You are on page 1of 11

39. (AFC/STN 2005 ESAF) Uma grande empresa possui dois departamentos: 40.

40. (AFC-CGU 2008 ESAF) Uma população de indivíduos é constituída 80%


um de artigos femininos e outro de artigos masculinos. Para o corrente ano por um tipo genético A e 20% por uma variação genética B. A probabilidade
fiscal, o diretor da empresa estima que as probabilidades de os de um indivíduo do tipo A ter determinada doença é de 5%, enquanto a
departamentos de artigos femininos e masculinos obterem uma margem de probabilidade de um indivíduo com a variação B ter a doença é de 40%.
lucro de 10% são iguais a 30 % e 20 %, respectivamente. Além disso, ele Dado que um indivíduo tem a doença, qual a probabilidade de ele ser da
estima em 5,1% a probabilidade de ambos os departamentos obterem uma variação genética B?
margem de lucro de 10 %. No final do ano fiscal, o diretor verificou que o a) 1/3. d) 0,6.
departamento de artigos femininos obteve uma margem de lucro de 10%. b) 0,4. e) 2/3.
Desse modo, a probabilidade de o departamento de artigos masculinos ter c) 0,5.
atingido a margem de lucro de 10% é igual a:
a) 17% b) 20% c) 25 % d) 24 % e) 30 %

41. (TFC 1995 ESAF) Num sorteio concorreram 50 bilhetes com números de 42. (AFC/STN 2008 ESAF) Marco estuda em uma universidade na qual, entre
1 a 50. Sabe-se que o bilhete sorteado é múltiplo de 5. A probabilidade de o as moças de cabelos loiros, 18 possuem olhos azuis e 8 possuem olhos
número sorteado ser 25 é: castanhos; entre as moças de cabelos pretos, 9 possuem olhos azuis e 9
a) 15% c) 10% e)20% possuem olhos castanhos; entre as moças de cabelos ruivos, 4 possuem
b) 5% d) 30% olhos azuis e 2 possuem olhos castanhos. Marisa seleciona aleatoriamente
uma dessas moças para apresentar para seu amigo Marco. Ao encontrar
com Marco, Marisa informa que a moça selecionada possui olhos castanhos.
Com essa informação, Marco conclui que a probabilidade de a moça possuir
cabelos loiros ou ruivos é igual a:
a) 0 c) 19/50 e) 19/31
b) 10/19 d) 10/50

43. (Gestor Fazendário MG 2005 ESAF) Em uma caixa há oito bolas brancas e Probabilidade Binomial
duas azuis. Retirasse, ao acaso, uma bola da caixa. Após, sem haver
recolocado a primeira bola na caixa, retira-se, também ao acaso, uma 44. (Assistente Técnico-Administrativo MF 2009 ESAF) Ao se jogar
segunda bola. Verifica-se que essa segunda bola é azul. Dado que essa um dado honesto três vezes, qual o valor mais próximo da
segunda bola é azul, a probabilidade de que a primeira bola extraída seja probabilidade de o número 1 sair exatamente uma vez?
também azul é: a) 35% d) 42%
a) 1/3 d) 2/10 b) 17% e) 58%
b) 2/9 e) 3/10 c) 7%
c) 1/9

1
45. (AFTN 98 ESAF) Em uma cidade, 10% das pessoas possuem carro 46. (Esaf/Susep/2010) Uma urna contém bolas vermelhas, azuis, amarelas e
importado. Dez pessoas dessa cidade são selecionadas, ao acaso e com pretas. O número de bolas pretas é duas vezes o número de bolas azuis, o
reposição. A probabilidade de que exatamente 7 das pessoas selecionadas número de bolas amarelas é cinco vezes o número de bolas vermelhas e o
possuam carro importado é: número de bolas azuis é duas vezes o número de bolas amarelas. Se as bolas
a) (0,1)7 (0,9)3 d) 120 (0,1) (0,9)7 diferem apenas na cor, ao se retirar ao acaso três bolas da urna, com
b) (0,1)3 (0,9)7 e) 120 (0,1)7 (0,9) reposição, qual a probabilidade de exatamente duas bolas serem pretas?
c) 120 (0,1)7 (0,9)3 a) 100/729. d) 115/243.
b) 100/243. e) 25/81.
c) 10/27.

47. (Processo Seletivo – vários ministérios 2008 ESAF) Carla, Cássio e Cecília 48. (AFRFB 2009 Esaf) Em um experimento binomial com três provas, a
foram colegas em um curso de especialização em Bioestatística. Durante o probabilidade de ocorrerem dois sucessos é doze vezes a probabilidade de
curso, Cássio e Cecília casaram. Curiosos, os três colegas verificaram, através ocorrerem três sucessos. Desse modo, as probabilidades de sucesso e
de cálculos estatísticos, que a probabilidade de Cássio e Cecília terem um fracasso são, em percentuais, respectivamente, iguais a:
filho do sexo masculino de olhos verdes é igual a 1/10. Após muitos anos a) 80 % e 20 % c) 60 % e 40 % e) 25 % e 75 %
sem ter notícias de Cássio e Cecília, Ana soube que eles tiveram cinco filhos. b) 30 % e 70 % d) 20 % e 80 %
Com saudades, Carla resolveu visitá-los. Durante a viagem de ida, Carla fez
alguns cálculos e concluiu que a probabilidade de Cássio e Cecília terem dois
meninos de olhos verdes é igual a:
a) 0,0135 c) 0,0225 e) 0,02
b) 0,0729 d) 0,2

49. (TRT-ES Tec Jud 2009 Cespe) 49. (TRT-ES Tec Jud 2009 Cespe)
Texto 1: Em 2007, no estado do Espírito Santo, 313 dos 1.472 bacharéis em Texto 1: Em 2007, no estado do Espírito Santo, 313 dos 1.472 bacharéis em
direito que se inscreveram no primeiro exame do ano da Ordem dos direito que se inscreveram no primeiro exame do ano da Ordem dos
Advogados do Brasil (OAB) conseguiram aprovação. Advogados do Brasil (OAB) conseguiram aprovação.
Texto 2: Em 2008, 39 dos 44 bacharéis provenientes da Universidade Texto 2: Em 2008, 39 dos 44 bacharéis provenientes da Universidade
Federal do Espírito Santo (UFES) que fizeram a primeira fase do exame da Federal do Espírito Santo (UFES) que fizeram a primeira fase do exame da
OAB foram aprovados. OAB foram aprovados.
Com referência às informações contidas nos textos acima, julgue os itens
2. Considerando que, na primeira fase do exame da OAB de 2008, 87,21%
que se seguem.
dos bacharéis em direito da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
1. Se um dos bacharéis em direito do estado do Espírito Santo inscritos no
tenham sido aprovados, a probabilidade de se escolher ao acaso um dos
primeiro exame da OAB, em 2007, fosse escolhido aleatoriamente, a
aprovados entre os bacharéis da UFPE que fizeram esse exame será maior
probabilidade de ele não ter sido um dos aprovados no exame seria
que a probabilidade de se escolher ao acaso um dos aprovados entre os
superior a 70% e inferior a 80%.
bacharéis da UFES e que também fizeram o exame da OAB.

2
50. (TRT-ES Anal Jud 2009 Cespe) Julgue o item seguinte. 51. (Min. do Meio Ambiente 2008 Cespe) Julgue o item seguinte.
1. Considere que a corregedoria-geral da justiça do trabalho de determinado 1. Suponha que as probabilidades de dois planos (P1 e P2) terem 100% de
estado tenha constatado, em 2007, que, no resíduo de processos em fase suas metas atingidas sejam, respectivamente, iguais a 3/7 e 2/5, e que
de execução nas varas do trabalho desse estado, apenas 23% tiveram ambos estejam em andamento independentemente um do outro. Nesse
solução, e que esse índice não tem diminuído. Nessa situação, caso um caso, a probabilidade de pelo menos um desses planos ter suas metas
cidadão tivesse, em 2007, um processo em fase de execução, então a plenamente atingidas é superior a 0,7.
probabilidade de seu processo não ser resolvido era superior a 4/5.

