Filme: Rock Balboa Direção: Sylvester Stallone Produtora: Columbia Pictures Sinopse: Rocky Balboa (Sylvester Stallone) está

aposentado há algum tempo. Longe dos ringes, leva uma vida tranqüila como um dono de um pequeno restaurante. Tudo muda, no entanto, quando Rocky se vê diante da oportunidade de enfrentar o supercampeão peso pesado Mason "The Line" Dixon. Será que Rocky ainda é capaz de se tornar o campeão? Rocky Balboa, um dos maiores ícones na história do cinema, volta às telonas para o maior de todos os seus rounds. CENAS DE FILME PARA TREINAMENTO Enviado por: Claudia Carraro-consultora de carreira Assuntos: Aposentadoria, nostalgia, demissão, recomeço, desafio, superação, envelhecimento,resgate da auto-estima. CENA - No canil, quando Rock é questionado porque escolheu um cachorro maltratado ele diz: “Com comida boa, carinho e novos amigos, ele se recupera e pode viver muito”. SUGESTÃO PARA ANÁLISE: As pessoas também precisam de boa comida (alimentação), carinho e atenção da família e dos amigos para se recuperarem das crises. CENA - No frigorífico, Rock diz para Paulie que apesar de ter estado no auge da carreira, atualmente existe uma angústia dentro dele que não consegue entender: ”Às vezes fica difícil de respirar...”, “Não sabia que ia ser tão difícil”. SUGESTÃO PARA ANÁLISE: Quando tem alguma coisa mal resolvida o peito dói de angústia.No caso do filme, Rock tem dificuldade de superar a morte esposa. Porém a angústia dele também é devida a carreira de lutador de Boxe que por causa da idade teve que ser interrompida. Ele sabia que ainda tinha o que oferecer em relação ao boxe, mas as pessoas não o levavam a sério devido à idade. Na vida real isso acontece também com o profissional mais experiente, que se aposenta, ou que é demitido e tem dificuldade de se recolocar devido à idade. CENA-Requerendo a licença arbitrária para lutar boxe na comissão atlética da Pensilvânia. Apesar de ter passado tem todos os testes físicos a comissão nega a licença por “bom senso”. Rock questiona a comissão sobre os seus direitos. Ele diz: “... não está certo pedir para a pessoa se sacrificar e depois ainda dizer que

não é o suficiente”.Rock diz também: “Quanto mais envelheço, mais tenho que renunciar é a vida...”. SUGESTÃO PARA ANÁLISE: Quantas vezes o profissional é levado ao seu limite e ainda assim não é suficiente para o mercado de trabalho. O quanto à pessoa tem que renunciar na vida devido à idade, ao envelhecimento. Quantas vezes ouvimos que um profissional, que ainda tem muito a oferecer, está fora do mercado de trabalho por causa da idade. CENA: Quando o filho pede para o Rock não lutar, pois vai virar uma piada e que para ele conviver com um pai famoso não é fácil, Rock diz ao filho: “O mundo não é feito de arco-íris. O mundo é um lugar ruim e duro, e não importa o quão forte seja, a vida vai colocá-lo de joelhos. Ninguém vai bater mais forte do que a vida. Não importa o quanto você bate e sim o quanto agüenta apanhar e continuar tocando a vida, o quanto pode suportar e seguir em frente”. SUGESTÃO PARA ANÁLISE: Análise sobre a luta diária que temos que ter na vida, automotivação, persistência, coragem. CENA: No treinamento para a luta, o treinador diz que Rock não tem mais velocidade, para vencer o adversário que é mais jovem. Diz também que os joelhos de Rock não agüentam mais, além da artrite no pescoço e os sedimentos de cálcio na juntas. Devido a estes fatores coloca em ação o velho treino de força. SUGESTÃO PRA ANÁLISE: O profissional que não consegue se recolocar no mercado formal de trabalho possui outras alternativas como trabalhar como consultor, professor, autônomo, prestador de serviço, etc. Também procurar trabalho em pequenas e médias empresas que valorizam profissionais mais experientes. Algumas empresas têm recontratado profissionais aposentados e mais experientes devido à falta de preparo de alguns novos profissionais que vem entrando no mercado de trabalho. CENA: O adversário Dixon subestima Rock. Apesar das críticas e comentários maldosos e preconceituosos Rock chega até o fim da luta. SUGESTÃO PARA ANÁLISE: Exemplo de persistência. O importante foi o processo de resgate da auto-estima que Rock passou e não vencer a luta. Rock agradeceu ao lutador por ter se sentido vivo novamente. Enviado por: Claudia Carraro- consultora de carreiras www.carreiraecia.com.br