1

Introdução O presente trabalho fala -nos do primeiro Estado Bantu, O Grande Zimbabwe. Neste trabalho vamos falar do Estado de Zimbabwe desde a sua formação, a até a sua decadência.

foram recolhidos braceletes de cobre e de ferro. Inhambane. Os testemunhos arqueológicos mostram que entre os produtos importados se contavam inúmeras missangas de vidro colorido. como o manykeni que se localizava no actual distrito de Vilanculos. Entre os séculos XVI e XVII. a sede de uma dinastia e um entrep osto comercial. entre 1975 e 1980. Todos . igualmente circundados por muros de pedra. contrapesos de rocas feitos de barro para a fiação do a algodão e consideráveis quantidades de olaria. sendo o período de ocupação dividido em várias fases. De possível manufactura local. um elegante gongo. Tendo sido e scavado durante 5 (cinco) campanhas. Manykeni Alem do Grande Zimbabwe. louça vidrada e finas de vidros. pela arquitectura. Madzimbabwe Tomou esse nome porque. Esses amuralhados eram uma ostensiva demonstração de poder. matérias arqueológicos e datações absolutas. Separavam os estratos dominantes social e visualmente. no período aqui considerado. machados. Manykeni constituía. colares de conchas marinha. Podia controlar a Baía de Vilanculos e assegurar um rápido escoamento de mercadorias. manykeni insere -se. a zona de manykeni fazia parte do território de sedanda. Havia ai vários recintos circundados por pedra. A construção do amuralhado data provalvelmente do século XIII. As investigações mostraram que foi continuamente habitado entre 1170 /80 e 1610/70. provavelmente. contemporânea com o Grande Zimbabwe. na cidade capital e noutros centros de poder . Situado a 50km da Baía de Vilanculos e a 450 do Grande Zimbabwe. o qual segundo a tradição oral. enxadas. O Grande Zimbabwe A capital conhecida por G rande Zimbabwe entre os estudiosos concentrou -se grande parte do poder político e económico. a aristocracia fez rodear as suas habitações de amuralhados de pedra conhecidos por madzimbabwe (singular Zimbabwe). na planície e na colina e igualmente uma grande µcidade de caniço¶ vestígios arqueológicos cobrem hoje uma importante superfície. constituiu o primeiro Museu Arqueológico de Moçambique. pregos.2 Localização ( No tempo e no espaço) O estado de Zimbabwe surgiu entre 1250 -1450 e localizava-se entre o Zambeze e o Limpopo junto ao rio Mutirikwe perto da fronteira com Moçambique. são conhecidos vários µcentros regionais¶ com habitações. fora uma parte do estado dos Muenemutapa. porcelanas.

ambos na margem do Zambeze. referiu-se a Sofala no século X. pérolas e outros produtos. O comércio a longa distância permitiu o enriquecimento dos chefes das comunidades onde a exploração mineira e ra intensa. o ouro e o comércio que permitiram o enriquecimento de certos chefes e. navegável durante o período das chuvas.3 esses produtos assemelham-se aos restantes centros regionais e ao do próprio Grande Zimbabwe. nos séculos XVI -XVII. viajante Árabe. é que o ouro adquiriu maior valor devido a intensa procura. As vias comé rcias utilizadas entre os séculos XI e XV seriam provavelmente o rio Save. os chamados ½½bens de prestígios ¾¾. entre os séculos IX-X. O Grande Zimbabwe e o comé rcio com os Asiáticos Só quando os primeiros comerciantes Árabes chegaram à costa Africana de S ofala . O abandono (ou a marginalização) de manykeni. deverá estar relacionado com a fragmentação do Zimbabwe nos estados butua e Muenemutapa a partir do século XV. consequentemente. e a via terrestre q ue ligava o porto de Quelimane a Sena e Tete. mas ele desempenhou um papel importante ao criar condiç ões para o alargamento do padrão de consumo e incentivar as ambições territoriais dos chefes. Artesanato e Pastores. As primeira trocas comercias realizaram -se provavelmente. permite igualmente inferir sobre a diferenciação social. o desenvolvimento do seu poder político. pois. O comércio não originou o Estado de Zimbabwe. Assim. de fabrico regional. São raros os testemunhos de produtos para exportação. Pela análise arqueológicas da distribuição espacial das unidades de habitação no exterior e no interior do amuralhado de manykeni constatou -se a existência de diferentes padrões de consumo.orientado para o comércio do vale do Zambeze depois de 1450. para responder à grande procura. contribuiu para a procura inevitável de soluções que não eram possíveis dentro dos limites dos pequenos territórios linhageiros ou clânicos . As anexações e as alianças políticas entre comunidades foram provavelmente decisivas no processo de delimitação de fronteiras do Estado do Zimbabwe. indubitavelment e originária de centros auríferos do planalto Zimbabweano. Com o desenvolvimento da produção criou -se grupos sociais com diferentes funções : Agricultores. A necessidade de quantidades cada vez mais elevadas de ouro. AlMasudi. Foram apenas encontradas dua pequenas esferas fundidas e missangas de ouro. Foi. . A análise dos tipos de olaria. verifica-se uma relativa concentração de bens de prestígios (gongo instrumento muitas vezes ligado ao poder real na África Central) dentro do perímetro do amuralhados reservado à classe dominante. bem como com a implantação da autoridade político -militar portuguesa em sofala (1505) e nas Ilhas de Moçambique (1507).trazendo tecidos.

O Estado de Zimbabwe não é produto da actividade mercantil. mas pensa -se estar relacionada com a invasão da região pelos muenemutapa. . próximo do rio Zambeze. uma vez que não existem registos escritos. funcionavam como estruturas bem hierarquizadas e com uma complexidade que já apontava para formas características de um estado ainda na fase embrionária .na língua Chishona s e chamam madzimbabwe. que deram origem a um império. Apartir dessa altura começaram a construir edifícios amuralhados que.estabelecendo a sua capital cerca de 500km do Grande Zimbabwe. isto é casa s de pedra. apesar do peso considerável dos laços de parentesco. Os povos shonas parecem ter -se fixado nesta região durante o século V.4 Decadência (O fim do Grande Zimbabwe) A razão do abandono desta ½½cidade¾¾ praticamente sem deixar outros vestígios ainda não é conhecida. Conclusão Após termos feito este trabalho sob o tema Grande Zimbabwe concluímos que o império durou 200 anos desde a sua formação até a sua decadência. porque as formações sociais moçambicanas pré-mercantis.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful