You are on page 1of 1

INTRODUO: A acalsia uma doena rara da motilidade esofgica,

caracterizada pela combinao de relaxamento ineficiente do esfncter


esofgico inferior (EEI) e perda da persistalse, como resultado da degenerao
do plexo mioentrico. Entretando, a etiologia desconhecida. Afeta igualmente
homens e mulheres, com incidncia anual de 1/100.000 casos pelo mundo. Os
sintomas so consequencias do distrbio da motilidade. A apresentao
clssica a disfagia progressiva a slidos e lquidos, associado com
regurgitao de comida no digerida ou saliva. Pode causar complicaes
pulmonares como pneumonia por aspirao. Por definio, a avaliao motora
funcional do esfago essencial para o diagnstico de acalsia.
OBJETIVO: Esta reviso tem por objetivo evidenciar a melhora da manometria
de alta resoluo sobre a manometria convencional no diagnstico de acalsia.
MTODOS:
DISCUSSO: A manometria esofgica o padro-ouro para o diagnstico de
acalasia. O achado da manometria convencional (CM) o incompleto
relaxamento do esfncter esofagiano inferior e o peristaltismo diminudo do
esfago tubular. A manometria de alta resoluo (HRM) utiliza eletrodos
pareados e cada vez mais vem ganhando espao. A principal inovao deste
mtodo a converso dos dados em um grfico topogrfico de presso. Os
dados podem ser modificados utilizando a combinao entre a impedncia e
manometria de alta resoluo para gerar a topografia da presso esofgica em
alta resoluo (HREPT). O HREPT tem maior sensibilidade, oferece maiores
informaes detalhadas e mais fcil de manusear que a CM. As variveis
presso/fluxo decorrentes da anlise do HREPT oferecem informao valiosa
para o diagnstico de acalasia.
CONCLUSO: A MHM permite maior detalhamento do que a CM no estudo
EEI. Isso possibilita uma adequada avaliao com base na anatomia, fisiologia
e caracterizao da sua disfuno, caractersticas indispensveis na
identificao e tratamento da base fisiopatolgica da doena.