You are on page 1of 11

A maioria das operações produz tanto produtos

como serviços. Os processos de transformação


Faculdade Engenharia de Sorocaba podem ser de vários tipos:

• De materiais - processam suas


Sistemas de Manufatura propriedades físicas (forma, composição,
*Resumo Livro SLACK - Cap. 1_2_3 & 7 características), localização (empresas
distribuidoras ou de frete) ou posse
1) ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO (empresas de varejo).
• De informações - processam a forma da
Bibliografia Básica: informação (ex. contadores), localização
SLACK, Nigel, CHAMBERS,Stuart, (ex. empresa de telecomunicações) ou
JOHNSTON, Robert - Administração da posse (ex. consultoria, serviços de
Produção_ Capítulo 1_: ATLAS, 2ª edição de notícias, etc).
2002 • De consumidores – processam
condições físicas (ex. médicos), de
A Administração da Produção ou localização (acomodação: ex. hotéis), de
Administração de operações é a função estado psicológico (indústria do
administrativa responsável pelo estudo e pelo entretenimento), etc.
desenvolvimento de técnicas de gestão da
produção de bens e serviços. A produção é a Proteção da Produção
função central das organizações já que é ela
que vai se empenhar de alcançar o objetivo Entre as principais responsabilidades da
principal da empresa, ou seja, sua razão de Gerência de operações está a proteção da
existir. produção, são medidas utilizadas para garantir a
continuidade da produção ao longo do tempo,
A função produção se preocupa defendendo de intempéries e circunstâncias
principalmente com os seguintes assuntos: externas. A proteção da produção pode ser
dividida de acordo com sua natureza:
• Estratégia de produção: as diversas
formas de organizar a produção para • Proteção física - envolve a construção
atender a demanda e ser competitivo. de um estoque de recursos, de forma que
• Projeto de produtos e serviços: criação qualquer interrupção de fornecimento
e melhora de produtos e serviços. possa ser absorvida pelo estoque. Serve
• Sistemas de produção: arranjo físico e tanto para matérias-primas quanto para
fluxos produtivos. produtos acabados.
• Arranjos produtivos: produção • Proteção organizacional - é uma função
artesanal, produção em massa e de isolamento do pessoal da produção
produção enxuta. com o ambiente externo, onde as outras
• Ergonomia funções organizacionais agem formando
• Estudo de tempos e movimentos barreiras ou proteções entre as
• Planejamento da produção: incertezas ambientais e a função
planejamento de capacidade produção. É feito pelo pessoal de apoio
agregado, plano mestre de produção e (escritórios, etc). Seu uso excessivo tem
sequenciamento. sido criticado por modelos japoneses, que
• Planejamento e controle de projetos prevêem maior interação de pessoal da
fábrica com fornecedores/clientes
Entradas – Transformação – Saídas externos.

O processo produtivo consiste na O projeto do sistema produtivo envolve a


transformação de entradas (de materiais e configuração do processo de conversão dos
serviços) em saídas (de outros materiais e materiais e insumos em produtos úteis, bens,
serviços). conhecimento e serviços. Dimensionar o
processo de conversão envolve a execução de
4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior
atividades relacionadas á definição dos • Variabilidade (de demanda) - Contrapõe
equipamentos, capacidade, especificações negócios de alta variação de demanda
técnicas, definição de layout e fluxo (demanda instável – por exemplo, um
produtivo.A operação contempla o resort que fica cheio na alta temporada,
planejamento, programação e controle da mas vazio na baixa) com negócios de
produção envolvendo atividades de demanda estável (por exemplo, um hotel
aprazamento, sequenciamento e na frente de uma rodoviária
programação. movimentada). O custo unitário do
primeiro caso é maior, e ele deve se
Tipos de operações de produção adaptar para contratar funcionários
temporários, etc.
A gerência de operações trata de operações
produtivas, que tipicamente se diferem em • Visibilidade - Depende do quanto da
quatro variáveis: operação é exposto para os clientes.
Operações de alto contato (ex. varejo de
• Volume - Em sistemas de grande material de construção) exigem
volume de produção, há um alto grau funcionários com boas habilidades de
de repetição de tarefas. Isso possibilita interação com o público. Operações de
a especialização de trabalhadores, e a baixo contato (ex. vendas por catálogo,
sistematização do trabalho ou via web) exigem funcionários menos
(procedimentos-padrões estão qualificados, e pode ter alta taxa de
estabelecidos em um manual, com utilização por isso, tem custos mais
instruções de como cada parte do baixos. Visibilidade baixa tolera prazos de
trabalho deve ser feita) e de entrega mais longos, e por isso podem
ferramentas (ex. fogões e frigideiras trabalhar com menor estoque. Há
especializados para o McDonalds). A operações de visibilidade mista: algumas
implicação mais importante disto é o microoperações são de alta visibilidade,
custo unitário baixo, pois no mínimo, outras de baixa.
os custos fixos são diluídos em um
grande número de produtos.

Em sistemas com baixo volume de produção Toda empresa tem por natureza três funções
(por exemplo, um restaurante pequeno), há centrais: a função de marketing; a de
um número pequeno de funcionários, e não desenvolvimento do produto e a função da
há grande repetição de tarefas. Isso pode ser produção. E toda e qualquer organização tem
mais gratificante para o funcionário, mas é em si o modelo de transformação, nada mais é
prejudicial à sistematização. Além disso, o que a entrada de recursos (input)- processo de
custo unitário é bem mais alto, pois é pouco transformação - saída de produtos e serviços
diluído. O capital exigido, no entanto, é (output). O modelo de transformação pode ser
intensivo. identificado entre as operações de uma
empresa, onde a macro operação é formada por
• Variedade- Confronta produtos ou micro operações.
serviços altamente padronizados
(analogia: ônibus, com rotas Sendo assim, essas últimas precisam interagir
estabelecidas) com outros produtos e entre si formando, com isso, consumidores e
serviços altamente flexíveis e fornecedores internos que são de vital
customizáveis (analogia: táxi, que importância para o processo produtivo. Este, por
pode seguir infinitas rotas). O que é sua vez, está sujeito a diversas variáveis do
padronizado tem custos mais baixos e ambiente, necessitando de uma proteção física
pode ter uma taxa de erros menor (e e/ou organizacional no intuito de criar uma
por consequência, uma qualidade barreira contra as incertezas do ambiente
maior). externo.

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior


Além disso, este processo tem suas 4) Quais são as responsabilidades dos
diferenças no que tange ao volume, gerentes de produção?
variedade, variação da demanda e grau de
visibilidade sendo estes fatores cruciais para R: Todos aqueles que exercem a
o aumento ou diminuição do custo unitário. responsabilidade particular de administrar algum
Isto tudo mostra um pouco das ou todos os recursos abrangidos pela função
responsabilidades do gerente da produção produção dependendo do produto/serviço, do
que precisa estar preparado para direcionar porte da empresa e da filosofia da empresa.
estrategicamente a empresa, projetar a
operação, planejar e controlar as atividades
das operações, buscando sempre melhorar o 2) OBJETIVOS ESTRATÉGICOS DA
desempenho da produção e sua qualidade. PRODUÇÃO - PAPEL E POSIÇÃO
Devendo ainda estar interado com as demais COMPETITIVA DA PRODUÇÃO
áreas da organização sem perder de vista a
responsabilidade ambiental e social. Bibliografia: SLACK, Nigel, CHAMBERS,
Stuart, JOHNSTON, Robert - Administração da
Questões: Produção_ Capítulo 2_: ATLAS, 2ª ed. 2002

1) Que é Administração da Produção? Índice:

R: São atividades e decisões dos gerentes de Questões-chave


produção visando administrar organizações Palavras que chamaram a atenção
que produzem bens e serviços. Papéis da função Produção
Papel de Implementadora da estratégia
2) Quais são as similaridades entre todas empresarial
as operações produtivas? Papel de Apoio para a estratégia empresarial
Papel de Impulsionadora da estratégia
R: Todas as empresas produtivas possuem empresarial
uma mesma organização da produção Níveis de contribuição, por parte da função
dividida em marketing, desenvolvimento de produção:
produto/serviço, produção, financeira e Modelo de 4 estágios
recursos humanos. E todas elas possuem Objetivos de Desempenho da Produção
entradas (inputs), processamento dos Os 5 Objetivos de Desempenho
elementos de entrada e saídas (outputs), Objetivo Qualidade / Objetivo Rapidez
essas etapas do processo podem ser Objetivo Confiabilidade
mensuradas e melhoradas por todas as áreas Objetivo Flexibilidade
mencionadas que terão seus produtos Objetivo Custo
melhorados. Conclusão

3) Como as operações produtivas diferem Objetivos estratégicos da produção - Papel e


uma da outra? posição competitiva da produção

R: Ao mesmo tempo em que todas as


operações têm suas similaridades elas se Questões-chave
diferem no tipo de produto que elas
processam, cada conjunto de operações
integradas é responsável por um tipo de 1) Que papel se espera que a produção
produto que tem entradas e saídas diferentes desempenhe na empresa?
umas das outras, mas têm os mesmos
conceitos de produção.
R: Espera-se que a produção desempenhe três
papéis principais na empresa.
São eles: Implementar, apoiar e impulsionar a
estratégia.
4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior
Papel de Apoio para a estratégia empresarial:
2) Quais os objetivos de desempenho Segundo Wickham Skinner, a produção deve
específicos utilizados pela empresa sempre desenvolver seus recursos para
para avaliar a contribuição da produção fornecer condições que permitam ou ajudem a
em suas posições estratégicas? organização atingir seus objetivos estratégicos.
Pois se a função produção não estiver
R: Os Objetivos de desempenho específicos atualizada de acordo com o mercado, fica
utilizados pela empresa para avaliar a inviável uma contribuição competitiva.
contribuição da produção em suas posições
estratégicas são: Qualidade, Rapidez,
Papel de Impulsionadora da estratégia
Flexibilidade, Confiabilidade e Custo.
empresarial:
Palavras que chamaram a atenção:
O terceiro papel da produção é dar vantagem
Reconhecimento – pois sem serem
competitiva à empresa.
apreciados, os dirigentes de produção ficam
Produtos malfeitos, serviço relapso, promessas
inseguros se estão mesmo contribuindo com
não cumpridas, custo elevado, etc., não
a empresa.
permitirão a nenhuma empresa ser competitiva
Avaliação – pois não dá para saber como
no mercado. E sem isso, ela fica sem projeção e
está se não houver meios para medir.
impossibilitada de se sustentar.
Motivação – a função produção deve
entender por que deve-se exceder em seu
papel. Níveis de contribuição, por parte da função
produção:
Papéis da função Produção: Modelo de 4 estágios:
Neutralidade Interna
Conforme citado nas questões-chave, os
papéis principais da função produção são: Este é o nível mais fraco de contribuição e pode
somente manter-se neutra ou prejudicar a
eficácia competitiva da organização. Neste
•Implementadora da estratégia empresarial
estágio, mantém-se voltada para dentro e, no
•Servir de apoio para a estratégia empresarial máximo reage às mudanças externas.
•Impulsionadora da estratégia empresarial Sua ambição é passar despercebida (pelo
menos, não contribui para o insucesso da
empresa) e não é vista como fonte de
Papel de Implementadora da estratégia originalidade, talento ou impulso competitivo.
empresarial:

Neutralidade Externa
Em suma, a produção é quem põe em prática
Neste nível a função produção começa a
a estratégia da empresa. Pois não adianta a
comparar-se com empresas ou organizações
empresa se comprometer em ser melhor em
similares. É sabido que não alcança
uma determinada área, se sua função
imediatamente a primeira divisão, mas serve
produção não o fizer.
como base para “Melhores Práticas”, seguindo
as tendências, torna-se externamente nula

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior


Apoio Interno Sociedade: aumentar o nível de emprego /
No 3º estágio, a função produção aumentar o bem-estar da comunidade / produzir
provavelmente atingiu a primeira divisão em produtos sustentáveis / garantir um meio
seu mercado, porém, pode não ser a melhor, ambiente limpo.
mas está andando junto e aspira ser a melhor
do mercado. Está tentando dar uma Os 5 Objetivos de Desempenho
estratégia crível ao fornecedor; Basicamente, o objetivo é satisfazer os
stakeholders. Para tal, seguem-se 5 objetivos:
Apoio Externo Fazer as coisas certas, isto é, sem cometer
Um nível novo que era considerado erros e satisfazer seus clientes. Isso proporciona
inexistente e que vê a produção como uma vantagem de qualidade para a empresa.
provedora da base para seu sucesso
competitivo em longo prazo e prevê Gostar-se-ia de fazer as coisas com rapidez,
mudanças nos mercados e na oferta de minimizando os tempos sem perder qualidade.
insumos, desenvolve capacidades que serão Isto proporciona uma vantagem em rapidez.
exigidas para competir nas condições futuras
de mercado. Gostar-se-ia de fazer as coisas em tempo para
Considera a produção como criativa e Pró cumprir prazos. Se a produção puder fazê-lo,
ativa inovadora e capaz de adaptar-se, estará ganhando uma vantagem em
sempre tentando manter-se um passo a confiabilidade.
frente dos concorrentes.
Gostar-se-ia de estar pronto para mudar ou
adequar-se para enfrentar circunstancias
Objetivos de Desempenho da Produção
inesperadas ou para dar um tratamento
individual aos consumidores. A variedade de
Stakeholders: pessoas ou grupo de pessoas bens produzidos deve ser ampla o suficiente
que possuam interesse na operação, e que para satisfazer a todas as possibilidades dos
possam ser influenciadas por ou influenciar consumidores. Assim ganha uma vantagem em
as atividades da operação Produtiva. flexibilidade.
Podem ser internos (empregados acionistas)
ou externos (fornecedores, consumidores, Você gostaria de fazer as coisas o mais barato
sociedade). possível, isto é, produzir com custos que
Fornecedores: Continuar o negócio / possibilitem fixar preços apropriados e ainda
Desenvolver capacidade de fornecimento / obter lucro. Assim se ganha uma vantagem de
Fornecer informação transparente. custo.
Acionistas: Valor econômico/retorno sobre o
investimento / valor ético/retorno sobre o Objetivo Qualidade
investimento. Qualidade é fazer da maneira correta, sem
Empregados: Continuidade de emprego / precisar retrabalhar, com o mínimo de erro. O
pagamento justo / boas condições de trabalho cliente exige produtos bem feitos, caso encontre
/ desenvolvimento pessoal. um defeito, perderá a vontade de adquirir
Consumidores: Especificação apropriada de produtos vindos desta empresa.
produtos ou serviços / Qualidade consistente Podemos citar como exemplo uma fábrica de
/ Entrega rápida / entrega confiável / rolamentos, em um mês são produzidos
flexibilidade / preço aceitável. aproximadamente 45 milhões de esferas, se
uma das operações não estiver sendo feita com

