You are on page 1of 2

MODOS GREGOS (Resumo

)

Os nomes dos sete Modos na ordem natural são: Jônio, Dórico, Frigio,
Lídio, Mixolídio, Eólio e Lócrio. A seguir teremos a seqüência de todos
eles partindo da escala de Dó maior como referência, juntamente
com os seus respectivos intervalos entre parênteses.

I Jônio C-D-E-F-G-A-B
Intervalos gerados - (T - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7M)

II Dórico D-E-F-G-A-B–C
Intervalos gerados - (T - 2 – 3m - 4 - 5 - 6 - 7)

III Frigio E-F-G-A-B-C-D
Intervalos gerados - (T – 2m – 3m - 4 - 5 – 6m - 7)
IV Lídio F-G-A-B-C-D-E
Intervalos gerados - (T - 2 - 3 - 4# - 5 - 6 - 7M)

V Mixolídio G - A - B - C - D - E - F
Intervalos gerados - (T - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7)

VI Eólio A-B-C-D-E-F-G
Intervalos gerados - (T - 2 – 3m - 4 - 5 – 6m - 7)

VII Lócrio B-C-D-E-F-G-A
Intervalos gerados - (T – 2m – 3m - 4 – 5m – 6m - 7)

Obs: Os mesmos estarão divididos em “grupo maior” e “grupo
menor” para melhor compreensão.

Jônio (*) T - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - 7M
Lídio T - 2 - 3 - (#4) - 5 - 6 - 7M
Mixolídio T - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - (7)

(*) = Modo Jônio referência, Escala Maior ou “Modo Maior”, (não
possui intervalo característico).
( ) = Intervalo característico dos demais Modos entre parênteses.

Eólio (**) T - 2 - b3 - 4 - 5 - b6 - 7
Dórico T - 2 - b3 - 4 - 5 - (6) - 7
Frigio T - (b2) - b3 - 4 - 5 - b6 - 7
Lócrio T - (b2) - b3 - 4 - (b5) - b6 – 7

(**) = Modo Eólio referência, Escala Menor Natural ou “Modo Menor”,
(não possui intervalo característico).

5 .E . Todos os Modos partindo da nota (C) Jônio C .b6 . ou seja. Como havia dito anteriormente o Modo Lócrio é o único que possui dois intervalos característicos. no “grupo dos maiores” o intervalo característico do Modo Lídio é a #4 (quarta aumentada).#4 . . do Frigio é a b2 (segunda menor) e no Lócrio temos dois.F# .A – A# Intervalos (T . o Frigio ao terceiro.4 .6 . e do Mixolídio é a 7 (sétima menor).G .A# Intervalos (T . a b2 (segunda menor) e a b5 (quinta diminuta).4 .5 .F .G .G# – A# Intervalos (T-b2.G# . o Eólio ao sexto e o Lócrio ao sétimo.F .D . o Jônio correspondendo ao primeiro grau (nota) da escala.3 .2 .Como podemos notar acima.A# Intervalos (T . sendo que os demais só possuem um em cada.G .G – G# . podemos sempre pensar nos Modos sendo gerados através de cada grau de uma Escala Maior qualquer.E .7) Eólio C .5 .3 .6 .A – A# Intervalos (T .b5 .2 . Obs.3 .b6 -7) .2 .4 .4 .7M) Dórico C .D# .D – D# .D . . sendo que em cada um deles é a única diferença que os mesmos possuem em relação ao Jônio.b3 .D .G .D# .7M) Mixolídio C .4 .F .4 .B Intervalos (T .b3 .5 .6 .E . Nota: Para resumir.7) Frigio C – C# .2 .F – F# . o Mixolídio ao quinto.F .5 .b6 .7) Lócrio C – C# .5 .( ) = Intervalo característico dos demais modos entre parênteses.G .Já no “grupo dos menores” o intervalo característico do Modo Dórico é a 6 (sexta maior).F . o Lídio ao quarto.b3 .6 .b2 .b3 . o Dórico ao segundo.D – D# .2 . Isso facilitará o raciocínio até que se tenha prática no assunto.A .A – B Intervalos (T .7) Lídio C .