You are on page 1of 33

CENTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA VASCO

COUTINHO
TÉCNICO EM ADMINISTRAÇÃO

JULIANO DOS SANTOS COUTINHO
MARCELO VIEIRA
RENATO ATHAYDE DA CONCEIÇÃO
TATIANA ROMANO
VINICIO NUNES BISPO
WELINGTON MARQUES ELLER
WALESKA FERREIRA RAMOS

COACH

VILA VELHA
2010

JULIANO DOS SANTOS COUTINHO
MARCELO VIEIRA
RENATO ATHAYDE DA CONCEIÇÃO
TATIANA ROMANO
VINICIO NUNES BISPO
WELINGTON MARQUES ELLER
WALESKA FERREIRA RAMOS

COACH

Trabalho de empreendedorismo e plano de
ação apresentado ao CEET “Vasco
Coutinho”, como requisito parcial para
obtenção de nota no curso Técnico em
Administração.
Prof. Wagner Braga

VILA VELHA
2010

JULIANO DOS SANTOS COUTINHO

MARCELO VIEIRA

RENATO ATHAYDE DA CONCEIÇÃO

TATIANA ROMANO

VINICIO NUNES BISPO

WELINGTON MARQUES ELLER

WALESKA FERREIRA RAMOS

COACH

Trabalho de empreendedorismo e plano de ação apresentado ao CEET “Vasco
Coutinho”,como requisito parcial para obtenção de nota no curso Técnico em Administração.

COMISSÃO EXAMINADORA

___________________________
Prof. Wagner Braga

O coaching é um processo contínuo. Você as leva a aprender e a treinar regularmente. ajuda-as a canalizar sua paixão pela aprendizagem para as melhores oportunidades e harmonizar a participação delas e dos demais integrantes da organização. habilidades e a sabedoria de que alguém pode precisar para garantir seu desenvolvimento. Raramente você terá tempo para se envolver com cada aspecto do desenvolvimento. o conhecimento e as oportunidades de que precisam para se desenvolver e se tornar mais efetivas e eficazes. O líder coaching pode ser comparar com um maestro. não há necessidade de ser perfeito para ser um coach efetivo. não uma conversa eventual ou um acontecimento isolado. RESUMO O coaching é o processo de equipar as pessoas com as ferramentas. apenas dão condições para que elas se auto desenvolvam. Os coaches não desenvolvem pessoas. Felizmente. entenda seu papel como um catalisador do desenvolvimento. “Educar não é encher um balde. mas acender uma chama” William Butler Yeats . que em alguns momentos trabalha com apenas com um integrante. E raramente você terá todas as informações. Pelo contrário. treinar no intuito de instruir a carreira profissional. em outros. coaching em português significa treinador. corta os vínculos para que possam se desenvolver em áreas completamente fora do seu escopo. em outros orienta todos à distância e.

.3 COACHING EXECUTIVO..7...........21 5............................7 COACHING INTEGRAL...................13 2......................3....................................................30 ........................20 CAPÍTULO 5: SETE PASSOS DA INTERVEÇÃO DO COACH:...... OBSERVAR E REUNIR EVIDÊNCIAS...................23 5.8 COACHING INTUITIVO....1 COACHING DE VIDA..........................................................16 2................................................................................................6 COACHING ESPORTIVO.........................................................................17 2.....................13 2....................................................................................................19 CAPÍTULO 4: OBJETIVO DO COACH......................................... INTRODUÇÃO...16 ...............................13 2......................................................17 CAPÍTULO 3: ONDE ENTRA O COACH?................................................................................22 5.............................28 8.1..............................17 2....................................2 COACHING DE LIDERANÇA............................................... MOTIVAR PARA DETERMINAR E ALCANÇAR APROPRIAR-SE DE METAS DE EVOLUÇÃO PESSOAL........ OBSERVAR AÇÕES E OFERECER FEEDBACK OBJETIVO............5 COACHING DE EQUIPE..........................................................SUMÁRIO 1......................5........14 2... AJUDA A SUPERAR CONTRATEMPOS ......24 CAPÍTULO 6: RESULTADOS DO COACH ...............................................................26 CAPÍTULO 7: INTRODUÇÃO DA CULTURA DO COACHING EM SUA EMPRESA ........1................................................27 CAPÍTULO 8: POR QUE UM PROFISSIONAL RESISTE EM FAZER COACHING? ....... AJUDA A PLANEJAR COMO ALCANÇAR ESSAS METAS......2........24 5...........21 5............................4............21 5........................................9 CAPÍTULO 2: TIPOS DE COACHING:................................................................22 5......... CRIAR OPORTUNIDADES PARA PRATICAR AS HABILIDADES DESEJADAS.......................................................28 CAPÍTULO 9: LIDERES OU COACH?..7 CAPÍTULO 1: O QUE É COACH?.........6........ JUSTIFICATIVAS E RECEIOS MAIS COMUNS .....16 2................. IDENTIFICA A NECESSIDADE DE MELHORAR/MUDAR....4 COACHING DE APRENDIZAGEM..........................

