Trigonometria

Julgue as afirmativas como verdadeiras ou falsas. ( ) sendo x + y = π , então sen x = cos y. 2 ( ) cos 400° = sen 50°. ( ) sen   = cos  . 8  8  ( ) cosec (750°) = 2. ( ) sen 20° + sen 30° = sen 50°. ( ) Se um triângulo de perímetro p tem um ângulo de 30o e a soma dos senos dos seus ângulos é igual a k, então pelo menos um dos seus lados mede
p . 2k

π

 13 π 

( ) se α é um ângulo agudo de um triângulo retângulo, cuja hipotenusa mede 8 cm e sen (2α) = 3/4, então a área do triângulo é 12 cm2. ( ) se tg x = cotg x, então tg x = 1. ( ) existe algum arco no 2º quadrante, tal que sen x = cos x. ( ) se N = arc tg (1) + arc sen (1), então o menor valor de N é .

Matemática 2
Matemática 2 SI

Matemática 2

1

Geometria plana
1. (Ueba—BA) Na figura a seguir são dados

AE 1 = , EC 3

BE = 8 cm e ED = 6 cm. O comprimento de a) 10 b) 12 C c) 16 d) 18 e) 20
D

, em cm, é:

4. (UFC—CE) No trapézio isósceles ABCD, é conhecido que a medida da base maior AB é o dobro da medida da base menor CD, e que o ângulo α mede 60°. Se a medida da base CD é 2 4 3 cm, determine, em cm2, a área do trapézio.
D C

E A

B A α B

2. A soma dos ângulos internos de um polígono regular é 1 440°. Calcule o número de diagonais desse polígono. Observação: o número de diagonais d de um polígono de n lados (n  3) é dado por d =

n (n − 3 ) 2

.

5. (Mack—SP) A altura do trapézio é 4; então, a diferença entre as áreas dos triângulos assinalados é: a) 1 b) 2 c) 3 3 d) 4 e) 5

5

3. As diagonais de um losango medem, respectivamente, 6 m e 8 m. O comprimento da circunferência nele inscrita, em dm, é igual ao produto de π por:
r O

Testes

Geometria espacial I
1. (UFPE—Adaptado) Considere um prisma regular de base hexagonal e assinale a proposição incorreta. Os segmentos e determinam retas paralelas. O plano da face ABB’A’ é perpendicular ao plano da base. Os segmentos e não são coplanares. Os segmentos e determinam um ângulo de 120°. Os planos das faces AA’F’F e CC’D’D são paralelos.
E’ D’ B’ C’ F’

a) b) c) d) e)

6. (FCC—SP) Um triângulo retângulo, de catetos b e c, tem área igual a 2 m2. Se pela rotação do triângulo em torno do cateto b se obtém um cone de volume 16π m3, o cateto c mede, em m:

b

c

2

Matemática 2 SI

A’

7. (Cefet—PR) Se um cone eqüilátero tem 72π cm2 de área lateral, seu volume, em cm3, será igual a: a) 72π
E F A B D C

b) c) d) e)

72π 216π 216π 144π

2. Um poliedro convexo é constituído de x faces quadrangulares e 4 faces triangulares. Se o número de arestas do poliedro é 16, qual a soma dos ângulos internos de suas faces? a) 5 040° b) 1 260° c) 2 520° d) 3 240° e) 6 840°

3. (Cesgranrio—RJ) Um tanque cúbico, com face inferior horizontal, tem de volume 1 m3 e contém água até sua metade. Após mergulhar uma pedra de granito, o nível d’água subiu 8 cm. O volume dessa pedra é: a) 80 cm3 b) 800 cm3 c) 8 000 cm3 d) 80 000 cm3 e) 800 000 cm3 4. (UFPel—RS) Se as dimensões de um paralelepípedo retângulo são três números em progressão geométrica de razão 2, e o seu volume é 216 m3, sua área total será: a) 184 m2 b) 240 m2 c) 250 m2 d) 252 m2 e) 270 m2 5. (UFPR) Calculando a distância de um ponto do espaço ao plano de um triângulo eqüilátero de 6 unidades de comprimento de lado, sabendo que o ponto eqüidista 4 unidades dos vértices do triângulo, obtêm-se quantas unidades?

8. (UFPR—Adaptado) Considere um cubo de aresta 3 cm. É incorreto afirmar: a) Se o cubo tiver todas as faces inteiramente pintadas e depois for seccionado por planos paralelos às faces, de modo a decompô-lo num total de 27 pequenos cubos de aresta 1 cm, então 108 faces desses pequenos cubos estarão sem pintura. b) A área total do cubo é igual à área da secção meridiana de um cone circular reto com altura 6 cm e raio da base 9 cm. c) O plano que contém uma das faces é perpendicular a 4 arestas do cubo. d) O volume do cubo é igual à soma dos volumes de 27 pirâmides, cada uma com altura 3 cm e base quadrada de lado 1 cm. e) O raio da esfera circunscrita ao cubo é maior do que a altura do cilindro circular reto inscrito no cubo.

9. (Fatec—SP) Os volumes do cilindro reto, do cone reto e da esfera, a seguir indicados, formam, nessa ordem, uma PG. Então:
r r h1 r h2

a) b) c) d) e)

(h2)2 = 12r . h1 h2 = 4h1 h1 = 12 (h2)2 h1 . h2 = 4r n.d.a.

volume do cone seja

do volume do primeiro cone?

Observação: quando se corta um cone por um plano paralelo à base, os cones parcial e total são semelhantes. Logo: — duas linhas homólogas estão na razão constante (k). — as áreas homólogas estão entre si no quadrado daquela razão (k2). — volumes do cone parcial e do cone total estão entre si no cubo daquela razão (k3).

Matemática 2
Matemática 2 SI

10. A que distância do vértice se deve cortar um cone de revolução de altura 8, por um plano paralelo à base, de modo que o

3

Trigonometria
V, V, V, V, F, V, V, F, F, V

Geometria plana
1. 2. 3. c 35 48 4. 5. 9 d

Geometria espacial
1. 2. 3. c c d 4. 5. 6. d 2 12 7. 8. 9. b e a 10. 4