You are on page 1of 1

Departamento de Matemática - Universidade de Coimbra

Critérios de convergência para séries numéricas

Resultados Comentários
Se lim an = 0, nada se pode
n→+∞
Se lim an não existe ou lim an 6= 0 concluir acerca da natureza da
n→+∞ n→+∞
Teste ∞
X ∞
X
de Divergência então an é divergente. série an .
n=1 n=1

Se f é contı́nua, decrescente e não negativa em [a, +∞[,


R +∞
então o integral impróprio a f (x)dx e a série Aplicar o critério quando é
Teste do integral X∞ fácil integrar f (x).
f (n) têm a mesma natureza.
n∈N,n≥a
X∞ ∞
X
Se an e bn são s.t.n.n. e an ≤ bn , para todo o n,
n=1 n=1
∞ ∞ Aplicar o critério quando
Primeiro Teste X X
a) se bn converge então an converge; os outros falham.
de Comparação
n=1 n=1
X∞ ∞
X
b) se an diverge então bn diverge.
n=1 n=1

X ∞
X
Se an e bn são s.t.p.
n=1 n=1 Este critério é mais fácil
e lim an
= L ∈ R+
0 ∪ {+∞} então de aplicar que
n→+∞ bn
o Primeiro Teste de
Segundo Teste a) se L ∈ R+ ambas as séries têm a mesma natureza;
∞ ∞ Comparação, mas ainda
de Comparação X X
b) se L = 0 e bn converge então an converge; é preciso encontrar
n=1 n=1 uma série de comparação.

X X∞
c) se L = +∞ e bn diverge então an diverge.
n=1 n=1
Se an ≥ 0, para todo o n, (an ) é decrescente e lim an = 0
n→+∞ O teste é válido apenas para
Teste ∞ ∞
X
n
X
n+1 um determinado tipo de séries.
de Leibnitz então as séries (−1) an e (−1) an são convergentes.
n=1 n=1
Se an 6= 0, para todo o n,
e lim |a|an+1
n|
|
= L ∈ R+
0 ∪ {+∞} então
n→+∞

X Aplicar este teste quando an
a) se 0 ≤ L < 1 então a série an converge absolutamente;
Teste da Razão envolve factoriais ou potências.
n=1

X
b) se L > 1 ou L = +∞ então a série an é divergente;
n=1
c) se L = 1,
p o teste é inconclusivo.
Se lim n
|an | = L ∈ R+0 ∪ {+∞} então
n→+∞

X
a) se 0 ≤ L < 1 então a série an é absolutamente convergente; Aplicar este teste quando an
Teste da Raiz n=1

envolve potências.
X
b) se L > 1 ou L = +∞ então a série an é divergente;
n=1
c) se L = 1, o teste é inconclusivo.