You are on page 1of 65

68 Gravação MUSIDISC pela Ala de Compositores do Salgueiro

Vem chegando a madrugada


BATUCADA

Melodia SAX ALTO Mi b


Adil de Paula e Noel Rosa de Oliveira
{TROMBONE

Bis (Vem chegando a madrugada-ô


(O sereno
\ vem caindo.

Bis (Cai, cai, sereno devagar


(Que o meu amor está dormingo.

(Deixa dormir em paz


Bis (Que uma noite não é nada
(Não acorde meu amor,
(Sereno da madrugada!

© Copyright 1965 by EDITORA MUSICAL BRASILEIRA LTDA. - Rio de Janeiro - Brasil


Todos os d'jreitos autorais reservados para todos os países - Ali rights reserved. Cato 1382
83
A mulata é a tal
MARCHA

João de Barro e Antonio Almeida


Melodia {TROMBONE
SAX ALTO Mi b

(Branca é branca
(Preta é preta
Bis (Mas a mulata é a tal
( (é a tal).

Quando ela passa todo o mundo grita


Estou ai nessa marmita!
Quando ela bole com os seus quadris
Eu bato palmas e peço bis
ai ...
Mulata cÔr de canela
Salve! ... salve! ... salve! ... salve!. .. salve!. .. ela.

© CopyrightTOOAMERICA MOSICA LTOA.. Rio de Janeiro· Brasil


Todos os direitos autorais reservados para todos os paises . Ali rights reserved.
102
Sassaricando
MARCHA
, (TROMBONE
Melodia 1SAX ALTO Mi b Luiz Antonio, Zé Mario e O. Magalhães

Int-rod.. __ #>>> >:> ~ ~

~
... >
~~~1 ~. lt '":'\'l
~ »>

>__ - # ,.-. .tof >-. ~

'~ ..
~
- ~ ~ ~"_ , •••• ".Ir •.••
l
4

~
,
4

,
r--- -$- ~ "* 4

4
~DO.~· .M~~#~ ~D.C.~.
,
,
(Sá . sassaricando!
(Todo mundo leva a vida no arame ... ,
(Sá . sassaricando!
,
Bis (A viúva ... o brotinho ... e a madame! ...
(O velho, na porta da Colombo ,
(t um assombro! ,
(Sassa ricando ...

Quem não tem seu sassarico


,
~
Sassarica mesmo só!
Porque sem sassaricar ... •
Essa vida é um nó! ... ~
,
© Copyright EDITORA MUSICAL BRASILEIRA LTDA. - Rio de Janeiro - Brasil •
Todos os direitos autorais reservados para todos os paises - Ali rights reserved.
I
,
Gravação CONTINENTAL por FRANCISCO EGYDIO
103
A Tribo do Zumbi
MARCHA
Melodia {TROMBONE
SAX ALTO Mi b Manoel Ferreiro, Ruth Amaral e Santos

Bis (Eu sou da tribo do Zumbi


(Tô chegando agora eu não sou daqui.
Eu sei uma dança diferente
Eu quero ensinar prá você
Põe um pésinho prá frente
E faça o que eu vou fazer
B~(Eh,~,e~~,~,e~~,~.
(Eh,e~~,~,~,~,~,~.
© Copyright 1970 by IRMÃOS VITALE S/A. Ind. e Com. - São Paulo - Rio de Janeiro - Brasil
Todos os direitos autorais reservados para todos os paises - All right.s rf"servf'o. 12.847 -c
Gravaçiio RCA VICTOR por SILVIO CALDAS
105
linda lourinha
MARCHA
João de Barro
Melodia {TROMBONE
.5AX ALTO Mi b

~ *
ª ~DO~a()~ ~D.c.~ao.~
~

(Lourinha, lourinha;
Bis (Dos olhos claros de cristal; Linda lourinha,
(Desta vez, em vez da moreninha,
(Serás a rainha do meu Carnaval. Tens o olhar tão claro,
Dêste azul tão raro
Loura boneca Como um céu de anil,
Que vens de outra terra,
Mas tuas faces,
Que vens de Inglaterra,
Ou que vens de Paris. Vão ficar morenas,
Quero te dar Como as das pequenas
O meu amor mais quente, Dêste meu Brasil.
Do que o sol ardente
Dêste meu país.

© Copyright 1933 by IRMAOS VITALE S. A. Ind. e Com. - São Paulo - Rio de Janeiro - Brasil
2.214-:
Todos. os direitos autorais reservados para todos os países - Ali rights reserved.

104 Gravação COPACABANA por JOEL DE ALMEIDA


4

CO-co-co-ro-có 4

MARCHA •

Melodia l
r TROMBONE
SAX ALTO Mi b Joel de Almeida e Leon

:> > r 4


INTR'~
~~il: I l
'1. >~

~~ > > > > ~ :

~~

~~llrf~~~

12.- -- . - - ---1lt -@---.

~J I fH ~ r r ~ Ao ~ e ~~ Y D "t I
(Chegou a hora da folia
Bis (No samba vou me acabar
(Até quarta-feira, Maria
(Depois que o galo cantar.

B Co-co-co-ro-có
tS Se êsse galo cantar
Eu vou dar um nó.
{CO-CO-co-ro-có

© Copyright 1970 by IRMAOS VITALE S. A. Ind. e Com.. São Paulo· Rio de Janeíro . Brasil
Todos os direitos autorais reservados para todos os países
Ali rights reserved - Internatíonal Copyríght Secured. 12.812-c
110
Minas Gerais
MARCHA

Trombone
Sax Alto Dê Moraes e Manesinho Araujo

~'·~i·
â ---
l
II >> > >>>> 111

,-: ~.cm~;l=f I

,.-,
---
9 ~ ---
a 9

~.~
6 Minas Gerais,
O Minas Gerais
Quem te conhece nao esquece ]amalS,
6 Minas Gerais

Tuas Serras que são altaneiras


E teus C~us são de mais puro anil
~s formosa, ó Terra mineira,
Esperança do nosso Brasil

Tua Lua ~ mais prateada


Que ilumina o nosso torrão
~s tão linda, ó Terra encantada
~s o orgulho da nossa Nação

Copyright 1946 by Edit. Mus. Brasileira Ltda - Rio - Brasil


118
Tem gato na tuba
MARCHA

Melodia {TROMBONE
SAX AÜOMi b João de Barro e Alberto Ribeiro

~ I Ê
~ '3" - - ~
I~r
~ i ~ F ~ iii~~ --I~
I I

?
~ g~~~
I ii i.
[g

1f
1. :::: 2. ~
ê ~
::::
íê~i-~ Ao*

Todo domingo havia banda


No coreto do jardim
E já de longe a gente ouvia
A tuba do Serafim ...
Porém um dia entrou um gato
Na tuba do Serafim
E o resultado dessa «melodia»
Foi que a tuba tocou assim:

Pum ... pum ... pum ... (miáu)


Pum pu ru rum pum pum ... (miáu)
Pum ... pum ... pum ... (miáu)
Pum pu ru rum pum pum ...

~ Copyright 1957 by TODAMERICA MUSICA LTDA. - Rio de Janeiro· Brasil


Todos os direitos autorais reservados para todos os países . Ali rights reserved. Cat.246
125
Oh! Bela!
FREVO

SAX ALTO Mi b CAPlBA


Melodia {TROMBONE

~~/',.~ ~,~~ .
<.ff>

SOLO Bela é toda a natureza


CORO Oh! Bela!
SOLO Belo é tudo que é belo
CORO Oh! Bela!
SOLO O sorriso da criança
Você diz que ela é bela O perfume de uma rosa
Ela é bela, sim senhor O que fica na lembrança
Porém podel'ia ser mais bela SOLO Beloé ver passarinho
Se ela tivesse o meu amor CORO Oh! Bela!
Meu amor! SOLO Indo em busca do seu ninho
CORO Oh! Bela!
SOLO Todo mundo se amando
Com amor e Com carinho
Uns sorrindo outros chorando
De amor!

Copyright 1969 by MELODIASPOPULARESLTDA. - Rio, Brasil.


AlI rights reserved. Todos os direi tos reservados. Ca t. 371
••
127
Vai com leito
MARCHA

João de Barro
Melodia {TROMBONE
SAX ALTO Mi b

I~"
.-"---------<~=t~
~I_
"1 ~I :::±:.:!="1 r~'
ÉE~ ~ g
:~ 2•
~ ~

I~br ~ f 1"1~ r~1 r 1"1·~

~i'

~~
b. W~f)·c.#~r
::~ :: ,~ ~ro ~ ..---- Pofloo.

(Vai com jeito, vai


(Se não um dia a casa cai
Bis ( (menina)
(Vai com jeito, vai
(Se não um dia a casa cai.

Se alguéf11 te convidar
p'ra tomar banho em Paquetá
P'ra piquenique na Barra da Tijuca
Ou p'ra fazer Um programa no Joá
(menina).

© Copyright1956 by EDITORA MUSICAL BRASILEIRA LTDA. - Rio de Janeiro· Brasil


Cato 1021
Todos os direitos autorais reservados para todos os países - Ali rights reserved.
134
Pirata da perna de pau
MARCHA
João de Barro
Melodia 1r SAX
TROMBONE
ALTO Mi b

f)~:~ba I I:
Intr~d,~' f-"

r Fi
'

i~~i D
~

IÉjrjl~i'
---:-- -$- -.
i
JÓ.s

~1~

~ .---...

Ilbb i' Ur Idrrü:.r IJ ~~. 11 D~'~' It Pc..c.r li'~' I

i r.w ~
---:--- #

I'-+----bb ,-' "1-----«--"1 ~~I ~, t· ~, ~. ~


~

~b!Jfi ~1"1UJ 1M D~
-:g 3'
Ibbf Irr~i'
.....---... --:.----..
~rirlrril
# 3 3 # ..----.. ,-"

Ibb pqr' I~ffr \frqr l-r Ir 10 ~ttu I

P I P I ~I
fi-

I-~-~2.vezJJ,C,
-------. ~

i' Fr "" ,. IRF z~o ~


{j} ...---....--.
~. - D"{"I I
(Eu sou o pirata da perna de pau
Bis (Do olho de vidro
(Da cara de mau,

Minha galera
Dos verdes mares não teme o tufão
Minha galera
Só tem garotas
Na guarnição
Por isso se outro pi rata
Tenta a abordagem eu pego o facão
E grito do alto da popa:
Opa! homem não! .. ,

© Copyright EDITORA MUSICAL BRASILEIRA LTDA.


Todos os direitos autorais reservados para todos os paises - Ali rights reserved.
Água Não, Chopp 3
Gravação Top Tape Marcha
Edson Santana
Erasmo Siiva
Américo Seixas
Yarô
Melodia {_ SAX ALTO Mi
TROMBONE Dó b

Chopp, chopp, cnopp


Para enfrentar o calor
Chopp, chopp,chopp
Bebendo chopp brínco e não rDe canso
Faz qualquer um ser tenor E alegre eu danço seja como for
Chopp,chopp,chopp Dizer que chopp não faz bem ao fígado
Quero afogar minha dor ~ intriga do rnau bebedor~ Ô Ô Ô Ô
Água, água, água, nâo
Não, não senhor.
(9 Copyright 1980 by TOP TAPE EDiÇÕES ~/jUS(C.lUS L TDA. - ONE V'j/\Y PRt)OUÇÕES E ED~ÇÕES MUSIC.DdS L TD.A.
Rua Alice, 97 - Parte - Rio de Janeiro -~ BrasiL
Todos os direitos internBcionais reserJ3dG$ -- lntern8t;ona! Copyr:ght ·~ecu,ed -. A!! right>' rB:J8rveri.
Todos os dtreitos dI} execução. triJ0uç-ão e armnjos ~:;Sf;'-\"E',:jü;:; pü;-g todo r;i.;ndo. !r',:~PH~SSO ?í,;; Fi,>; C,J, R ~ '.' ;'·.LCE : 986.
U;H~~TOS De E>~c_C·~.1çii_() cc)\!-rRD~,./~.DC'3 PEL.O l:". D. (U9C:/5j. .•D~-='3R.:':"
6 Andorinha
Marcha

Gravação Continental (ANGELA MARIA)

Melodia HAROLDO LOBO e MILTON de OLIVEIRA


{. TROMBONE D6 b
SAX ALTO MI

CaL H7

{Mulher casada
BIS \ Çlue anda sozinha
\LE
E andorinha .

E andorinha
Que sozinha
Faz verão
Andorinha, cuidado
Homem casado
Sozinho é gavião

©Copyright 1961 by EDITORA DE MÚSICA BRASILEIRA E INTERNACIONAL S/A (EMBI)


Rua Teófilo Otoni, 135 - Rio de Janeiro - Brasil
Todos os direitos internacionais reservados - Internat,onal CoPVright Secured - Ali righlS reselved.
Todos os direitos de execução. tradução e arranjos res,ervados para todo o Mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAl DE 1986.
DIREITOS DE EXECUÇÃO CONTROLADOS PELO E C A. D
8 A Praca'

MARCHA

Carlos Imperiál

SAX ALTO Mi b
Melodia {TROMBONE

~~ír-.~~ r' A
li. I_l~ .. ,.........,

~J1.r.g-;Fe 1I F , P~f ~~~


ti FJ:tP~~1J
~ ~ .~~~
ttJJ -~ ~~
~~r ~~l;8--:grt-tfi;Ir
# .~ i~ ~ ~
Ao'ÍI'"

Hoje eu acordei com saudades de você A mesma praça o mesmo banco


Beijei aquela foto que você me ofertou As .mesmas flores o mesmo jardim
Sentei naquele banco da pracinha 56 porque Tudo é igual mas estou triste
Foi lá que começou o nosso amor
Senti que os passarinhos todos me reconheceram Porque não tenho você perto de mim.
E eles entenderam toda minha solidão
Ficaram tão tristonhos e até emudeceram Aquele bom velhinho pipoqueiro foi quem viu
Ai então eu fiz esta canção. Quando envergonhado de namoro eu lhe falei
Ainda é o mesmo sorvE;teiro que assistiu
Beijei aquela árvore tão linda onde eu
Com o meu canivete um coração eu desenhei f,o primeiro beijo que eu lhe dei
Escrevi no coração meu nome junto ao seu A gente vai crescendo vai crescendo e o tempo passa
Ser seu grande amor então jurei Mas, nunca esquece a felicidade que encontrou
O guarda ainda é o mesmo que um dia m.é pegou Sempre eu vou lembrar do nosso banco lá da praça
Roubando uma rosa amarela p'ra você
Ainda tem balanço tem gangôrra meu amor Foi lá que começou o nosso amor.
Crianças que não param de correr.
A mesma praça o mesmo banco, etc.
A mesma praça o mesmo banco, etc ..

<9 Copyright 1968 by EDIÇOES CLAVE MUSICAll TDA. "EDCLAVE" - Rio de Janeiro - Brasil. Cato 41
Todos os direitos internacionais reservados - I nternational Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução, tradução e arranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA O CARNA VAl DE 1985.
DIREITOS DE EXECUÇÃO CONTROLADOS PELO E. C. A. D.
Asa Branca 9
Marcha

Luiz Gonzaga
H. Teixeira
Melodia { TROMBONE emb Dó
SAXALTO Mi

Quando oiei a terra araendo


Quã' fogueira de São João
Bis
[Eu
Pru perguntei (ei) ajudiação?
que temanha Deus do céu ai

Qui brazero, qui fornaia


Nem um pé de prantação
Bis
(Por farta ded'água
Morreu perdialazão
sede meu meu gado

Inté mesmo asa branca


Bateu asas do sertão
Bis
[Entonce eu disse meu
Guarda contigo adeusconração
Rosinha

Hoje longe muitas légua


Numa triste solidão
Bis
(Espero
Pra mima vortá
chuva pro
caí meu
de novo
sertão

Quando o verde dos teus óios


Se espaiá na prantação
Bis
[Eu
Queteeuasseguro,
vortarei, num
viu, chore não, viu,
meu coração.

© Copyright 1947 by RIO MUSICAL L TOA. - Rio de Janeiro/Av. Ipiranga 1.123 - S. Paulo -- Brasil.
Todol 01 direitos internacionais reservados - International Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução, uadução e arranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA O CARNAVAL DE 1986
DIREITOS DE EXECUÇÃO CONTROLADOS PELO E. C A" D.
12 Aurora
MARCHA

Gravada por JOEl e GAUCHO


em discos COlUMBiA
Roberto Roberti e Mario Lago

Melodia { SAX
TROMBONE Dó b
ALTO Mi

Se você fosse sincera Um lindo apartamento


6.ô-ô-ô Com porteiro e elevador
Aurora E ar refrigerado
Vejo 56 que bom que era Para os dias de calôr
Ô·ô-ô-ô Madame antes do nome
Aurora. Você teria agora
6-ó .. ô-ô
Aurora.

© Copyright 1940 by EQITORiAL MANGIONE S. A. - Sucessora de E. S. Mangione - São Paulo - Brasil. 1605
TodOs OS direitos internacionais reservados - International Copyríght Secured - AI! ríghts reserved.
T<;>dosos dire;to's de execução. tradução e arranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAl DE 1986.
DI REiTOS DE ::XECUÇÃO CONTROLADOS PELO E. C. A. D.
16 Bicho Bom

Gravação Geraldo Nunes


Sílvio Santos Sílvio Santos
Rogê

Melodia { TROMBONE
SAX ALTO Mi b

.. J'i

. ·-~~
~'.
• ..···.~~f:i;11:-~~::~R·~~·~~·~·
-:· -=~'~3::4-:::-
~ •...
~- -~-_._~
~.
...
:~'~.~:
- ... :.~::~L..:.:=.~::=f::g.'"··:·
_ .•••.••
'~~r_:f:-:.~~-~
_, •••••
_.,-~=~=- ...
'_,"_t:- .....
' --...
'.0-' .'o, __ •••••
.~'::E--:,,:<
:'C_.g="'~
...
:~=~
.
:.-:~=-

~~
I i. \ 12..
ff:~t~:::-~~_·--o~-_-.-=~~
L-~~É~~I+f' ill1-=L!~
~-~~~-4~~§:=
-~-- .-=~
__ IIIIt!IlO----. _ .• _-~~--_.ª
~~+t~~ ~-~

~._~ t tI_i~~
Ô bicho bom
. Bicho bom é a mulher
BIs Tem homem que não gosta
Tem homem que não quer

Obá, que legal


. Tá bom assim
BIs Neste carnaval
Vai sobrar mulher pra mim

© Copy"ght 1982 by EDITORA MUSICAL VICTOR LTOA. ~ R. D. Veridiana 203 - S. Paulo - Brasil. Cato 19280
Todos os direitos internacionais reservados - International Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução, tradução e arranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAL DE 1986.
DIREITOS DE EXECUÇÃ.O CON1ROLADOS PELO E. C. A. D. (U. B. C.l
Cachaca
• 19
MARCHA

M. Pinheiro, l. de Castro e H. Lobato


Melodia { TROMBONE 06 b
SAX ALTO Mi

Pode me faltar tudo na vida


Arroz feijão e pão
(Você pensa que cachaça é água
Pode me faltar manteiga
. (Cachaça não é água não e tudo mais não faz falta não
BIS (Cachaça nasce do alambique Pode me faltar o amor
(E água vem do ribeirão
Isso até acho graça
Só não quero Que me falte
A gostosa da cachaça.

© Copyright 1977 by COi';>\.COR fi DI ÇÕES MUSICA.IS L TDA. Cato 220


Todos os direitos"internacionais f<?SeNaOOS - internôtional CoPVright Secured- Ali rights reservado
Todos os diraitoidé execu?ã'o, tradução e arranjos reservado:; para todo o mundo. tMPRESSO FAR.A OCARNAVAL DE 1981i
Oi RE!TOS O'"' R XiECUçÃO CONTF1(;L,i\OOS PELO E. C. A. O.
22 Caiu na Rede
MARCHA
Vicente Longo e Waldemar Camalgo

Melodia SAX ALTO


{TROMBONE: Mi b

{Caiu na rêde é peixe


Bis (Le-fe-á
(Eu não posso bobear.

A maré tá cheia
Tá-tá-tá-tá-tá
Cheia de sereia
No anzol querendo se enfiar.

© Copyright 1964 by FERMATA DO BRASIL - Av. ipiranga 1123- São Paulo - Brasil.
Todos os direitos internacionais reservados - International Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução, tradução e 1\rranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAL DE 198f
. D!RE!.T.QS DE jõ~EC!d.Ç,i\9CONTROLAQOS PELO E. C. A. D.
24 Carinhoso
MARCHA-RANCHO

J TROMBONE
Pixinguínha e João de Barro
Melodia I SAX ALTO Mi b

Ah! Se tu soubesses
Como eu sou tão cari nhoso
Meu coração E o muito e muito que te quero! ...
Não sei porque E como é sincero o meu amor
Bate feliz Eu sei que tu não fugirias mais de mim!
Quando te vê ... Vem, vem, vem, vem,
E os meus olhos Vem sentir o calor dos lábios meus
Ficam sorrindo A procura dos teus
E pelas ruas vão te seguindo Vem matar esta paixão
Mas, mesmo assim, foges de mim'! Que me devora o coração
E só assim então,
Serei feliz, bem feliz.

Inclusio neste Álbum unicamente com autorização .'pt<:i.1 conc.dido por MANGIONE. FILHOS & elA, LTOA. - São Plulo
Todos os direitos internacionais reservados - International COP'fright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução, tradução e arranjos reservados para todo O mundo. iMPRESSO PARA O CARNA VAL DE 198f,
E)iRE!TQS 9:: [}!;[;:""'GÃO.çQNTR-OJ..ADOS PELO E. C A. O.
46 fndio Quer Apito
Marcha
Grava~ão "CONTINENTAL" Letr ~ _ ,úsica de
Walter Levita Haroldo Lobo e Milton de Oliveira

~:~.~~~:.
~~f r r! r fot;I ~ ~ I ..;~_~
I r" J~Trfr-4~r ~ri $ [:t5'tj
l"~ ~ ~
Li -,
. ~
I- ",:~
,. ~r
,." ,. ~ ~ /.J d -.:~
I t:-.~~
~ f-Lfr-ii ~~~r:~nl
~t4#-! t~ r~ rJ
L b '~5'''~.t~pr·~tlU I

....... ~f .+-
f=f w=,," r r ~ tr f=$=r' ~J j
~.
~~ ~J j=rª~~r" r ,"
1t. I
Cat.1006
Lá no bananal mulher de branco
{ t, ê, ê, ê, ê... Levou prá fndio colar esquisito
Sênão der fndio viu presente mais bonito
Bis {' Pau
(ndiovaique
comer.
apito Eu não quer colar
índio quer apito.

~ CopyriQht by EDIÇOES EUTERf E L.T DA. - Rua 7 de Selemoro. \Ia ""'a.:.>OllL9....", Tel. 222·4186 - Rio de Janeiro - RJ - _ ..;d.
Todos os direitqs internacionais reservados - International CoPYdght Secured 7,AH right5 reserved.
Todno 01 direitos de execução. tradução e arranjo. reservados para todo o mundo. EDITADO PARA O CARNAVAL DE 1986
DiREITOS DE EXECUCÁOC?N.TAOLAOOS !'ElO E.CAD. {Sbaceml
48 linda Morena
Marcha

lamartine Bab:

Melodia { TROMBONE 06 b
SAX ALTO Mi

Teu coração
É uma espécie de pensão
De pensão familiar
A beira-mar! _
L inda morena Oh! Moreninha
Morena! Não alugues tudo nã9- ..
Morena que me faz pensar. .. Deixa, ao menos, o porão
Prá eu morar!
A lua cheia que tanto brilha
Não brilha tanto quanto teu olhar.
Por tua causa
Tu és morena Já se faz revolução
Uma ótima pequena Vai haver transformação
Não há branco que não perca até o juízo ... Na cor da lua!
Quando tu passas Antigamente
Sai as vezes, bofetão A mulata era a rainha
Toda gente faz questão Desta vez, oh! moreninha
Do teu sorr iso!. .. A taça é... tua!. ..

© Copyright by E. S. Mangione - São Paulo - Rio de Janeiro - Brasil.


Todos os direitos internacionais reservados - lnternational Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução. tradução e arranjos reservados para todo o f!1undo. IMPRESSO PARA OCARNAVAL DE 1986
DIREITOS DE EXECUCÃO CONTROLADOS PEl.O·E. C. A. D.
Luar do Sertão 49
Marcha

Catulo da Paixão Cearense

{' TROMBONE 06 b
SAX ALTO Mi

Estribilho: Estribilho: Estribilho:


Não há, etc. Não há, Não há, etc.
ó gente,
Ai!. .. Quem me dera Quando vermelha,
oh, não, (Bis)
que eu morresse lá na serra, luar, . no sertão,
Abraçado à minha terra, como esse desponta a lua,
e dormindo de uma vez! do sertão. dentro d'alma,
Ser enterrado. onde flutua,
numa grata pequenina, Se a lua nasce também,
Onde, à tarde, por detrás da verde mata, rubra,
a sururina mais parece nasce a dor'
chora a sua viuvês! um sol de prata, E a lua sobe ...
prateando E o sangue muda
Oh, que saudade a solidão! em ciaridade!
do luar da minha terra, E a gente pega na viola, E a nossa dor
lá, na serra, que ponteia, muda
branquejando folhas secas e a canção em saudade!. ..
pelo chão! é a lua cheia, branca .
Este luar, cá da cidade .. a nos nascer assim .
tão escuro, do coração! da mesma
não tem aquela saudade cor! !!
do luar
lá do sertão.
Mandioca 51
MARCHA
Gravação RCA de Sylvio Santos
Melodia {TROMBONE
SAX AI.TO Mi b Jota Junior e Vicente Longo

(O petróleo se acabando
(Gasolina vai faltar
Bis (Mas já estou me preparando
(Mandioca vou plantar
(Breque) - Mandioca!
11

Oi pega a mandioca
Descascaa mandioca
Aperta a mandioca
Que o álcool vai sobrar!
Oi pega a mandioca
Descascaa mandioca
Aperta a mandioca
Meu carro vai andar!
(Breque) - Mandioca!

~ Copyright 1979 by EOITORA MUSICAL VICTOR LTDA.


Todos os direitos internacionais reservados - International Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos oS direitos de execução, tradução e arranjos rsservados peratodo o mundo. IMPRESSO PARA OCARNA VAL DE 198&
