NEUROPATIAS PERIFÉRICAS

ESCOLA DE MEDICINA UCPEL Prof. Antonio J. V. Pinho

Padrões
‡ Mononeuropatias: Grupo das lesões
isoladas de nervos periféricos. Podem ser: - única: lesão de um único nervo. - múltipla: lesões múltiplas isoladas. ‡ Polineuropatias: Grupo em que as lesões manifestam distúrbios bilaterais simétricos das funções motoras e sensitivas.

Fisiopatologia ‡ As lesões nos nervos podem ser por: .Degeneração axonal (NEUROPATIA AXONAL ou NEURONAL) .Desmielinização paranodal ou segmentar (NEUROPATIA DESMIELINIZANTE) .

.Neuropatias Axonais ‡ Velocidade de condução normal ou levemente diminuída. ‡ Com denervação dos músculos envolvidos.

.Neuropatias Desmielinizantes ‡ Velocidade de condução acentuadamente reduzida ou abolida. ‡ Sem sinais de denervação muscular.

seca. lisa. atrofia muscular. reflexos tendinosos diminuídos. hiperpatia. brilhante e fria. Autônomo: Pele vermelha. . Objetivo: Hipoestesia total. ‡ Sensibilidades: Subjetivo: dores. dormências.Sinais e Sintomas ‡ Motricidade: Fraqueza muscular. formigamento. N. ‡ S.

Diabete. Hereditariedade. Artrite Reumatóide. Deficiência nutricional. Herpes Zoster. Drogas. Carcinomas e malignidade. Uremia. Intoxicações exógenas. Alcoolismo.. Lepra. etc. Poliarterite Nodosa. Linfomas e Hodgin. Mixedema. Infecções.Causas ‡ Difteria. . Sarcoidose. Hepatopatias. Mieloma Múltiplo. Leucemia.. Amiloidose.

brilhante e seca.Severa: somam-se a plegia. dormência.POLINEUROPATIAS ‡ Formas: .Moderada: somam-se a paresia. lisa. a hipoestesia (em bota e em luva). hiporreflexia. .Leve: com dor. . bexiga atônica (retém). sem paresia ou hipoestesia ou hiporeflexia. a pele vermelha. hipotensão ort. impotência. a anestesia. formigamento. a arreflexia. .

Tratamento ‡ Remover a causa determinante. fenitoina e drogas tricíclicas antidepressivas. proteger contra queimaduras e traumatismos ‡ Terapia sintomática: analgésicos. . ‡ Bexiga atônica: Cloreto de betanecol. a midrodrina. ‡ Terapia física: fisioterapia. carbamazepina. ‡ Hipotensão ortostática: meias elásticas. a fludocortisona.

simétrica. ‡ Manifesta-se por fraqueza progressiva. ascendente podendo atingir a respiração e a deglutição. ‡ Usar: plasmafarese. Imuglobulina. vacinas ou procedimentos cirúrgicos.Síndrome De Guillain-Barré ‡ É uma polirradiculoneuropatia motora. ‡ Líquor com aumento de proteína. . medidas de suporte. hospitalização. ‡ Acompanhada de doença infecciosa.

Ataxia de Friederich.Polineuropatias Hereditárias ‡ ‡ ‡ ‡ Doença de Charcot-Marie-Tooth. Doença de Refsum . Doença de Dejerine-Sottas.

. Pode surgir tremor. Mais tarde polineuropatia iniciando nos MIS. HMSN ipo II axonal. Diferençar da: Atrofia Muscular Espinhal Progressiva Distal.Doença de Charcot-Marie-Tooth ‡ Deformidade no pé ou distúrbio da marcha na ‡ ‡ ‡ ‡ infância ou na puberdade. HMSN tipo I desmielinizante.

. ‡ A forma mais comum é a autossômica recessiva.Doença de Dejerine-Sottas ‡ Manifesta uma Polineuropatia sensitivomotora. (HMNS tipo III). que começa na infância.

Ataxia de Friedreich ‡ Inicia na infância ou puberdade. ‡ Mostra ataxia e demais sinais cerebelares. coluna lateral e posterior.Ataca cerebelo. . gânglios espinhais. ‡ Fraqueza nas pernas e Babinski. fibras sensitivas. ‡ Perda das sensibilidades e reflexos diminuídos. etc.

.Doença de Refsun ‡ Distúrbio do metabolismo do ácido fitânico. (HMSN tipo IV). ‡ Pode ter disfunção da audição. ‡ Mostra degeneração pigmentar da retina com polineuripatia sensitivo-motora e sinais cerebelares. cardiomiopatia e alterações cutâneas.

Da macroglobulinemia. . Do Mieloma Múltiplo. Do alcoolismo. Da deficiência nutricional. Da uremia.Polineuropatias dos distúrbios sistêmicos e metabólicos ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Da diabete. Da amiloidose.

. neuropatia motora assimétrica. neuropatia autonômica e lesões isoladas de nervos. ‡ Pode mostrar: polineuropatia mista. radiculopatia tóraco-abdominal.Polineuropatia da diabete ‡ A polineuropatia sensorial é a mais frequente. ‡ Tratamento: controle da diabete e da dor.

. Da Doença de Lyme. Da artrite reumatóide.Polineuropatias Das Doenças Inflamatórias ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Da lepra. Da AIDS. Da sarcoidose. Dos soro-positivos ao HIV. Da Poliarterite.

‡ Tóxicas (pesticidas. ‡ Das doenças malignas. etc). .Outras Polineuropatias ‡ Associadas à doenças críticas.

Facial. Do Ulnar.Mononeuropatias ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Túnel do carpo. Do femural Do ciático. Do interósseo Anterior e Oronador Redondo. Do Peroneal Comum. . Do canal do Tarso. Do radial.

depois antebraço. dificuldade da fechar a mão. hipoestesia na face interna da mão. Provocada pelo retináculo dos flexores. ‡ Tratamento cirúrgico . Compressão do nervo mediano.Síndrome Do Túnel Do Carpo ‡ ‡ ‡ ‡ Causa traumática. manifesta dor na mão. a maioria das vezes.

Pronador Redondo.Síndrome do Interósseo Anterior ou do Pronador Redondo ‡ Por lesão entre as duas cabeças do M. . sem dor. ‡ Fraqueza desse músculo e do flexor longo do polegar e flexor profundo dos dedos para o segundo e terceiro dedos. ‡ Tratamento cirúrgico: descompressão.

‡ Perda sensitiva do 5 e metade do 4 dedo. ‡ Tratamento cirúrgico. . terceiro e quarto lumbricais. todos os interósseos. oponente do dedo mínimo. o adutor do polegar e o flexor curto do polegar (mão em garra). abdutor e flexor do dedo mínimo. borda medial da mão e antebraço.Lesão Do Nervo Ulnar ‡ Ocorre no epicôndilo medial. ‡ Fraqueza nos músculos flexor profundo dos dedos e flexor ulnar do carpo.

‡ Perdas motoras depende da altura da lesão. no cotovelo. ‡ Perda sensitiva nas costas da mão.Lesão Do Nervo Radial ‡ Por muletas ou pendente nas costas das cadeiras e deitar sobre o braço. ‡ Tratamento: geralmente cirúrgico. no antebraço e no punho. . somente. Em axila perde a extensão do antebraço. entre o polegar e o indicador. do punho e das falanges proximais e polegar.

Lesão Do Nervo Femural ‡ Ocorre no diabete. ‡ Perda sensitiva da face ântero-mediana da coxa e em pequena faixa até o calcanhar. por pressão do ligamento inguinal. ‡ Fraqueza e atrofia do M. hematomas. . neoplasias e aneurismas retro-peritoniais. perda do reflexo patelar. quadríceps da coxa.

diabéticos ou na gestação. ‡ Tratamento cirúrgico: descompressão do nervo na altura do ligamento inguinal. hipoestesia ao longo da face externa da coxa. ‡ Em obesos. ‡ Manifesta dor.Meralgia Parestésica ‡ Lesão do Nervo Cutâneo Femural Lateral. parestesias. . unilateral e melhora quando o paciente senta.

‡ Perda da extensão da coxa.Lesão do Nervo Ciático ‡ Por injeções profundas. Incomum a lesão completa. ‡ Reflexo aquiliano perdido. . ‡ Perda das sensibilidades abaixo do joelho. traumas. da flexão do joelho e de todos os movimentos do pé e do calcanhar.

.Lesão do Nervo Fibular Comum ‡ Lesão na cabeça e colo da fíbula. ‡ Perda sensitiva no dorso do pé e face lateral da perna. ‡ Perda da dorso-flexão e eversão do pé. que resulta da queda do pé.

deixando de fora o calcanhar.Síndrome do Canal Tarsal ‡ O canal tarsal é na altura no maléolo medial. Pouca fraqueza muscular. ‡ Tratamento cirúrgico: descompressão. ‡ Manifesta dor. . hipoestesia na parte inferior do pé. onde passa o N tibial posterior (ramo do anterior). parestesias.

sarcoidose. Doença de Lyme. com desvio da boca para o outro lado. ‡ Mostra paralisia dos músculos da hemiface ipsilateral ao nervo lesado.Lesão Do Facial ‡ Ocorre no HIV. perda das rugas da testa ipsilateral e fenda palpebral aberta. ‡ Tratamento: antinflamatórios e fisioterapia. Mais freqüente é a de Bell. .

Plexopatia ‡ Neuropatia do plexo braquial. ‡ Síndrome da Costela cervical. ‡ Neuropatia do Plexo lombo-sacro. .

. ‡ A forma idiopática ataca C5 e C6. . anomalias. traumas.Neuropatia Do Plexo Braquial ‡ Ocorre por neoplasias. com perdas motoras. .Pode haver atrofias.Tratamento sintomático.Causa desconhecida. sensitivas e reflexas. .

Atrofia dos músculos intrínsecos da mão e eminência tenar. Dor no trajeto do nervo ulnar.Síndrome da costela cervical ‡ Comprime C8 e T1 ou tronco inferior. . Pulso radial diminuído ou obliterado ao respirar fundo e virar a cabeça. ‡ Provocado por costela em C7 ou processo ‡ ‡ ‡ ‡ transverso longo. Tratamento cirúrgico.

sensitivas e reflexas. alterações motoras. ‡ Causa dor. hemorragias e traumatismos ou de forma idiopática.Lesão Do Plexo Lombo-sacro ‡ Ocorre no diabete. . câncer. ‡ Depende da parte do plexo afetado. fraqueza.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful