Mecânica dos materiais.. Rio de Janeiro: LTC. Chemical Engineering Design: Principles. D. FROMENT. Mecânica dos Fluidos. Resistência do materiais. Rio de Janeiro: LTC. 5 ed.. SINNOTT.. W. K. Perrys Chemical Engineers Handbook. R. 1972. 7 ed. Chemical Engineering Kinetics. W. Rio de Janeiro: LTC. S. 2008. Física Moderna Experimental. C. New Jersey: Prentice Hall. Eletromagnetismos para a engenharia: Estática e quase-estática. Advanced Process Biotechnology. B. N. HOLLER. Rio de Janeiro: LTC. R. S. HALLIDAY... E. Barueri: Manole. S. 2008. R. S. 2008. FREEDMAN. 2007. R. E.Planilha1 VIDELA. F. CALISTER. São Paulo: HARBRA. R. P. ROUSSEAU. E. GOLDSTEIN. 2003. New York: John Wiley & Sons. 1977. Laboratório de Química Análitica. F.. H.. TOWLER. BIRD. 2009. 2007. 3. 2004. T. 2008. F. B.. 7 ed. BELLATO. R. São Paulo: Pearson. R. Porto Alegre: Bookman. Física um Curso Universitário: Mecânica. W. CAVALCANTE. Janeiro: LTC. 3 ed. E. CULLITY. F. 2004. MCDONALD. W..D. C. WELTY. Técnicas Eletroquímicas de corrosão. Rio de Janeiro: LTC. Elements of X-ray D diffraction.. COSTA. Teoria e exercícios. FELDER. S. 6 ed. O. 2009. Rio de Janeiro: LTC. 1997. P. 2009. GEMELLI. 2003. D. Engenharia das reações químicas. exercícios resolvidos e experimentos práticos. ALONSO. R. São Paulo: Pearson. H. RIO DE JANEIRO: LTC. Rio de Janeiro: LIVROS TÉCNICOS E CIENTÍFICOS. SHRIVER.. E.. Análise química Quantitativa. 2007. São Paulo: EDGARD BLÜCHER. A. M. J. O. M. Rio de Janeiro: LTC. 2006. Belo Horizonte: UFMG. Fenômenos de transporte para engenharia. Practice and Economics of Plant and Process Design. 8 reimpressão. 2005. F.. LIVI. TUFI. 2008. PRITCHARD. Rio e Janeiro: LTC. A. K. Introdução à Resistência dos Materiais.. A. N. JONES. Mecânica dos Materiais. São Paulo: Edgar Blucher. L.. STEWART. C. W. C. 1999. SMITH. R. 2003. 2010. FOGLER. CANEDO. vol 3.. New York: Wiley-VCH. São Carlos: UFSCAR. D. São Paulo: Blucher. SCHMAL. 2nd.. J. 14 ed.. 2010. al. N. ATKINS. 2 ed. B. Indústrias de processos químicos. Rio de Janeiro: LTC. 2004. BARONE. WICKS. P. G. RILEY. J. D. E. MORRIS. Fenomenos de transporte. 2008. GODINHO. Ann Arbor: Anshan. PERRY. VOGEL. vol.M. Rio de Janeiro: Interciência. 2nd ed. R. W. São Paulo: Érica. vol. BEASLEY. B. R. SPEZIALI. 2 ed. 2010.Hill International Book Co. 7 ed. M. C. Johnston. Resistência dos Materiais. H.

Stephen D. D. New York: Wiley. WEST. Pearson Education. São Paulo: Edgard Blucher Ltda. Fundamentos de máquinas elétricas .Hill International Book Co. R. WILSON. B. P.. KINGSLEY. N. Chemical Reactor Analysis and Design. 4rd ed. Engineering Economy. Rio de Janeiro: Synergia. CALÔBA. E.. Rio de Janeiro: LTC... E. GUSSOW. Eletricidade básica.. COUPE. Fenômenos de transporte para engenharia. São Carlos: Rima. Wiley. Heat. M. R. R. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. G. Bioquímica. 2006. 2011. R. W. VOET. New York: John Wiley & Sons. SCHMAL. M. MOTTA. 2010.. Elementos de engenharia das reações químicas. Analysis. 2006. M. R. 1999. 2006. ROBERTS. P. G. volume básico . S. J. 2006. São Paulo: Cengage learning. A. 2010. 2 ed. D. Máquinas elétricas e transformadores . AQUARONE. 2006. J. 1990. COUPE. YOSHIDA. 4 ed. BAILIE. Chemical Reactor Analysis and Design. I. H. GEANKOPLIS. Microbiologia: Conceitos e Aplicações.. LEHNINGER. BIRD. 2 ed. Instalações elétricas industriais . S. 2004. FINKEL. B. R. Porto Alegre: Bookman. O. São Paulo: Makron Books do Brasil. 2007. J.E. Página 17 . 9. SONNTAG. new York: McGraw-Hill. Termodinâmica da Engenharia Química. Porto Alegre: Bookmam. New Jersey: Prentice-Hall International. 1984. C. with Using Process Simulators in Chemical. 2007. D. Chemical Engineering Thermodynam. J. THUESEN. New York: Wile. 6 ed. M. W. E. COX. U. M. Rio de Janeiro: LTC. J. DEWITT. Princípios de Bioquímica. W. MORAN. New York: John Wiley & Sons. W. UMANS. J. 3rd Edition.. M. V. E. CHAN. BISIO. New York: Prentice Hall. Teoria e exercícios. Fundamentos da Termodinâmica Clássica. E. L. LIGHTFOOT. R. BEGA. Manual de Instalações Elétricas. VAN WYLEN.. SONNTAG. SHAEWITZ.. Advanced Process Biotechnology. C. TURTON. E. New York: Wiley. 2000. MUKHOPADHYAY. KOCH. W. 2007. E. V.E. C. 2003. volume complementar. K. W. PILÃO. Princípios da Termodinâmica para Engenharia. 2 ed. 2002. Artmed. SMITH. A. SULLIVAN.. Rio de Janeiro: Interci ALVES. New york: Wiley. K. 2002. Biotecnologia Industrial. SONNTAG. Fenomenos de transporte.. 2010. BORGNAKKE. M. 2009. R. G. M. Rio Janeiro: LTC.. Rio de Janeiro: LTC. LEVENSPIEL. TORO. B. 2009.. São Paulo: Edgar Blucher. São Paulo: Globo. O. Chemical Engineering Kinetics. D. Termodinâmica Amistosa para Engenheiros. Rio Janeiro: LTC. WICKS. John Wiley & Sons. CRC Press.. G.. V. vol. C. KABEL. 2008. São Paulos: Blucher. J. R. SANDLER. 3 ed. F. S. DELMÉE.S.. 4 ed. São Paulo: Blucher. T. Cinética e reatores: Aplicação na engenharia química.. 2007. J. Fundamentos de Transferência de Calor e Massa. Synthesis and Design of Chemical Processes. Inc. J. C. STEWART.. GROOVER... Rio de Janeiro: LTC. 2000. R. LEVENSPIEL.. Anshan. Biochemical Engineering: A Textbook for Engineers. WILDE. E. M. BULGARELLI. 2003. BORGNAKKE. 2007.. F. São Paulo: Artmed. VOET. BORZANI. C. et al. N. New York: McGraw-Hill. J. São Paulo: Blucher.. A. VALKENBURG. 1981. E.. New York: McGraw-Hill. International Student Edition. Químicas e Reatores Químicos. J. 2001. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. Chemical Reactor Analysis and Design. 2009. Rio de Janeiro: LTC. 6 ed. São Paulo: Ao Livro Técnico. L. HUMMEL. Rio de Janeiro: LTC. N. Momentum. Heat. 7 ed. New York: McGraw. E. 2010. 3 th ed. M. KATOH. 1994. COHN. FROMENT.. 2 ed. São Paulo: Edgard Blücher Ltda. J. 2 ed..Planilha1 BISIO. G. Fundamentals of Momentum. São Paulo. 2006. 1979. 4 ed. L. J. D. INCROPERA. G.. E. D. chemists and Biologists. 8th ed. 2010. Controle e automação de processos. N. 2008. P. São Paulo: Atlas. 5 ed. R. Introdução à Termodinâmica da Engenharia Química. Krieg. BISCHOFF.. A. Fenômenos de transporte para engenharia. MAMEDE F. M. M. L. D. SCHMIDELL. Plant Design and Economics for Chemical Engineers. . J. L. 5 ed. NELSON. ed. Rio de Janeiro: LTC(Grupo Gen). M.. SHAPIRO. 2010. R. 2003.J. S. Biochemical calculations : how to solve mathematical problems in general biochemistry. R. R. 1992. 2002. ABBOTT. E. C. Rio de Janeiro: LTC. WELTY. V. N. W. NISKIER. G. New York: J. B. 2 ed. 5 ed. 197 NAUMAN. New York: Wiley. I. 2 ed...P. Matemática Financeira e Engenharia Econômica. Rio de Janeiro: LTC.. 1990. 2007. A. H. 2008. SMITH. Jr. SEGEL. 3 ed. PELCZAR.G. vol. and Mass Transfer Fundamentals. J.. J. KOSOW. L. Fenômenos de Transporte. Eletricidade aplicada em corrente contínua: Teoria e exercícios. P. C. FILHO. Scaleup of Chemical Processes: Conversion from Laboratory Scale Tests to Successful Commercial Size Design. S.. M. G. ROMA. 2 ed.. R. L. 2 ed. São Paulo: Sarvier. Rio de Janeiro: LTC.. São Paulo: Érica. Instrumentação industrial. M. M. F. 1995. CRUZ. Eletricidade básica. PETERS. CANEDO. 2 e 3. Scaleup of Chemical Processes: Conversion from Laboratory Scale Tests to Successful Commercial Size Design. LUXHOJ. WICKS. Engenharia das reações químicas.. 2007. H.A. VAN NESS. 1. R. Rio de Janeiro: LTC. Análise de Investimentos. I.. TIMMERHAUS. 2009 ULRICH. 2 ed. S. KESSLER. 1 e 2.. 8th ed.. P. New York: Wiley. E. Instrumentação. KABEL. Máquinas elétricas: com introdução à eletrônica de potência . L. M. WHITING. and Mass Transfer. B. 2004. Engineering Economy. New York: Prentice Hall. E.. 2010. FITZGERALD. C. NAUMAN. E. 3rd ed. 2005. 1976. J. GREENKORN. 2006. R. FOGLER. A. W. Fundamentos da termodinâmica. FABRYCRY. E. Fundamentos da termodinâmica. R. A. A Guide to Chemical Engineering Process Design and Economics. Princípios de Bioquímica de Lehninger.. R. E. KORETSKY. Transport Processes and Separation Process Principles. R.. J. W. LIMA. I.

. 2008. Rio de Janeiro: LTC. JOHNSON.. 2 ed. 2 ed. P. 2005. P. 3 ed. LIGHTFOOT. New York: John Wiley & Sons. K. SCARMINIO. C. Princípios elementares dos processos químicos. Rio de Janeiro: LTC. Como fazer experimentos: Pesquisa e desenvolvimento na ciência e na indústria. 4rd ed. H. LEHNINGER.. Engenharia Química: Princípios e Cálculos. GEANKOPLIS. 1982. 2009. Heat. Advanced Process Biotechnology. J. S. A. COX. Fluidodinâmica em sistemas particulados. 1980.B. McCABE. new York: McGraw-Hill. Campinas: UNICAMP. GEANKOPLIS. 2 ed. 8 ed. et al. 2004. 2007. vol. 2007. 2008. B. W. TIMMERHAUS. LIMA.. Planejamento e otimização de experimentos. Microbiologia. 2 ed. G. J. New York: John Wiley & Sons. R. S. 2003. C.. 4 ed. CHEREMISINOFF. 2004. 3th ed. Fenômenos de Transporte. 2002. B. 2004. Transferência de calor e massa. ROUSSEAU. Campinas: UNICAMP BARROS NETO. D. Princípios de Bioquímica de Lehninger. 2008. Rio de Janeiro: LTC. Neew York: McGraww-Hill. W. LEBLANC. 3 ed. I. E. U. Process Systems and Control. 3 ed. 2003... U. Manual de operações unitárias. 2005. E. WELTY. D. 2 ed. WILSON. Fundamentos de Transferência de Calor e Massa. 2003.. P. 2008.. F. São Paulo: Atlas. 2004. BRUNS. W. CRC Press. B. R. MUSETTI. M. et al.. COUGHANOWR.. A. RUNGER. SCHMIDELL. 5 ed. Process Dynamics and Control. Estatística Aplicada e Probabilidade para Engenheiros. Princípios de Bioquímica. Conceitos e Aplicações. B.L. chemists and Biologists. I. J. L. 1999. BORZANI... 8 ed. São Paulo: Sarvier. 1994. S.. M. and Mass Transfer Fundamentals. J. GEANKOPLIS. New York: McGraw-Hill. JUNIOR. Rio de Janeiro: LTC. L. D. Plant Design and Economics for Chemical Engineers.. D. R. WENZEL. W. New York: J. 2001. EPPRECHT. L. D. Rio de Janeiro: LTC. Produção e operações. D. Gestão de Qualidade. COUPE. NELSON. 2008.. 2009. 2007. 3 ed. RIGGS. R. 1995. E. 2007. Process dynamics. R.. L. R. J. ROCHA. A. INCROPERA. 4 ed. São Paulo: Artmed. Probabilidade e estatística . 2006. M. S. São Paulo: Artmed. MUKHOPADHYAY.para engenharia e ciências.2008. 1976. 2007. R. L. Gestão da produção e operações.. SEBORG. J. Biotecnologia Industrial: biotecnologia na produção de alimentes. D. ARA.. B. 2010. E. Solids and Liquids Separation (Process Engineering Handbook). São Paulo: Edgar Blücher Ltda. vol. C. BIRD. Bioquímica. Transport Processes and Separation Process Principles. probabilidade e Estatística. A. 2003. F. Rio de Janeiro: LTC. E. 2006. Heat. A. Campinas: UNICAMP. M. New Jersey: Prentice-Hall International Inc. WICKS. M. New Jersey: Prentice-Hall International. A.. 2004. AQUARONE. N. V. A. A. Transport Processes and Separation Process Principles.G. Transport Processes and Separation Process Principles. W. CARPPINET. Princípios das Operações Unitárias. 2 ed. R. E. Introdução à estatística. New York: McGraw-Hill. WILSON. P. R. Gestão da produção industrial. and Mass Transfer. MONTGOMERY. São Paulo: Hemu. S. Rio de Janeiro: Epapers.. Barueri: Manole. ALVAREZ. P. T. N. R. W. F.Planilha1 BARCZAK. 1983. N. Biochemical calculations : how to solve mathematical problems in general biochemistry. WELTY. D. C. W. DEWITT. E. Inc. 2 ed. Fenômenos de Transporte. M. JAMES. 4rd ed. C. FELDER. SCHIMIDELL. Krieg. São Paulo: Érica. WALPOLE. E. MONTGOMERY. São Paulo: Edgar Bluche MASSARANI. INCROPERA. LIMA. Campinas: UNICAMP. STEWART. 1 e 2. B.. FILHO. C. Rio de Janeiro: LTC. A. C. J. Fundamentos de Transferência de Massa. 2005. 6 ed. Anshan.. 2008. R. DEWITT. LOBO. 2006. A. A. WICKS. 3th ed.. Y. Fundamentos de Transferência de Massa. VOET. B. C. C. Wiley. P. New Jersey: Prentice Hall. São Paulo: Edgard Blücher Ltda. BLACKADDER. REMASCO. KATOH. GREENKORN. A. CHAN.. 5 ed. et al. São Paulo: Edgard Blucher. 2010. S. R. S. vol. R. SCHNEIDERMAN. . C. Fundamentals of Momentum. 6 ed. D. COUPE. BARROS NETO. Heat. C.H. 2009. S. Process Control-designing process and control systems for dynamic performance. G. M. Process control instrumentation technology.. P. 2011. E.. São Paulo: Pearson. 2006.E.. J. Introdução ao controle estatístico da qualidade. D. COUPE. São Paulo: Atlas. São Paulo: Makron Books do Brasil. C.. P. New Jersey: Prentice-Hall International Inc... VOET. Controle digital de sistemas dinâmicos. M.. E. W. CRC Press. 5 ed. Unit Operations of Chemical Engineering. Probabilidade: Aplicações à Estatística. B. J. M. 7 ed. New York: J. New York: McGraw-Hill. 1 e 2. R. SMITH. C. São Paulos: Pearson. I. modeling and control. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. YOSHIDA. Oxford: Oxford University Press. BIRD. New York: Wiley. 7 ed. STEWART. (local): McGraw-Hill. 3 ed. Purificação de produtos Biotecnológicos. E. N. M. MARLIN... Momentum. KESSLER. ANDERSEN. L. E.. SEGEL. P. 2000. 2010. 2005. SCARMINIO. E. 2 ed. Rio de Janeiro: LTC. ÇENGEL. New York: McGraw-Hill. R. LIGHTFOOT.. Tokyo: McGraw-Hill. D. K. RAY. 2007. M. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. Wiley. COSTA. 2009. BRUNS. D. MEYER. D. 4 ed. R. R... São Paulo: Ciência Moderna. AQUARONE. PELCZAR. C.. HIMMELBLAU. 4. E. Curitiba: IBPEX. BORZANI. P. Rio de Janeiro: LTC. 8th ed. 2 ed. W. A. A. 8th ed. 4rd ed. FOUST. Biotecnologia Industrial. OGGUNNAIKE.. 2007. R. L. F. R. PETERS. L.. N.. B. 2001. J. MAUS W. HARRIOT. SPIEGEL. D. CLUMP.. E. and Mass Transfer. C. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. Rio de Janeiro: LTC. Fundamentals of Momentum.. 2 ed. 8th ed. J. B. CREMASCO. N. Controle estatístico de qualidade. 1995. R. Fundamentos de Transferência de Calor e Massa. Gestão de produção. Página 18 . C. Biochemical Engineering: A Textbook for Engineers.

C..D. Operações que envolvem transferência de calor e de massa. 2004. B. 2 ed. B. New York: McGraw-Hill. I. L. L. J. Campinas: UNICAMP. LEWIN. 2010. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook.G. 2010. BAILIE. Process Modeling. New York: McGraw-Hill. Rio de Janeiro: LTC. 5 ed. New york: Wiley. 2010. S. A. 3th ed. SALOMON. SEIDER. Transferência de calor e massa. 2009. J. 2007. FREEMAN. 2 ed. A. Princípios elementares dos processos químicos. Analysis. GOLDBARG. W. BLACKADDER. 1992. P. Como fazer uma monografia. 3 ed. Rio de Janeiro: LTC. Momentum. C. C.A. COUPE. Manual de operações unitárias. STEPHANOPOULOS. et al. Rio de Janeiro.. L. Heat Transfer in Process Engineering. W. 2005. SEBORG. Introdução à metodologia da ciência. 2008. THEODORE. New York: Wiley. A. and Mass Transfer Fundamentals. R. L. R. D. 3 ed. D. L. I. Heat. 3 ed. et al. Butterworth-Heinemann. R. 2 ed. Curso de educação ambiental à distância. BERVIAN. A.. 2008. S. C. 2010. Y. . J. J. Poluição e Reciclagem.. New Jersey: Prentice-Hall International Inc. K. J. PINKAVA. ALVES. W. FELDER.. CHAPRA. 7 ed. L. SMITH.. D.. M. São Paulo: Atlas. ROUSSEAU. MARCONI. 2005. C. A. São Paulo: Atlas. Process Systems and Control. DERISIO. 2 ed. M. 2002. São Paulo: Cengage. 2 ed. Standard handbook of hazardous waste treatment and disposal. Como escrever uma monografia: manual de elaboração com exemplos e exercícios.M. Princípios e Prática do Controle Automático de Processo. Chemical Engineering Design: Principles. MARTINS. 2007. Numerical Optimization Techniques for Engineering Design. DIAS. DIAS.. São Paulo: Hemus. 1984. Project Management Institute.P. 2 ed. Rio de Janeiro: Interciência. São Paulo: CETESB.Planilha1 KESSLER. R.N. D. 2005. M. R. P. Simulation and control for chemical Engineers. CORK. New York: McGraw-Hill. C. New York: Wiley. 1999. R. Wiley. 2 th Ed.. LUYBEN. São Paulo: Artmed. 2010. SILVA. Process Heat Transfer: Principles and Applications. 2 ed. 3 ed. Introdução ao Controle de Poluição Ambiental. Metodologia Científica. Unit Operations of Chemical Engineering..A. A Heat Transfer Textbook. MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. 2011.. 2008. 2 ed. HESPANHOL. Rio de Janeiro: LTC Editora. Meio Ambiente e Desenvolvimento: Verdades e Contradições. J. McCABE. LAKATOS. New Jersey: Prentice Hall. R. F. São Paulo: Pearson. 2010. H. R. GIL. WHITING. G. MAUS W.R. LUNA. J.L. BELEGUNDU. Rio de janeiro: Interciência. São Paulo: Edgar Blucher.. CRC. 2006. ÇENGEL. HARRIOT. 7 ed. Bergano Book Co.E. N. P. New York: Mc Graw Hill. Process Modeling.. 1989. BRAGA. E. G.L. SMITH.. E.. D. WATSON. H. L. L. A. A. D. 1 ed. 8th ed.F. TURTON. Engenharia de Processos. 12 ed. T. 1982.. 2004. A. São Paulo: Pearson. Guia para elaboração de monografias e trabalho de conclusão de curso.. Practice and Economics of Plant and Process Design. New York: McGraw-Hill. M. Laboratory Automation in the chemical Industries. BAPTISTA.. J. CHANDRUPATLA. H. A. A. ANDERSEN. SERTH.. H. S. A. BRASIL. MARTINS. Como elaborar projetos de pesquisa. W. C. Introdução à engenharia química. G. Brasília. 2009 SMITH. P. São Paulo: Martins Fontes. W. LIENHARD V. Mass Transfer Operations for the Pratcting Enguneer. FOUST. 1995. Process Control: A Pratical aproach. CORRIPIO. RUDD. L. 2 th ed.. Chemical process control: An introduction to theory and practice. 2007. M. 2007. RICCI. Process Dynamics and Control.. 1996. São Paulo: Edgar Blucher. São Paulo: Atlas. VANDERPLAATS. 3 ed.N. São Paulo: Atlas. J. 2009. TOWLER. New York: McGraw-Hill. REIS. 2000. GREENKORN.C. and Design of Chemical Processes. W. 2010. 3 ed. 20 BIASOTTO. New York: Wiley. D. SHAEIWITZ. 2 ed. SEADER. 2001.M. 2007. Otimização Combinatória e Programação Linear: Modelos e Algorítmos. L. S. V. D. R. 2005. G. Métodos Numéricos para Engenharia.. S. São Paulo: Atlas. R. T. 2004 COUPE. 5 ed. ISO-14.P. Phlogiston Press. W. J. Unit Operations of Chemical Engineering. Synthesis. CAPELLI. D.J. SUGAWARA. T. VESILIND. Unit Operation in the laboratory. SINNOTT. New York: McGraw-Hill. Meio Ambiente. LEBLANC. GEORGE. CANALE. 1989. Product and Process Design Principles: Synthesis. CLUMP. 2001. 8th ed. Optimization of Chemical Processes. São Paulo: Ética.. ISNB-10: 0592012352. A.C..B. DEMO. F. Metodologias de Pesquisa em Ciência. L... KING. 2007. 2007. Rio de Janeiro: Qualitymark Editora. J.. 1996. CRC Press. F. Fundamentos de Metodologia científica. 1968. 1985.. MORGAN. Um Guia do Conjunto de Conhecimentos em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK®). M. 1984. New Jersey: Prentice Hall . New York: McGraw-Hill. R. E. New York: McGraw Hill. Introdução à engenharia Ambiental.000 Gerenciamento Ambiental. L. S. P. W. D. Optimization Concepts and Applications in Engineering. SILVA. Automação industrial: Controle do movimento e processos contínuos. E. Analysis and Design. New York: J. (16ª tiragem). et al. CAO. PERLINGEIRO. A.. C. EDGAR. População. LINTZ. HARRIOT. Página 19 .. 3 ed. M. C. M. Rio de Janeiro: LTC. CERVO. HIMMELBLAU. 2008. A. Strategy of Process Engineering. 2008. G. CONEJO. R. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. J. M.. WENZEL. 7 ed. 2011. 2010. Simulation and control for chemical Engineers. BRYANT.1999. New York: McGraw-Hill. 6 ed. COUGHANOWR. controle e automação de processos... LIENHARD IV. Instrumentação. P. LUYBEN. 2 ed. New York: McGraw-Hill. L. Academic Press. Rio de Janeiro: LTC. 3th ed.A. G.. Introdução à engenharia ambiental: O desafio do desenvolvimento sustentável. McCABE. Princípios das Operações Unitárias. J.

G. M. SALIBA. P.E. A. Fundamentos de Metodologia científica. BENITEZ. Manual prático de avaliação e controle de Vibração. C. MASSARANI. Ética nas organizações. 4 ed. SILVERIO. Princípios das Operações Unitárias. Unit Operations of Chemical Engineering. 2005. Como escrever uma monografia: manual de elaboração com exemplos e exercícios. A. M. 2009. 2007. HARRIOT. L. LIN. RIVAS. T. A.. L. R. N. J. T.. C. E. Principles and Modern Applications of Mass Transfer Operations. M.. E. 5 ed. Sociologia e Administração: Relações sociais na organizações. B. Rio de Janeiro: LTR. P. São Paulo: Edgar Blucher. 2009. M. B. 2010. D. A. R. 2010. Fundamentos das ciência dos Polímeros. 2010. 2007.. 2007. G. São Carlos: UFSC SANTANA Jr. 2 ed. 8th ed. OLIVEIRA. E. C. DIAS.J.. Dicionário de Polímeros. M. New York: McGraw-Hill. MANO. ALBERGUINI. E. Unit Operation of Particulate Solids: Theory and Pratice. Barueri: Manole. L. S.. 2003. São Paulo: ArtLiber. C. WENZEL. New York: McGraw-Hill. 2009. C. SALIBA. OLIVEIRA. L. A. Operações que envolvem transferência de calor e de massa. M. P. 2007. G. A. 12 ed. D. 2006..São Paulo:Blucher. SMITH. B. São Paulo: ArtLiber.. M. 3 ed. A. São Paulo: Pearson. V. W. 2009.. New York: McGraw-Hill. 2010. M. V. BARBOSA. S. 1995. Transport Processes and Separation Process Principles. L. RICHTEE. 2007. Ciências de Polímeros. 1988. MARTINS. PAOLI. M. Rio de Janeiro: LTC. Solids and Liquids Separation (Process Engineering Handbook) . J. C. A. São Paulo: Atlas.. Rio de Janeiro: LTR. SEADER. W. M.. 8th ed. Rio de Janeiro: Epapers.. 1982. 2007. 2004. New Jersey: Prentice-Hall InternationaL Inc.. C. COUPE. CASTRO. 1985. 2006. McCABE. N. S. Cavalcanti. 1999. Sociologia Aplicada à Administração. Transport Processes and Separation Process Principles..A. 2 ed. L. B. E. 2 ed. Academic Press. 2002. São Paulo: Atlas.. G. O. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook.. Handbook of Environmental Calculations. FOUST. O. A. MARCONI. S. Manual prático de avaliação e controle de gases e vapores. T. J. CLUMP. 2005. J. Rio de Janeiro: Interciência. Unit Operations of Chemical Engineering. SERTH. L. SMITH. New York: McGrallHill. 2003.. 2011. De Preto a Afrodescendente: Trajetos de Pesquisa sobre Relações Étnico-Raciais no Brasil. S. Manual prático de avaliação e controle de Calor. C. 2010. A. L. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. W. T. São Paulo: Atlas. R. SALIBA. 2 ed. 1980. 2001.Planilha1 WEYNE. R. SILVA. COUPE. 7 ed. HENLEY. L. A. L. Degradação e Estabilização de Polímeros. 2003. R. LAKATOS. DIAS. Sociologia das organizações: uma análise do homem e das empresas no ambiente competitivo. CHEREMISINOFF. Academic Press. DIAS. V. A. D. R. T. A. MARINHO. G. Rio de Janeiro: LTC. Rio de Janeiro: DP&A. SALIBA.. LEE. P. M. São Paulo: Atlas. L. São Paulo: Atlas. S. ANDRADE. 2 ed. S.. TREYBAL. 2009. BAPTISTA. Desenvolvimento Humano e Relações Raciais. E. São Paulo: Atlas. 2009. 2005. R. Guia para elaboração de monografias e trabalho de conclusão de curso. L..D. Como elaborar projetos de pesquisa. J. 6 ed. 2 ed. Página 20 . Introdução a Polímeros. Macromoléculas e Polímeros. J. Mass Transfer Operations. 2009. L. 2 ed. M. New Jersey: Prentice-Hall International Inc. E.. 2010. 2 ed. 4rd ed. E. 2011. Crc. L. 2009.. MAUS W. Fluidodinâmica em sistemas particulados.Água: Métodos e tecnologia de tratamento. C. Como fazer uma monografia. C. ANDERSEN. LINTZ. Florianópolis: UFSC. São Paulo: Scortecci. MAUS W. Manual prático de avaliação e controle de Poeira: e outros particulados. R. B. 2003. 7 ed. New York: McGraw-Hill. Rio de Janeiro: LTR. 3 ed. 2005. HARRIOT. J. Process Heat Transfer: Principles and Applications. 2009. 2007. Princípios das Operações Unitárias. São Paulo: Pioneira. GEANKOPLIS. 4rd ed. ALMEIDA. 1999. Metodologias de Pesquisa em Ciência. BLASS.. 2 ed. WENZEL. C. REZENDE. SERTH. SANTOS. DEMO. CRC Press. R. Barueri: Manole. C. 2 ed. Operações que envolvem transferência de calor e de massa. Sociologia da Administração. V. (16ª tiragem). Rio de Janeiro: Campus. 2010. São Paulo: Martins Fontes. McCABE. 2 ed. M.. Rio de Janeiro: Interciência. Operações unitárias nas indústrias farmacêuticas e de alimentos. MANO. BERVIAN P. Metodologia Científica. 2009. M. W. T. Introdução à metodologia da ciência. 2003. L. 2009. W. Tratamento Biológico de Efluentes: Fundamentos e aplicações. Process Heat Transfer: Principles and Applications. 3 ed. C. New York: Wiley. PASSOS. Rio de Janeiro: LTC Editora. 2010. ANDERSEN. PAIXÃO. P. 2007. 2 ed. Manual prático de avaliação e controle de Ruído. Rio de Janeiro: LTR. Rio de Janeiro: LTR. J.. R. O. Polímeros com material de engenharia. CANEVAROLO.. 2 ed. CORRÊA. BANOV. Rio de Janeiro: Interciência. M. et. CLUMP. 2 ed. A. Tratamento de resíduos químicos. 7 ed. A. SILVA. M. Separation Process Principles. P. São Paulo: Atlas. AKCELRUD. São Paulo: Edgar Blucher.. F. GEANKOPLIS. Processamento de Polímeros. S. J.. A. Manual de tratamento de efluentes industriais. B. Rio de Janeiro: LTC Editora. GIL. R. SILVA.New York: Wiley-Interscience. M. SILVA R. S. CAVALCANTI. Psicologia no gerenciamento de pessoas. L. CERVO A.. FOUST. SALIBA. J. São Carlos: Rima. 5 ed. 1982. J. R.. L.. S. L. Rio de Janeiro: Interciência. New York: McGraw-Hill. SALOMON. São Paulo: Atlas. al. J.