DiREiTOS DE EXECUCAo CONTROLADOS PELO E. C. A. D.
Marcha do Remador 53
(SE A CANOA NÃO VIRAR)
MARCHA

Antonio Almeida e Oldemar Magalhães

Malodia .{ TROMBONE 06 b
SAX ALTO Mi

Canto

,11• 1 , 2.

••

Bis Olê-olê-olá
{'Sea can..oalá.não virar,
Eu chego

Rema, rema, rema, remador ô


Quero ver depressa o meu amor!
Se eu chegar depoIs do sol raiar á
Ela bota outro em meu lugar.

© Copyright 1968 by CRUZEI RO MUSICAL LTUA. - Rio - Brasil. Cato 1.108


Todos os direitos internacionais reservados - I nternational Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução, tradução e.erranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAL DE 1985.
DIREITOS DE EXECUÇÃ.O CONTROLADOS PELO E. C. A. D.
56 Marylou (*)
MARCHA

Roger, Maurício Fernando


e Edgar Scandurra
Melodia { SÂX
TROMBONE 06 b
AlTO Mi

Eu tinha uma galinha que se chamava Marylou


Um dia fiquei com fome e papei a Marylou
Marylou, Marylou, tinha cara de babaca
Marylou, Marylou, botava ovo pela cloaca

Eu tinha uma vaquinha que se chamava Saralee


Saraiee, Saralee, tinha cara de careta
Saralee, Saralee, botava leite pela teta

Eu tinha uma galinha que se chamava Marylou


Um dia fiquei com fome e papeí a Marylou
Marylou, Marylou, tinha cara de babaca
Marylou, Marylou, botava ovo pela cloaca
Marylou, Marylou, transava até com urubu
Marylou, Marylou, botava ovo pelo sul

©Copyright 1985 by WE DISCOS LTO'A. (Div. Eàitora) . Rua Itaipava . Rio· Brasil
Todos os direitos internacionais reservados·· International Copyright Se<ured - Ali rigllr< r_rved.
Todos os direitos de execução. tradução e arranjos reoervadO$p;>ratodo (I mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAL DE 198&.
DIREITOS Df EXECUÇÃO CONTROLADOS PELO E. C. A. 0./V,6/C.
60 Não Faz M~rola
MARCHA
Antonio Almeida e José Batista

Melodia SAX ALTO


{TROMBONE Mi b

(E, ê,
Bis (E á
(Não «faz» maróla
(P'ra canôa não virar.

Marinheiro, marinheiro
Toma cuidado com o mar
A vida é tão bôa
Viaja na prOa
Não <<faz» maróla
p'ra canOa não virar.

© Copyrillht COPACABANA MUSICAL LTOA. Cet. 458


Todos os direitos internacionais reservados - International Copyright Secured - Ali rights reservéd.
Todos os direitos de execução, tradução e arranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA O CARNA V AL DE 1986.
DIREITOSD,E EXECUÇ,ii.O CONTROI "DOS PELO E. C. A. D.
Nós, os Carecas 61
MARCHA

Gravada pelos Anjos do inferno .Arlindo Marques Junl©<i'


em discos Columbia
e Roberto Roberrf

Nós! nós, os carecas, Não precisa ter ~ergonha,


Com as mulheres somos "maiorais" Pode tirar o seu chapeu!
Pois na hora do aperto P'ro Glue cabelo!
É dos corecas que elas gostam mais! p'ro que, "seu Queiroz",
(Nós, nós, nós) Si agora a coisa está p'ro nós!

© Copyright 1941 by EOITORIAL MANGIONE S, A, - Sucessora 'de E, S, Mangione -, São Paulo - Brasil. 2522
Todos os direitos internacionais reservados - Internationa! Copyright Secured ~~Ali rights reserved.
Todos os direitos de execução. tradução f: arranjos reserv8dos para todo o mumio. IMPRESSO PARA () CARNA VJ\L DE 1986.
CHREIT:'1S Df": t=X~(~:'Y>ÃO('n;\.'TR'J! ADOS 0EtO E. C.• 6...D
68 Pastorinhas
MARCHA
João de Barro e Noel Rosa

Melodia {TROMBONE
SAX ALTO Mi b

A Estrêla d'Alva linda pastôra,


No céu desponta, Morena, da côr de Madalena,
E a lua anda tonta Tu não tens pena
Com tamanho esplendor! ... De mim,
E as pastorinhas, Que vivo tonto com o teu olhar!
linda criança,
p'ra consôio da lua,
Tu não me sais da lembrança,
Vão cantando na rua,
Meu coração nao se cansa
lindos versos de amor.
De sempre. é sempre te amar!

Inclusão neste Alilum unicamentl'l com autorização esptICiai~ida por MANGIONE, FILHOS & CIA. LTOA. - Sio Paulo
Todos os direitos internacionais re.vados-- Internatk)oal Copyright Sel;ured - Ali righu reserved.
Toçlos 01 direitos de execução. tradução li arranjos r.-vadoâ para todo o-mundo. IMPRESSO PARA OCARNAVAL DE f985.
DIREITOS DE EXECUÇÃO CONTROLADOS PELO E. C. A. D. lU. B. C.l
106
Festa Para Um Rei Negro

SAMBA-ENREDO Zuzuca

Melodia { SAX·
TROMBONE D6 b
ALTO Mi

Nos anais da nossa história Hoje tem festa na aldeia Senhora dona de casa
Fomos encontrar Quem quiser pode chegar Traz seu filho prá cantar
Personagens de outrora Tem reizado a noite inteira Para um rei que veio de longe
Que iremos recordar E fogueira prá queimar Prá poder nos visitar
Sua vida sua glória Nosso rei chegou de longe Esta noite ninguém chora
Seu passado imortal Prá poder nos visitar E ninguém pode chorar
Que beleza a nobreza Que beleza a nobreza Que beleza a nobreza
Do tempo co!oniai Que visita o congá Que visita o congá

o lê lê Ô lá lá o lê lê Ôlá lá Ô lê lê etc ....


Pega no ganzê Pega no ganzê
Pega no ganzá Pega no ganzá

© Copyright 1970 by EDiÇÕES INTERSONG L TOA. - Av. Rio Branco 277 sala 710 - Rio de Janeiro - Brasil.
Todos os direitos internacionais reservados - I nternational Copyright Secured - Ali rights reserved.
Todos os direiYGs da execução, tradução e arranjos reservados para todo o mundo. IMPRESSO PARA O CARNAVAL DE 198{,
DIREITOS Q.~ EXECUÇÃO CONTROLADOS PELO E. C. A.. D. tU. B. C'}
128 Recordar,
SAMBA

Gravado pQr Gilberto Alves


em disco COPACABANA

A. Louro, A. Marins
e A. Macedo

Melodia { TROMBONE
SAX ALTO Mi b

BIS ( Recordar é viver


( Eu hontem sonhei com você

11

Eu sonhei
Meu grande Qmôr
Que você foi embora
logo clep<~is voltou

© Copyright 1954 oy EDITOR!Al MANGIONE S. .A. - São Pêl..de -- RiO d~ ,i.Jneiro - Br25il. 5.0it.l·-A
Todos os direitos internacionais rs&er',;ados - lnternotional Cop':.:d!;r;t Sfr.:ured ~- A.li r;ghts íef-ervw.
Tcn:h:>5os direitos de -axec'Jçãe., traduçJo e arranjos rese,vadcs pr3r2 toda c' ir'undo. H·APRESSO PAR/\ O CARr·Jp,\!p,L D€ 19-3-6.
Di RE!TOS DE E>(fCUÇ;\.Q C9NTROLtd~)OS PE ~.O E. C. /J..,. D.
41
Gravação MOCAMBO por PAULO CELESTINO

Apareceu a Margarida
Kelodia '
{ TROMBONE
SAX ALTO Mi
em b Dó MARCHA
João Roberto Kelly e Augusto Mello Pinto

Voz,~ ~

~~#~~I~UJ~
~ cJ~1i ~,rrirf ~ - Ir r I
I 1 I~ Marcha- Rancho

~ ctM y &tr'3' ~I U Mi lr
D "Li B-ll
~Dr D~ríl r I~r DI (~r ~
-'3' 3' rs- ~
~
Marcha-
r
Vivo
I~ r ~I r~ r m r r ~.---4--r l)
----+---<-.~ V~

~irÉ1i
~ ~lr·Lr ~-~t.r ~

(Apareceu a Margarida Carolina


(Olê, olê, olá. Compreenda
Bis (No Festival Que o Mundo
(Veio prá se desfolhar É uma escola.
(Neste carnavaL
(A noite era de Carolina
Carolina, Bis (Mas foi Margarida
Tão formosa (Quem entrou de sola
Dengosa ao chegar Olê, olê, olá.
Distraiu-se
E não viu Margarida passar.

f) Todos
Copyright 1967 by IRMÃOSVITALE S.A. Ind. e Com. - São Paulo - Rio de Janeiro -
os direitos autorais reservados para todos os paises - Ai! Rlghts Reserved.
Brasil
12.592·C
44
Pezinho
MARCHA

SAX ALTO Mi b
TROMBONE L. C. Barbosa Lessa e J. C. Paixão Côrtes

{\ ~ L- ,~
• 'P"'"
.• I"
,
,. ,.
'"
.
-I .•

m
(E depois não vá dizer
Bis (Que você já me esqueceu.
Ai bota aqui, ai bota ali
O teu pezinho Ai bota aqui, etc ...
O teu pezinho bem juntinho
Com o meu. (E no chegar desse teu corpo
Bis (Um abraço quero eu.
Ai bota aqui. ai bota ali
O teu pezinho Ai bota aqui, etc ...
O teu pezinho o teu pezinho
Ao pé do meu. (Agora que estamos juntinhas
Bis (Dá cá um abraço e um beijinho.

Ai bota aqui, ete ...

© Gopyrlght 1955 by IRMÃOS VITALE S/A. Ind. e Com .. São Paulo· Rio de Janeiro· Brasil
Todos os direitos autorais reservados para todos os países
Ali rights reserved - International Copyright Secured. 4·0.F
65
Gravação BEVERL Y por JOÃO DA PRAIA

Aonde a Vaca vai
(O BOI VAI A TRÃS)
MARCHA

~MBONE João da Praia


SAX ALTO Mi b

~.

(Aonde a vaca vai


Bis (O boi vai atrás.

Aonde a vaca vai, etc.

Minha mãe me deu uma coça


Com o costume que eu tinha
Namorar filha dos outros
Pela porta da casinha.

Aonde a vaca vai, etc.

Eu não vou na sua casa


Prá você não ir na minha
Você tem a boca grande
Vai comer minha galinha.

Aonde a vaca vai, etc.

~ Copyright 1974 by GRAONA - EDlÇOES MUSICAIS LTDA. - São Paulo - Brasil


Todos os di reitos autorais reservados para todos os países
Ali right reserved - International Copyright Secured. Cato 80.063
CANTA BRASIL
(INSTANTÂNEO SONORO NQ 1)
EM RITMO DE MARCHA
TROMBONE E SAX ALTO Alcyr Pires Vermelho
e David Nasser

As selvas te deram nas noites seús ritmos bárbaros ...


BRASIL mas agora o teu cantar,
Os negros trouxeram de longe reservas de pranto .
minha voz enternecida Meu Brasil, quero escutar:
Os brancos falaram de amores em suas canções .
já dourou os teus brazões nas preces da sertaneja,
E dessa mistura de vozes nasceu o teu pranto ...
na'ex.{lressão mais comovida nas ondas do rio-mar ...
das mais ardentes canções ... OH!II
Também, • Esse rio - turbilhão
a beleza deste céu entre selvas e rojão,
onde o azul é mais azul, Continente a caminharl! I
na aquarela do Brasil, No céu!
eu cantei de Norte a Sul, No mar!!,!
Na terra!1!
CANTA, BRASIL/i!

Registrada na Escola Nacional de Música do Rio de Janeiro - Copyright - 1941 Mangion<"


Filhos & Cia. Ltda. (sucessora de E.S. Mangione) - Rio de Janeiro - Brasil - Todo,; o,; di-
reitos autorais reservados para todos os países do mundo - AI! rights reserved.
i)~---
-o BA_
. 'LHOS
,.
ã

Gravação em Discos ODEON por AURORA MIRANDA e ANDRÉ FILHO


01

CIDADE MARAVILHOSA
TROMBONE MARCHA
SAX-ALTO
André Filho

Cidade maravilhosa,
Cheia de encantos miL .. '-;'- ::'1

C;dade maravilhosa, '''_ t'~--, -:tora de fe:ici~-;"-~-~"J


Coração do rneu 3íasH.
Ii
Berço do samba G d3S ím,Jds C'j;;ções
Que vivem n'alma da gente
És o altar dos nos:;os corayóes
Que cantam alegrementf.l!

Copy1ight 1935 by Mangione, FmlOs & Ch Uda. - ~jc 0'5 <,:,;:110 - Brasil - Todo" os
dir"itos :mtorais reservados pars ~OdDS o,; pBh,. '-'. ,,:,,) - .<\11rights re~erY(?r'
,.
z
9
o ~
..~~ •..~,. a
..
c
~
.•
03
-f;'ILHOc:,'b-

Gravada por JARARÃCA E SEU CONJUNTO em Discos ODEON

MAMÃE EU QUERO
TROMBONE MARCHA
SAX-ALTO
Vicente Paiva e Jararáca

Mamãe eu quero .
Bis Mamãe eu quero mamá.
Dá a chupeta,
{Mamãe eu quero
Dá a chupeta prô . bebê não chorá.

II
Dorme filhinho Olho as pequenas,
Do meu coração, Mas daquele jeito,
Pega a mamadei ra Tenho muita pena
E vem entrá prô meu cordão Não ser criança de peito.
Eu tenho uma irmã Eu tenho uma irmã
Que se chama Ana Que é fenomenal
De piscá o olho Ela é da bossa
já ficou sem a pestana E o marido é um bossa\.

Copyright 1937 by Mangione, Filhos & Cia Ltda. - Rio de Janeiro - Brasil - Todos os
direitos autorais reservados para todos os países do mundo - All rights reserved. 1210
~~
Õ ~ASIl
• II.~OS
'"
~0
05
Gravada por ORlANDO SilVA em Discos RCA VICTOR

JARDINEIRA
TROMBONE MARCHA
SAX-Al TO
Benedito lacerda e Humberto Porto

••

II
Oh! jardineira Vem jard~neira
Porque estás tão triste? Vem meu amor ...
Mas o que foi que te aconteceu? Não fiques triste
Que este mundo
"Todo é teu"
Bis Que caiu do galho Tu és muito mais bonita

!
Deu dois suspiros
EFoi
depois morreu ...
a camélia
Que a camélia
Que morreu ...

Copyright 1938 by Mangione, Filhos & Cia Ltda. - Rio de Janeiro - Brasil - Todos os
direitos autoralS reservados para todos os países do mundo - AlI rights reserved. 1724
10
@ ========================~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Gravação em Discos CONTINENTAL por BLACK OUT

MARIA CANDELÃRIA
TROMBONE MARCHA
SAX-AL TO

II
Maria Candelária À uma
É alta funcionária, Vai ao dentista,
Saltou de pára-quedas, Às duas
Caiu na letra "0" Vai ao café
Oh oh oh oh! Às três
Começa ao meio dia, Vai à modista,
Coitada da Maria Às quatro
Trabalha, trabalha, Assina o ponto e "DÁ NO PÉ"!
Trabalha de fazer dó! Que grande vigarista que ela é!
Oh oh oh oh!

Copyright 1952 by Mangione, Filhos & Cia Ltda. - Rio de Janeiro - Brasil - Todos os
direitos autorais reservados para todos os países do mundo - All rights reserved. 3774
••

@cs
õ' IIR~
"
()

~J:'ll.~Oc;'tf.
!:;

05
Gravação em Discos COLÚMBIA por JOEL e GAÚCHO

CAI, CAI
"PROMBONE SAMBA
SAX-ALTO
Roberto Martins

I IV
Cai alguém por simpatia
S" Eu não vou te levantar Por amor cai outro alguém
IS Cai,.... cal, cal, cal
Se Deus qu isesse, eu ca ía
Quemcai,mandou
{Cai, cai, caiescorregar Nos bracinhos do meu bem!

... II V
Cai a chuva no telhado Cai a rosa da roseira
Teu olhar caiu no meu
Cai do bonde o passageiro
Cai a cinza do passado P'ra morena mais faceira
Sobre um sonho que morreu! Do meu bolso cai dinheiro.
III
Muita gente cai à tôa
Outros caem com razão
A saudade é uma garoa
Caindo no coração!

Copyright 1940 by Mangione, Filhos & Cia Ltda. - Rio de Janeiro - Brasil - Todos os
direitos autorais reservados para todos os países do mundo - AlI rights reserved. 1452
21
@~~~~===
Gravada por ROBERTO FIORAVANTI (Chantecler) e ALVARENGA E RANCHINHO (Odeon/RGE)

Ê... SÃO PAULO

TROMBONE SAMBA
SAX-ALTO
Alvarenga e Ranchinho

Bis
Ê São Paulo
São Paulo da garôa
fÊSão Pau que terra boa.
São10 Paulo
II
São Paulo das noites frias
Ao cai r da madrugada.
Das campinas verdejantes,
Coberta pela geada.

111

São Paulo do céu azul


Das noites enluaradas
Das lindas manhãs-de-sol
Ao raiar da alvorada.

Copyright 1944 by Mangione, FilllOs & Cia Ltda. - Rio de Janeiro - Brasil - Todos os
direitos autorais reservados para todos os países do mundo - All rights reserved. 2215
.~ anda
MARCHA-RANCHO
Tror;bone
Sax Ano Mi b Introd..

© Cc!pyrietrt
1956 by Edlt6ra Música e •..••"i1••ira Moderoa Av. Ipiran~. 1123 - SI.o Pauic - BrUll
TOOO1los direitos autof'llls reMrvados para todas os PI.íses - Ali ri&hts .--.,rv<>d. UBM - 10
BEIJINHO DE BOA NOITE 14
CRAVAÇ~O: ROBERTO AMARAL MARCHA DE: DOMINGOS PAULO
DISCOS: R C A ARCHIMEOES MESSIHA
R08ERTO AMARAL

ME DA UM BEIJINHO
DE BOA NOITE
ME DA •••
ME DA •••
ME DA-A
ME DA UM BEIJINHO
DE BOA NOITE
TA NA HORA DE DEITAR

TA NA HORA DE fAZER NANINHA


VAMOS PRA CAMINHA .••
VAMOS PRA CAMINHA .•.
.A GENTE OUVE NA 'CIDADE
INTEIRINHA
VAMOS PRA CAMINHA .•.
VAMOS PRA CAMINHA ..•
VAMOS PRA CAMINHA .•.
VAMOS PRA CAMINHA ...

Copyrlght (C) 1969 by EDITORA MUSICAL BMG ARABELLA lTDA.


Rua Dona Verldiana, 203 - SQo Paulo - BrasIl.
Ali ~ight~ Reserved. Todos os dlr~ltos reservados.
Internatlonal Copyrlght Secured.
DIREITOS OE'EXECUÇAO POBLICA CONTROLADOS PELO ECAD (UBC/SICAM)
CAl: 15.816 IMPRESSO:17/10/1988
---,,'''''''''''~
'."......
.. _, ----------------.....------.....------>-,.., -~ ---
\f
É DI: CHOCOLATE 35:
DE: MICHAEL SULLIVAN
~JW"ÇIlO: E"ILINHA, ROBERTINHO DO MARCHA PAULO "'ASSADAS
RECIfE, PATRICIA E LUCIANO

r'vrnbone
SJx. Alto
EU TE AMO MEU BRASIL 37:'---
CRAVACAO: os INCRIVEIS MARCHA DE: DOM
DISCOS: R C A

Trombone
$.1x, Alto

AS PRAIAS DO BRASIL ENSOLARADAS


O CHAO ONDE O PAIS SE ELEVOU
A MAO DE DEUS ABENÇOOU
MULHER QUE NASCE AQUI, TEM MUITO MAIS AMOR .••

O CEU 00 MEU BRASIL, TEM MAIS ESTRELAS


O SOL DO MEU PA1S MAIS EXPLENDOR
A MAO DE DEUS ABENÇOOU
EM TERRAS BRASILEIRAS VOU PLANTAR AMOR

EU TE AMO MEU BRASIL, EU TE AMO


uEU
••.•CORA~~n
,,~ vr"'\U ~
i- vEoD~
v ,,_, A~nüEI
i""t."~ v, BRnLlcn
•....n . HI"'Ci "" AZUL ANIL
EU TE AMO MEU BRASIL, EU TE AMO
NINGUEM SEGURA A JUVENTUDE DO BRASIL
FESTA DO AMOR
GRAVAÇAO: PATRICIA MARCHA DE: MICHAEl SUtLIVAN
DISCOS: BMG ARIDL~ PAUtO "ASSADAS

Trombone
Sax. Alto
./\.
142 FIDCOTE·
DEBOCHE
Trombone Luiz Caldas
Sax-Alto Grav. Luiz Caldas/8S
Paulinho Camafeu

Nega do cabelo duro


Que não gosta de pentear
Quando passa na baixa do tubo
O negão começa a gritar-
Pega ela ~(, pega ela a(
Prá quê?
Prá passar batom •.

De que cor?
De violeta, na boca e na bochecha
Pega ela aí, pega ela a(
Prá quê?
Prá. passar batom
De que cór?
De cor azul. na boca e na porta do céu.
HAjA AMOR 43
r,tlmbQne DEBOCHE Luiz Caldas
',.j( Ailo Chocolate da Bahia
Grav. Luiz Caldas/87

;-.3-. > ,.

~~0_! .
Y
J1' ~ f ~.5S- Haia amo' pra
Haja amor p" planta,.
sornr,
Haja amor pra viver,
Haja amor, seja flor,
Eu queria ser uma abelha Anjo no céu
Pra pousar na tua flor
Haja amor, haja amor! Haja amor pra crescer,
Haja amor pra subir,
Fazer zum-zum na cama Haja amor pra vencer,
.E gemer sem sentir dor Haja amor, seja flor
Haja amor, haja amor! Anjo no céu.

Na colméia dos teus sonhos Poder te dar uma picada


Quero ser teu cantador E sentir o teu sabor
Haja amor, haja amor! Haja amor, haja amor!

Pois batuqueiro é batuqueiro Nas estradas do teu corpo


E cantador é cantador Teu tesouro é teu sabor
Haj~ amor, haja amor! Haja amor, haja amor!
61 MARCHA DA FURUNFA
GRAV: SlLVIO SANTOS MARCHA DE: ELza AUGU5TO
DISCOS: R C A SILVIO SANTOS
'JOBA

Trombone
Sax. Alto

( 11M TIM TIM TIM


( TIM TIM OLAR~
BIS
( FURUNFA rURUNFA
( QUE E BOM FURUNFA

FURUNFA t MUITO BOM


FURUNFA t BOM DEMAIS
QUEM FURUNFOU FURUNFOU
QUEM NAO FURUNFOU
~AO FURUNFA MAIS
Foi bom te ver outra vez
Está fazendo um ano
Foi no carnaval que passou
(Tanto riso
Eu sou aquele Pierrot
(Oh! quanta alegria Que te abraçou
Bis (Mais de mil palhaços no salão Que te beijou meu amor
(Arlequim está chorando Na mesma máscara negra
Que esconde o rosto
(Pelo amor da Colombina
~u quero matar a saudade
(No meio da multidãoç (Vou beijar-te agora
Bis (N~o me leve a mal
(Hoje' é ,carnaval.
PIU I' ABACAXI
MARCHA
89~
Luiz Mendes Jr,
Trombone
Sax. Alto

SHOCK.

PI Pluí ABACAXI
/ SHOCK, SHOCK~ SHOCK.
EU QUERO T:rn A SUA COMPANHIA
SHOCK POR Aí
VEM VIAJAR COMIGO NO VAGÃO
TOME O LUGAR NO SEU ASSENTO o 'TREM DA ALIDR IA
QUE O CAMINHO AGORA VAI D1 TODO LUGAR
~ A FAVOR DO VENTO ELE NÃO PODE PARiUl
O TREM DA ALEBRIA
DEPOIS DAQUE'lJA CURVA, VE'1 O TÚNEL
FAZ A GENTE CANTAR
EU PEÇO PRA p.ffi A.R A SUA MÃO
E O MUNDO INTEIRO SOlnt~~.
DESCE A LADEIRA,
O SINO TOCA

FAZ MEl: COHAÇÃO


DIM DD1 DIM
DIM DOM D01'-1
-- ----'::::'- ....• "'"•.• ro.-r".'T" ....• TrTlT"lt.Io n.: __ no
1
C-f{ I Co Ko&0e;-
c.Aa.lO~ c..ol.L.A

o
~==-
T •.. ~~-.-
=l--_-------.
o- ~E==E::;;~l~E=~:::-q
_~--E::::~
__ r...
h __ °e _A
~ ~
;~,~~ ,~~-:::z::::::E--d--{-:~(-1
- -Ci=1---E.::-----:
_.~i7H;:::r-=--=----k'-~.
_e_oo::__ ~~~ ... --z:::--

11. 4 f:; z ~.
~H~CJ~~r --,--'---
.~~r;-}~=J~~~~;:Q
"ORQUESTRA DOS BICHOS"

Chico~oque - Carlos Colla


Gravação do TREM DA ALEGRIA, na BMG ARIOLA

o JUMENTO DESCOBRIU
QUE ERA UM GENIO MUSICAL
DECIDIU ENT~O FAZER UMA ORQUESTRA

E OS BICHOS REUNIU
IÂ NO FUNDO DO QUINTAL
VEIO BICHO DA FAZENDA E DA FLORESTA