52. (MPE/RR 2008 Cespe) Em cada um dos próximos itens, é apresentada 52. (MPE/RR 2008 Cespe) Em cada um dos próximos itens, é apresentada
uma situação hipotética a respeito de probabilidade, seguida de uma uma situação hipotética a respeito de probabilidade, seguida de uma
assertiva a ser julgada. assertiva a ser julgada.
1. Em uma urna há 100 bolas numeradas de 1 a 100. Nesse caso, a 2. Um dado não viciado é lançado duas vezes. Nesse caso, a probabilidade
probabilidade de se retirar uma bola cuja numeração seja um múltiplo de se ter um número par no primeiro lançamento e um número múltiplo
de 10 ou de 25 será inferior a 0,13. de 3 no segundo lançamento é igual a 1/6.

52. (MPE/RR 2008 Cespe) Em cada um dos próximos itens, é apresentada 53. (PETROBRAS 2007 CESPE) Em um torneio de futebol, 5 equipes, sendo 2
uma situação hipotética a respeito de probabilidade, seguida de uma do Rio de Janeiro e 3 de São Paulo, se classificaram para disputar o título,
assertiva a ser julgada. devendo jogar uma contra a outra em turno e returno. A tabela dessa
3. Uma prefeitura, para comemorar o aniversário da cidade, organizou uma disputa será feita por sorteio e todas as equipes têm iguais condições de ser
minimaratona que contou com a participação de 100 atletas. Para sorteadas. As duas equipes primeiramente sorteadas farão o primeiro jogo.
identificação, cada atleta recebeu uma etiqueta com um número Com relação a essa situação, julgue os itens subseqüentes.
formado de dois dígitos, que era presa à sua camiseta. Esses números 1. No primeiro sorteio, quando os nomes das 5 equipes encontram-se em
iam de 00 até 99. Além da premiação para os vencedores da uma urna, a probabilidade de que uma equipe do Rio de Janeiro seja
minimaratona, foi sorteada uma bicicleta entre os atletas, e o número de sorteada é igual a 70% da probabilidade de que uma equipe de São Paulo
referência de cada atleta para o sorteio foi aquele da etiqueta presa à seja sorteada.
sua camiseta. Nessa situação, a probabilidade de o número sorteado ter
os dois dígitos menores que 4 é inferior a 0,2.

3
53. (PETROBRAS 2007 CESPE) Em um torneio de futebol, 5 equipes, sendo 2 54. (TCU Tec Cont_Ext 2004 CESPE) Um baralho comum possui 52 cartas de
do Rio de Janeiro e 3 de São Paulo, se classificaram para disputar o título, 4 tipos (naipes) diferentes: paus (P), espada (E), copas (C) e ouros (O). Em
devendo jogar uma contra a outra em turno e returno. A tabela dessa cada naipe, que consiste de 13 cartas, 3 dessas cartas contêm as figuras do
disputa será feita por sorteio e todas as equipes têm iguais condições de ser rei, da dama e do valete, respectivamente. Com base nessas informações,
sorteadas. As duas equipes primeiramente sorteadas farão o primeiro jogo. julgue os itens subseqüentes.
Com relação a essa situação, julgue os itens subseqüentes. 1. A probabilidade de se extrair aleatoriamente uma carta de um baralho e
2. A probabilidade de que o primeiro jogo desse torneio final seja entre duas ela conter uma das figuras citadas no texto é igual a 3/13.
equipes do Rio de Janeiro é superior a 0,09.

54. (TCU Tec Cont_Ext 2004 CESPE) Um baralho comum possui 52 cartas de 54. (TCU Tec Cont_Ext 2004 CESPE) Um baralho comum possui 52 cartas de
4 tipos (naipes) diferentes: paus (P), espada (E), copas (C) e ouros (O). Em 4 tipos (naipes) diferentes: paus (P), espada (E), copas (C) e ouros (O). Em
cada naipe, que consiste de 13 cartas, 3 dessas cartas contêm as figuras do cada naipe, que consiste de 13 cartas, 3 dessas cartas contêm as figuras do
rei, da dama e do valete, respectivamente. Com base nessas informações, rei, da dama e do valete, respectivamente. Com base nessas informações,
julgue os itens subseqüentes. julgue os itens subseqüentes.
2. Sabendo que há 4 ases em um baralho comum, sendo um de cada naipe, 3. A probabilidade de se extrair uma carta e ela conter uma figura ou ser
conclui-se que a probabilidade de se extrair uma carta e ela não ser um uma carta de paus é igual a 11/26.
ás de ouros é igual a 1/52.

55. (TCE-ES 2004 CESPE) Considere que dois controladores de recursos 56. (Analista Petrobrás 2001 Cespe) Considerando dois eventos
públicos de um tribunal de contas estadual serão escolhidos para auditar as independentes, A e B, com probabilidades de ocorrência iguais a 0,3 e 0,6,
contas de determinada empresa estatal e que, devido às suas qualificações respectivamente, julgue os itens a seguir.
técnicas, a probabilidade de José ser escolhido para essa tarefa seja de 3/8, 1. A probabilidade de A e B ocorrerem simultaneamente é 0.
enquanto a probabilidade de Carlos ser escolhido seja de 5/8 . Em face
dessas considerações, julgue os itens subseqüentes.
1. Considere que, na certeza de que Carlos tenha sido escolhido, a
probabilidade de José ser escolhido é 1/5. Nessas condições, a 2. A probabilidade de ocorrer ao menos um dos eventos A ou B é 0,90.
probabilidade de José e Carlos serem ambos escolhidos é menor que 1/4.

3. A probabilidade de não ocorrer A nem B é 0,10.

4
56. (Analista Petrobrás 2001 Cespe) Considerando dois eventos 57. (Delegado da Polícia Federal (Nacional) 2004 CESPE)
independentes, A e B, com probabilidades de ocorrência iguais a 0,3 e 0,6, estado quantidade
respectivamente, julgue os itens a seguir. São Paulo 16.000
Pernambuco 6.500
4. A probabilidade de ocorrer exatamente um dos eventos A e B é 0,54. Rio Grande do Sul 5.500
Rio de Janeiro 5.000
Com a campanha nacional do desarmamento, a Polícia Federal já recolheu
em todo o Brasil dezenas de milhares de armas de fogo. A tabela acima
apresenta a quantidade de armas de fogo recolhidas em alguns estados
brasileiros. Considerando que todas essas armas tenham sido guardadas em
um único depósito, julgue os itens que se seguem.
5. A probabilidade de não ocorrer exatamente um dos eventos A e B é 0,46. 1. Escolhendo-se aleatoriamente uma arma de fogo nesse depósito, a
probabilidade de ela ter sido recolhida em um dos dois estados da região
Sudeste listados na tabela é superior a 0,73.
2. Escolhendo-se aleatoriamente uma arma de fogo nesse depósito, a
probabilidade de ela ter sido recolhida no Rio Grande do Sul é superior a
0,11.
3. Escolhendo-se aleatoriamente duas armas de fogo nesse depósito, a
probabilidade de ambas terem sido recolhidas em Pernambuco é inferior
a 0,011.

57. (Delegado da Polícia Federal (Nacional) 2004 CESPE) 57. (Delegado da Polícia Federal (Nacional) 2004 CESPE)
estado quantidade estado quantidade
São Paulo 16.000 São Paulo 16.000
Pernambuco 6.500 Pernambuco 6.500
Rio Grande do Sul 5.500 Rio Grande do Sul 5.500
Rio de Janeiro 5.000 Rio de Janeiro 5.000
1. Escolhendo-se aleatoriamente uma arma de fogo nesse depósito, a 2. Escolhendo-se aleatoriamente uma arma de fogo nesse depósito, a
probabilidade de ela ter sido recolhida em um dos dois estados da região probabilidade de ela ter sido recolhida no Rio Grande do Sul é superior a
Sudeste listados na tabela é superior a 0,73. 0,11.

57. (Delegado da Polícia Federal (Nacional) 2004 CESPE) 58. (MCT 2004 CESPE) A senha de acesso a uma conta em determinado
estado quantidade banco é formada por 7 símbolos alfanuméricos: 3 letras, escolhidas entre as
São Paulo 16.000 26 do alfabeto, seguidas de 4 dígitos numéricos, escolhidos entre os
Pernambuco 6.500 algarismos 0, 1, 2, ..., 9. Considerando essas informações e que, para a
Rio Grande do Sul 5.500 formação de uma senha, admite-se a repetição de símbolos, julgue o
Rio de Janeiro 5.000 seguinte item.
3. Escolhendo-se aleatoriamente duas armas de fogo nesse depósito, a 1. Escolhendo-se uma senha ao acaso, a probabilidade de que as 2 primeiras
probabilidade de ambas terem sido recolhidas em Pernambuco é inferior letras dessa senha sejam iguais é superior a 5%.
a 0,011.

