.

.

Marte era "Nergal" ou "A Estrela da Morte". quer o deus. o deus da guerra. chamou-lhe de Marte. que herdou muito da sua cultura da Grécia. nome por que hoje conhecemos. € Já para os babilónios.Marte é um planeta conhecido desde a antiguidade e na mitologia grega representa Ares. quer o planeta. € . devido à sua cor avermelhada. O povo romano.

.

acastanhado. Se a atmosfera fosse limpa de poeira. Marte tem um céu amarelo . quando adquire uma tonalidade rosa e vermelha. como neve carbónica.A atmosfera marciana é uma atmosfera rarefeita de dióxido de carbono. € . tempestades de poeira e remoinhos. € Ao contrário do céu azul da Terra. mas no passado teria sido abundante em chuva. excepto durante o nascer e o pôr-do-sol. Marte apresenta muitas particularidades curiosas. Apesar disto. o céu de Marte seria tão azul como o da Terra. calotes polares de gelo seco.

a cor do céu é então mais próxima do azul da Terra. € Em Marte. que são restos dos dias nos quais Marte tinha um campo magnético. Ao contrário do que sucede na Terra. não ocorrem nos pólos como na Terra. devido à inexistência em Marte de um campo magnético global. as auroras acontecem onde existem anomalias magnéticas na crosta marciana.Em alturas em que há menos poeira. as auroras são diferentes das observadas no resto do sistema solar. € . Assim.

€ Marte tem dois pequenos satélites naturais: Fobos e Deimos. ambos deformados. com o impulso da sua esposa. . possivelmente asteróides carbonáceos capturados pelo planeta. Os nomes provêm de dois filhos do deus Ares (Marte na mitologia romana): Fobos ( . Foram descobertos por Asaph Hall em Agosto de 1877. do grego pânico e terror). outra teoria aponta que possam ser fragmentos de algum asteróide que tenha chocado contra Marte. medo em grego) e Deimos ( .

. que já é o mais curto conhecido no sistema solar.€ Ambos os satélites estão ligados pela força gravítica apontando sempre a mesma face. Já que Fobos é mais veloz a orbitar Marte que o próprio planeta a girar. o que poderá levar à fragmentação de Fobos. a força da gravidade irá diminuir o seu raio orbital.