COMEÇOU A ENSAIAR
TODO MUNDO QUIS TOCAR
NUNCA TEVE CONFUS1(O IGUAL A ESTA

UMA VACA NO TROMBONE


GALO NO SAXOFONEA
E A GALINHA FOI CANTAR NO MICROFONE
A GALERA EXPLODIU
FOI ASSIM QUE SURGIU, A GA~INHA CANTORA
MAIS FAMOSA DO BRASIL

UM TAMBOR PARA O PAvAo


PORCO TOCA VIOrAO
O CACHORRO ATACOU DE BOMBAIDINO
PRO PINTINHO UM FALUTIM
O PERU NO TAMBORIM
E O BURRO VEIO COM, SEU VIOLINO

O CABRITO NO PI STON, GATO NO ACORDEON


NA GUITARRA O CAVALO CAMPOLINO

UMA VACA NO TROMBONE


GALO NO .sAXOFONE
E A GALINHA FOI CANTAR NO MICROFONE
A GALER~ EXPLODIU
FOI ASSIM QUE SURGIU
A GALINHA CAJ.'\ITOR.l\.
MAIS FAMOSA DO BRASIL
Pó de Mico
MARCHA

Melodia I TROMBONE
I SAX ALTO Mi b. Nilo Víana, Renato Araujo,

. t
r'rt TOa.
1 . 'f1"
+Ao
,.... Dora Lopes e Arildo de Souza

.~ ~~i_J
~ ~4- -
(~;(J grJ1r.1üf5!!rrl~ "*
- 1: . --

(Vem cá, "seu" guarda


. (Bota p'ra fora essemoço
BIs (T á no salao
-. brincando
(Com pó de mico no bolso.
(Vem cá)

(Foi ele
(Foi ele sim,
Bis
(Foi ele quem jogou
·(0 pó em mim.
(Vem cé)
PULA, BRINCA, AGITA! 93
MARCHA Paulo Debétio

Waldyr Luz
Grav. Sergio Mallandro/89

SAX ALTO
{TROMBONE

õ ô Ô
Pula, brinca, agita Tem cachorro-quente
Tem maria-mole
Come doce, come torta
Alegria ... Torta de morango
E toda vez Chocolate e rocambole
Que eu gritar gol Tud~ ~ divertido(isso ~ uma parada)
Ou ou ou Viva a garotada
A gente vira cambalhota Nossa turma é da pesada.

Planta bananeira
Joga futebol
Brinca de pular amarelinha
No quintal
Nenino ou menina
Tudo ê tão legal
O que vale a pena ~ ser
Feliz em alto astral
SUPERFANTN.STICO 98
MARCHA

TROMBONE
Ballesteros - Difelisatti
SAX ALTO vers.: Edgar B. Poças

SUPERF ANT~S TI CO
NO BALAo ~l~GI cO
O MUNDO FICA BEM MAIS DIVERTIDO
SUPERFANT~STICO AMIGO SUPERFANT~STICA MENTE
QUE BOM ESTAR CONTIGO AS MOSICAS SAO ASAS DA IMAG!NAÇ~O
NO NOSSO BALÃO ~ COMO A FLOR E A SEMENTE
VAMOS VOAR NOVAMENTE CANTAR QUE FAZ A GENTE
CANTAR ALEGREMENTE VIVER A EMOÇAO
MAIS UMA CANÇÃO VAMOS FAZER A CIDADE
VIRAR FELICIDADE
TANTAS CRIANÇAS J~ SABEM COM A NOSSA CANÇAO
QUE TODAS ELAS CABEM
VAMOS FAZER ESSA GE~TE
NO NOSSO BALÃO
t\·T~
'- QU~M i t i'i "~r~
L. I i ~ru ,-. M 1 ~ IOAn~
U t.
VOA R A L E G R E 1'1E N TE

MAS TEM FELICIDADE NO NOSSO BALÃO.


NO SEU CORAÇÃO
SOU FELIZ,POR ISSO ESTOU AQUI
TAMBtM QUERO VIAJAR NESSE BAL~O
"UNI-DUNI-TÊ" - Michael Sullivan - Paulo Mnssadas

Gravação: TREM DA ALEGRIA na RCA


105

.EU QUIS SABER BA MmNHA ESTRELA GuiA


ONDE ANDARIA MEU SONHO ENCANTADO
FADA }~DRINHA, VARA DE CONDÃO.
ESSE }~U CORAÇÃO SONHANDO ACORDADO
VAI NOS LEVAR PRUM MUNDO DE MAGIA
ONDE A FANTASIA VAI ENTRAR NA DANÇA.
E QUANDO O BRILHO DO A1-lORCHEGAR
QUERO E MAIS BRINCAR, MELHOR E SER CRIANÇA
UNI DUNI··DUNI TÊ ÕÔÔÔ
SALMiÊ HINGUÊ, 6õôô
UM SORVETE COLORÊ
SONHO ENCN~TADO ONDE ESTÁ VOCÊ
A CARRUAGEM VAI SEGUIR VIAGEM
O TREM DA ALEGRLA VAI PEDIR PASSAGEM
NA DIREÇÃO DO AMOR QUE EU PRECISO
DO MEU PARAISO, DOCE PAISXGEM
VAI NOS LEVAR PRUM MuNDO DE l~GIA
ONDE A FANTASIA VAI ENTRAR NA DANÇA
E Q UA.."iDOO BRILHO DO AMOR CHEGAR
QUERO ~ Y~IS BRINCAR EU QUERO SER CRIANÇA
UNI DtJ'NI Dt.TNI TÊ
SALAI-iÊ !"ITNG. VÊ
UM SORVETE COLORÊ
SO}lliOENCANTADO ONDE ESTÁ VOCÊ.
.',
Foi n~~a f~st?, ~elo e cuba-libre
~ na vitrol~ w:sky a go-go
A meia luz o so~ doJhon~J River~s
Aquele tempo q~e você so~hou •••
Senti na nele a tua ener~ia
~uando ?e~~ei de leve a tua ~ão
A noite inteira n~s~a n~~ se~J~do
O tempo voa m~is·do Que a cq~ção

~ua8e no fi~ Ia festa


N~ bei~~, ~r.tão, você se r~r.ce~
Na minha fantaeia
O m~ndo era você e eu
Eu ?~~guntava do You Aa~~a Dance
E te abraçava do Yo~ ~ar.na Dance
Lembrar você
u~ sonho a ma~s ~ão ~az ~al.
COISINHA OO ..PAI
(JORfrEARAQ~ l..IXHt nnz CJ.RI.OS)

o; r
r'"..
p
4j- ~,i
...
~ i~
o COISINH!. TÃO rotITINRA 1'0 PAI
O COISDmA TÃO lORITINBA ro PAI

VOCtVALEOUID
'lQIO Jrm.J TESOURO
1'10 FORlDSA
DA CAJIDtA AOS PÉ3
VOU mE .AMANro, )Jr)F.ANro
D100 MAIS UMA m
AGR.AD~ A DmS
iORQUE I1IE FEZ

~ CG1SmHA. TÃO lONITINRA. D:r PAI


O OOISDmA TIo lOlITTT..1ffiA IX) PAI

C1IA.RJVSA
1'10 .DEOOOS.A

QUE 56 ](E DEIXA ProSA


TESOuro , VALE OUROAGRAJ)~O Â DEJS
PO~ um fiZ.
" RJMz,o#4f.
••• IIL"'"

fir4-:: ~ ~~~~_._
. . ..p. ~. ~~ ,
~!}~:~rr~ltrr:rlQd J)lsW~~GJ~r;JjÓ~. )l,c:.,

~16f~rr (l~lÕJJI~

APROVEITA.HOJE
PORQUE A VIDA É UMA s6 .
O AHANHÃ QUEM SABE ....
SE É HELHOR OU SE É PIOR
DEIXA CORRER FROUXO
QUE ESQUENTAR NÃO É LEGAL
SE O BRÁS É TESOUREIRO
A GENTE ACERTA NO FINAL
POIS DEUS É BRASILEIRO
E A VIDA É UM GRANDE CARNAVAL
(E DANÇA E CANTA)
PULA SACODE LEVANTE A POEIRA DO cHÃo
DEITA ,ROLA
VAI FIR}m E FORTE NA BOLA
CON DISPOSIÇÃO
DHINCA, SAMBA
PRA QUEM TEM SANGUE DE BAMBA
TUDO É NATURAL
SE O BRÁS É TESOUREIRO
A GENTE ACERTA NO FINAL
POIS DEUS É BRASILEIRO
E A VIDA É UM GRANDE CARNAVAL.
(r\ r _
'v'.
í\.' 1·
PAGODE DO GAGO
CRAY: CRACIA DO SAlCUEIRO SAMBA
DE: CRACJA 00 SALGUEIRO
DISCOS: 3M • CAGUINHO

Trombone
Sax. Alto
152 REUNIÃO DE .BACANA

E SE NÃO ACREDITA GRITA ENrÃO


SE GRITAR PEGA LADRÃo (bis)
NÃo FICA UM, MEU IR1ÃO (bis)
v~ ME CHA.r-vu PARA ESSE PAGODE
E ME AVISOU: AQUI NÃo TEM POBRE
ATt; ME PEDIU PAA PISAR DE MANSINHO
PORQUE SOU DA COR, EU SOU ESCURINHO
AQUI REAINENTE ESTÁ 'roDA A NATA
- .
COU'IDRES, SENAOORES, ]I,Tt; MAGNATAS
QUE SE GRITAR PEGA LADAAO (blS)
CXM A BEBEDEIAA E A DISCUSSÃO
NÃo FICA UH, MEU IRMÃO (bis)
TIREI A MINHA CONCIDSÃO
LUGAR, MEU AMIGO, t'; A MINHA BAIXADA
QUE ANJX) TRANQUILD,NINGUEMME DIZ NAm
E LÁ CAMBU"]íONÃo VAI ca:'1 A .JUSTIÇA
POIS NÃo Hl\ LADRÃO E :E; BOA poLíCIA
lÁ ATt; PARECE A Sut';CIA BACANA
SE LEVA O BAGULHOE DEIXA A GRANJI.
NÃo t'; CG1.0 ESSE AMBIEl'r.:'E PES.ZillO
QUE Vcc.t; ME TROUXE PA:r;>AS"E'.R ROUBADO
SE GRITAR PEQl, lADRÃo (bis)
NÃo FICA UH; .~/EÚ IRMÃO (bis)
VOU FESTEJAR 162
SAMBA
Trombone Jorge Aragão .
Sax·Alto Neoci
Dida

Chora
Eu
Não vou ligar, não· vou ligar
Vou festejar, vou festejar
Chegou a hora, vais me pagar B15 O teu sofrer
pode chorar, pode chorar
O teu penar
Mas chora (breque)

~ Você Pagou com traição


O teu castig:> A quem sempre BIS
lhe deu a mão
Brigou comigo
Sem ter porque
1\ : ~
~ o,j

-9- -:
\
\ô\.
l
~
\