Alessio Esteves

TOMBSTONE CITY, A SAGA
TOMO I - A MALDIÇÃO

Cultura Lúdica

CAPÍTULO 1 ± UMA TERRA SEM LEI.

Tombstone City. Uma terra sem lei, onde somente o mais forte ou o mais esperto sobrevive. Por essas bandas, as noites são iluminadas pelas portarias de bordéis, onde todo tipo de sujeito entra e sai. Brigas são comuns e não é raro que elas acabem em mortes. Os corp os dos perdedores de duelos e brigas não são recolhidos ou enterrados, e o cheiro de carniça em dias quentes fica insuportável. De dia a cidade parece tranqüila, mas somente porque todos estão se recuperando da noitada anterior e se preparando para mais be bida e confusão. Mas nem sempre foi assim. Dizem que antigamente, na época de sua fundação, essa cidade era um exemplo de paz e prosperidade, habitada por pessoas de boa índole e excelente estirpe trabalhando pelo bem comum. O nome da cidade vem do fato d e ela ter sido construída sobre um antigo cemitério indígena. Muitas cidades fundadas depois o fizeram, seguindo o próspero modelo de Tombstone City. Foi então que surgiu a gangue conhecida como Matanza. Vindos das terras do leste, esses quatro indivíduos mudaram para sempre a história da cidade. Jimmy ³Ruivo Viking´ London, um sujeito com mais de dois metros de altura, conhecido por assustar homens apenas gritando com eles e por beber mais que um pelotão de soldados sem ficar bêbado; China, guerreiro que dizem ser imortal, já que sobreviveu a uma emboscada onde diversos companheiros morreram; Fausto, homem de poucas palavras e muita fúria (os poucos que o viram em ação estão traumatizados); e, por fim, Donida, que com seu jeito simpático e fala mansa parece boa pessoa quando, na verdade, é o líder do grupo e um dos dedos mais rápidos do oeste. O grupo chegou à cidade e na primeira noite quebrou o saloon, queimou a igreja e assassinou o prefeito e o xerife, acabando com a ordem local. Ninguém afirma ao certo por que eles fazem o que fazem. Dizem-se seguidores do lendário Johnny Cash, e somente frases esparsas refletem aspectos de seu estilo de vida. Coisas como ³bom é quando faz mal´, ³quanto mais feio e mais sujo´ e ³tudo vai ficar pior´ eram ouvidas às vezes . A questão é que, com o Matanza na cidade, a Ordem e a Lei foram

esquecidas e a cidade se tornou o Inferno que é hoje. Ninguém sabe ao certo como seus cidadãos tiram seu sustento; dizem que fizeram algum tipo de pacto demoníaco para poderem aproveitar essa vida sem se preocupar com mais nada. Após alguns anos, a gangue deixou a cidade, alegando que ³todas as putas já haviam sido comidas e que não havia mais nada a ser feito ali´. Foram para San José, onde tiveram participação crucial nos eventos que culm inaram com a fundação do Santa Madre Cassino, e não foram mais vistos. Mas o estrago que fizeram na cidade permanece até hoje.

CAPÍTULO 2 ± O FORASTEIRO DAS TERRAS DO SUL

Começa a anoitecer em Tombstone City, e há um sujeito que se aproxima das imediações da cidade. Há muito ele ouvia falar sobre o que ocorria nestas bandas, e não acreditava que toda uma população pudesse viver daquela maneira. Porém, conforme se aproxima e o cheiro de putrefação aumenta, começa a pensar que algumas lendas podem ser reais. Para seu cavalo e acende um cigarro, mas seus pensamentos são interrompidos. - Pelo jeito não é daqui, certo? Só então reparou que a pilha de lixo ao seu lado era na verdade um precário barraco, e que u ma cabeça surgia do que parecia ser a entrada. É um sujeito baixinho, de barba por fazer e olhos vermelhos, mas não transparecem loucura nem maldade. Veste um chapéu surrado e roupas encardidas. - Não, senhor. Estou de viagem e busco um lugar para descansa r. É tão óbvio que não sou daqui? ± indaga o andarilho. - Bem, moro por aqui faz tempo. E você está de barba feita e muito limpo, coisa rara por aqui, hehehehehe... - Certo. Alguma recomendação? - A vida humana aqui vale menos que um naco de fumo. Basta um olhar torto ou uma palavra mal colocada para lhe cravarem uma bala na cabeça e você não incomodar mais. É o que posso lhe dizer. O forasteiro suspirou como se estivesse questionando a si mesmo: deveria prosseguir? - Me indica algum lugar, bom homem? - Procure pelo saloon Drink and Fight e fale com Alípio Cervejeiro, seu dono. É um dos poucos homens ainda confiáveis por aqui. - Pois bem. Posso saber seu nome? Assim posso falar quem me indicou... - Sem problemas, meu chapa! Sou conhecido por essas bandas co mo Murilixo. O forasteiro, então, empina seu cavalo e parte rumo a seu destino, mas não sem antes jogar uma moeda para o mendigo, que a pega, guarda e imediatamente começa a escrever em um dos muitos papéis que estão pelo chão. Na cidade, os cidadãos come çam a sair de suas casas, gritando e atirando para o alto. Subitamente, uma salva de tiros de canhão anuncia que

mais uma noite começa em Tombstone City!