5
59. (TRT 16ª região Téc. Jud. 2005 CESPE) A diretoria da associação dos 60. (Anal. Jud. TRT 10ª região 2004 CESPE) Um juiz deve analisar 12
servidores de uma pequena empresa deve ser formada por 5 empregados processos de reclamações trabalhistas, sendo 4 de médicos, 5 de professores
escolhidos entre os 10 de nível médio e os 15 de nível superior. A respeito e 3 de bancários. Considere que, inicialmente, o juiz selecione
dessa restrição, julgue o item seguinte. aleatoriamente um grupo de 3 processos para serem analisados. Com base
1. Se a diretoria fosse escolhida ao acaso, a probabilidade de serem nessas informações, julgue os itens a seguir.
escolhidos 3 empregados de nível superior seria maior que a 1. A probabilidade de que, nesse grupo, todos os processos sejam de
probabilidade de serem escolhidos 2 empregados de nível médio. bancários é inferior a 0,005.

2. As chances de que, nesse grupo, pelo menos um dos processos seja de


professor é superior a 80%.

61. (PRF 2004 CESPE) Considere que a tabela abaixo mostra o número de 61. (PRF 2004 CESPE)
vítimas fatais em acidentes de trânsito ocorridos em quatro estados
brasileiros, de janeiro a junho de 2003.
A fim de fazer um estudo de causas, a PRF elaborou 1.405 relatórios, um
para cada uma das vítimas fatais mencionadas na tabela abaixo, contendo o
perfil da vítima e as condições em que ocorreu o acidente.

Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem, acerca de um


relatório escolhido aleatoriamente entre os citados acima.
1. A chance de que esse relatório corresponda a uma vítima do sexo
feminino é superior a 23%.

Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem, acerca de um


relatório escolhido aleatoriamente entre os citados acima.
1. A chance de que esse relatório corresponda a uma vítima do sexo
feminino é superior a 23%.

61. (PRF 2004 CESPE) 61. (PRF 2004 CESPE)

2. A probabilidade de que esse relatório corresponda a uma vítima de um 3. Considerando que o relatório escolhido corresponda a uma vítima do sexo
acidente ocorrido no estado do Maranhão é superior a 0,2. masculino, a probabilidade de que o acidente nele mencionado tenha
ocorrido no estado do Paraná é superior a 0,5.

6
61. (PRF 2004 CESPE) 61. (PRF 2004 CESPE)

4. Considerando que o relatório escolhido corresponda a uma vítima de um 5. A chance de que o relatório escolhido corresponda a uma vítima do sexo
acidente que não ocorreu no Paraná, a probabilidade de que ela seja do feminino ou a um acidente ocorrido em um dos estados da região Sul do
sexo masculino e de que o acidente tenha ocorrido no estado do Brasil listados na tabela é inferior a 70%.
Maranhão é superior a 0,27.

62. (Policia Federal 2004 CESPE) Em um escritório, Rosa, Simone e Tiago 63. (TRT 16ª região Anal. Jud. CESPE 2005) Uma moeda é jogada para o alto
executam tarefas diferentes e apenas um deles será promovido. Suponha 10 vezes. Em cada jogada, pode ocorrer 1 (cara) ou 0 (coroa) e as ocorrências
que a probabilidade de Rosa ser promovida seja igual a 5/12 e a de Simone, são registradas em uma seqüência de dez dígitos, como, por exemplo,
seja igual a 1/4. 0110011010.
Com base nessas informações, julgue os itens seguintes. Considerando essas informações, julgue o próximo item.
1. A probabilidade de Rosa ou Simone ser promovida é inferior a 5/9. 1. A probabilidade de serem obtidas seqüências nas quais ocorra coroa nas
primeiras 3 jogadas é inferior a 1/4 .

2. Entre os três indivíduos considerados, Tiago é o que tem a menor


probabilidade de ser promovido.

