PUC-Rio CTC/DEC Disciplina Materiais de Construção

PROPRIEDADES DO CONCRETO FRESCO
Angela Teresa Costa Sales
abril de 2005

Concreto de cimento Portland

Pasta de cimento

(cimento + água + espaços cheios de ar)

Agregado miúdo

Agregado graúdo

Matriz

1 - Concreto fresco
• Quando a pasta está no estado fluido ou plástico, permitindo uma re-arrumação das partículas, sob algum esforço • Forma dos vazios cheios de ar
– Bolhas – Espaços interligados

• Propriedades do concreto fresco são exigidas na fase construtiva

. compacidade.Relação entre propriedades no estado fresco e endurecido • Boas propriedades esperadas do concreto endurecido (resistência mecânica..) dependem das características da mistura no estado fresco • Resistência mecânica: – – – – – relação “água/cimento” ou “vazios (água + ar) /cimento” grau de compactação homogeneidade resistência dos grãos do agregado aderência pasta-agregado . durabilidade .

Relação água/mistura seca ou água/materiais secos (A%) • Percentagem de massa de água em relação à massa de materiais secos (cimento e agregados) A% = Qágua/(Qcim+Qareia+Qbrita) • A% é parâmetro de dosagem dos concretos .

2 .Principal propriedade do concreto fresco: Trabalhabilidade • Trabalhabilidade envolve muitas propriedades fundamentais: – Mobilidade da massa – Compactabilidade – relacionada à energia necessária para completa compactação (vencer o atrito interno entre as partículas e com as superfícies das formas) – Coesão entre os elementos componentes – Estabilidade (não segregação) – Componente físico mais importante: Consistência .

adensamento e acabamento).2. transporte. lançamento.Concreto fresco trabalhável • É aquele que apresenta características (consistência e dimensão máxima do agregado) adequadas ao tipo de obra a que se destina (dimensões das peças. podendo ser adequadamente compactado e envolver totalmente as armaduras . não apresentando segregação ou exsudação. espaçamento e distribuição das armaduras) e aos métodos de produção a serem adotados (mistura.1 .

• A trabalhabilidade de um concreto depende do tipo de obra e das condições a serem adotadas em sua produção: – Concreto para barragens – Concreto para estruturas esbeltas e densamente armadas – Concreto auto-adensante .

Importância da compactação adequada do concreto • Obtenção da massa específica máxima possível Relação entre índices de resistência e de massas específicas .

Fatores que afetam a trabalhabilidade • Características próprias do concreto • Condições de produção do concreto (equipamentos.2 . metodologia de produção) • Condições de projeto (dimensões das peças.2. distribuição das armaduras) .

2..Fatores relacionados à consistência • • • • Teor água/mistura seca Tipo..2.) – Modificadores da pega do cimento (retardadores e aceleradores) . super-plastificantes. finura e teor de cimento Granulometria e forma dos grãos dos agregados Aditivos – Modificadores da reologia das misturas (plastificantes. incorporadores de ar.1 .

2 .Fatores relacionados à produção • Tipo de mistura: – Objetivo: homogeneidade do concreto fresco – Duração e eficiência do processo .2.2.maior estabilidade • Tipo de transporte: – Para a obra e/ou dentro da obra – Não provocar segregação – Caso especial: bombeamento • Tipo de lançamento: – Evitar segregação – consistência adequada • Tipo de adensamento: – Manual ou vibratório .

3 .Fatores relacionados às condições de projeto • NBR-6118 .2.2.

2.Medida da consistência do concreto fresco • Métodos baseados nos seguintes fenômenos: – – – – Deformação Penetração Compactação Escoamento .3 .

e medida da diferença entre a altura inicial de 30 cm e a altura após o abatimento (slump do concreto) .1 . adensadas com 25 golpes com a barra metálica – Retirada da forma. 10 cm de diâmetro no topo e 30 cm de altura) – Barra metálica com 16 mm de diâmetro e 60 cm de comprimento – Enchimento da forma em 3 camadas.2. verticalmente.3.Métodos baseados na deformação do concreto fresco • Ensaio de abatimento do tronco de cone (slump test) – Chapa metálica – Forma tronco-cônica (20 cm de diâmetro na base.

Ensaio de abatimento do tronco de cone (slump test) -Mais utilizado: útil para controle do concreto com slump conhecido .

Execução do ensaio de abatimento – slump test – caracteriza-se pela simplicidade na execução .

Formas de abatimento .

3.1 .Métodos baseados na deformação do concreto fresco (cont.2.) • Ensaio de Powers – Mudança de forma da massa – remoldagem – Utiliza mesa cadente (1 queda por segundo) – Consistência expressa pelo número de golpes necessários à completa remoldagem – Eminentemente laboratorial .

Ensaio de Powers .

Bahrner – Suécia – Medida do tempo (segundos) necessários para a completa remoldagem.) • Ensaio de VeBe – Aperfeiçoamento do método de Powers – V. usando mesa vibratória – A remoldagem é completa quando a nata de cimento ocupa toda a superfície de uma placa de vidro ou plástico que se apóia no tipo do tronco de cone. inicialmente.3.2.Métodos baseados na deformação do concreto fresco (cont. acompanhando sua transformação em cilindro .1 .

Ensaio VeBe .

IT = t V1 V2 • Essa correção foi considerada insignificante. em estudos posteriores .) • Bahrner considerou necessária uma correção do índice de trabalhabilidade.Ensaio VeBe (cont. multiplicando o tempo para remoldagem por uma relação entre os volumes. antes a após a vibração.

Ensaios baseados na penetração • Ensaio da Bola de Kelly • Ensaio de Graff • Ensaio de Humm • Não têm aplicação conhecida no Brasil .2.3.2 .

British Standards (BS) e American Concrete Institute (ACI) • Ensaio de Walz – Alemanha – DIN 1048 .Ensaios baseados na compacidade • Ensaio do fator de compactação .2.3.3 .

4 .3. simulando uma armadura .Ensaios baseados no escoamento • Medem tempo de escoamento do concreto sob vibração. através de uma abertura de forma variada ou através de uma grelha.2.

3. Mole Liq.5 .Comparação entre os métodos Preparação Consistência Métodos No canteiro Central Lab. Terra úmida Rija Plást. Abatimento VeBe ++ + + + ++ + ++ + ++ ++ + + - ++ muito conveniente + utilizado pouco utilizado .2.

Segregação do concreto • Segregação: separação entre os constituintes da mistura – perda da homogeneidade e uniformidade da massa – Causas: • Diferença de tamanho dos grãos de agregados • Diferenças de massas específicas dos componentes • Excesso de vibração no adensamento – Formas de segregação: • Grãos maiores se separam dos demais (misturas secas) • Separação da pasta (misturas muito úmidas) .3 .

4 .Exsudação do concreto • Forma particular de segregação • A água da mistura se separa e se eleva até a superfície da peça concretada • Reflete a impossibilidade dos componentes sólidos reterem toda a água de amassamento • Depende fortemente das características do cimento. do excesso de água e da presença de partículas finas .

portanto enfraquecida • Aumento da permeabilidade • Superfícies pouco resistentes à abrasão .Consequências da exsudação • Superfície superior de cada camada lançada torna-se muito úmida.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful