A Transparência Brasil é uma organização brasileira, independente e autônoma.

Rua Francisco Leitão 339 cj 122 05414-025 São Paulo SP Brasil Tel: 55 11 3062 3436 e-mail: tbrasil@transparencia.org.br www.transparencia.org.br Presidente: Eduardo Ribeiro Capobianco Diretor executivo: Claudio Weber Abramo

Em 2010, senadores candidatos usam mais verba para divulgar mandatos do que senadores não candidatos
Quarenta e quatro senadores que concorrem às eleições de outubro gastaram juntos cerca de R$ 1 milhão entre janeiro e julho com divulgação do mandato parlamentar, de acordo com relatório produzido a partir de dados do Excelências (http://www.excelencias.org.br), projeto da Transparência Brasil. Cada senador candidato embolsou no período R$ 22 mil em média a título de ressarcimento por uso da verba dita “indenizatória” em consultorias (que incluem assessores de imprensa, marqueteiros, etc.) e divulgação do mandato, quantia 48% maior do que o montante médio utilizado por cada senador não candidato. Entre os quatro maiores partidos, o DEM reúne os senadores com maiores gastos em divulgação de mandato: despesa média de R$ 39 mil, quase o dobro dos gastos médios dos senadores do PMDB (R$ 21 mil), mais do que o dobro dos senadores do PSDB (R$ 17 mil) e quase o quádruplo do PT (R$ 10 mil). As cinco bancadas estaduais que mais gastaram em divulgação reúnem os senadores do Distrito Federal, Alagoas, Tocantins, Rio Grande do Norte e Piauí. Por outro lado, as cinco bancadas com menos despesas apresentadas são as de São Paulo, Roraima, Sergipe, Espírito Santo e Minas Gerais. O relatório completo está disponível em http://www.excelencias.org.br/docs/SenadoresDivulga.pdf.
Contacto: Fabiano Angélico (coordenador de projetos) 11 3062 3436

/opt/scribd/conversion/tmp/scratch2647/38549585.doc

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful