P. 1
Jogos_de_Representaçao_-_o_live_action_e_a_criaçao_de_mundos_fantásticos. ANDRÉ RODRIGUES DOMICIANO - 2008

Jogos_de_Representaçao_-_o_live_action_e_a_criaçao_de_mundos_fantásticos. ANDRÉ RODRIGUES DOMICIANO - 2008

|Views: 457|Likes:

More info:

Categories:Types, Research
Published by: SylviaRodriguesAlmeida on Jul 12, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/11/2013

pdf

text

original

A segunda análise também nos põe em contato com as semelhanças formais
existentes entre as estruturas narrativas literárias e as do Live Action, tendo como mediador
as teorias narratológicas de Propp (1984) – Morfologia do Conto Maravilhoso e Campbell
(2007) – Jornada do Herói Mitológico. Percebemos que, assim como ocorre com o Jogo de
Mesa, o Live Action possui uma estrutura que se enquadra nas teorias propostas,
principalmente no que diz respeito às funções e aos arquétipos. No entanto, nosso objeto de
análise demonstrou possuir características próprias que não são passíveis de análise se

88

seguirmos as teorias de forma rígida: a presença de funções não-descritas e a constante
desconstrução e reconstrução de linearidade só podem ser descritas se levarmos em
consideração a flexibilidade das teorias narratológicas e, da mesma forma que constatamos
no Jogo de Mesa, a simulação da interferência que o jogador implica no jogo, o que
comprova – uma vez mais – a estrutura flutuante, mutável e muitas vezes não-linear dos
Jogos de Representação.

Estruturalmente falando, os enredos de Live Action e Jogo de Mesa não possuem
diferença. As divergências encontradas são próprias de objetos de análise diferenciados,
mas que estão desligadas das características formais do jogo e de suas modalidades. Esse

argumento é facilmente comprovado pela presença da estrutura-matriz αABC Kw,

presente em ambos os casos analisados, mostrando que os enredos de Jogos de
Representação, apesar dos desdobramentos e repetições de funções ainda possuem uma
estrutura interna que segue esse modelo.
Se pensarmos a partir das teorias de Campbell, todo Jogo de Representação possui o
seguinte andamento, desconsiderando os desdobramentos de funções e a repetição de
etapas:
Situação Inicial (apresentação do Herói) > Chamado à Aventura (Arauto) > Auxílio
Sobrenatural (Mentor) > Passagem pelo primeiro limiar (Guardião) > Caminho de provas >
Covil do dragão (Antagonista) > Vitória, bênção última e retorno para casa.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->