Escola de Redutores de Danos e o Trabalho de campo: Roda de conversa com Redutores da Escola de Redutores de Danos do DF

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA REDUÇÃO DE DANOS

1) DIFERENTE DOS MODELOS MORAIS E DE DOENÇA QUE VÊEM O USO DE DROGAS COMO RUIM OU ILEGAL E DEFENDEM A REDUÇÃO DA OFERTA (VIA PROIBIÇÃO E PUNIÇÃO), A PROPOSTA DA REDUÇÃO DE DANOS DESVIA A ATENÇÃO DO USO DE DROGAS EM SI PARA AS CONSEQUÊNCIAS OU PARA OS EFEITOS DO COMPORTAMENTO ADITIVO.

DROGA DE ELEIÇÃO CONTEXTO DE CONSUMO

O SUJEITO HUMANO

CONSEQUÊNCIAS E EFEITOS

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA REDUÇÃO DE DANOS

2) A REDUÇÃO DE DANOS RECONHECE A ABSTINÊNCIA COM RESULTADO IDEAL, MAS ACEITA ALTERNATIVAS QUE REDUZAM OS DANOS. O MODELO MORAL E O MODELO DE DOENÇA COMPARTILHAM O VALOR COMUM: A INSISTÊNCIA NA ABSTINÊNCIA TOTAL COMO ÚNICA META ACEITÁVEL DO ENCARCERAMENTO OU DO TRATAMENTO.

VALORIZAÇÃO DE TODA E QUALQUER CONQUISTA CONSEGUIDA !!! RESPEITO ÀS DIFERENÇAS E O MOMENTO DE CADA UM (AQUILO QUE A PESSOA CONSEGUE ALCANÇAR NAQUELE MOMENTO)!!! REVISÃO DO MODELO MÉDICO DE CURA = ELIMINAÇÃO DO SINTOMA

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA REDUÇÃO DE DANOS

3) A REDUÇÃO DE DANOS NÃO É CONTRA A ABSTINÊNCIA!!!!

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA REDUÇÃO DE DANOS
4) A REDUÇÃO DE DANOS SE BASEIA NOS PRINCÍPÍOS DO PRAGMATISMO EMPÁTICO VERSUS O IDEALISMO MORALISTA.

O QUE PODE SER FEITO PARA REDUZIR O DANO E O SOFRIMENTO TANTO PARA O INDIVÍDUO QUANTO PARA A SOCIEDADE? (O PRAGMATISMO EMPÁTICO NÃO PERGUNTA SE O COMPORTAMENTO EM QUESTÃO É CERTO OU ERRADO, BOM OU RUIM, DOENTIO OU SAUDÁVEL. BUSCA CONSTRUIR POSSIBILIDADES DE AÇÃO QUE POSSAM AJUDAR A PESSOA A TER NÍVEIS GRADATIVOS DE AUTO-CUIDADO E DIMINUIÇÃO DAS SITUAÇÕES DE RISCOS E DE PRODUÇÃO DE MAIORES DANOS. (MARLATT, 2004, p. 51)

PRINCÍPIOS BÁSICOS DA REDUÇÃO DE DANOS

5) A REDUÇÃO DE DANOS VISA CONSTRUIR EM PARCERIAS ESTRATÉGIAS QUE PARTAM DE ONDE O SUJEITO ESTÁ, RESPEITANDO AS PECULIARIDADES DESTE SER HUMANO, AUXILIANDO-O PAULATINAMENTE A EXERCITAR NÍVEIS GRADATIVOS DE MAIOR AUTO CUIDADO QUE PODEM RESULTAR OU NÃO NA ABSTINÊNCIA.

ESCOLA DE REDUTORES DE DANOS do Distrito Federal: Semeadores de Cidadania

ESCOLA DE REDUTORES DE DANOS DO DISTRITO FEDERAL

1) ORIGENS...

A) PROJETO BÁSICO; B) CONSTRUÇÃO COM A INTERSETORIEDADE; C) ESCOLHA DO CAPACITANDOS; D) 11 REDUTORES DE DANOS EM TREINAMENTO

ESCOLA DE REDUTORES DE DANOS DO DISTRITO FEDERAL
PERFIL: BUSCA PELA DIVERSIDADE

ESCOLA DE REDUTORES DE DANOS DO DISTRITO FEDERAL

O QUE JÁ FOI FEITO?

DESAFIOS... GERENCIAMENTO DA DESMOTIVAÇÃO (BOLSAS NÃO PAGAS); TRÂMITES BUROCRÁTICOS ; MAIOR PARTICIPAÇÃO DOS GESTORES...

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful