You are on page 1of 3

ELETROACUPUNTURA 5

MANUAL ISBM 1012 V - 1.0.1


A
ELETROACUPUNTURA
ISBM 1012 V 1.0.1
ISBM 1012 V - 1.0.1

MAIS DETALHES CLIQUE E BAIXE O ARQUIVO (MEGAUPLOAD)

(c) py5aal A acupuntura é uma técnica de medicina tradicional chinesa que trata da inserção e
manipulação de agulhas no corpo. O objetivo é restaurar a saúde e o bem-estar do paciente. São
inseridas agulhas e rotacionadas para tonificar o organismo para tratamento da dor e diversas
enfermidades. A caracterização dos pontos de aplicação está estandardizada pela Organização
Mundial de Saúde (OMS), mediante nomenclatura específica. A OMS procura incentivar estudos
clínicos desta disciplina médica como um caminho para valida-la e melhorar a sua aceitação pela
medicina convencional, de forma a estender o seu uso como uma simples, barata e eficaz opção
terapêutica.
(c) py5aal A eletroacupuntura é uma técnica variante acupuntura, combina o uso de agulhas à
estimulação elétrica, onde uma pequena corrente flui através de um eletrodo, depois de sua inserção
no ponto acupuntural. O instrumento consiste em duas partes: a agulha filiforme e o estimulador de
corrente. Há diferentes tipos de estimuladores, podendo ser de corrente alternada ou contínua;
segundo a natureza se classifica em alta ou baixa frequências, contínua, intermitente ou mista. Se
utiliza fundamentalmente como analgésico para todo tipo de dores, inclusive para aliviar dores
durante o parto, assim como anestésico para algumas cirurgias como as cesarianas, evitando por um
lado os efeitos secundários que provocam as anestesias e propiciando a rápida reanimação do
paciente. A anestesia acupuntural tem sido considerada pela OMS como um dos cinco grandes
logros conseguidos pela Medicina chinesa tradicional. Os equipamentos eletrônicos de
eletroacupuntura devem ser utilizados somente por profissionais habilitados na estimulação elétrica.
Os aparelhos geram pulsos que estimulam os pontos de acupuntura, substituindo as manipulações
manuais. O limite absolutamente seguro para a corrente elétrica no corpo humano, é determinado
por normas internacionais. A máxima corrente não pode ser superior a 100 μA (Cem micro-
Ampères) para aparelhos em contato com a pele do corpo. Em equipamentos que atingem o interior
dos vasos sanguíneos e tecidos através de eletrodos, os valores de corrente não podem ultrapassar
15 μA. O valor desejável é em torno de 5 μA. O organismo começa a perceber a passagem de
corrente a partir de 1 mA. O Eletroestimulador ISBM 1012 obedece rigorosamente as normas
internacionais, para tal, possui controles de sensibilidade de corrente, regulagem da duração dos
estímulos e filtros eletrônicos que possibilitam a regulagem da componente negativa do estímulo. A
partir destes dispositivos, a estimulação eletrônica propicia uma ação analgésica confortável,
eficiente e sem causar danos aos pacientes. A analgesia pode ser percebida entre 10 e 20 minutos de
aplicação aproximadamente.