64. (Téc. Jud. TRT 10.ª região 2004 CESPE) Considere que em um escritório 65. Cartões numerados seqüencialmente de 1 a 10 são colocados em uma
trabalham 11 pessoas: 3 possuem nível superior, 6 têm o nível médio e 2 são urna, completamente misturados. Três cartões são retirados ao acaso, um de
de nível fundamental. Será formada, com esses empregados, uma equipe de cada vez, e uma vez retirado o cartão não é devolvido à urna.
4 elementos para realizar um trabalho de pesquisa. Com base nessas Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem.
informações, julgue os itens seguintes, acerca dessa equipe.
1. Se a equipe for formada escolhendo-se as pessoas de maneira aleatória, 1. A probabilidade de os três cartões retirados constituírem, na ordem em
então a probabilidade de que essa equipe contenha todos os empregados que foram retirados, uma seqüência ordenada crescente, é inferior a
de nível superior será inferior a 0,03. 1/103.

2. Se a equipe for formada escolhendo-se as pessoas de maneira aleatória,


então a probabilidade de que essa equipe contenha pelo menos uma
pessoa de nível fundamental será inferior a 0,55.

7
65. Cartões numerados seqüencialmente de 1 a 10 são colocados em uma 65. Cartões numerados seqüencialmente de 1 a 10 são colocados em uma
urna, completamente misturados. Três cartões são retirados ao acaso, um de urna, completamente misturados. Três cartões são retirados ao acaso, um de
cada vez, e uma vez retirado o cartão não é devolvido à urna. cada vez, e uma vez retirado o cartão não é devolvido à urna.
Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem. Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem.

2. Se o primeiro cartão for o número 7 e o segundo for o número 10, então a 2. Se o primeiro cartão for o número 7 e o segundo for o número 10, então a
probabilidade de o terceiro cartão ser um número menor do que 5 é igual probabilidade de o terceiro cartão ser um número menor do que 5 é igual
a 1/2. a 1/2.

SUMÁRIO DO VOLUME 2 CAPÍTULO 03

Capítulo 1: Análise Combinatória 01. Determinar em cada seqüência abaixo o valor do termo indicado por x.
a. ( 8, 32, 128, 512, x)
Capítulo 2: Probabilidade
Capítulo 3: Sequências Lógicas de Números, Letras, Palavras e
Figuras
Capítulo 4: Problemas Lógicos com Dados, Figuras e Palitos b. (7, 8, 10, 13, 17, x)
Capítulo 5: Problemas Lógicos
Capítulo 6: Raciocínio Matemático – Matemática Básica
Capítulo 7: Matrizes, Determinantes e Sistemas Lineares
c. (8871, 6649, 4427, x)
Capítulo 8: Geometria Básica
Capítulo 9: Trigonometria

d. (15, 18, 19, 22, 23, 26, x) g. (8/4, 27/9, 24/6, 40/8, 48/x )

e. (2, 3, 4, 5, 8, 7, x, 9)

h. (37, 26, 17, 10, 5, x)

f. (243, 424, 245, 426, 247, x)

i. (2, 6, 12, 20, 30, x)

8
j. (2, 3, 5, 7, 11, 13, x) m. (1, 3, 3, 7, 5, 11, 7, 15, 9, 19, x)

k. (2, 4, 5, 7, 8, 10, 11, 13, x) n. (4, 10, 28, 82, x)

l. (1, 6, 12, 20, 31, 46, x) o. (47, 42, 37, 33, 29, 26, x)

02. (Assistente de Gestão de Políticas Públicas SP 2008 FCC) Na sucessão 03. (Prefeitura Municipal de SP 2008 FCC) Considere que os termos da
seguinte os números foram colocados obedecendo a um determinado seqüência seguinte são obtidos segundo determinado padrão.
padrão. (20, 15, 21, 16, 22, 17, 23, ...)
A soma do 12º e 13º termos dessa seqüência é um número
(A) ímpar. (D) compreendido entre 45 e 55.
(B) divisível por 3. (E) maior que 55.
(C) menor que 45.
Segundo esse padrão, os números que substituem corretamente X e Y na 8ª
posição são tais que X+Y é igual a
(A) 95 (B) 135 (C) 147 (D) 149 (E) 157

