You are on page 1of 2

http://pir2.forumeiros.

com/

Qual deve ser a ordem de grandeza da velocidade de deslocamento da nuvem


eletrônica num condutor de cobre percorrido por uma corrente constante de uns
poucos ampères?

1) Número de átomos que cedem elétrons para a nuvem eletrônica.

Como o átomo de cobre só possui um elétron livre (ZCU(29) = 2-8-18-1) o número de


átomos é igual ao número de elétrons na corrente. Assim:

q n×e i×t
i= = e, portanto n= (1)
t t e

2) Volume de cobre correspondente ao número de átomos:

n
(2) m= ×M onde: m = massa de cobre considerada
N0
n = no de átomos
N0 = no de Avogadro
M = massa molecular
m
e como d= ou m = dV substituindo em (2) temos:
V

n×M n×M
dV = ou V = (3)
N0 N0× d

sendo o volume dado por A x l onde A= área da secção transversal


l = comprimento do condutor

n⋅M n⋅M
A⋅l = ou l= (4)
N0 ⋅d A⋅ N0 ⋅d

Associando as expressões (1) e (4) temos:

i ⋅t ⋅ M l i⋅M
l= ou = e como a velocidade de deslocamento da
e⋅ A⋅ N0⋅d t e⋅ A⋅ N0⋅ d

l
nuvem é dada por V = temos finalmente:
t

i⋅M
V=
e⋅ A⋅ N 0⋅d
http://pir2.forumeiros.com/

Aplicação de valores numéricos:

i = 3,2 A (uns poucos ampéres)


M = 64 g/mol
e = 1,6 . 10-19 C
N0 = 6,0 . 10 23
d = 9 g/cm3 (massa específica do cobre)
A = 1,6 . 10-2 cm2 (um condutor com diâmetro ≅ 1,4 mm)

3,2 × 64 204,8
V = −19
=
1,6 × 10 × 1,6 × 10− 2 × 6,0 × 10 23 × 9 138,24 × 102

V = 1,48 x 10-2 cm/s ou V = 0,148 mm/s

O que nos leva à ordem de grandeza de 10-1 mm/s