You are on page 1of 38

Universidade Federal do Pará Instituto de Tecnologia Faculdade de Engenharia Química Elementos de Instrumentação Científica Professor: Davi Brasil

Espectroscopia na Região do Ultravioleta/Visível
Equipe: Daniel Nascimento dos Santos Gilmar Nascimento Neves Raimunda Nonata C. e Branco Belém, 24 de Novembro de 2010.

Introdução
y

A região UV do espectro foi descoberta em 1801 por John Ritter no transcurso de experiências fotoelétricas no AgCl. Região do UV-VIS: Comprimento de onda de 200 ± 780 m. A espectroscopia de absorção UV-VIS baseia-se na energia de excitação necessária para transição de elétrons entre orbitais moleculares. Quando dois átomos formam uma molécula, seus orbitais moleculares combinam-se dando lugar a novos orbitais moleculares que alojarão os elétrons. A espectroscopia de absorção UV-VIS envolve a absorção de luz UV/VIS por uma molécula promovendo o passo de um elétron desde um orbital molecular fundamental a um orbital excitado.

y y

y

y

y

A absorção da radiação UV/ VIS tem por conseqüências: Excitação dos elétrons Transições eletrônicas: ³Promoção dos elétrons de valência de um estado menos energético (estado fundamental) para um estado mais energético (estado excitado).´

y

y

y

Espectro UV/ VIS típico:

y

Os máximos de absorção devem-se à presença de cromóforos na molécula.

‡ Alguns cromóforos simples:
Ligações C-C, C-H -O-N-SC=O C=C
Max

( m)

150 185 195 195 290,190 190

‡ O espectro de absorção é obtido a partir do monitoramento das intensidades de radiação incidente (I0) e transmitida (I).

‡ Para caracterizar a absorção usamos a Lei de Lambert±Beer.

Lei de Lambert-Beer
y

Para medidas de absorção de radiação tem-se:

y

A Lei de Lambert-Beer permite corrigir a dependência da concentração e outros fatores operacionais ao compararmos compostos distintos.

Partes Constituintes
‡ ‡ ‡ ‡ ‡ Fonte de radiação contínua Monocromador Recipiente para amostra Detector Registrador

‡ Cubetas:

‡ Espectrômetro de feixe simples:

‡ Espectrômetro de duplo feixe:

Esquema de um espectrofotômetro UV/VIS

‡ Exemplos de espectrômetros UV-VIS:

Manuseio da Amostra no UV/VIS
‡ O espectro no UV/VIS de um composto é normalmente obtido em solução ou em fase vapor. ‡ As células utilizadas na determinação de espectros em solução possuem um caminho óptico que varia de 1 cm até 10 cm. ‡ Ao preparar-se uma solução, pesa-se cuidadosamente a amostra e transfere-se para um balão volumétrico; completa-se o volume com solvente adequado. ‡ Muitos solventes são utilizados na região do UV/VIS. Os mais comuns são o cicloexano, o etanol 95% e o 1,4dioxano.

Características Importantes da Espectroscopia no UV/VIS
‡ O espectro ultravioleta e visível nos fornece informações limitadas sobre as estruturas químicas de uma substância. Mas, por causa da sensibilidade destas técnicas e do alto grau de precisão e exatidão em suas medidas, elas são empregadas extensivamente em determinações quantitativas.

Características Importantes da Espectroscopia no UV/VIS
‡ Sensibilidade típica em torno de 10-5 mol.L-1, podendo atingir até 10-7 mol.L-1. ‡ Seletividade não muito boa. ‡ Boa exatidão: ~1 ± 3%. ‡ Maior precisão se acoplado à cromatografia.

Características Importantes da Espectroscopia no UV/VIS
‡ Facilidade na obtenção, tratamento e armazenamento dos dados. ‡ Ampla aplicação em sistemas orgânicos e inorgânicos. ‡ Usada em determinações qualitativas e quantitativas. ‡ É uma das técnicas analíticas mais empregadas, em função do custo relativamente baixo e grande número de aplicações desenvolvidas.

