You are on page 1of 1

AVALIAÇÃO DOS EGRESSOS DOS CURSOS DE MEDICINA

Os médicos brasileiros, reunidos no I Fórum Nacional das Entidades Médicas,


realizado em Aracaju nos dias 8, 9 e 10 de dezembro de 2010, preocupados
com a real necessidade de que seja criado um processo de avaliação dos
egressos(as) das escolas médicas, o qual venha ao encontro dos interesses da
sociedade brasileira, no que diz respeito à boa qualidade da assistência à saúde
e, particularmente, de uma atenção médica com um alto nível técnico e cidadã,
como também com o fato de que várias iniciativas, na tentativa de resolver
essa questão, estão sendo efetivadas no parlamento brasileiro, quando, no
nosso entendimento, tal solução deve ser implementada pelo Ministério da
Educação.

Nesse sentido, os médicos(a) brasileiros(as) propõem ao Ministério da


Educação que implemente uma metodologia da avaliação dos alunos(as) de
todas as escolas médicas brasileiras, ainda durante a sua formação, de forma
sequencial, avaliando-se o conhecimento e comportamento do aluno(a), desse
modo, permitindo que modificações possam ser realizadas no processo de
ensino-aprendizado, visando formar o(a) profissional o mais adequado
possível, não somente do ponto de vista técnico, como também no que diz
respeito ao seu compromisso como cidadão (ã).

Essas avaliações devem ser realizadas em nível nacional, através de avaliações


externas, respeitando as diferenças regionais no que diz respeito ao perfil
epidemiológico, sob a responsabilidade e coordenação do MEC, e com a
participação das entidades médicas como membros das comissões que irão
elaborar e aplicar os exames, desse modo, permitindo que as entidades
responsáveis pela fiscalização, normatização e aprimoramento técnico dos (as)
profissionais da medicina brasileiros (as) possam contribuir, de forma efetiva,
com a qualificação dos egressos (as) dos cursos de medicina no Brasil”.

Documento aprovado
reunião 24.11.2010.