You are on page 1of 4

PLANO DE AULA

1) Tema: Aprendizagem

2) Data: 19/08/2010

3) Local: Complexo Aquático FMU

Nível 1

Nível 2

Nível 3

4) Faixa Etária: 12 a 14 anos

5) Nível Maturacional:
Segundo Mussen (1972), citado por lima (1999), maturação é o estado ou
estagio de prontidão neurofisiológica que os indivíduos apresentam em
realizar determinadas tarefas independente ou não do meio ambiente.
“Podemos dizer que os indivíduos aprendem a nadar os nados competitivos
quando desenvolvem a coordenação mais fina, pois os movimentos exigidos
são semelhantes ao de ler e escrever, que ocorrem dos 4 aos 6 anos,
precocemente aos 4 anos e tardiamente aos 6 anos. “Urizzi, William e Klar,
Alberto (2005).
Segundo Cavallari, Vinicius e Zacharias, Vany, há uma desvalorização das
brincadeiras e grande valorização das atividades competitivas e querem ser
tratados como adultos.
Sabendo disso, sugeri trabalhar com crianças que iniciarão a natação entre
10 a 12 anos e estaria no nível 3 entre 12 a 14 anos.

6) Nível Pedagógico: Nível 3


Pernada e braçada do nado peito, coordenação dos braços e das pernas do
nado peito, respiração do nado peito, nado peito completo.

7) Método de ensino: Parcial

8) Duração da Aula: 45 minutos


Horário: 9:50 às 10:35

9) Objetivo da aula: Aprender o nado peito.

10) Materiais: Pranchas, Espaguetes

11) Conteúdo Programático:


A- Aquecimento: 5 minutos do nado crawl e costa, sendo, ida e volta do
nado crawl e logo em seguida ida de crawl e volta com nado costas.
B- Parte Principal: 35 minutos. Exercícios:
1) Em pé, segurando a borda, fazer a pernada de peito só com a perna
direita.
2) Em pé, segurando a borda, fazer a pernada de peito só com a perna
esquerda.
3) Em pé, segurando a borda, fazer a pernada de peito alternado.
4) Em decúbito ventral, fazer a pernada de peito com o auxílio da prancha
5) Em decúbito Ventral, fazer a pernada de peito com os braços estendidos
a frente.
6) Em decúbito Dorsal, fazer a pernada de peito com o auxílio da prancha
em cima das costelas.
7) Em pé, fazer fora da água a braçada do peito em forma de coração.
8) Em pé com o tronco flexionado, fazer dentro da água a braçada alternada
do nado peito
9) Em pé com o tronco flexionado, fazer dentro da água a braçada
simultânea do nado peito.
10)Em Decúbito Ventral, fazer a pernada de peito com auxilio da prancha,
realizando a respiração frontal.
11)Em decúbito ventral, fazer a pernada de peito com auxilio da prancha,
realizar a respiração frontal e a braçada, somente com o braço direito.
12) Em decúbito ventral, fazer a pernada de peito com auxilio da prancha,
realizar a respiração frontal e a braçada, somente com o braço esquerdo.
13) Em decúbito ventral, fazer a pernada de peito com o auxilio da prancha,
realizar a respiração frontal alternando os braços.
14) Em decúbito ventral, fazendo a pernada de crawl, o aluno vai realizar o
movimento completo da braçada de peito com a respiração frontal.
15) Em decúbito ventral, fazer braçada e pernada de peito com respiração
frontal
16) Em decúbito ventral, fazer uma braçada e pernada com o bloqueio da
respiração e outra braçada/pernada sem bloqueio.
17) Em decúbito ventral, nadando peito completo, deslize e retomar o nado
em seguida.

C- PARTE FINAL: 5 minutos: fazer bolinhas de ar em baixo da água e


depois perguntar o que acharam da aula e agradecer pela aula.

12) CONCLUSAO:
A- Antes da pratica: Após muitas pesquisas, sendo em livros, artigos e
sites. Terminei o plano de aula satisfeito com a parte teórica, mesmo
fazendo os exercícios proprosto na pratica, nunca dei uma aula de
natação. Sera uma experiência incrível ter alunos de natação pois
nunca pensei em dar aula de natação e talvez seja um ramo que eu
venho a seguir posteriormente.

13) REFERENCIAS BIBLIOGRAFICAS:


• Urrizi, William (1999), Ensinando natação. São Paulo, Phorte Editora.
• NETTO, José, B.(1998), Natação: didática moderna da Aprendizagem.
Londrina, Lazer & Sport.
• Klar, Alberto e Urizzi, William (2005), Atividades Aquáticas, vol. 1. São
Paulo, Literativa.
• Klar, Alberto e Urizzi, William (2005), Atividades Aquáticas, vol. 2. São
Paulo, Literativa.
• Cabral, Fernando; Cristianini, Sanderson; Souza, Wagner; (2001),
Natação: 1000 exercícios, São Paulo, Sprint.
• Cavallari, Vinicius e Zacharias, Vany (2009), Trabalhando com
recreação, vol. 11. São Paulo. Editora Cone.

FMU

FACULDADE DE EDUCAÇÃO FÍSICA

APRENDIZAGEM

CONDICIONAMENTO AQUÁTICO

Componente: Fernando Henrique dos Santos Claro – Nº 15

Turma – 14104B

Professores: Alberto Bernardo Klar

William Urizzi
SÃO PAULO

2010