E. R. Fenômenos de Transporte.html. BORGNAKKE. 6 ed. L. D. SOLOMONS. Inc.. M. CRC Press. 2010. Fundamentos de fenômenos de transporte. 1995. vol. Fundamentos do Refino do petróleo.. 2 ed. 23 ed. M... 2007. LIGHTFOOT. Rio Janeiro: LTC. Rio de Janeiro: LTC. SONNTAG. SANDLER. New York: McGrawHill Professional. PINTO. SMITH. 2005. J. NIEMAN. L. Termodinâmica da Engenharia Química. J. 1999. W. VAN NESS. A. P. T. New York: McGraw-Hill. G. Rio de Janeiro: Interciência.. C. 1. G. New Jersey: Prentice-Hall Internationa. Biotecnologia Industrial: biotecnologia na produção de alimentes. DELEBECQUE. São paulo: Edgar Bluch MASSARANI. SONNTAG. F. GEANKOPLIS. C. M. SANTOS. Chemical Engineering Thermodynam. W. Fundamentos de engenharia de petróleo. MEVERS. 2009. MARIANO.springer. E. SHAPIRO. E. BLACKADDER.. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. C. A. W. M. M. São Paulo: Edgar Blucher. New York: John Wiley & Sons.. 6 ed. WEBSTER.com/sgw/cda/frontpage/0. J. C.. Momentum.. WILSON.. 7 ed. MARTINS. U. B. C. R. G. F. I. G. HOLZNER. J. N. B. 2010.. W. SMITH.. 2 ed. G. THOMAS. São Paulo: Makron Books. 2004. C. CHANCELIER. S. E. São paulo: Edgar Blucher. Logística do petróleo: Transporte e armazenamento. S. 3rd Edition. TUFI. GOURSAT. Princípios das Operações Unitárias. Introdução à Mecânica dos Fluidos.com/west/ http://www. CLUMP. S. 1999.. Rio de Janeiro: LTC. 2007. McCABE. W. Introdução à espectroscopia. 2004.. FOX. M.springer. Fundamentos da termodinâmica – volume complementar. HOLLER. Química Orgânica. FARRER.00. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. L.springeronline. P. 4 ed. WHITE. R. J. C. 2007. G. LARANJEIRA. ANDERSEN. P. 2010. Princípios da Termodinâmica para Engenharia. 2003. Fenomenos de transporte. CRC Press. 3 ed. A. 2. A. D. G. vol.com/west/home/computer/mathematics?SGWID=4-151-22-44240839-detailsPage=ppmmedia|aboutThisBook http://www. 2 ed. MCDONALD. S. WELTY. 8th ed. STEER. BARBOZA. 2004. 2004.. J. with Using Process Simulators in Chemical. SMITH. Rio de janeiro: Blucher. Algoritmos Estruturados. L. P. A.N. ABBOTT.. E. WICKS. WENZEL. ISBN: 0-8176-4009-6 NIKOUKHAH. DELEBECQUE.. OLIVEIRA. Mecânica dos Fluidos. Rio de Janeiro: LTC. E. A.. P. Métodos Instrumentais de Análises Químicas. FILHO. Programming for Chemical Engineers Using C. M. New York: McGraw-Hill. 2004. Solids and Liquids Separation (Process Engineering Handbook) . L. 2005. Rio de Janeiro: LTC. Rio de Janeiro: LTC. R.. Heat. KAPUNO Jr. 2010. HARRIOT.. Perry’s Chemical Engineer’s Handbook. HARRIOT. 2002. Rio e Janeiro: LTC. P. E. São Paulo: Hemus. L. MORAN. M.. Rio de Janeiro: LTC. 2003. W. KIEMLE. KRIZ. Porto Alegre: BOOKMAN. A. V.. 2010.. A.. CHEREMISINOFF. BRUICE. Anhttp://www. J. http://www. Y.. Rio de Janeiro: E-papers. Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Fundamentos da Termodinâmica Clássica.. LAGES. Rio de Janeiro: LTC. Espectroscopia no Infra-vermelho. A. C. Fundamentals of Momentum. GUIMARÃES. 2002. Rio de Janeiro: Interciência. GREENKORN. N. Porto Alegre: Bookman. H. STEWART. H. Algoritmos e estruturas de dados. New York: McGraw-Hill. SKOOG. Heat.. Termodinâmica Amistosa para Engenheiros.. V II. SHORE. D. 2004. Princípios de análise Instrumental. J. R. São Paulo: Érica. N. Rio de Janeiro: LTC.. P. P. A. Rio de Janeiro: Blucher. W. Manual de operações unitárias. D. 2010. PRITCHARD. C. Rio de Janeiro: LTC Editora. E. J. 7 ed. C++. Fenômenos de transporte para engenharia. J. 4. J.Hanbook of Petrouleum Refining Processes 3 ed. PEREIRA. J. T. R. Química orgânica. B. T.. Introdução à Termodinâmica da Engenharia Química.. J. P. L. E. M. P. 4 ed. 2006. LIVI. São Paulo: Edgar Blucher. J. W. GOMES. M. 9 ed. and Mass Transfer Fundamentals. Tecnologia da Indústria do Gás Natural. 