P. 1
Curso de Informática Para Concursos - João Antônio - PDF

Curso de Informática Para Concursos - João Antônio - PDF

|Views: 694|Likes:
Published by andreacarlaleao

More info:

Published by: andreacarlaleao on Oct 19, 2010
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as TXT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2013

pdf

text

original

Curso de Informática Para Concursos - João Antônio - PDFScribd Upload a Document Search Books, Presentations, Business, Academics...

Explore DocumentsBooks - FictionBooks - Non-fictionHealth & MedicineBrochures/CatalogsGovernment DocsHow-To Guides/ManualsMagazines/NewspapersRecipes/MenusSchool Work+ all categoriesFeaturedRecentPeopleAuthorsStudentsResearchersPublishersGovernment & NonprofitsBusinessesMusiciansArtists & DesignersTeachers+ all categoriesMost FollowedPopularSign Up Log In1First Page Previous Page Next Page / 329Zoom Out Zoom In Fullscreen Exit FullscreenSelect View Mode View ModeBookSlideshowScrollReadcast Add a Comment Embed & Share Reading should be social! Post a message on your social networks to let others know what you're reading. Select the sites below and start sharing.Readcast this Document Login to Add a Comment Share & EmbedAdd to Collections Download this Document for FreeAuto-hide: off CURSO ON-LI NE – I NFORMÁTI CA – PROFESSOR JOÃO ANTONI O ww w. po nt od os co nc ur so s. co m. br 1 AULA 0: I NTRODUÇÃO PA RTE 1 Olá pessoal, finalmente eu quebrei a resistência de montar um curso on-line e estou aqui! Uma das coisas que eu apresento no início das minhas aulas “presenciais”, como diz o Vicente, é uma série de conceitos necessários à compreensão do que é realmente importante para os concursos. O que é um computador? É um equipamento eletrônico que processa informações. Mas, o que é processar informações? É, no mínimo, calcular! Portanto, o computador é, no mais cru conceito, uma calculadora. Como funciona o computador? Em poucas palavras, o computador: 1) Recebe dados de entrada; 2) Processa esses dados que entraram; 3) Armazena esses mesmos dados; 4) Devolve dados de saída para o usuário. Por onde os dados entram?Pelos equipamentos conhecidos como Equipamentos de Entrada, ou Dispositivos, ou ainda, Periféricos de Entrada. Todos os equipamentos que permitem a inserção de dados no computador são listados neste rol, como o Teclado, o Mouse, o Scanner, o Microfone entre outros. Onde os dados são pr ocessados?Dentro de um componente conhecido como CPU (Un idade Cent ral de Pr ocessament o) , também conhecida como Microprocessador (se bem que eu não os concebo como sinônimos, mas isso é outra história). A propósito, a CPU não é aquele caixote metálico que fica em cima da mesa do computador, aquilo lá é oGa bi ne t e . Este é o processador (ou CPU). CURSO ON-LI NE – I NFORMÁTI CA – PROFESSOR JOÃO ANTONI O ww w. po nt od os co nc ur so s. co m. br 2 Esse é o Gabinete. Daqui a pouco falarei mais sobre a CPU! On de os dado s são ar mazenado s? Em componentes eletrônicos conhecidos como memórias. Então, memória é simplesmente o local onde os dados são armazenados. Em um computador existem vários tipos de memórias: algumas que servem para guardar dados por alguns segundos, outras que armazenam dados para a posteridade (dias e até anos!). Conheceremos mais adiante os tipos de memórias e suas características. Por onde os dados saem? Pelos equipamentos conhecidos como equipamentos de Saída de dados, ou periféricos de saída. O Monitor, a Impressora são exemplos destes equipamentos. Quem coordena tudo isso?Um computador não funciona “sozinho”. É necessário que ele (o computador) seja “adestrado” para fazer as coisas que faz, e esse “adestramento” é feito por programas. O qu e são Pr og ramas? São

