You are on page 1of 8

Trabalho realizado por:

João Silva nº14


Miguel Laja nº21
Ricardo Barreiros nº25
Samuel Peguicha nº26
1- Introdução

2- O Que é o pH

3- O Que é uma solução ácida

4- O Que é uma solução neutra

5- O Que é uma solução básica ou alcalina

6- Indicadores ácido-base

7- Conclusão
A nossa turma vai abordar o tema “ O pH do nosso dia-a-dia ” e o
nosso grupo está com a intenção de elaborar este trabalho de Física
Química até ao dia 19 de Março.
Iremos apresentar o nosso trabalho em Word, para depois entregar
à Prof. de Física Química, num Documento com os conteúdos
propostos e desenvolvidos. Pretendo também conhecer e dar a
conhecer mais à minha turma sobre o PH e os seus detalhes.
Vou também falar sobre vários tipos de estilos de PH.
O pH refere-se a uma solução que pode ser ácida (pH < 7), neutra
(pH = 7) e básica mas também pode-se chamar alcalina (pH > 7).
PH é o símbolo para a grandeza físico-química. Essa grandeza indica a
acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa.
O termo pH foi introduzido, em 1909, pelo bioquímico dinamarquês
Søren Peter Lauritz Sørensen com o objectivo de facilitar seus
trabalhos no controle de qualidade de cervejas (à época trabalhava
no Laboratório Carlsberg, da cervejaria homónima). O "p" vem do
alemão potenz, que significa poder de concentração, e o "H" é para o
íon de hidrogénio (H+).
O pH pode ser determinado usando um medidor de pH (também
conhecido como pHmetro) que consiste em um eléctrodo acoplado a
um potenciómetro. O medidor de pH é um milivoltímetro com uma
escala que converte o valor de potencial do eléctrodo em unidades de
pH. Este tipo de eléctrodo é conhecido como eléctrodo de vidro, que
na verdade, é um eléctrodo do tipo "íon selectivo".
O pH pode ser determinado indirectamente pela adição de um
indicador de pH na solução em análise. A cor do indicador varia
conforme o pH da solução. Indicadores comuns são a fenolftaleína, o
alaranjado de metila e o azul de bromofenol.
Outro indicador de pH muito usado em laboratórios é o chamado
papel de tornassol (papel de filtro impregnado com tornassol). Este
indicador apresenta uma ampla faixa de viragem, servindo para
indicar se uma solução é nitidamente ácida (quando ele fica
vermelho) ou nitidamente básica (quando ele fica azul).
Ácido é toda substância que, libera única e exclusivamente íons.
Alguns anos mais tarde, em 1923, surgiu a ideia de que ácido é
uma substância que pode ceder protões.
Esta última definição, generaliza a teoria de ácidos de Arrhenius.
A teoria de Bronsted e Lowry de ácidos também serve para
dissoluções não aquosas; as duas teorias são muito parecidas
na definição de ácido, mas a de Bronsted-Lowry é muito mais
geral.
Lewis em 1923 ampliou ainda mais a definição de ácidos, teoria
que não obteve repercussão até alguns anos mais tarde.
Segundo a teoria de Lewis um ácido é aquela espécie química
que, em qualquer meio, pode aceitar um par de electrões. Desta
forma incluem-se substâncias que se comportam como ácidos,
mas não cumprem a definição de Bronsted e Lowry, sendo
denominadas ácidos de Lewis. O soluções ácidas vai dos 0 aos
6,9 unidades.

Fig1: Imagem de Arrhenius Fig2: Imagem de Bronsted


As neutras são soluções que não tem carácter ácido nem básico,
são neutras comportam-se como água pura.
As soluções neutras são aquelas que apresentam um pH de 7
unidades.
A água é um representante de uma solução neutra.

Fig3: Exemplo de uma solução neutra


É uma solução formada por uma base ou hidróxido.
Como exemplo, temos NaOH dissolvido em água.
Ou seja:
NaOH - hidrósido de sódio é uma base, pois tem o grupo OH,
ligado ao metal sódio.
Para verificar se uma solução é básica, recorremos ao papel
indicador, peagâmetro ou indicadores em solução.

A escala de pH varia de zero a 14.


Sendo 7 o ponto neutro, ou seja da água pura.
Quando for menor que 7 é ácida, quando for maior que 7 é
básica.
Os produtos de limpeza são um exemplo de soluções básicas.

Fig4: Exemplo de soluções básicas ou alcalinas

Também chamado de indicador de pH ou indicador de


neutralização, um indicador ácido-base é uma substância que
tem uma determinada cor em meio ácido, apresentando outra
em meio base.
Existe também o indicador universal, tanto em solução como em
papel, que é uma mistura de vários indicadores.
Exemplos de indicadores ácido-base:
• Fenolftaleína
• Indicador azul de tornassol
• Solução de couve roxa
• Azul de bromotimol
• Vermelho de metilo
O mais conhecido é a Fenolftaleína, é um indicador.

Fig5: Fenolftaleína Fig6: Indicador Universal de pH

Nós podemos concluir que, aprendemos mais sobre “O pH do


nosso dia-a-dia”, “O que é o pH”, “O que é uma solução ácida,
básica e uma solução neutra” e “O que são indicadores ácido-
base”. Pude também mostrar á professora, mais informação
sobre o tema elaborado e tratado na disciplina de Físico-
química.