Aumentando a concentração - 1/4

SÓ MAIS 5 MINUTOS Essa é a primeira de uma série de técnicas para aumentar a concentração. Se você está no meio de uma tarefa e prestes a desistir, engane sua mente e proponha “vou fazer apenas mais cinco e vou parar para fazer aquilo que quero”. Podem ser mais cinco páginas de leitura, mais cinco exercícios a serem resolvidos, mais cinco pratos a serem lavados, não importa. Após terminar aqueles cinco itens que você havia combinado em fazer, faça um outro acordo, combinando em fazer apenas os próximo cinco. É uma maneira de utilizar o gradiente de meta como estratégia para aumentar seu foco. Após utilizar essa técnica um ou duas vezes seguidas, a sua concentração vai normalmente voltar, sem que você precise utilizar esse artifício novamente. SÓ MAIS 10 MINUTOS Essa é uma variação da técnica de “apenas mais cinco”. No entanto, ela é baseada no tempo e não na quantidade de tarefas executadas. Por exemplo, suponha que você precisa estudar direito civil hoje em determinada hora do dia agendada. Caso você tenha preguiça e hesite em estudar, combine consigo mesmo: “vou estudar apenas 10 minutinhos.” Depois, volto a descansar. Geralmente, a dificuldade em executar tarefas e concentrar-se se baseia simplesmente em começar. Após iniciado os 10 minutos, você fatalmente ficará muito mais tempo executando a tarefa.

Aumentando a concentração - 2/4
Espero que tenham gostado das primeiras dicas sobre como aumentar a concentração. Nesse momento, trabalharemos com alguns exercícios para a concentração. Ainda que poucas pessoas conheçam esses exercícios, muitas já passaram por algum treinamento desse tipo. Por exemplo, pela necessidade, algumas pessoas acabam desenvolvendo a habilidade em trabalhar ou estudar em ambientes extremamente aversivos como uma casa ou escritório barulhentos. É claro que, sempre que possível, é importante controlar o ambiente externo que rodeia seu local de trabalho ou estudo. No entanto, muitas vezes, isso se torna impossível. Assim, esses exercícios servirão como uma possibilidade de treinar sua concentração para níveis nunca antes alcançados.

Por exemplo. Desse modo.Antes de explicar os exercícios propriamente ditos. Escolha um local onde você possa realizar os exercícios. b) Sente-se em uma cadeira. Ainda que os exercícios melhorem sua habilidade em lidar com todas as distrações do ambiente externo. Oras. sem qualquer distração – sem telefones. o pensamento: “Essa bolsa é bonita. mantendo as pernas e seu tronco em um ângulo de aproximadamente 90 graus. d) Anote suas distrações. para fazer a anotação de suas distrações durante o exercício. Veja a seguir um exemplo de alguém que anotou 33 distrações ao longo do exercício. mas sem atrapalhar sua postura. é necessário que algumas orientações lhe sejam passadas. vou comprar uma para minha mãe. Nota importante: o mais relaxado o possível não é o mesmo que assentar-se como se estivesse deitado na cadeira. é um pensamento de distração. Sempre que você identificar algum pensamento que não seja pertinente ao exercício. essa não é a posição mais adequada. c) Utilize um despertador. etc. Mantenha-se relaxado ao máximo. suponha que o exercício é pensar em uma bolsa. Ainda que sentar cruzando as pernas seja muito comum. Os exercícios terão duração entre de cinco minutos. . Será preciso que você esteja sentado à uma mesa. da maneira mais relaxada o possível. Nesse caso. Lembre-se de manter esse despertador virado de costas para você: ficar olhando as horas constantemente poderá prejudicar bastante seu exercício. não é bom que elas existam durante o treinamento.”. sem pessoas. pouco barulho. anote um tracinho para representar essa distração. a) Escolha um local adequado. coloque o despertador para despertar após esse tempo.

. CANAL VISUAL . Em vez disso. procure manter a regularidade. Desse modo. Os exercícios não precisam necessariamente ser executados na ordem sugerida por nós. Após realizar o exercício. f)Práticas. Procure não realizar muitos exercícios de concentração de uma vez. Após realizar o exercício. audição. ao colocar um X nesses quadrinhos. representa o número da prática (1 para a primeira. fazendo 2 ou três por semana. fazer um número excessivo deles por dia poderá desanimá-lo em pouco tempo. ensinarei como exercitar seu canal visual.).e) Gráfico. Ainda que não exista qualquer contra-indicação pra esses exercícios. Assim. Nessa primeira postagem. tato. utilize o gráfico para avaliar seu desempenho. O eixo X (horizontal). faça um X em um desses quadrinhos. Ao final de cada exercício. O eixo Y (vertical) representa seu número de distrações. e assim por diante). procure realizar todos os exercícios um número equilibrado de vezes – mesmo que você prefira alguns em vez de outros. h) Canais sensoriais. você encontrará diversos quadrinhos em branco. você poderá controlar o número de vezes que realizou cada exercício. g) Regularidade. 2 para a segunda.. Cada um dos exercícios controla um tipo de concentração. Exercitaremos cada um de nossos canais sensoriais (visão.

Fique ligado!! Aumentando a concentração . Ao contrário das técnicas anteriores. DICA 01: 1 . Apesar de serem técnicas provenientes de práticas religiosas. Por isso é uma tarefa muito difícil que exige muito controle mental. não se esqueça de fazer um X nos quadros de práticas diárias!! Espero que tenham gostado! Na próxima postagens.3/4 Esse é mais um conjunto de técnicas para aumentar a concentração. sem serem convidados. uma rosa.Mentalmente inicie uma contagem 1 até 10 da seguinte forma. pois divagará noutros pensamentos.Escolha algum objeto em que você irá concentrar-se: pode ser a chama de uma vela. Ao final. ensinarei como exercitar outros canais sensoriais. essas foram extraídas de um site espiritualista. A idéia e focar-se em apenas um objeto: objetos muito pequenos não possuem muitos detalhes e objetos muito grandes são difíceis de serem observados de uma só vez. uma caneta. após cada distração. focar um alvo e mantê-lo pelo tempo que desejar. Sempre casando dois números extremos: . b) O objeto deve ter um tamanho adequado – não pode ser pequeno demais como uma formiguinha ou enorme demais como uma parede ou porta. sua eficácia realmente é provada cientificamente. interromper o exercício e fazer um tracinho correspondente aquela distração. um relógio ou qualquer outro objeto que você deseje. Espero que gostem! "A concentração é a capacidade de abstrair-se num ponto. A mente discursiva. Não se esqueça de. As únicas condições para a escolha do objeto são: a) O objeto deve estar no mesmo nível de seus olhos. Essa á uma maneira de você não forçar a coluna durante o exercício. tagarela não para nunca de produzir formas-pensamento. Ao tentar a concentração vai notar que não conseguirá por muito tempo. que invadirão sua mente.

9 e 2 e finalmente 10 e 1. R-I. e não faça nada. 3 e 8. Existem outras técnicas também mas esse texto ficaria muito longo.. DICA 4: .Concentre-se no tic-tac de um relógio e aos poucos aumente o som de alguma música até ficar bem alto e tente continuar escutando o som do relógio. A-S. DICA 3: Um dos melhores exercícios para mim é ficar sentado no escuro olhando para uma vela acesa durante mais ou menos um minuto. 4 e 7. 2 . C-V. aonde não se apega a um objetivo para enfim alcança-lo. Isso mesmo. chega-se muito perto do que deva ser a meditação. 3 . Nome cuja soma seja impar sobrará a letra do meio. Depois você fecha os olhos e a imagem da vela vai estar na sua mente. isso irá estimular a sua concentração. Por incrível que pareça pode ser bem difícil no início. Nada. 7 e 4. DICA 2: Que tal também tentar uma outra maneira bem tranquila e relaxada para iniciar? Apenas sente-se confortavelmente. tente descobri-la antes de começar. tente se concentrar nesta imagem e não deixar ela sumir. Fiquei como observadora de você mesma. Uma outro dica é tentar fazer algumas posições com o corpo que exijam equilíbrio. 5 e 6. Com nomes conhecidos por exemplo: BRASIL = B-L. Depois aumente a seqüência 1 até 20 e procure fazer chegar de 1 até 100. apenas observe-se.. 2 e 9. Apenas sente-se e permita-se ficar alí. Funciona comigo e é bastante relaxante. Comece com uns 5 minutinhos. Não focalize o pensamento em lugar algum ou em coisa alguma. É a ação na não-ação budista. 6 e 5. B-X.1 e 10.Mentalmente faça o mesmo só que com letras A-Z. 8 e 3.

E não desanime. círculo. a chama de uma vela.MANTRA!!! Repetir canções como os indianos que ficam repetindo o Mantra "Om Namah Shivaya". após passado essa etapa. Bons CDs de Mantra não são difíceis de encontrar. . um sol. DICA 6: Encostar a ponta da língua no céu da boca. todas as dicas abaixo são para a prática direta da concentração.visite um centro de meditação Siddha Yoga. uma lua.. Tente encontrar uma na qual melhor se adapte e que você terá mais facilidade: Símbolos ou objetos: nesse tipo de concentração. etc. Sentar na posição de lótus. Mantras e sons: nesse tipo você pode se concentrar num mantra ou em um som fica mais fácil se esse som for continuo ou repetitivo sem melodias assim você satura a mente e ela entra em meditação Som Interiores: Uma outra técnica é prestar atenção nos ruidos internos do seu corpo. mas se você puder eu sugiro os de Siddha Yoga . a gente é distraído mesmo. de preferência cantado e em uma "raga" (melodia) bem suave. quanto mais detalhes maior terá que ser a sua concentração. Se facilitar conte cada inspiração e expiração até 10. DICA 5: Sente-se com a coluna ereta e preste atenção no entrar e sair do ar das narinas. triângulo. Ex: o símbolo do ôm. Se você se distrair. DICA 7: As dicas acima são para melhorar a concentração. volte para o um. isso é bem legal com o tempo você percebe que lá dentro existe uma verdadeira orquestra sinfonica.. ou no movimento do abdômen durante a respiração. fica mais fácil começar imaginando algum símbolo ou objeto simples que nao contenham muitos detalhes. O som de tambura também ajuda.

respiração. prometendo relaxamento. são. na realidade. e observe-a fixamente durante um minuto ou dois. pois sem a concentração é impossível chegar ao estado de meditação. Tente e faça a imagem crescer. É meditação da flor de Lótus. na percepção da respiração enquanto estiver fazendo isso. acalme sua mente. que é o estado de "concentração" (Dharana é o sexto estágio do Raja Yoga). A concentração ou dharana é um exercício da mente para focá-la num único objeto. a preparação à meditação -o chamado dharana . Porém. sons estomacais. Quando sentir . meditação do globo azul. Limpe sua mente de todos os pensamentos e mantenha-a forçosamente vazia. Use a percepção da respiração para manter a mente limpa. apenas olhe para ele gentilmente. só observar. Tente e mantenha a visão dela durante o maior tempo possível. o professor de Yoga explica que não é nada disso e as pessoas fazem uma tremenda confusão. sangue circulando. "Isto que é chamado de 'tipos de meditação'. É importante ressaltar que todas estas técnicas são importantes. enquanto faz isso. meditação da luz dourada e etc. Não focalize-o. . a alguns pés de distância. . para que a pessoa possa abstrair-se e não pensar mais. Feche os olhos e concentre-se na pós-imagem que isso gerará atrás de suas pálpebras fechadas.Exemplo: Zumbido no ouvido. batidas do coração. Concentre-se muito.TÉCNICA DE CONCENTRAÇÃO 02: Fitar um ponto: Escolha um ponto na parede e olhe para ele. RESPIRAÇÃO: Uma das melhores técnicas para prender a atenção é ouvir o pulmão trabalhando (encher e esvaziar) Todos os dias surgem novas técnicas de "meditação". e olhe para uma vela ou lâmpada. ao invés de desaparecer. Coloque essa luz a sua frente.TÉCNICA DE CONCENTRAÇÃO 01: Retenção da imagem: Relaxe. paz interior etc.

desde cedo. Estresse. Essa fila não anda? Suas costas doem. naquele mesmo ritmo acelerado em que entrou em casa. pois sonha em melhorar o seu salário e a qualidade de vida da sua família. Mal havia chegado à segunda página. Na empresa. Imediatamente. e sua cabeça dói. Achei bem interessante e decidi postar para vocês. meus parabéns! Minhas mais sinceras felicitações! Por quê? Porque você demonstrou . e suas costas pesavam toneladas.com. Sua cabeça ainda doía. Não se deu por vencido. depois de um dia como aquele. e reparou que – misteriosamente – não se lembrava do que havia lido nos cinco últimos parágrafos. Voltou ao ponto em que havia se desconcentrado e retomou a leitura. como quem troca um chip de computador. ou mais se puder.br.. Faça isso diversas vezes ao dia. Nem podia ser diferente. problemas e cobranças do chefe.hostmach. Você. seu poder de assimilação se esvaíra por completo. O fato é que.br/tec01.4/4 Esse texto não é criação minha. Após quase três horas ininterruptas de estudo. Ele foi extraído do site euvoupassar. Você está tenso.espiritualismo. não deixe-o terminar! Mantenha isso durante quanto tempo conseguir.com. Espero que gostem! Já são quase sete da noite. Fonte: http://www. Finalmente. você é um batalhador nato! Já assumiu sua condição de concurseiro! Precisa ser aprovado o quanto antes. abriu aleatoriamente um livro de Direito e começou a estudar. você simplesmente se sentou à mesa. livre-se dele. As buzinas do trânsito pareciam ainda ressoar em seus ouvidos.htm Aumentando a concentração . consegue chegar em casa. seus pensamentos se voltam agora em outra direção: Preciso começar os estudos! Afinal de contas.. já se deparou alguma vez com uma situação semelhante a esta? Se for o caso.um pensamento surgindo. Leitor. e de incontáveis acessos de desconcentração. Encerra o expediente e começa o trânsito engarrafado. Duas horas de congestionamento.

apontaremos as técnicas – ou soluções – indicadas a corrigi-los! Ok? Vamos lá! Quem consegue encontrar os sete erros? 1º Erro) Ele esqueceu que havia uma família para abraçar! Ora. e levá-lo até a desacreditar em sua própria capacidade de enfrentar um concurso com sucesso. A criança acredita no que é simples. compre um. no sentido de descobrir os mecanismos que podem levar uma pessoa a conseguir otimizar seus níveis de concentração e de memorização. ou seus irmãos. abrace o seu cachorro. Claro! Se não existirem filhos ou cônjuge. cansaço mental. a despojarse de conceitos pré-concebidos. O ser humano é feito de sentimentos! Ele precisa se sentir amado e acolhido. a médio prazo. médicos – aprofundam-se na questão do aprendizado. podem ser desastrosas. apreço. pedagogos. Por que isso? Por uma razão interessante: as técnicas que apresentarei a seguir. e que a levaram a uma noite de estudos pouco proveitosa. Agora a boa notícia: há décadas que estudiosos das mais diversas áreas – professores. se não estiver imbuído de um espírito lúdico. humildemente. ao menos quando chega em casa! É importante que ele abrace os seus filhos. E se não houver cachorro.. um periquito. o sujeito passou o dia inteiro fora. obstinação! Qualidades inerentes aos que querem vencer! Infelizmente. um papagaio. estima. psicólogos. e a fazer-se criança novamente. físico e emocional. a fim de potencializar a qualidade de seu estudo. E muito já foi descoberto! Nas linhas seguintes. Em outras palavras. convido o Leitor. Se não houver ninguém. são de uma simplicidade tal. a qualidade do seu estudo está prejudicada. que tal brincarmos do jogo dos sete erros? Vamos tentar localizar os equívocos que a pessoa do início do texto cometeu. sequer se disponha a pô-las em prática.. o que implica falta de rendimento. Pode ser também um gato. determinação. Vamos tentar fazer isso! Pode ser? Ótimo! E já que voltamos à infância. Incontáveis pesquisas foram e continuam sendo realizadas. O concurseiro não pode se esquecer jamais . olhe em seus olhos! Isso o irá fazer sentirse até mais motivado para os estudos! Um carinho da esposa ou do marido também é bemvindo nesta hora. durante uma sessão de estudo. baixo aprendizado. As conseqüências desta prática de estudo. brinque um instante com eles. abrace seus pais.coragem. sorria junto. que não lhe têm afeto. À medida que os identificarmos. Em uma palavra: desgaste. que é bem possível que você. lidando muitas vezes com pessoas estranhas. porque ela vê as coisas com simplicidade. estes atributos raros não estão sendo utilizados de modo apropriado.

Aqui está a grande descoberta: é preciso preparar o cérebro para a atividade intelectual. o mais confortavelmente possível. não se atinge mais que 25% do nível de concentração possível em uma leitura ou estudo.. Se quiser.. relaxe. assim também é o seu cérebro! Quando você chegou em casa. Traduzindo: ele estava em alvoroço. você estará de olhos fechados. e durante cinco a dez minutos. Mas você vai pensar nela. então podemos dizer: seu cérebro foi inicializado. você vai tentar manter um ritmo constante de respiração um pouco mais profunda. e com isso você já vai se preparando. o Dr. quase fervilhando. búlgaro. Enquanto isso. Continue respirando. Quando sentir que a música o envolveu e que você já saiu. até que a máquina seja inicializada! Naqueles momentos. Mozart.de que também é gente! Após esta chegada propriamente dita. 2º Erro) Ele se esqueceu de inicializar o cérebro para os estudos! Um dos erros mais comuns. neste estado de inquietação mental. respirando. E como se faz isso? Por meio de uma breve sessão de relaxamento. É inacreditável como algo tão simples poderá revolucionar positivamente o seu aprendizado! Após este relaxamento. o momento de se lançar ao conhecimento! Então não esqueça de avisar a todos de casa: Agora eu não estou para ninguém! Peça que anotem os recados e que não o interrompam. e talvez o mais grave deles! Quando você liga o computador. para cumprir o próximo passo e evitar o erro que veremos na seqüência. em alto grau de agitação. respirando. afora os monges tibetanos. ouvirá um pouco de música clássica. diz o Dr. Vivaldi e Bach são os mais indicados. . paulatinamente. pode ainda repetir baixinho esta ordem: Relaxe. daquela agitação inicial. É chegado. demonstrou que. pensa na respiração. convém que você se lembre da sua respiração! É impressionante como ninguém. os programas do seu micro estão se preparando para começar os trabalhos! Neste sentido. enfim. Somente agora você está pronto para começar os estudos! A técnica aqui apresentada é de origem científica. e tentando mantê-la profunda e constante. já consegue sair imediatamente trabalhando com ele? Claro que não! Tem que esperar alguns instantes. de fato. Lozanov. seu cérebro funcionava em ondas beta. Um grande pesquisador do cérebro. É muito simples: você irá sentar-se preferencialmente em uma poltrona. concentrando-se na sua respiração. relaxe. Durante o banho e a refeição leve que devem se seguir.

É bem possível que resolva complementar sua leitura com algum outro autor. É só começar o estudo e é uma sede desgraçada! Sem água por perto. já sabemos. Ninguém vai dizer: Mamãe. até que seu cérebro volte a atingir o mesmo estado de concentração de antes. à sua frente. Comprovadamente. os resumos. Circule as palavras. finalmente. já se sabe da existência da seguinte escala: quem lê e sublinha as frases cruciais do texto memoriza mais que aquele que apenas lê.Lozanov. sublinha colorido e faz um resumo da essência do que leu memoriza mais que todos os outros! E a memorização tanto se prolongará mais pelo tempo – e isso é deveras desejável – quanto mais forem criativos aqueles resumos! Usar fichas é muitíssimo interessante! Mas pode ser com folhas de caderno também. Ocorre que ele possui três bons livros desta disciplina. Nada de frases compridas. no mínimo. ponha todos eles (daquela disciplina) sobre a mesa. quinze minutos. E se não o encontrar ali. Nada muito linear. Uma ficha-resumo (ou folha-resumo) é como um telegrama. O estudo que consiste da mera leitura não é propício a uma boa memorização. E interrupção. E o que é muito importante: não encha demais a sua ficha. começou a leitura com apenas um livro sobre a mesa. Ora. após todos esses meses. quem lê e sublinha com marcadores coloridos memoriza mais que quem apenas lê e sublinha de uma cor só. Puxe setas ligando uma idéia à outra. isso implicará interrupção! Um prejuízo de. a interrupção é certa. quem lê. cheios de símbolos e abreviaturas. você será capaz de alcançar níveis de concentração de 95% ou mais. além de uma boa apostila e da própria Constituição Federal. ninguém vai à guerra sem levar todas as armas! Embora você julgue que só vai precisar de um livro. Vou tomar o trem das onze e só devo . O mesmo ocorre com quem esquece de pôr uma jarra de água bem próximo. Para tanto. 3º Erro) Ele se esqueceu de preparar a mesa de estudos! Suponhamos que naquela noite o nosso amigo resolveu estudar o Direito Constitucional. sejam bastante coloridos. ou a sua folha de caderno. eu irei visitá-la. Não vamos complicar! Convém apenas que eles. é inimiga mortal da concentração! 4º Erro) Ele se esqueceu de fazer os resumos de estudo! Nós vimos que aquele rapaz apenas lia.

como se pode esperar que uma pessoa assim consiga ter um estudo prodigioso? Não se pode esperar um bom rendimento intelectual. Pode ser feito! Agora o mais importante de tudo: naqueles minutos de intervalo. intercalado. Se for um quarto. Muita gente divide a hora em 50 minutos para o estudo e 10 para o intervalo. No instante em que você vai começar o estudo. de memória muito bem treinada. o cérebro humano – e todas as nossas células – são movidas a oxigênio! É preciso oxigenar o cérebro. você precisa se retirar do local do estudo. como estava até então. Somente assim. Se você estiver atento. se o indivíduo se sente mal fisicamente. Ademais.chegar aí amanhã. digo. mandará ao cérebro a mensagem de que ele já pode descansar um pouco. Como funciona? Assim: você chegou para estudar. tomo café amanhã aí. Nada disso! Você dirá apenas: Mãe. É só trabalho. aborrecimentos. no crepúsculo matutino. O que terá havido? O motor esquentou! Só isso! E a solução é simples e única: é preciso fazer um intervalo. saia dele e feche a porta! É crucial que você abandone o ambiente em que estava estudando. de manhãzinha cedo. após aquela primeira hora de estudo. chamado Dominic . para dar-lhe boas condições de trabalho! Um senhor de memória prodigiosa. necessariamente. perceberá que seu rendimento sofrerá uma queda. e se refazer. e já cumpriu a sessão de relaxamento que aprendemos há pouco. Não é conveniente que seu estudo se prolongue por mais de cinqüenta minutos ou uma hora. A leitura não continuará fluindo. Pronto! Resumo prolixo não é resumo! E resumo bem feito é sinônimo de boa memorização! 5º Erro) Ele se esqueceu de cronometrar o tempo! Vocês repararam que o sujeito estudou três horas. Cuidado: esta parada não pode se estender por mais de quinze minutos. Ora. estresse. verifique que horas são e marque o tempo. Essa técnica é absolutamente essencial para uma boa memorização dos conteúdos! 6º Erro) Ele se esqueceu de fazer a caminhada! Vimos que o infeliz rapaz tem uma vida por demais atarefada. ininterruptamente! Cometeu um crime contra seu cérebro! O estudo correto precisa ser.

várias vezes campeão mundial de memorização.O’Brien. e em lugar de destaque! Quem revisa os seus resumos com freqüência está se mostrando grande amigo da sua própria memória! . Perceberam que o livro de Direito.. Talvez centenas. se falasse. Ele mesmo também confessa que. revela que fazia sempre uma corrida de dez quilômetros. entre todas essas incontáveis repetições. Se a matéria do estudo foi escolhida de forma aleatória. Quem faz caminhada. parece que esse tal de produto notável é mesmo importante! Toda hora eu preciso estar procurando ele aqui no armário. foi escolhido aleatoriamente. conseqüentemente. em que seu cérebro.. você repetiu este desenvolvimento dezenas de vezes. pode aumentar em até 15% a capacidade de aprendizado nos estudos. programar as necessárias revisões! O amigo Leitor acaso lembra como se desenvolve o binômio (a+b)^2? Lembra? Assim: (a+b)^2=a^2+2ab+b^2. muito além do que possa imaginar! 7º Erro) Ele se esqueceu de programar as revisões! O último erro é sempre o mais difícil de ser detectado. ainda se lembre disso? Muito simples: em sua vida estudantil. era incapaz de memorizar até um número de telefone! Estudos recentes mostraram que uma simples caminhada de quarenta minutos. lá em cima. ou qualquer outro exercício aeróbico. O nome disso é produto notável. Melhor eu colocá-lo logo em um lugar bem visível. estará informando ao seu cérebro – e à sua memória – que aquele assunto é de suma importância. está contribuindo com sua atividade de memorização. E que precisa ser muito bem guardado. na véspera destas grandes competições que participava. para não ter trabalho e nem perder tempo procurando da próxima vez! É exatamente assim que funciona! Se você fizer revisões programadas. Houve um dado momento. antes de começar a treinar sua memória. após todos esses anos. teria dito assim: É. durante três vezes na semana. Um assunto normalmente estudado lá pelos idos da sétima série. isso demonstra que não existe uma programação! Não existe um planejamento! E quem não programa os estudos não pode também. E como se explica que você.

por ser inesgotável.com.br . e a encontrar soluções que o conduzam ao sucesso nos concursos. Todavia.É isso! Muito ainda havia a ser escrito acerca deste tema. e na vida! Boa sorte! *Sérgio Carvalho* fonte: euvoupassar. faço votos que esse breve texto possa ajudá-lo a evitar alguns descaminhos.