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior


qualidade, o gasto para se retrabalhar todas
as peças seria maior que o de produzi-las Flexibilidade de Volume
novamente.
Habilidade de alterar a operação em seu nível
de output ou de atividades, pois a demanda
Objetivo Rapidez
altera as quantidades ou volumes de diferentes
Rapidez significa quanto tempo os
consumidores precisam esperar para receber produtos e serviços durante todo dia.
seus produtos ou serviços. Flexibilidade de Entrega
Podemos citar como exemplo um hospital, o
Habilidade de mudar a programação de entrega
tempo entre a solicitação de um exame e sua
efetiva realização deve ser o mínimo possível. do bem ou do serviço, para atender tempos de
Caso esse tempo seja maior do que o entrega diferentes.
esperado pelo cliente e cause insatisfação, o
mesmo reclamará da falta de rapidez do
serviço. Objetivo Custo
Em empresas que concorrem diretamente em
Objetivo da Confiabilidade preço, o custo é o principal objetivo de produção.
Quanto menor o custo de produzir seus bens e
serviços, menor será o preço repassado aos
Confiabilidade significa fazer as coisas em
seus consumidores e mesmo as empresas que
tempo para os consumidores receberem seus
concorrem em outros aspectos estarão
bens ou serviços prometidos. Como exemplo,
interessadas em ter custos baixos para
podemos citar uma empresa de ônibus
aumentar sua margem de lucro.
qualquer. Os horários são fixos em todos os
Os custos na empresa estão onde o gerente de
pontos do trajeto, e o cliente confia nisso.
produção gasta dinheiro, por exemplo:
Caso uma linha de ônibus não cumpra o
Custo de funcionário (pessoal empregado);
horário estabelecido, atrapalhará todo o
Custos de instalação, tecnologia e
planejamento do cliente, que confiou na
equipamentos;
pontualidade da empresa.
Custos de materiais consumidos ou
transformados na produção;
Objetivo Flexibilidade
Significa a capacidade de mudar a operação, O custo é afetado por outros objetivos de
pode se alterar o que a operação faz como
desempenho.
faz ou quando faz. A mudança deve atender
quatro tipos de exigências: -Operações de alta qualidade não desperdiçam
tempo com retrabalhos;
-Operações rápidas reduzem os estoques entre
Flexibilidade de Produto/Serviço
as micro operações assim como diminuem os
Habilidade de introduzir novos produtos e custos administrativos indiretos;
serviços à operação. -Operação confiável elimina o prejuízo de
interrupção permitindo que as outras micro
Flexibilidade de Compostos (Mix) operações trabalhem eficientemente;
Habilidade de fornecer ampla variedade ou -Operações Flexíveis adaptam-se rapidamente
compostos de produtos e serviços, sendo que às circunstâncias mutantes não interrompendo
seus produtos e serviços não são produzidos as outras operações;
em alto volume.

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior


Conclusão: pretendem alcançar suas metas de longo
prazo.

A produção é quem põe em prática a


 “De cima para baixo”:
estratégia da empresa. Pois não adianta a
 É uma estratégia corporativa. Estabelece
empresa se comprometer em ser melhor em
os objetivos para as diferentes empresas
uma determinada área, se sua função
que compõe o grupo de negócios.
produção não o fizer, mesmo a estratégia
 Também conhecida como estratégia da
mais original pode tornar-se totalmente
produção, lida com as partes da
ineficaz por causa de uma função produção
organização que criam produtos e
inepta.
serviços.
O principal objetivo da empresa é produzir
com qualidade, rapidez, confiabilidade e Qual a diferença entre as visões “de cima
flexibilidade para diminuir os custos e para baixo” (top-down) e de “baixo para
oferecer um produto mais competitivo no cima” (botton-up) da estratégia da produção?
mercado e assim aumentando seus lucros.
• “De cima para baixo”:
É uma estratégia corporativa. Estabelece os
3) ESTRATÉGIA DA PRODUÇÃO – objetivos para as diferentes empresas que
APRESENTAÇÃO
Responder ás Questões-chaves
compõe o grupo de negócios.
O que é estratégia? Também conhecida como estratégia da
Qual a diferença entre as visões “de cima para produção, lida com as partes da organização
baixo” (top-down) e de “baixo para cima” (botton- que criam produtos e serviços.
up) da estratégia da produção?
Qual a diferença entre as visões “requisitos do
mercado” e “recursos da produção” da estratégia • “De baixo para cima”:
da produção? A perspectiva "de baixo para cima" da estratégia
Como pode ser montada a estratégia da da produção considera que a estratégia geral
produção? emerge da experiência operacional diária.

Livro: Administração da Produção _ Capítulo 3_ Qual a diferença entre as visões “requisitos


do mercado” e “recursos da produção” da
Nigel Slack, Stuart Chambers e Robert Johnson – estratégia da produção?
Ed Atlas Ed 2002 (2ª Edição)
• Requisitos do Mercado:

O que é estratégia? A perspectiva dos "requisitos do mercado" da


estratégia de produção considera que o principal
 Estratégia é a definição de como os papel da produção é satisfazer aos mercados.
Os objetivos de desempenho da produção e as
recursos serão alocados para se
decisões da produção deveriam ser
atingir determinado objetivo. Usada pioneiramente influenciados pela combinação
originalmente na área militar, esta das necessidades de consumidores e das ações
palavra hoje é bastante usada na área dos concorrentes. Ambas as questões podem
de negócios. ser resumidas em termos do ciclo de vida do
 Eu defino da forma mais simples produto/serviço.
possível:
• Recursos da Produção:
É a arte de alcançar resultados. A perspectiva dos "recursos da produção" da
 Estratégia é o padrão geral de
estratégia de produção apoia-se na visão
decisões e a ações que posicionam a
baseada em recursos da empresa e considera
organização em seu ambiente e que
as competências (Ou capacitações) centrais
4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior
como a principal influencia da estratégia da que a maioria de nós notaria em primeiro lugar
produção. As capacitações da produção são quando entrasse pela primeira vez em uma
desenvolvidas parcialmente por meio das unidade de operação. Também determina a
decisões estratégicas tomadas pela produção. maneira segunda a qual os recursos
transformados – materiais, informações e
Como pode ser montada a estratégia da clientes – fluem através da operação. Mudanças
produção? relativamente pequenas na localização de uma
máquina numa fábrica ou dos bens em um
 Existem muitos procedimentos
diferentes usados por empresas, supermercado, ou a mudança de salas em um
consultores e acadêmicos para centro esportivo podem afetar o fluxo de
formular estratégia da produção. As materiais e pessoas através da operação. Isto,
duas que descrevemos neste capitulo por sua vez, pode afetar os custos e a eficácia
são a metodologia Hill e procedimento geral da produção.
Platts-Gregory.
Procedimento de arranjo físico:
 A metodologia Hill e baseada na idéia
de estabelecer conexões entre os Tipo de processo: É a característica de
diferentes níveis de elaboração da
volume-variedade que dita o tipo de processo.
estratégia, desde os objetivos
corporativos, passando por estratégia Em casos em que mais de um tipo de processo
de marketing, objetivos da produção e é possível, a importância relativa dos objetivos
decisões estruturais e infra-estruturais. de desempenho da operação pode influenciar
na decisão.
 http://pt.wikipedia.org/wiki/Estrat%C
Arranjo físico básico: É a forma geral do
3%A9gia
Acessado em 31/08/2010. arranjo de recursos produtivos da operação.
 Livro: Administração da Produção _ Como alguns dos recursos individuais de trans
Capítulo 3_ Nigel Slack, Stuart formação parecerão muito desiguais, a
Chambers e Robert Johnson – Ed variedade de arranjos físicos parecerá ainda
Atlas Ed 2002 (2ª Edição) mais ampla que na verdade é. Por isso é difícil
 http://www.google.com.br/#hl=pt- detectar as similaridades que se escondem sob
BR&source=hp&q=Estrategia+Prod
estes aparentemente diversos arranjos físicos.
u%C3%A7ao&aq=f&aqi=&aql=&oq=
&gs_rfai=&fp=a96cafe04c7369ef
Acessado em 30/08/2010. Projeto detalhado de arranjo físico:
Embora a escolha do tipo básico de arranjo
físico governe a maneira geral segundo a qual
4) ARRANJO FÍSICO E FLUXO os recursos vão ser arranjados uns em relação
aos outros, ela não define precisamente a
Bibliografia Básica: posição exata de cada elemento da operação.
SLACK, Nigel, CHAMBERS,Stuart,
JOHNSTON, Robert - Administração da
Produção_ Capítulo 7_: ATLAS, 2ª edição de
2002

O arranjo físico de uma operação


produtiva preocupa-se com a localização
física dos recursos de transformação. O
arranjo físico é uma das características mais
evidentes de uma operação produtiva porque
determina sua “forma” e aparência. È aquilo
4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior
ou clientes é muito claro e previsível,
sendo fácil de controlar.

