You are on page 1of 2

DESLIZAMENTOS DE ENCOSTAS

GEOGRAFIA

Os deslizamentos de encostas são comuns em terrenos onde houve a retirada da cobertura
vegetal original.

O deslizamento é um fenômeno comum em áreas de relevo acidentado, sobretudo nas encostas. Esse processo
pode ocorrer em locais onde não há ocupação humana, no entanto, são mais comuns em terrenos onde houve a
retirada da cobertura vegetal original, que é responsável pela consistência do solo e que impede, através das
raízes, o escoamento das águas.

Pelo fato de o Brasil ter predominância de clima tropical, existem grandes índices pluviométricos no verão, que
corresponde ao período chuvoso, com isso as encostas naturalmente seriam locais de risco, uma vez que estão
sujeitas
ao
risco
de
deslizamentos
de
terra.

Quando ocorrem as precipitações, o solo absorve uma parcela da água, no entanto, outra parte se locomove em
forma de enxurrada na superfície do terreno, a parte de água que se infiltra no solo se confronta com alguns
tipos de rochas impermeáveis, com isso a água não encontra passagem e começa acumular-se em único local,
tornando, dessa forma, o solo saturado de umidade que não consegue suportar e se rompe, desencadeando o
deslizamento
de
terras
nas
encostas
até
a
base
dos
morros.

Em todos os anos. visto que são lugares de pequeno valor comercial. habitação em locais impróprios.Os motivos que desencadeiam esse processo estão ligados à forma de relevo. oferecendo condições propícias para o desenvolvimento desse fenômeno. No Brasil. além das ações humanas que intensificam os deslizamentos: retirada da cobertura vegetal de áreas de relevo acidentado. pois as áreas de risco em que habitam são uma das únicas alternativas para essa classe residir. . produzindo prejuízos e mortes em diversas metrópoles brasileiras. O deslizamento é um processo que pode ocorrer em qualquer lugar do mundo. as pessoas que vivem nos centros urbanos e que mais sofrem são as de baixo poder aquisitivo. estrutura geológica do terreno. veiculam notícias de enchente e deslizamento em áreas marginalizadas. durante os períodos de chuva.