roteiros, escritos por programadores (gente de carne e osso), que apresentam seqüências de instruções que o computador deve seguir para realizar determinadas tarefas. Windows, Word, Excel são exemplos de programas. Por mais complexos que sejam os programas, como o Word, por exemplo, eles são formados por várias instruções (pequenas “ordens” que o computador deverá obedecer). Como as informações (Dados e Instruções) são guardadas no computador? Todas as informações que um computador manipula são guardadas na forma de sinais elétricos discretos (pulsos elétricos) que podem assumir dois valores, basicamente. Como os sinais elétricos assumem, primariamente, dois valores (desligado e ligado), nós dizemos que esses valores são representados como 0 (zero) e 1 (um). Cada pulso elétrico em um computador (seja 0 ou 1) é chamado de bit (dígito binário) e normalmente é reunido em conjuntos de 8 para significar algo (8 bits formam um byte – termo binário). Então, temos que: 1 é um bit, 0 é um bit, 10010011 é um byte. CURSO ON-LI NE – I NFORMÁTI CA – PROFESSOR JOÃO ANTONI O ww w. po nt od os co nc ur so s. co m. br 3 Os bits e bytes são usados para medir as informações que passam e são armazenadas em um computador. Todas as memórias têm suas capacidades medidas em bytes, as transferências de dados são medidas em bytes por segundo ou bits por segundo, etc. Em suma, você vai ouvir falar muito em bits e bytes, mas principalmente em bytes, que medem a quantidade das informações presentes em um micro. Um bit não serve para armazenar nada compreensível, mas um byte é a medida suficiente para armazenar um caractere (letra) que usamos em nosso dia a dia. Veja o exemplo: C = 01000011 A = 01000001 S = 01010011 A = 01000001 Em outras palavras, todas as informações que manipulamos em um computador são, na verdade, sinais elétricos. Ou seja, letras, números, desenhos, fotos, sons e vídeos são, na verdade, BITS e BYTES ora armazenados em memórias, ora sendo processados pela CPU do computador (até esse texto que você está lendo é um conjunto de ZEROS e UNS!). Como um byte é muito pouco, pois só dá para armazenar um caractere, recorremos a palavras multiplicadoras para representar quantidades maiores de bytes reunidos: 1 Kilobyte (KB) = 1024 Bytes (aproximadamente 1000 bytes) 1 Megabyte (MB) = 1024 x 1024 Bytes (aprox. 1 milhão) 1 Gigabyte (GB) = 1024 x 1024 x 1024 Bytes (aprox. 1 Bilhão) 1 Terabyte (TB) = 1024 x 1024 x 1024 x 1024 Bytes (aprox. 1 Trilhão) E por aí vai! Não chegamos, nos computadores pessoais, a TB, mas estamos bem perto! O interessante não é saber isso somente para saber, e sim para utilizar na pratica, mas como!?!? On de os pr og ramas são gu ar dados e qu em ex ecut a su as instru ções? Bom, aí temos dois responsáveis: Todos os programas são guardados, assim como todas as informações, em memórias. Para que o programa esteja acessível sempre, ele será armazenado em memórias permanentes (memórias auxiliares), como o Disco Rígido. Quando o programa estiver em execução (em funcionamento) ele será armazenado na memória Principal (RAM). Quem executa as instruções que o programa possui é a CPU (que vai buscar as instruções na RAM para decodificá-las e executá-las). CURSO ON-LI NE – I NFORMÁTI CA – PROFESSOR JOÃO ANTONI O ww w. po nt od os co nc ur so s. co m. br 4 E dent ro da CPU? Dentro da CPU (ou processador), podemos encontrar alguns componentes que são vez por outra apresentados em provas: A ULA, a UC e os REGISTRADORES. A ULA é responsável por realizar processos de cálculos aritméticos e lógicos presentes nas instruções dos programas. Quando a instrução envolver cálculo (quase sempre envolve), é a ULA que fará o trabalho. ULA significa Unidade Lógica e Aritmética. A UC (Unidade de Controle) é responsável por sincronizar todos os processos da CPU e dos componentes do sistema, como a memória principal e os dispositivos de entrada e saída. É a UC que controla e gerencia a CPU (e, consequentemente, todo o computador). Os registradores são pequenas unidades de memória presentes dentro da CPU. Por estarem localizados em um ponto muito delicado do sistema, onde a velocidade de processamento atinge valores absurdos,

os regi st rado res são a memória mais rápida de um comput ador(ou seja, possui tempos de acesso extremamente baixos). - Aliás – quando se falar em “tempo de qualquer coisa”, como “tempo de acesso”, “tempo de latência”, etc. está-se usando uma medida de velocidade ao contrário. Como assim? Simples, quando uma memória tem tempos de acesso muito ALTOS, é porque sua velocidade é muito BAIXA (muito lento). Quando uma memória tem tempos de acesso BAIXOS, é porque sua velocidade é ALTA (memória rápida). Então, até agora como fomos? Vimos que o computador possui: 1) Dispositivos de Entrada e Saída 2) CPU 3) Memórias Destes, vimos que a CPU possui: 1) ULA (Unidade Lógica e Aritmética) 2) UC (Unidade de Controle) 3) Registradores (memória interna à CPU). E ainda vimos que as informações que atravessam nossos computadores são, na verdade, sinais elétricos (pulsos) que podem assumir valores definidos (0 ou 1). Isso nos permite medir todo tipo de informação em bits e bytes. Co mo é qu e a CPU se co mu ni ca co m o rest o do co mp ut ad or ? Bom, pra inicio de conversa, a comunicação mais importante num computador se dá entre a CPU e a memória principal (chamada de memória RAM ou de memória, apenas). Mas a CPU também tem que se comunicar com outros componentes, como os dispositivos de E/S (Entrada e Saída) e as outras memórias. CURSO ON-LI NE – I NFORMÁTI CA – PROFESSOR JOÃO ANTONI O ww w. po nt od os co nc ur so s. co m. br 5 Toda essa comunicação se dá pelos Ba rr am en tos de Si st em a , que são linhas de comunicação que se estendem por todo o micro, atingindo grande parte de seus componentes. Pense nos barramentos de Sistema como sendo três grandes avenidas paralelas (não se cruzam nunca), que levam informações da CPU para os mais remotos componentes do computador e Vice Versa. A arquitetura dos nossos computadores contempla três diferentes barramentos de sistema: O Barramento de Dados, o Barramento de Endereços e o Barramento de Controle. Cada qual com suas funções apropriadas, vistas a seguir: - Ba rr am en to de Da do s: Serve para transportar as instruções dos programas e os dados a serem utilizados nesses programas. Instruções são “ordens”, como já foi visto, e dados são informações básicas para alimentar os programas e sobre quem os cálculos são realizados. Tipo: “Some 12 e 17”. “Somar” é uma instrução, “12” e “17” são dados necessários à realização da instrução. - Barr am en to de En dereço s: Serve para transportar os endereços (números que apontam os locais) das posições a serem acessadas na memória. Simples: algumas instruções de programas avisam à CPU que ela precisa buscar dados na memória, mas, para isso, faz-se necessário um endereço que apontará para a posição na memória que deverá ser acessada (ou você pensa que a CPU vai adivinhar se eu disser “Olha! Vai pegar a letra ‘A’ na memória”, pensa?). Quando uma instrução obriga a CPU a buscar algo na memória, a coisa é mais ou menos assim: “Olha! Vai pegar o conteúdo da posição AF12F8 da memória”) - Barram ento de controle: serve para transportar sinais de controle e sincronia gerados pela UC (Unidade de Controle) ou pelos dispositivos de E/S. Sinais de ESCREVA, LEIA, INICIE, INTERROMPA são os mais comuns. Uma pequena imagem para que fiquem cientes acerca do que estou falando (escrevendo): Curso de Informática Para Concursos - João Antônio - PDF Download this Document for FreePrintMobileCollectionsReport DocumentReport this document?Please tell us reason(s) for reporting this document Spam or junk Porn adult content Hateful or offensiveIf you are the copyright owner of this document and want to report it, please follow these directions to submit a copyright infringement notice. Cancel This is a private document. Info and Rating Reads:12,550Uploaded:10/15/2008Category:Uncategorized.Rated:(3 Ratings) Followapi_user_11797_Di...Sign Up for an Ad-Free Scribd Remove all ads. Never see ads on Scribd again. No ThanksShare & Embed

Related Documents PreviousNext 367 p. 367 p. 367 p. 367 p. 430 p. 430 p. 54 p. 65 p. 54 p. 8 p. 331 p. 331 p. 75 p. 1 p. 1 p. 1 p. 1 p. 1 p. 17 p. 1 p. 20 p. 1 p. 4 p. 7 p. 3 p. 16 p. 3 p. 2 p. 1 p. 1 p. 1 p. 10 p. 636 p. 1 p. 4 p. 39 p. 2 p. 32 p. 8 p. 79 p. 1 p. 4 p. 3 p. 13 p. 5 p. 719 p. 6 p. 20 p. 365 p. 24 p. 3 p. 1 p.More from this user PreviousNext 329 p.Recent Readcasters Add a Comment

This document has made it onto the Rising list! about 11 hours ago Ads by Google Desktop Intel® Core™ i7 Confira super-oferta no seu novo portal de vendas - Mouser! www.mouser.com.br Curso Superior - Brasília Universidade Católica de Brasília 15 Anos. Orgulho de ser Católica! www.UCB.br/vestibular Cloud Computing é aqui Amplie possibilidades. Conheça. A Computeasy faz isso por você www.computeasy.com.br Print this documentHigh QualityOpen the downloaded document, and select print from the file menu (PDF reader required). Scribd Archive > Charge to your Mobile Phone Bill You Must be Logged in to Download a DocumentUse your Facebook login and see what your friends are reading and sharing.Other login optionsLogin with FacebookSignupI don t have a Facebook accountemail address (required) create username (required) password (required) Send me the Scribd Newsletter, and occasional account related communications. Privacy policy You will receive email notifications regarding your account activity. You can manage these notifications in your account settings. We promise to respect your privacy. Why Sign up?Discover and connect with people of similar interests. Publish your documents quickly and easily. Share your reading interests on Scribd and social sites. Already have a Scribd account?email address or username password logging in? Login SuccessfulNow bringing you back...

« Back to LoginReset your passwordPlease enter your email address below to reset your password. We will send you an email with instructions on how to continue.Email address: You need to provide a login for this account as well. Login: Upload a Document AboutPressBlogPartnersBranded ReaderWeb StuffScribd StoreSupportFAQDevelopers / APIJobsTerms - GeneralCopyrightPrivacyFollow Us!scribd.com/scribdtwitter.com/scribdfacebook.com/scribdespiao

 

Trouble

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->