You are on page 1of 2

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Capital


www.pjc.sp.gov.br

TERMO DE DECLARAÇÕES

Aos 16 de agosto de 2010, às 14h, no gabinete da 9ª


Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Capital, situada à
Rua Riachuelo, nº 115, 7º andar, presente o Dr. Saad Mazloum, Promotor
de Justiça, compareceu o Sr. MAICON XXXX, brasileiro, solteiro,
Operador de Telemarketing, RG XXXX SSP/SP, com endereço na Travessa
XXXXXXX, Cidade São Mateus - São Paulo. Inquirido, respondeu: O
declarante comparece nesta Promotoria atendendo a convite formulado pelo
Promotor de Justiça no Blog do Ônibus, pois possui informações úteis relativas
ao Consórcio Leste 4. O declarante utiliza-se diariamente, por volta de
21h30min, da Linha 309T-10 (Área 4, Zona Leste – empresa Novo Horizonte),
do Consórcio Leste 4, para ir ao trabalho, que fica na Av. Antártica XXX,
Barra Funda. Pega este ônibus (tipo padrão) na Radial Leste, antes do Viaduto
Conselheiro Carrão. Os ônibus dessa linha estão sempre superlotados, sujos,
cheios de baratas e até mesmo ratos. Afirma que a última dedetização nos
carros foi feita em 2003 ou 2004, pois há um certificado colocado no painel do
ônibus com essa informação. Os operadores (motoristas) não respeitam as leis
de trânsito, falam ao celular enquanto dirigem, tratam mal os usuários,
idosos. Os ônibus também atrasam bastante, por volta de 30 a 40 minutos de
atraso, havendo excessivo intervalo entre um e outro ônibus. É comum
também, após o excessivo atraso, aparecerem 2 ou 3 ônibus, um atrás do outro.
Também é bastante comum os condutores dos ônibus dessa linha, que ostentam
os números 44166, 44488, 44472, 44154 e 44362, trafegarem na contramão,
isso nas Av. Celso Garcia e Av. Rangel Pestana, sempre correndo, arriscando
a vida dos passageiros. O declarante acredita que os motoristas assim procedem
porque cumprem não cumprem o horário, estão sempre atrasados, de modo que,
para compensar, procuram “cortar caminho”. O declarante reconhece tem outras
opções para ir ao trabalho. Pode pegar as Linhas 3390-10, 3391-10 e 3391-31,
todas da Himalaia (Consórcio Leste 4). No entanto, elas não cumprem os
horários. Também sempre atrasam. Os ônibus também estão sempre sujos,
cheios de baratas e ratos. Na volta do trabalho, por volta de 5h30min, o
declarante utiliza-se dessa mesma linha 309T-10. Pega esse ônibus no
Terminal Princesa Isabel (TS). Os ônibus, que deveriam sair às 5h30min,
sempre atrasam e saem por volta de 5h45min. O ônibus das 5h45min saí às 6h.
E assim sucedem-se os atrasos. Além disso, os ônibus também saem sempre
superlotados. O declarante tem outras opções para voltar do trabalho. São as
MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO
Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social da Capital
www.pjc.sp.gov.br

mesmas Linhas 3390-10, 3391-10 e 3391-31, da Himalaia (Consórcio Leste 4).


Mas também atrasam bastante. Para ir para a faculdade, o declarante utiliza-
se da linha 4301-10, isto por volta de 7h30min. Pega o ônibus no Metrô
Carrão, para chegar até a Alameda Santos, faculdade Cásper Líbero. Essa linha
também apresenta os mesmos problemas: superlotação, atrasos constantes,
intervalos excessivos entre uma e outra condução. Volta da faculdade, para
casa, de Metrô. Fica na Estação Carrão e então utiliza-se da linha 3703-10 até
sua casa. Nesse horário, essa linha não apresenta problema, o que é uma
exceção em se tratando do Consórcio Leste 4. O declarante já fez diversas
reclamações, cerca de 30, na SPTrans e no próprio consórcio Leste 4. O
declarante encaminhará cópia dos protocolos dessas 30 reclamações. Até hoje
os problemas continuam, sem qualquer solução. Esses atrasos constantes e a
superlotação tem causado sérios transtornos para a vida do declarante. Tem lhe
causado muito cansaço e estress, pois ao chegar ao seu destino ainda tem que
enfrentar mais 6 horas 20 minutos de trabalho. O declarante depende
exclusivamente de ônibus. Tem sido comum o declarante chegar atrasado ao
trabalho e à faculdade. O declarante já teve descontados valores em razão de
atrasos no trabalho. O declarante realmente não suporta mais tanto transtorno
em sua vida, por causa dessa condução precária, e pede uma solução definitiva.
Afirma que o Consórcio Leste 4 presta esse péssimo serviço à população da
zona leste desde quando foi contratada, isso há 3 anos, aproximadamente.
Conhece bastante gente nessa mesma situação. As pessoas reclamam bastante
dessas e outras linhas do Consórcio Leste 4. Já houve até briga entre fiscais do
Consórcio Leste 4 e usuários. O declarante acompanha diariamente o Blog do
Ônibus. Informará através do Blog eventual melhora da linha, embora não tenha
muita esperança disso ocorrer, se não forem adotadas medidas bastante
drásticas. Nada Mais. Lido e achado conforme, vai este termo assinado por
mim, Promotor de Justiça Saad Mazloum, e pelo declarante.

Saad Mazloum
9º Promotor de Justiça do Patrimônio Público e Social

Maicon Aguiar Correa


Declarante