.....CAPÍTULO 10: COMO SE TORNAR UM LÍDER COACH EFICIENTE ...... ...... ...........33 .......................31 REFERÊNCIAS...........................

e a consolidar os relacionamentos. Uma grande parte desse problema pode ser prontamente revertida se os membros e líderes dessas equipes começassem a refletir de forma inteligente sobre como atuam e se possuem recursos para fazerem isso. a melhorar seus resultados. seja por falta de comprometimento. conflitos internos e liderança incapaz. esta que constantemente em deficiência no leque de competências de gerentes. INTRODUÇÃO Não é por menor definir coaching como uma “habilidade". na verdade muitas equipes de colaboradores de trabalho não conseguem nem de perto utilizar sua capacidade coletiva de produção. tudo isso debilita o potencial que a equipe tem de progredir num nível ótimo. como serão integradas as habilidades individuais e como as pessoas poderão inovar. O processo de coaching também promove a qualidade da comunicação tanto dentro do grupo de colaboradores como entre a equipe e os participantes externos construindo relacionamentos e estimulando o entendimento tanto de si mesmo como dos outros colaboradores. Organizações empreendem esforços para implementar uma cultura de coaching. 7 1. Esse processo faz uma combinação e inteligência com curiosidade que ajuda a refletir sobre o que está sendo feito e porque. porém enfatizando o coaching individual. montar equipes de trabalho. e desenvolve habilidades necessárias para evitar conflitos . Porém nem sempre as equipes de colaboradores correspondem o desejado. Poucos objetivos da equipe ou da organização como um todo podem ser alcançados sem nenhum processo de gerenciamento de desempenho. É aqui que o processo de coach de equipes pode ser benéfico. esquecendo que o próprio sentido de se montar uma organização está em reunir a eficiência coletiva de pessoas. sua comunicação. o processo de coaching é uma parte significativa do remédio para as deficiências de desempenho dos colaboradores. líderes de todos os níveis. Ele costuma ajudar as equipes a reverem seu desempenho.

ao mesmo tempo que estimula os conflitos positivos dentro da equipe.Todas essas melhoras sustentáveis no desempenho de tarefa resultam de uma eficaz administração de comportamentos dentro da equipe fornecendo a base para elas serem bem sucedidas no longo prazo. 8 negativos. .

o Coach parte da crença de que as pessoas querem melhorar e se desenvolver como bons profissionais. o Coach (técnico) é uma pessoa que tem o compromisso de oferecer subsídios. uma carruagem. algo que transporta alguém de um lugar para o outro. . Um Coach pode trabalhar a nível de resultados individuais – é a forma mais difundida – como pode também comprometer-se com resultados de uma equipe. criando mudanças positivas que atingem muito além das pessoas nele envolvidas”. Diana e Merril Anderson Há diversas teorias sobre a origem do termo coach no contexto de desenvolvimento de pessoas. conhecido na língua inglesa como um veículo. alternativos e formais – baseados em sua experiência e conhecimentos – para que o Coachee (treinado) obtenha resultados previamente estabelecidos. Como bom “treinador”. está servindo para designar o papel que se exerce ao levar alguém do seu estado atual ao estado desejado. derivado de coax. 9 CAPÍTULO 1: O QUE É COACH? “Um processo de coaching bem-sucedido surtirá um efeito em cascata. dar-lhes motivação. No EUA se ligou o termo ao ato de treinar. coach significa técnico ou treinador. passar-lhes objetivos e metas. acompanhar com feedback e encorajamento. . criar expectativas. mas o principio é basicamente o mesmo. Oferecer-lhes suporte emocional. informacional e instrumental. por isso se ligou muito o termo ao esporte. O seu compromisso maior é investir neste impulso e ajudá-las a adquirir os conhecimentos necessários para terem um bom desempenho com eficácia e eficiência.

embora a filosofia da aprendizagem individual através de mentores remonte ao tempo da antiguidade. Coaching é uma eficaz metodologia de desenvolvimento de pessoas e profissionais de uma forma direta e personalizada. mas também usa outras técnicas. onde se efetiva o processo de Coaching. Interno ou externo período do processo colaborador. Algumas definições de coach: “O processo de coaching busca aprimorar nas pessoas seu desempenho e sua capacidade de aprender. o comportamento e as características de um coach. usando uma combinação de paciência. 10 Para se tornar bem simples o processo seria basicamente como no gráfico: Coach (emissor. perseverança e interesse para ajudar os receptores a acessar seus recursos internos e externos para melhorar seu desempenho. implica fornecer feedback.ato) coachee (receptor).” Max Landsberg . como motivação. Portanto Coaching não é em si algo novo. líderes O profissional de coaching (coach) atua com estimulador externo que desperta o potencial interno de outras pessoas. mas preenche uma forte necessidade atual de aprendizado e de obtenção de resultados mais eficientes e rápidos do que a aprendizagem ou modelos tradicionais atualmente em uso. questionamentos eficazes e a adequação do estilo de gerenciamento do coach. O coaching se tornou um processo mais formal a partir do final dos anos 80 nos Estados Unidos.profissional) coaching (processo. Está centrado na relação e encontros entre o Coach e o Coachee. É claro que existem outras interpretações sobre a função.

visando que as metas da empresa possam ser as metas do colaborador. lideres. focado em soluções e orientados a resultados. após definir metas e objetivos o colaborador será trabalhado para que ele tenha uma nova atuação de desempenho. • Fornece diretrizes.. Palavras chaves são: desenvolver. • Fornece estratégias para ajudar o coachee (colaborador) a realizar seu potencial e atingir suas metas. a fim de que sejam alcançados os objetivos da organização.” Jonh Whitmore consultor de negócios “Desenvolve as habilidades e o conhecimento de uma pessoa para melhorar seu desempenho profissional. da aprendizagem dirigida a própria pessoa e do desenvolvimento dos colaboradores. encorajamento e ajuda na conquistas de habilidades para a vida profissional. ajudando a aprender em vez de ensinar-lhe a alguma coisa. apoio encorajamento. podem ser individuais. Concluindo assim podemos dizer: • O coach fornece apoio. no qual o coach facilita a evolução do desempenho. mas em todos circundam a mentalidade de que coach está diretamente envolvida a fazer com que. experimentar.” Instituto profissional de Rh e desenvolvimento Reino Unido Percebemos que as definições sobre coach são variadas e caminham por caminhos diferentes. embora também possa ter impácto na vida privada do individuo. 11 “Destrava o potencial da pessoa para maximizar o próprio desempenho. . coletivas. • coaching e um processo colaborativo. feedback e orientação para assegurar um bom desempenho. desempenho.. do bem-estar. Tem como propósito efetivar um alto nível de atuação e progresso no trabalho. pessoais. propósitos organizacionais.

. 12 Voltando na origem do termo. o coach é aquele que leva o indivíduo como um veículo na direção que ele quer.

2 COACHING DE LIDERANÇA Benefícios :  Potencializar a performance e poder de decisão do líder e colaboradores.  Aumentar a capacidade de administrar mudanças. 13 CAPÍTULO 2: TIPOS DE COACHING: 2.  Identificação e fortalecimento de crenças fortalecedoras. 2.  Superação de limites e obstáculos.  Elaboração e conquista de metas audaciosas.  Identificação e transformação de crenças limitantes.  Eliminação de bloqueios nas várias áreas de atuação (inclusive aprendizagem). .1 COACHING DE VIDA Benefícios:  Auto-conhecimento e crescimento pessoal e profissional.  Alinhamento das áreas da vida com os valores essenciais do cliente. etc.  Administração de conflitos e melhora significativa dos relacionamentos.  Melhora significativa da criatividade e capacidade de aprender.  Desenvolvimento das competências necessárias para alcançar metas e ultrapassar limites.

14  Melhorar a resiliência.  Solucionar conflitos e melhorar a qualidade do relacionamento das equipes etc.3 COACHING EXECUTIVO Benefícios: As pressões sobre os executivos de grandes corporações são muito grandes e difíceis de suportar sem uma análise profunda à luz de todos os acontecimentos .  Superação de desafios.  Capacidade de trabalhar eficientemente em equipes. reduzindo o re-trabalho e melhorando resultados.  Aumento do QI operacional. (capacidade de adaptação) e superar as adversidades.  Aprimorar a administração de tempo.  Aumento da produtividade e lucratividade. 2.  Melhor capacidade na resolução de conflitos.  Alinhamento das metas e valores pessoais com as metas e valores da empresa.  Redução do estresse e melhoria da qualidade de vida no trabalho.  Desenvolvimento das habilidades para o sucesso pessoal e empresarial.  Melhor qualidade de vida no ambiente de trabalho.  Redução das reações de desperdício (wasteful reactions).  Aumento da determinação para alcançar objetivos extraordinários.  Efetivação da liderança participativa.

que causam mudanças de caráter permanente. . 15 que envolvam cada situação. a ser tomada pelo líder. reduzindo sensivelmente o nível de estresse e garantindo sempre os melhores resultados frente aos desafios do momento. resgatando sempre os princípios e valores essenciais que orientam a organização. O Coaching Possibilita uma avaliação completa de todos os processos que envolvem cada decisão.

Melhoria na qualidade dos relacionamentos.5 COACHING DE EQUIPE Benefícios:  Desenvolve equipes de Alto Desempenho.  Mais empenho e comprometimento dos membros da equipe.4 COACHING DE APRENDIZAGEM Benefícios: Melhoria da qualidade e rapidez da aprendizagem. tanto pessoal quanto profissional. uma vez que a pessoa está mais auto-confiante. Aumento da auto-estima e auto-imagem. Ganhos significativos na vida profissional por estar mais concentrado e livre para trabalhar. o que torna a pessoa vulnerável e carente em vários aspectos do relacionamento. além de muitos outros benefícios diretos e indiretos.  Melhoria contínua dos resultados e alto retorno do investimento.6 COACHING ESPORTIVO Benefícios:  Aumento significativo do desempenho individual e coletivo dos atletas.  Mais cooperação entre colaboradores e líderes em prol dos objetivos em comum.  Melhor qualidade do relacionamento entre as pessoas das equipes. 2. sem aquela vozinha secreta dizendo que você é incapaz de aprender . 16 2. . 2.

considerando todas as áreas da vida: família. finanças. ou atividade praticada por cada membro do time. 17  Mais concentração e tranqüilidade na hora de confrontos de grandes decisões.7 COACHING INTEGRAL Benefícios: Procura analisar o ser humano do ponto de vista integral. saúde. Todas as experiências que vivemos .  Controle das emoções e concentração na tarefa (meta) durante cada jogada. determinados e comprometidos com a conquista de objetivos individuais e coletivos.  Mais certeza da vitória em momentos de dificuldades.8 COACHING INTUITIVO Benefícios: Uma abordagem do coaching que explora os potenciais criativos que resultam do acúmulo das experiências da vida. profissão.  Atletas e times mais motivados. relacionamentos. Trabalha com os quadrantes: eu. espiritualidade.  Aumento da cooperação entre todo o time com a criação de um clima de união em busca de objetivos comuns. inspirados.  Mais percepção do atleta acerca dos processos mentais e emocionais envolvidos durante a atuação. nós.  Rápida recuperação e superação diante de um resultado desfavorável. 2. cultura e sistemas e programa o metas dentro de linhas e níveis de desenvolvimento a serem percorridos preservando a identidade e bem-estar do cliente perante as diferentes fases e níveis de desenvolvimento que esteja atravessando. etc. 2.

. O coaching intuitivo ajuda a resgatar esses conhecimentos e utilizá-los para alcançar resultados produtivos em momento de decisões cruciais na vida do cliente. circulando entre o coach de liderança. a mente inconsciente mantém todos os registros de tudo o que a pessoa aprendeu ao longo de toda a sua existência. Existem diversos tipos de coach hoje presentes no mundo. sistema nervoso e são igualmente distribuídas por todo o corpo. porem vamos nos ater apenas ao mundo empresarial. Enquanto a mente consciente é responsável apenas pela memória de curto prazo do que está acontecendo no momento presente.coach executivo e coach de equipes. 18 ficam registradas em nosso cérebro. O ser humano é dotado de uma mente consciente e uma mente inconsciente. O coaching intuitivo dispõe de ferramentas para acessar esse conhecimento e utilizá-lo para produzir resultados práticos.

. os desejos dos consumidores e as estruturas concorrentes. O coaching é fundamental para ajudar as empresas a evitar aquilo que se pode chamar de “inércia ativa”: reagir ao futuro intensificando aquilo que funcionou no passado. Muda o contexto. focam-se nas pessoas que pensam como eles e que as suportam nos sucessos anteriores. E nesse contexto que o coach assume. de premissas. Em suma as equipes de profissionais e as organizações necessitam aprender a mudar e de mudar a aprender. Quando se buscam resultados operacionais geralmente no campo profissional e empresarial. em certa medida porque os desafia a mudarem de posição. de ajudar as organizações a desenvolver membros organizacionais capazes de executarem eficazmente suas funções. Quando enfrentam novos desafios. mas que são inadequadas aos novos reptos e condições. os líderes tendem a agarrar-se ainda mais profundamente as anteriores fórmulas de sucesso. mudam as tecnologias.CAPÍTULO 3: ONDE ENTRA O COACH? De modo bem genérico o Coaching pode ser aplicado em qualquer situação onde há necessidade de apoio. progressivamente o papel de uma alavanca importante. e a organização carece de mudança. A mudança é uma constante e uma certeza em qualquer organização. de paradigmas. orientação ou interlocução para alcançar uma meta ou resultados. E expectável que o coaching ajude os líderes a quebrarem este ciclo vicioso. Para além de privilegiarem comportamentos antigos.

Aprimorar a administração de tempo .CAPÍTULO 4: OBJETIVO DO COACH Dentre outros: Auto-conhecimento Elaboração e conquista de metas Superação de limites e obstáculos Administração de conflitos e melhora significativa dos relacionamentos. Aumentar a capacidade de administrar mudanças Superação de desafios Capacidade de trabalhar eficientemente em equipes Melhor capacidade na resolução de conflitos Aumento da produtividade e lucratividade.

por exemplo torna-se um líder de equipe mais eficiente de curto ou de logo prazo É comum nessa fase a necessidade ainda não esteja tão definida o suficiente para ser classificado com uma nítida meta de desempenho.CAPÍTULO 5: SETE PASSOS DA INTERVEÇÃO DO COACH: 1 . 7 . 5. 5.1. 6 .identificar a necessidade de melhorar/mudar.essa necessidade pode ser bem especifica. 4 .2. OBSERVAR E REUNIR EVIDÊNCIAS .observar ações e oferecer feedback objetivo. mas em caso de empresa essa necessidade e verificada e sugerida de fora.como por um gerente. geralmente é o coachee (colaborador que determina e possui essa necessidade.observar e reunir evidência. 2 .ajudar a superar contratempos.por exemplo atingir metas definidas de vendas ou índices de satisfação de clientes ou muito ampla. 5 . por exemplo.ajudar a planejar como alcançar essas metas. 3 .criar oportunidades para praticar as habilidades desejadas.motivar para determinar e apropriar-se de metas de evolução pessoal. IDENTIFICA A NECESSIDADE DE MELHORAR/MUDAR Todo coaching começa com a necessidade de mudar.