04. (Pol. Mil. BA 2009 FCC) Os termos da sequência (25; 22; 11; 33; 30; 15; 05. (TRF 4ª região Tec. Jud. 2007 FCC) Considere que os termos da sucessão
45; 42; 21; 63; ... ) são obtidos segundo um determinado padrão. De acordo (0, 1, 3, 4, 12, 13, ...) obedecem a uma lei de formação. Somando o oitavo e o
com esse padrão o décimo terceiro termo da sequência deverá ser um décimo termos dessa sucessão obtém-se um número compreendido entre
número (A) 150 e 170 (D) 90 e 110
(A) não inteiro. (D) divisível por 4. (B) 130 e 150 (E) 70 e 90
(B) ímpar. (E) múltiplo de 11. (C) 110 e 130
(C) maior do que 80.

9
06. (TRF 3ª Região Téc. Jud. 2007 FCC) Em relação à disposição numérica 07. (TRF 3ª Região Téc Jud 2007 FCC) Os números abaixo estão dispostos de
seguinte, assinale a alternativa que preenche a vaga assinalada pela maneira lógica.
interrogação: 8 1 12 10 14 11 ...... 3 7 5 16 9
2 8 5 6 8 ? 11 A alternativa correspondente ao número que falta no espaço vazio é
(A) 51 (B) 7 (C) 12 (D) 6 (E) 40
(A) 1 (B) 4 (C) 3 (D) 29 (E) 42

08. (Prominp 2008 Cesgranrio) Considere a seqüência numérica 09. (TJ Rondônia 2008 Cesgranrio) Em uma seqüência de números, o
(3,–1,2,1,3,4,7,...). primeiro termo é 61 e todos os outros termos correspondem à soma dos
O 10º termo da seqüência é quadrados dos algarismos do termo anterior. O número que ocupa a 81ª
(A) 47 (B) 29 (C) 26 (D) 21 (E) 18 posição desta seqüência é
(A) 4 (D) 42
(B) 16 (E) 61
(C) 37

10. (Cobra Tecnologia 2006 Cetro) Assinale qual o número seguinte nesta 11. Dada a seqüência 2, 5, 8, 11, 14, 17,...., qual é o 31ª termo?
seqüência: 0, 1, 1, 2, 4, 7, 13, 24, .... a) 92 b) 90 c) 88 d) 86 e) 82
(A) 37 (B) 44 (C) 50 (D) 47 (E) 48

10
12. (TRF 1ª região Téc. Jud. 2007 FCC) Assinale a alternativa que substitui a 13. (ICMS-SP 2009 FCC) Os alunos de uma faculdade de História criaram a
letra x. Espiral do Tempo num dos pátios da escola. Na Espiral do Tempo, todos os
anos da era cristã são representados segundo a lógica da figura a seguir, na
qual só foram mostrados os anos de 1 a 9.

(A) 29 (B) 7 (C) 6 (D) 5 (E) 3


A espiral é atualizada anualmente, representando-se o ano que se inicia
seguindo a mesma lógica dos anteriores. Se a soma de todos os números que
compõem a Espiral do Tempo em 2009 é igual a S, então, em 2010, essa
soma passará a ser igual a
(A) S + 2009 (D) S + 4036081
(B) S + 4040100 (E) S + 2010
(C) S + 4038090

14. (TERMORIO 2009 Cesgranrio)

A figura acima ilustra um diagrama numérico que deve ser preenchido, da


esquerda para a direita, de acordo com as regras a seguir.
REGRA 1: preencha o quadrado com um número natural positivo qualquer e
passe para a regra 2 para preencher o quadrado seguinte.
REGRA 2: preencha o quadrado com o menor número natural tal que a soma
desse número com o número escolhido para o quadrado anterior dê um múltiplo
de 5. A seguir, passe para a regra 3 para preencher o quadrado seguinte.
REGRA 3: preencha o quadrado com o produto dos dois números escolhidos
anteriormente e volte à regra 2 para preencher o quadrado seguinte.

O 1o quadrado do diagrama sempre é preenchido de acordo com a regra 1.


A seguir, está ilustrado um exemplo em que o diagrama é iniciado com o número
3.

Se o diagrama é iniciado com o número 7, o 10o quadrado do diagrama é


preenchido com o número
(A) 1 (B) 3 (C) 4 (D) 21 (E) 84

11