P. 1
BELA CRUZ - Uma biografia do município

BELA CRUZ - Uma biografia do município

4.44

|Views: 3,943|Likes:
Published by thelmomattos

More info:

Published by: thelmomattos on Jun 17, 2008
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/06/2013

pdf

text

original

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

V I C E N T E F R E I T A S

B E L A C R U Z

Biografia do Município

EDIÇÕES
CURURU
2007

UMA
PUBLICAÇÃO

1

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

Copyright ©2007 by Edições Cururu
Direitos em Língua Portuguesa reservados às
Edições Cururu

Editoria
Vicente Freitas

Capa
F. Petrarca

Revisão/Digitação
Vicente F. Araújo

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)

__________________________________________________

A 658 b

Araújo, Vicente Freitas de
Bela Cruz - Biografia do Município, Edições
Cururu, 2007

342 p.

1. Bela Cruz (CE) – Estudos Históricos
2. Genealogia
I. Título CDD 981.31
CDU 929.31

_____________________________________________

vincentfreitas@ig.com.br
Fone: (88) 9964-5522

2

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

B E LA C R U Z
BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

3

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

POEMETO PARA BELA CRUZ¹

– Trabalhando nessa terra,
tu sozinho tudo empreitas:
serás semente, adubo, colheita.

João Cabral de Melo Neto

Contemplando teus campos naturais
Pólens, pingos de orvalho – na úmida várzea –
Teu aniversário ouso hoje comemorar
E novamente canto teu cenário silvestre:
Espessos pomares
Casinhas modestas
Quintais pastoris
Com ruídos de vila e senzala.

Teus pequenos fatos anônimos
Hoje queremos cantar,
Com amor mais ardente
Com zelo mais forte.

Desta verde paisagem ribeirinha
Jamais olvidamos
Manoel de Góes, o sesmeiro
Capitão Diogo Lopes, o médico
João Damasceno, o poeta
Joca Lopes, o músico...
– Onde estão todos eles?
Sobre as margens deste rio encantador
Permanecem.

4

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

Tua gente tem a face curtida por sóis luzentes
E sabe avançar

recuar

resistir

defender-se.

Tua história contém tudo:
Corpos

almas

significados

Amores

belezas

paixões

Orgulho

delicadezas

canções

Esperanças

benefícios

doações

Experiências

resultados

conclusões...

(Deleites da terra;

lida enfadonha...)

– Onde a gente de bem trabalha e sonha!

________________________

(1) FREITAS, Vicente. In As Melhores Poesias do Século, Litteris Editora, RJ,
2002.

5

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

APRESENTAÇÃO

Este livro é mais uma notícia ou roteiro destinado ao
melhor conhecimento da origem e evolução do município de
Bela Cruz. Tudo o que aqui está – foi organizado no sentido de
facilitar ao leitor um acesso mais suave à compreensão das
nossas coisas e do nosso povo. Trata-se de paciente pesquisa e
da análise de dados extraídos de documentos e fontes objetivas
de informações; tendo, ainda, como alvo esclarecer o que há de
real e de fictício nas crônicas e anais daqueles que nos
precederam (pelas veredas da história) no Vale do Acaraú. É
natural que tenha lacunas e imperfeições, além daquelas que são
peculiares ao autor.

Mesmo encarada como síntese esta monografia quer nos
mostrar o desenvolvimento contínuo e as atividades dos muitos
povos que de 1683, até os dias presentes – trabalhando,
estudando, viajando, comerciando, transportando – viveram e
vivem, procuraram e procuram essa terra para suas proezas e
atividades.

Para nós, Bela Cruz é a terra natal de um notável e querido
poeta* que deixou páginas tão indeléveis quanto às inspiradas
pelo príncipe Pe. Antonio Thomaz. Ela é também o berço que
acolheu a família Vaz-Carrasco, vinda de Pernambuco, no início
do século XVIII, ligada aos Albuquerques, Araújo, Cavalcanti,
Goes, Holanda, Vasconcelos e Xerez, e que deu origem às
famílias do Vale do Acaraú. Berço de um capitão famoso, de
_________________________

* Nicodemos Araújo (1905-1999)

6

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

longa e prestigiosa carreira – Diogo Lopes de Araújo Costa;
terra do artista João Venceslau Araújo – Joca Lopes, dos
escritores João Damasceno Vasconcelos e Aureliano
Diamantino Silveira.

Mas Bela Cruz não é só isso. Ela faz parte das localidades
privilegiadas, do noroeste do Estado do Ceará. É uma das
cidades mais bonitas da ribeira do Acaraú, o que justifica,
plenamente, o seu nome. Porém, vocês devem estar
perguntando: Porque este preâmbulo?
– Porque os belacruzenses, descritos como trabalhadores;
hospitaleiros; leais; fiéis aos amigos; presos à sua terra natal;
eloqüentes e/ou lacônicos, são ainda uma coisa mais do que
tudo isso. Eles são suscetíveis.
Entretanto, um povo ou uma cidade que não tem uma
tradição histórica definida situa-se como uma comunidade
desvinculada do seu passado, e, como tal, fadada a desaparecer
na voragem do tempo, sem deixar vestígios na memória das
gerações futuras. Apesar de estarmos vivendo uma época de
rompimento com o passado, em vários dos seus aspectos, é
evidente que não podemos prescindir das lições da história.
Afora o que nos proporcionou as consultas que fizemos e as
valiosas referências de alguns historiadores, talvez – no mais –
todo o mérito deste livro esteja em ter conseguido reunir em um
só lugar tudo o que estava assim irregular e espalhado.
Não hesito em alongar, nesse tocante, as transcrições que
houver de fazer – sempre que isso se tornar necessário – para
melhor e mais eficiente compreensão e entendimento dos fatos.
Não se trata aqui de um livro para especialistas. Mas sim,
um livro para os cidadãos belacruzenses. É, simplesmente, um
modesto estudo sobre o nosso passado, o que fazemos, podemos

7

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

dizer, perfunctoriamente. Afinal, neste ano da graça de 2007, o
município de Bela Cruz está completando 50 anos de
existência, elevado que foi a essa categoria em data de 23 de
fevereiro de 1957.

O historiador Alcântara Nogueira afirma que “poucas são as
cidades do Brasil, mormente, as do interior, que possuem em
base de pesquisa e documentação, a sua história”. Aliás, dando
publicidade a este trabalho, não temos a pretensão de fazer
história; quisemos, tão-somente, emprestar nossa insignificante
contribuição ao programa de comemorações deste notável
evento histórico que a cidade de Bela Cruz está vivendo neste
momento.

Testemunhamos a nossa gratidão a todos que nos ajudaram
nesta pesquisa, contribuindo, assim, para a melhor identificação
dos fatos e fastos aqui relacionados.
Esperamos que a compreensão dos leitores seja tão
completa o quão é incompleto nosso trabalho.
E isto nos basta. Muito obrigado.

Vicente Freitas

Bela Cruz, 2007

8

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

Omitirei acontecimentos essenciais ou
mencioná-los-ei de relance, como se enxergasse
pelos vidros pequenos de um binóculo; ampliarei
insignificâncias, repeti-las-ei até cansar, se isto me
parecer conveniente
”.

Graciliano Ramos – Memórias do Cárcere

9

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

A Nicodemos Araújo,
Capitão-mor das Ribeiras do Acaraú.

10

VICENTE FREITAS
BELA CRUZ – BIOGRAFIA DO MUNICÍPIO

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->