Em geral quanto mais feedback inicial o coachee tiver a disposição mais úteis e dignas de crédito serão as evidencias das quais partem esse comentários. A observação direta de um coach treinado tem a vantagem da objetividade. a maioria das pessoas tem uma imensa variedade de áreas de conhecimento. comportamento e capacidade em que pode enxergar os possíveis benefícios de uma melhora em seu desempenho.3. 5. o coach normalmente e capaz de contar com sua experiência para identificar fatores causais reais ou possíveis e que para o coachee não são perceptíveis. AJUDA A PLANEJAR COMO ALCANÇAR ESSAS METAS . 5. A decisão de envolver-las seriamente para concretizar tais mudanças e depois mantê-las vivas está relacionada: • ao valor que atribuímos para alcançar essa mudança e os benefícios que esperamos decorrer dela. • a quantidade de esforço que esperamos ter de dedicar a essa mudança. Antes de enfrentar a questão do desempenho propriamente dito e importante que o coach compreenda tanto o desempenho que almeja consolidar. além disso. MOTIVAR PARA DETERMINAR E ALCANÇAR APROPRIAR-SE DE METAS DE EVOLUÇÃO PESSOAL Pode ser muito largo o tamanho do passo entre reconhecer uma oportunidade de mudança pessoal e fazer algo a respeito.4. • ao grau de confiança que sentimos em nossa capacidade de ofertar a mudança e na probabilidade de alcançá-la.

5. E nesse momento que a intervenção verbal do coaching ocupa seu espaço mais significativo. como eles atual assim como o quanto e possível superar os obstáculos e aproveitar os elementos favorecedores. • parcelamento. O coach ajuda o coachee a aumentar a compreensão de cada um desses fatores de influência.5. O coach ajuda o coachee a reconhecer os elementos construtivos da tarefa e priorizar a ordem em que será melhor lidar com eles. como o nível de auto confiança do coachee ou podem estar relacionados aos participantes do próprio ambiente. a fim de compor uma tarefa maior e mais inspiradora. O coach ajuda o coachee a visualizar como e ser bem sucedido. no processo de coaching o parcelamento diz a respeito tanto a subdividir a tarefa em elemento administrativos como a aproximar aspectos aparentemente independentes entre si. CRIAR OPORTUNIDADES PARA PRATICAR AS HABILIDADES DESEJADAS . As perguntas importantes nesse sentido são? Como isso ajudara você a chegar a seu próximo objetivo? O sucesso abrirá ou fechará seu leque de opções? Quem mais está interessado nisso? • mapeamento do contexto de influências (conjunto de elementos favorecedores e obstáculos internos e externos relativos a efetivar e sustentar a mudança desejada) esse fatores podem ser internos. incluem os passos: • esclarecer os resultados (o que o coach quer que aconteça e o que quer evitar que aconteça) está relacionado também com examinar mais uma vez e tomar totalmente consciência das próprias motivações.

• a reafirmação implica a reforçar a confiança do coachee em sua capacidade para alcançar a mudança desejada e para superar os obstáculos. AJUDA A SUPERAR CONTRATEMPOS A historia das mudanças das pessoas e sempre apimentada pelos contratempos. talvez até querendo desistir. Quanto mais demorar mais fácil será cair o nível de comprometimento. re-elaboração da meta. assim que surge um plano e importante colocá-lo imediatamente em prática.6. . encorajando-o a dedicar algum tempo para refletir sobre suas melhorias.7. reavaliação. recursos e relançamento • dentro da revisão o coach garante que o coachee tenha oportunidade para discutir seu progresso e receba o feedback intrínseco necessário. Quer essa oportunidade seja criada por um gerente quer pelo próprio coachee. reagrupamento. O coach eficiente reconhece a possibilidade de contratempos prepara o coachee para essa eventualidades e oferece seu apoios e compressão por meio de uma processo de 7 passos: revisão. reafirmação. mas em alguma ocasiões o coachee pode se sentir desanima. 5. o coach eficiente gradualmente desloca a ênfase do feedback extrínseco (dado ao coachee) para o intrínseco (ele mesmo se dá) assim o coachee se mostrará capaz para se encaminha novos desafios 5. as vezes podemos perceber com uma boa analise do contexto e então preparar táticas para lidar com cada situação que surgir. OBSERVAR AÇÕES E OFERECER FEEDBACK OBJETIVO Quanto mais for objetivo o feedback maior será o impacto. o feedback dado nesse ponto.