Arranjo físico misto: A maioria das


instalações de manufatura usa uma
combinação de mais de um tipo de
arranjo físico.

Seleção do tipo de arranjo físico:

Qual tipo de arranjo físico adotar?


- Características de volume-variedade;
- Análise das vantagens e desvantagens;
- Análise de custos;

Tipos de arranjo físico: Volume-variedade e tipo de arranjo físico:

 Arranjo físico posicional: O recurso A importância do fluxo para operação


dependerá de suas características de volume e
transformado por ser muito grande não
variedade. À medida que o volume aumenta a
se move entre os recursos importância de tomar decisão certa quando o
transformadores, podendo ser muito fluxo aumenta. À medida que a velocidade é
delicado e por esta razão permanecem reduzida, torna-se possível arranjar os recursos
em um local só. Equipamentos, transformadores de acordo com as
maquinários, instalações, materiais e necessidades de processamento do produto ou
serviço.
pessoas se movem para o local do
processamento.

 Arranjo físico por processo: Os


centros de trabalho são agrupados de
acordo com a função que
desempenham. Os materiais e
pessoas se movem de um centro a
outro de acordo com a necessidade.

 Arranjo físico celular: As máquinas


são agrupadas em células (estações
de trabalho), na qual cada célula é
formada para produzir uma única
família de peças. Tentativa de trazer
alguma ordem para a complexidade de
fluxo.

Arranjo físico por produto: As


máquinas e equipamentos estão
dispostos de acordo com as etapas
progressivas pelas quais o produto é
feito. O fluxo de produtos, informações

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior


Análise de vantagens e desvantagens:

Análise de custos:

A decisão de alterar o arranjo físico é muito


importante. Além de ser uma tarefa difícil e cara
pode prejudicar o funcionamento da operação;
Não é uma decisão tomada com freqüência.
A alteração depende do tipo de processo além
de seus objetivos de desempenho estratégico.
Uma vez escolhida o tipo básico de arranjo
físico o projeto pode ser iniciado.

Questões:
1.Quais são os tipos básicos de arranjo
físico usados em produção?
- Arranjo físico posicional;
- Arranjo físico por processo;
- Arranjo físico celular;
- Arranjo físico por produto;

2.Qual o tipo de arranjo físico uma


operação em produção deveria
escolher?
Depende do tipo de processo, que será
influenciado pelas características de volume-
variedade da operação assim como por seus
objetivos de desempenho estratégico.

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior


3.O que o projeto de arranjo físico
deseja alcançar?
Deseja alcançar a forma geral do arranjo
de recursos produtivos da operação.

4.Como deveria ser o projeto detalhado


de cada tipo de arranjo físico básico?
Projeto detalhado de arranjo físico
posicional: Deve preocupar-se com a
localização física dos recursos
transformadores, entretanto, ela não será
definida com base no fluxo dos recursos
transformados.
Projeto detalhado de arranjo físico por
processo: Este tipo de arranjo é marcado pela
complexidade, que também caracteriza o
fluxo desse tipo de arranjo. A relação de
arranjos entre números de centros de
trabalhos é fatorial.
Projeto detalhado de arranjo físico celular:
Células representam um compromisso entre
a flexibilidade do arranjo físico por processo e
a simplicidade do arranjo físico por produto.
Cada célula alocará recursos suficientes para
processar uma família de peças.

*Resumo preparado pelos alunos de 2010

4/3/2011 Sistemas de Manufatura Professor MSc Laercio Avileis Junior