2008. W. FOUST. BORGNAKKE. 2008. Química Orgânica: Estrutura e Função. J.. 2001. GOMEZ. R. CARDOSO. Rio de Janeiro: E-papers. C. B. 4 ed.com/west/home/computer/mathematics?SGWID=4-151-22-44240839-detailsPage=ppmmedia|aboutThisBook New York: Springer-Verlag.. P. 2 ed. Métodos Numéricos em problemas de engenharia química. C. and MATLAB. C. M. S MANZANO. vol. F. Viçosa: UFV. R. H. CHANCELIER. Rio de Janeiro: Interciência. Impactos Ambientais do refino de petróleo. SONNTAG. EWING. E. Unit Operations of Chemical Engineerin. BORZANI. 2005. Unit Operations of Chemical Engineering. Boston : Birkhäuser. L. 2 ed. C. F.. 2003 VAN WYLEN. 2006. Volume básico. Rio de Janeiro: Interciência.. KORETSKY. Rio de Janeiro: LTC. K. N. PAVIA. 2009. A. C++ Black Book. CANEDO. C. São Paulo: Érica. FRYHLE.. C. R. 2007. 2009. São paulo: Pearson. C.springer. LEVENSPIEL. MAUS W. 1982. GOURSAT M. COUPE. Página 21 . AQUARONE. 7 ed. VOLHARDT. 2006. R. F. SCHIMIDELL. 4rd ed. Porto Alegre: Bookman McGraw-Hill. KESSLER. J. M. A. 2007.. L. N.. 2001.. J. C. São Paulo: Edgard Blucher Ltda. J. 6 ed.. R. D. G. S. O. 1994. C. D.3-40109-22-1543673-0. Algoritmos e lógica de Programação em C: Uma abordagem didática. 2010. . Transport Processes and Separation Process Principles. LAMPMAN. F. C. 7 ed. B. C. R. C. R. and Mass Transfer. R. S. 8th ed. 1972. 7 ed. Identificação Espectrométrica de Compostos Orgânicos..11855. Jones & Bartlett.. BIRD. X. Rio de janeiro: LTC. McCABE.. R. Mecânica dos Fluidos.Planilha1 SZKLO.. L. Fundamentos da termodinâmica. COUPE. R.. 2008. VYVYAN. J. 5 ed.. S. 2 ed. MAIA. A. São Paulo: Cengage Learning... 2006.. 2007 SILVERSTEIN. 1999. Fluidodinâmica em sistemas particulados. LIMA. New York: John Wiley & Sons. NIKOUKHAH. P. J. R. New York: McGraw-Hill. 1995. ULLER..20 BUNKS.. 2005. E. L.

BRASIL. GOLDSTEIN. W.. CROUCH. Enciclopédia da Língua de Sinais Brasileira: O Mundo do Surdo em Libras. F. Porto Alegre: Artmed. 7 ed. X. J. Identificação Espectrométrica de Compostos Orgânicos. Fundamentos de Cromatografia. Brasília: Programa Nacional de Apoio à Educação dos Surdos. COLLINS. F. A. A. 2nd ed. A. Tanya A. Princípios de análise Instrumental. Lodenir Becker. Porto Alegre: BOOKMAN.I. 7 ed. 2001. 1998. Rio Janeiro: LTC. 8 ed. Secretaria de Educação Especial. EWING. T. MEC. QUADROS. J. R. Língua de Sinais Brasileira: estudos linguísticos. D. 1994 . São Paulo: Edusp.. vol. LIBRAS em Contexto. R. D. 2007. Elizabeth Crepaldi de. São Paulo : Thomson Learning. Scanning Electron Microscopy and X-ray microanalysis. C. vol. 2009. D. et al. 3. I. SEESP. 2004. WEST. 2004. KARNOOP.. Dicionário enciclopédico ilustrado trilíngüe: Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS. Química Analítica Quantitativa. ALMEIDA. VOGEL. Fernando César. WEBSTER. et al. Libras em contexto: curso básico. RAPHAEL.N. SILVERSTEIN. livro do estudante cursista. SKOOG. Departamento de Educação especial. 1972. SKOOG. H.. Atividades Ilustradas em sinais da Libras. Walkiria Duarte.. RAPHAEL. F. Análise química Quantitativa. 2006. F. D.. CAPOVILLA. Métodos Instrumentais de Análises Químicas. CAPOVILLA. A. Rio de Janeiro: LTC. 2008. Patrícia Moreira. DUARTE. 1 . NIEMAN. Falando com as Mãos: LIBRAS (Língua Brasileira Página 22 . São Pau FELIPE. Rio de Janeiro: LTC. J. M. 6 ed. São Paulo: Edgar Blucher. Fundamentos de Química Analítica. et AL. Rio de Janeiro: Revinter.Planilha1 HARRIS. 6 ed. D. Superintendência de Educação. Brasília: SEESP. 2006.. G. C. Secretaria de Educação Especial. HOLLER. J. BRASIL. M. HOLLER. D.3. Imprensa Oficial do Estado de PARANÁ. Secretaria de Estado da Educação. I e II. Língua Brasileira de Sinais. KIEMLE. C. Ronice Muller de. Campinas: UNICAMP.. S..