• finalmente relançamento e a etapa em que se verifica de que maneira o coachee voltara aos processos com entusiasmo energia .• o coach ajuda seu coachee no reagrupamento. ou o posicionaria em condições de desempenhar o mesmo papel em outra empresa. que papel alternativo poderia lhe dar a mesma satisfação no trabalho. auxiliando-o a se distanciar um pouco do problema realizando um levantamento de tudo o que já foi conquistado e conclui uma verificação das condições reais do seu desempenho. • na reavaliação o coachee reexamina suas motivações e necessidade para melhorar: continuam fortes? Senão continuam o que poderia motivar o coachee novamente? • re-elaboração da meta esta relacionado a recalibrar e refocar. talvez? • avaliar os recursos ao coachee ajuda-o a considerar como é onde poderá contar com fontes complementares de apoio para mudanças que quer realizar. Se a meta não pode ser alcançada em três meses que tal em seis? Se o coachee não pode receber a promoção que almeja.

• Alteração na maneira de encarar uma dificuldade. com a ação e com os resultados. • Busca soluções para problemas considerados “insolúveis” anteriormente. • Entusiasmo com os avanços conseguidos. • Relato dos efeitos positivos dos novos comportamentos adotados. • Comprometimento com o processo.CAPÍTULO 6: RESULTADOS DO COACH Quando o processo de coaching vai bem. • Ampliação da autoconsciência. • Feedbacks espontâneos a respeito das mudanças / avanços / constatações. observa-se no coachee: • Uma compreensão crescente e aprofundada do que é importante. • Busca por trazer questões e opções para serem analisadas. . • Confiança no coach e no processo.

Desenvolve um programa de avaliação de resultados com significado alinhado entre todos os colaboradores. Quando o indivíduo se percebe valorado e tem espaço para se desenvolver ele não vê razão de afastamento. Fuga de talentos: o capital Humano passa a ser de fato valorizado. Os colaboradores são estimulados a se desenvolver e passam a buscar satisfação no que fazem. O reconhecimento da atuação leva à responsabilidade com o resultado final do todo. Falta de comprometimento com o negócio: o desenvolvimento das lideranças torna as equipes mais contributivas uma vez que se percebem dentro do todo e reconhecem suas contribuições individuais. . pois o que se busca é o valor que está além das palavras.CAPÍTULO 7: INTRODUÇÃO DA CULTURA DO COACHING EM SUA EMPRESA Em uma cultura Comando e Controle estimula-se a aprendizagem e a criatividade. aceleram a aprendizagem. como resultado. as pessoas questionam. Promove melhoria da comunicação e assegura que a Visão e Missão e os objetivos da organização sejam compartilhados. todos se desenvolvem como líderes. Ainda: Desenvolve maior vitalidade corporativa. todos se tornam mais responsáveis. e a necessidade do Comando e Controle é substituída por um ambiente de respeito mútuo e pró-ação na resolução de problemas. independente de seus níveis. e quando encorajadas.

1.  Ter que sair da zona de conforto.  Não confia na organização ou na pessoa que sugeriu o trabalho de coaching.  Receio de que seus pares e subordinados deixem de respeitá-lo.  Receio de ser tachado de incompetente.  Ter que se submeter a um “treinamento” que poderá expor suas limitações. incapaz de resolver suas dificuldades sem a ajuda de alguém.  Insegurança / Baixa auto-estima.  Não deseja assumir maiores responsabilidades.  Receio de ser considerado privilegiado.  Achar que não tem mais nada para aprender. protegido.  Falta de flexibilidade.  Não obter os resultados esperados e ser despedido. subordinados.CAPÍTULO 8: POR QUE UM PROFISSIONAL RESISTE EM FAZER COACHING? 8. JUSTIFICATIVAS E RECEIOS MAIS COMUNS  Receio de ser criticado pelos pares. “queridinho do chefe”. etc.  Acha que quem precisa é o chefe. .  Receio de ser cobrado pelos resultados. superiores hierárquicos.  Perder seu "tempo precioso" em vez de fazer o seu trabalho.  Resistência à mudança.

No entanto. .Um coachee que se permite enfrentar seus receios e passa pelo processo. assim. Tais receios são mais comuns do que se imagina e muito tem a ver com o momento da vida e a maneira de ser da pessoa. sai deste transformado pela própria capacidade de superação e transformação muitas vezes desconhecidas. um bom coach sabe entender cada situação e conduzir o processo de coaching no sentido de assegurar ao coachee as condições para que tais receios só confirmem a beleza do crescimento pessoal e profissional pelo entendimento e superação das próprias percepções limitantes.Um coach que sabe lidar com a resistência do coachee pode fazer dela uma ferramenta a mais no processo de coaching e o ajuda. ou com o estilo de gerência e cultura organizacional na qual ela está inserida. a não desistir de seu próprio desenvolvimento.  Considera que admitir suas limitações colocará o seu cargo em risco.

em um ritmo muito mais rápido do que no passado. que é exatamente que acontece em muitas equipes.CAPÍTULO 9: LIDERES OU COACH? Pode parecer estranho fazer distinção entre liderança e coaching de equipe quando há argumentos tão convincentes a respeito de o coaching ser uma parte integral do papel e das rotinas do líder. LIDERES COACH Controla o comportamento Libera o potencial Dá ordens Motiva Conduz as pessoas Aconselha Foca na execução da tarefa Foca no processo Resolve problemas Ouve e ensina a resolver os problemas Inspira medo Inspira entusiasmo Preocupa-se com as coisas Preocupa-se com as pessoas Diz “eu” Diz “nós” Assume a responsabilidade Compartilha a responsabilidade Dirige as pessoas Serve às pessoas Sabemos que não existe um perfil ideal para um líder. .no entanto há a necessidade de o líder de equipe reconhecer que e preciso atentar igualmente para a administração do dia a dia da equipe e para o desenvolvimento de suas capacidades e de seus recursos grupais. A habilidade que denominamos de coaching. Com as atuais transformações do padrão de comportamento das pessoas. arisca torná-lo um extra opcional. Precisamos obter o máximo de benefícios para todos. pessoas e organizações. Fazer do coaching uma atividade separada. Liderança tem a ver com gestão de pessoas e resultados. surge a necessidade de uma nova habilidade.

encorajar. 2) Descrever a discrepância de performance e suas consequências. no líder. ou alcance. ALGUNS PASSOS-CHAVE ESSÊNCIAIS 1) Conhecer a você mesmo e os outros. através de um follow-up apropriado a cada situação ou pessoa. de cada vez. . ampliar visão. destacando uma área específica. entendendo e administrando a riqueza da diversidade de sua equipe. de acordo com a necessidade e o contexto de cada membro da equipe. especificando o comportamento a ser trabalhado e não atacando a identidade dos liderados.CAPÍTULO 10: COMO SE TORNAR UM LÍDER COACH EFICIENTE 10. 6) Dar feedback contínuo . motivar ou promover mudanças. 7) Fazer reconhecimento contínuo. da performance que beneficiará a empresa e resultará na construção da confiança da equipe. na empresa e neles mesmos. corrigir.para ensinar. 3) Dar feedback inicial.sabendo discernir qual tipo de feedback se aplica a cada situação . de forma clara e assertiva. 4) Envolver os liderados na solução da questão a ser trabalhada. a ser trabalhada ou desenvolvida.1. focar. e na equipe. 5) Envolver os liderados no processo direcionado ao aumento. 8) Criar a percepção na equipe de que o processo formal instalado é sério. direcionar.

possibilitando o melhoramento contínuo da liderança. 9) Contribuir para uma cultura de coaching na organização. dos liderados e dos resultados empresariais via capital humano. .

Miguel Pina e Cunha.Armenio Rego.EDITORA ESCALA COACHING EFICAZ.EDITORA GENTE .David Clutterbuck.Carlos Miguel de Oliveira e Ana Regina Marcelino.REFERÊNCIAS COACH PARA EXECUTIVOS.