Aplicações da espectrofotometria de UV/VIS
‡ Análise comparativa de substâncias (problema e padrão). ‡ Análise de compostos orgânicos e inorgânicos que apresentam ligações duplas e triplas, ligações conjugadas , cromóforos , complexos inorgânicos com metais de transição. ‡ Em compostos orgânicos que apresentam grupos carbonilas, dienos conjugados , aromáticos , etc.

Aplicações da espectrofotometria de UV/VIS
‡ Esta técnica é muito usada em laboratórios de controle de qualidade, pesquisa e desenvolvimento de análises clínicas e toxicológicas.

Aplicações Ambientais
‡ Identificação de substâncias orgânicas (pesticidas) em solo, água, etc. ‡ Quantificação de compostos orgânicos voláteis (reação de derivatização).

Aplicações na Medicina
‡ A espectroscopia na região UV-VIS é bastante usada na identificação do princípio ativo de fármacos. ‡ Princípio ativo: é a substância existente na formulação do medicamento, responsável pelo seu efeito terapêutico.

Aplicações na Indústria Química
‡ Larga aplicação na indústria química nas análises de águas : potável, caldeiras , resfriamento e na preparação de água desmineralizada, onde se determina principalmente ferro, sulfatos, fosfatos, entre outras.

Exemplo de Aplicação do Método 

Desenvolvimento e Validação de um método analítico para a Quantificação por Espectroscopia UV de Captropil em comprimidos de liberação prolongada.

‡ O captopril, que corresponde ao D-2-metil-3mercaptopropanol-L-prolina, é um agente antihipertensivo ativo oralmente e atua através da inibição competitiva da enzima conversora de angiotensina. Este fármaco demonstra excelente efetividade no tratamento da hipertensão arterial, sendo considerado o medicamento de primeira escolha. Porém, o seu tempo de ação é limitado, apenas de 6 a 8 horas, e necessita ser administrado três vezes ao dia. Portanto, formulações de liberação prolongada desse fármaco vem sendo alvo de constantes pesquisas no intuito de diminuir a frequência de administração do medicamento, facilitando a adesão ao tratamento.

Estrutura do Captropil

Formulações Utilizadas

Validação Analítica
Especificidade  Linearidade e Intervalo  Exatidão  Precisão  Robustez 

Especificidade
‡ Este parâmetro é expresso como a capacidade que o método possui de medir exatamente um composto em presença de outros componentes.

Espectro de Absorção do Captropil e Excipientes

Avaliação da Utilização da Espectrofotometria de UV/VIS na Quantificação de Antibióticos em Extratos de Leite de vaca
‡ A comercialização da maior parte dos alimentos é precedida de um monitoramento complexo para o controle e eliminação de substâncias nocivas.

Perfil de Fármacos por espectroscopia no Ultravioleta
‡ Método utilizado em casos de intoxicação. ‡ A urina é o material orgânico utilizado na análise por geralmente apresentar maior concentração do fármaco.

A espectroscopia UV na prevenção de descargas não-conformes de águas residuais industriais
‡ Amostras de uma estação de tratamento de águas residuais de um parque de combustíveis foram submetidas a uma análise de componentes principais para caracterização e identificação preliminar de contaminantes.

Funcionamento de um espectrofotômetro UV/VIS

Muito Obrigado!

Referências Bibliográficas
‡ http://aqumica.blogspot.com/2009/05/espectrofotometria -uv-vis.html, acessado em 5 de Novembro de 2010. ‡ http://www.uac.pt/~anaseca/pdf_bioquimica/introd_espe ctrof.pdf, acessado em 5 de Novembro de 2010. ‡ Silverstein, R. M., Bassler, G. C., Morrill, T. C., Identificação Espectrométrica de Compostos Orgânicos . 5ª ed., LTC. ‡ Vinadé, Maria Elisabeth do Canto; Vinadé, Elsa Regina do Canto, Métodos Espectroscópicos de Analise Quantitativa, editora UFSM.